Troféu Imprensa Especializada (pff)

Conheça os indicados ao 6º Troféu Imprensa Especializada (pff)

No último dia primeiro de dezembro, o Mais de Oito Mil completou NOVE anos de vida e postagens ininterruptas (tirando um pequeno hiato em 2014). Isso dá quase uma década de matérias, críticas e comentários sobre os altos e baixos do nosso nicho. Como post de parabéns é algo cafona, de uns anos pra cá passei a promover o Troféu Imprensa Especializada (pff), minha forma de premiar os melhores do ano e ainda por cima relembrar matérias que escrevi nos últimos 365 dias.

Como acontece todos os anos, essa é uma votação POPULAR, ou seja, vocês que votam, mas dessa vez teremos uma mudancinha. Pra começar, algumas categorias foram extintas e outras várias criadas, e agora teremos algumas premiações específicas para YouTube. Afinal, há tempo a imprensa escrita está com o pé na cova e hoje em dia qualquer careca consegue criar um canal de vídeos criticando novelas.

IKIMASU conhecer todos os indicados desse ano?

Ao contrário da música do Jorge Aragão, aqui o barraco não desabou. Tivemos muitas tretas nesse ano de 2018 e as principais estão contempladas nessa categoria. Temos o incidente diplomático causado por Dragon Ball Super na América Latina (relembre aqui), o famoso caso do plágio da YouTuber brasileira (relembre aqui) e a recente disputa judicial pela roupa de tokustasu entre a Sato Company e o cosmaker Eduardo Jaspion (relembre aqui).

Pesquisas mundiais dizem que a televisão sobreviverá apenas por causa do jornalismo e dos esportes exibidos ao vivo. Quem não está seguindo esse pensamento? Sim, as emissoras brasileiras que continuam se escorando nas coisinhas de olhinho puxado para tentar alguns pontinhos de audiência. Nesse ano tivemos uma apresentação de vocaloids no programa do Raul Gil (relembre aqui), o assustador programa de palhaços exibido para promover Pokémon na RedeTV (relembre aqui se tiver coragem) e a questionável dublagem de Maid Dragon que tinha mais honorífico e japonezices que um mangá traduzido por scanlators (relembre aqui).

Se tem coisa sendo publicada no Brasil, com certeza tem também algum mico cometido pelas editoras nesse processo de lançar mangázinhos no Brasil. O primeiro concorrente é o caso do Guardiões do Louvre da editora Pipoca e Nanquim que veio sem uma página explicando o sentido de leitura, algo dispensável segundo os editores porque “o quadrinho é feito de uma forma que qualquer pessoa percebe o sentido de leitura contrário ao que nos é praticado desse lado do globo”. Outro mico também foi a capa brasileira de Dr Stone que é idêntica à japonesa, inclusive na poluição visual e dificuldade de entender o que tá rolando. Por fim, colocamos em mico também a Panini tornando seus novos lançamentos em caríssimos volumes de 22 reais usando como desculpa o pedido do público por maior qualidade.

Entre vários lançamento importantes, claro que um ou outro título ganharia um belo CAGUEI por parte do público consumidor. Nesse ano, a Panini liderou nessa categoria, até porque a JBC tá segurando o Sakura Wars para quando for mais certo levar o prêmio. Qual desses mangás merece o título?

Além das chegadas, temos as partidas. E, assim como Maria Rita, algumas queremos apenas fingir que nunca existiram. Dessa vez a JBC conseguiu um título na categoria, com o final do To-Love-Ru. Já a Panini segue com seus mangás qualquer coisa que ocupam espaço nas bancas.

Essa categoria serve para você, Claudete Troiano otaka, que está meio desinformada e não faz ideia que essas coisas ainda são publicadas. Infelizmente Toriko não pode participar porque esse a gente lembra para dar risada.

Festival Promessas não é apenas um show evangélico, temos também promessas nunca cumpridas pelas editoras nacionais. Todos os indicados desse ano já apareceram em anos anteriores, tornando essa categoria uma triste reprodução do mercado editorial brasileiro.

Mangá nunca foi assim tão acessível, mas em 2018 esse nicho sobrevive apenas graças aos filhos das participantes do extinto reality show Mulheres Ricas. Entre os volumes encadernados que custam mais do que um rim no mercado negro temos Ayako da editora Veneta (o primeiro mangá não-esgotado a custar três dígitos), o novo padrão da Panini para mangázinho básico do dia a dia (22 conto) e o colosso Guardiões do Louvre da editora Pipoca e Nanquim.

Uma das mais tradicionais categorias do Troféu Imprensa Especializada (pff) entrou em uma nova fase. Após vencer três vezes, era injusto termos Leonardo Kitsune concorrendo de novo nesse prêmio do otaku mais belo, então ele agora dá nome à premiação com participação de rostos totalmente inéditos.

Direto do Bunka Pop temos Jack, o otaku de três metros de altura que encanta o público com seu olhar, sua simpatia e com a possibilidade de trocar uma lâmpada sem precisar de um banquinho. Outro concorrente é o Dudu, editor-chefe da ala jornalística da Crunchyroll que dessa vez banca uma Susana Vieira sem paciência pra quem está começando e se coloca para representar o site de streaming com seus olhos verdes e sotaque carioca. Por fim, após malas e mais malas de suborno na forma da pipoca Pop Pan, Clayton do Senpai TV (nosso sósia do ranger vermelho de Tempestade Ninja), ocupa o terceiro slot dessa emocionante disputa.

Quem será que leva o troféu Leonardo Kitsune esse ano?

Enquanto os homens otakus são avaliados apenas pela beleza estética e simpatia, as otakas ganharam uma categoria própria no Mais de Oito Mil. NÃO É UM CONCURSO DE BELEZA, e sim uma eleição para escolher a representante feminina dos otakus brasileiros baseando-se apenas no critério carisma.

Temos, por exemplo, a Moo-chan do Bunka Pop e Otaminas, a Gabi Xavier do canal… Gabi Xavier e a Karolzinha do Papo Nerd com Elas e Genkidama. Temos três mulheres incríveis que dominam bastante o assunto das otakices e produzem conteúdos nessa fanbase sempre tão opressora.

O criador da frase “recordar é viver” deve se arrepender profundamente por estarmos em 2018 e as produtoras japonesas sobrevivem a base de requentamentos e nostalgia. Rolou a estreia de Sakura Card Captor Clear Card, a última parte do especial comemorativo de Digimon (que era pra comemorar o aniversário de 4 anos atrás) e o relançamento de Lost Canvas pela JBC, afinal sabemos que o C de JBC é de “CAVALEIROS DO ZODÍACO MEU CORAÇÃO É TEU DISSE MARCELO DEL GRECO”.

Rir é o melhor remédio, exceto quando você operou da vesícula e tem pontos em sua barriga que machucam quando vai dar uma gargalhada. Se esse não é seu caso, temos três exemplos de sites de humor: a página no Facebook Pingolo Zone que faz tirinhas ótimas com os personagens de DBZ, a já clássica No Batidão do Kawaii O Que Reina É O Desu e, claro, o site Mais de Oito Mil que só entra nessa disputa para perder mesmo. Lembrando que se meu site perder as urnas foram fraudadas.

ANIME – 3 SITES QUE CONCORREM EM CATEGORIA INESPERADA QUE VAI EXPLODIR A SUA CABEÇA

Esses sites não se importam taaaanto assim com conteúdo otaku, a única coisa importante mesmo são os números dos views que esse tipo de conteúdo produz. Tanto a IGN Brasil quanto o Uol Jogos e o Canal Ei Nerd falam basicamente de outros assuntos pop, mas abrem aquela exceção para noticiar alguma informação requentada de Dragon Ball Super e outros.

Uma das novas categorias deste ano. Muitas pessoas produzem conteúdo atualmente no YouTube, e esse é o troféu dado para quem se deu melhor. Temos o canal do Sahgo com análises de animes que ninguém mais teria coragem de assistir (ele viu fillers de Inuyasha, merece praticamente uma canonização!), o Video Quest com a dupla dinâmica Leonardo “Colírio” Kitsune e Fábio “Urso” Urso e o canal da Gabi Xavier, aparentemente a única pessoa no mundo que pode ficar exposta a horas de Shingeki no Kyoujin sem sofrer os efeitos colaterais.

Eles podem até estar no YouTube também, mas contam com superprodução, maquiagem, camarim e patrocínio da deliciosa pipoca Pop Pan. Na categoria de melhor programa otaku temos o pessoal do Senpai TV (que com o novo cenário virou praticamente um Encontro com Fátima otaku), o Bunka Pop com aquela boa e velha lista de curiosidades e a Crunchyroll TV que serve de aquecimento para os animes dublados na Rede Brasil.

Seria essa uma categoria colocada aos 45 do segundo tempo porque a autora desse site se esqueceu? Claro que sim. Podcast existe desde o tempo da rádio AM, mas ultimamente o meio tem se popularizado principalmente com a ajuda de plataformas como o Spotify. Não sou tão assídua no meio, então posso ter deixado uma galera de fora mas vamos que vamos. Entre os concorrentes temos (sempre) o pessoal do Mangás Ao Quadrado, o podcast do J-Wave (que existe desde o tempo da rádio AM, se duvidar) e um concorrente recente, mas muito maravilhoso, o podcast Otaminas em que apenas mulheres conversam sobre assuntos otakus.

Otakus sempre estão surtando, e por isso é tão divertido brincar com eles. Esse ano teve otaku reclamando da crítica de Tokyo Ghoul (relembre aqui), gente reclamando da questão do estupro de Goblin Slayer (relembre aqui) e, claro, gente usando bola de cristal para reclamar do anime americano da Crunchyroll que não estreou ainda (relembre aqui).

Vamos acender três velas nessa categoria, apenas as mortes horríveis estão aqui.

2018 foi um ano para se surpreender. Pra começar, o site que fala de Anime, Mangá e Televisão fez as pazes com o principal serviço de streaming de animes (ou seja, eles pararam de fingir que a Crunchyroll NÃO EXISTIA em suas postagens). Ficamos surpresos também com a JBC mexendo seus pauzinhos e diminuindo o preço dos capítulos normais de Edens Zero, assim como ficamos bem OI?? com o final de Gintama na Shonen Jump (relembre aqui).

Cada um acredita no que quer, né? Por exemplo, em 2018 teve site fazendo dublagem fake de Code Geass para engan…. digo, fazer campanha para a série, teve a Nintendo dizendo que o Brasil é muito importante para a empresa e a Rede Brasil prometendo estrear Lost Canvas.

VOTE AGORA NO FORMULÁRIO ABAIXO!!!

48 comentários em “Conheça os indicados ao 6º Troféu Imprensa Especializada (pff)

  1. Como não colocaram o escandalo da loja fox games que deu chapéu em todo mundo na compra dos jogos lets go, loja inclusive de um dos leitores gordos e obesos desse site, luigi! rs

    Curtir

  2. Finalmente a melhor premiação do ano saiu (melhor que o Oscar)

    *Na categoria “Mangá que você não lembra que ainda é lançado” faltou o Triage X hahaha

    Curtido por 1 pessoa

  3. Manga ostentação obviamente deveria ganhar o Shonen de lutinha. Só pensa, quantas vezes a pessoa vai comprar Ayako? Guardiões do Louvre? Agora pense em quantos volumes o cara vai comprar de Shounen de Lutinha. Quantos volumes Black Clover vai durar???

    Curtido por 3 pessoas

  4. Alias nem tem mais apresentadora antes dos animes no CRTV, eles só passam algum trailer de trocinho moe e pronto já começa o Free ou o BSD ou seja lá o que for, isso quando n tem Senpai TV antes. BTW adorei as categorias/nomes novos, e votei no Clayton de zoeira kkkk

    Curtir

  5. Como diabos eu vou votar no prêmio Leonardo Kitsune de colírio se não tem nenhum candidato colírio equiparável ao Leonardo Kitsune????

    Curtido por 2 pessoas

  6. Maldade colocar Ninja Slayer, curti muito a zoeira escrachada dos ninjas, mas acho que a Panini tá fazendo um péssimo trabalho editorial. Tem até um quadro no último volume que é igual à famosa “cena do Keikaku”. NAMU MIDA BUTSU

    Curtir

  7. Sr. Kleiton: é um mico, pois ignoraram a possibilidade de um(a) curioso(a), que nunca viu uma publicação em sentido oriental antes, pegar pra ler o “Guardiões do Louvre” e ficar boiando, a ver navios, sem entender bulhufas.

    Quer um exemplo? Ana Lúcia, a moça que trabalha na minha casa, pegou pra ler o primeiro volume do “Usagi Drop” (*). Gostou da história e me pediu os outros volumes, mas me perguntou porque no fim da história Daikichi (o pai adotivo) age como se nunca tivesse visto Rin (a filha adotiva). Ou seja, ela começou a ler pelo “começo” natural (a primeira página no sentido ocidental) e ignorou o prefácio dizendo como ler no sentido oriental (porque tinha cara de livro, ela sempre pula as páginas editoriais dos livros e pensou que eram só aquelas informações de “editor/tradutor/endereço/outros livros da coleção” que sempre aparecem nos livros normais).

    Conclusão: se com a página de aviso já se corre o risco de enganos assim, imagine sem!

    ——————————————————————————————————————
    (*) Sei que não é lá aquele gibizão maravilhoso, mas eu, na condição de pai de dois pirraias, me identifiquei com a trama sobre paternidade… quer dizer, até os volumes finais, quando a filha adotiva vira adolescente e a coisa fica esquisita!

    Curtido por 2 pessoas

  8. colocar a questão da ausência
    da pagina explicando o sentido de leitura foi muito vacilo seu pq isso ai foi opção editorial e não erro

    Curtir

  9. Guardiões do Louvre nas 2 catdgorias, pelo fato de achar o Bruno Zago um boçal e por ele não ter a humildade de assumir a cagada que fez.

    Canal do Sahgo, porque esse canal é foda!!!!

    Fim de Gintama, nem leio o mzngá mas achei foda o que o criador fez kkkk

    Ao Quadrado, porque, sei lá, escutei algund podcasts drld e achei legal.

    Escandalo da Satty, porque é nós br na fita!!!

    Não votei no +de 8000 só pra deixar a Mara enfezada rsrsr, abraço miga kkkkk

    Digimon tri, porque olhando agora, vejo que digimon era um saco e que Medabots é muito melhor (opinião pessoal)

    Sacanagem da Mara ter tirado o Kitsune do troféu colírio. #chatiado

    Curtido por 1 pessoa

  10. Nintendo dizendo que se importa com Brasil é a maior piada de todas, e o único canal bom de anime Brasileiro é o VideoQuest.

    Curtir

  11. Nossa Mara, está sensacional as categorias e concorrentes desse ano!

    – Eu votaria no Sahgo, SE esse não tivesse sido possivelmente o melhor ano do VQ e o canal do Sahgo não tivesse dado uma desacelerada.

    – Apoio demais o AoQuadrado, a dupla manda bem demais nas análises e recomendações. Incluvie, deixo aqui meu protesto anual por não ter o Judeu Ateu na categoria de colírio.

    E ri alto da desrição do canal da Gabi rs

    Curtir

  12. “Prêmio Leonardo Kitsune de Colírio”, o cara é tão absoluto que virou premiação em vez de concorrente! Votei no Jack, muito “chalme” ali…
    Rainha Otaku foi mais difícil, mas canal foi fácil escolher, Kitsune é o único hater do VQ, duhuhuhuhuhuhuhuhuhu…
    Mas gosto muito do canal da Gabi Xavier…

    Curtir

  13. Votando no Jack, na Moo-chan e no Otaminas. Só recentemente conheci o canal da Gabi e gostei muito. Ano que vem eu voto nela. <3
    Votei no Mais de Oito Mil, de novo. Aparentemente só eu e mais uns 3 votam no blog. XD

    Curtir

  14. Hokuto não saiu ainda porque os japoneses estão exigindo um monte de troço pra JBC, não porque foi esquecido no churrasco. Tipo como rola com Akira.

    Curtir

  15. Não entendi a crítica ao ei nerd, não é querendo defender o Peter mas ele se importa a com animes e mangás, os lê com gosto e sempre faz criticas e comentários construtivos a respeito da cultura japonesa… Que piadinha mais merda hein

    Curtido por 1 pessoa

  16. Uma nota merecida ao “Prêmio Critical Hits de maior clickbait”, foi a cereja do bolo (na humildade opinião que ninguém me pediu), parabains Mara.

    Curtido por 2 pessoas

  17. Queremos Judeu Ateu no prêmio Leonardo Kitsune de Colírio!!!!!!!!!!!!!

    Aliás, falando do prêmio, se outro cara ganhar 3 vezes seguidas o prêmio passará a ser “Leonardo Kitsune/outro cara”? Ou o novo campeão toma o título para si e o Kitsune voltará à competição, tendo que buscar mais 3 vitórias para recuperar o seu troféu?

    Curtido por 1 pessoa

  18. Chefe O’Hara, entendo o seu ponto. Concordo em partes, o que não concordo o termo “mico”.
    O pessoal do PN subestimou o alcance do seu público, achando que apenas o pessoal do nicho dos quadrinhos iria comprar. Acho que a página realmente nos dias de hj é desnecessária, poderia apenas um bilhete ou marca página juntos com a obra, como os próprios admitiram em seu vídeo resposta.
    O que vejo é o “mico” é mais o rancor da Mara sobre o assunto.

    e Leandrowski, acho que vc não viu a resposta do Zago. Ele foi sim humilde.

    Curtido por 1 pessoa

  19. Sr. Kleiton, acho que o problema não foi só a ausência do aviso sobre o sentido de leitura, mas também o comentário sobre nada ser “à prova de idiotas”. Confesso que não acompanhei o desenrolar da história, nem sei se ele mandou algum comunicado se retratando, mas se essa história não desceu bem em mim, que não comprei o material, imagine em quem pagou de R$ 30 a 51 pelo gibi…

    Se eles pediram desculpas ao público (e corrigiram o erro em outros lançamentos), até retiro o que disse. Mas se não…

    Curtido por 1 pessoa

  20. +Bruno Luiz de Paula Zago lembro que no início você colocou uma mensagem no teu facebook, não chegava a ser agressivo, mas ainda tirava uma ondinha. Se não me engano o print dizia: ” tem gente que achou ruim guardiões do louvre não vir com página explicando o sentido de leitura, é mole?”
    Mas o bafafá foi grande, e acredito ser esse o motivo de suas desculpas. Bem, parabéns pela atitude. Mesmo assim ainda te acho um boçal. Sucesso👍

    Curtido por 1 pessoa

  21. Kleiton Tariga

    “Acho que a página realmente nos dias de hj é desnecessária poderia apenas um bilhete ou marca página juntos com a obra, como os próprios admitiram em seu vídeo resposta.”

    Kkkk que postura hem, o negócio gerou um rebuliço, mas vocês ainda tentam contornar a situação, e não assumem esse vacilo.

    Se fosse desnecessária não teria gerado esse bafafá e vi youtuber que recebeu o material dizendo que ficou confuso(a) quanto ao sentido de leitura.

    Curtido por 1 pessoa

  22. Mano, tem mais categoriais ainda esse ano ou é impressão minha? Talvez fosse o caso de colocar ao invés de 3 candidatos, 4 ou mais, dependendo da categoria.
    No mais, é certamente o prêmio mais honesto da internet otaka brasileira, boa Mara!

    Curtido por 1 pessoa

  23. leeiteee

    Deixa quieto, é fácil saber quem venceria, e não estou falando da Mara. Kkkk

    Curtir

  24. Recuso me a votar nos indicado ao troféu imprensa especializada (pff….)

    Nada demais, só mesmo pelo simples prazer de discordar.

    É pra isso que pago a internet. 😂😂

    Curtido por 1 pessoa

  25. REVOLTADÍSSIMA que tiraram o capitão onigiri da votação dos colírios!!!!! Eu vim aqui só pra votar nele já que tinha esperança dele ganhar ja que o rei colírio supremo não está mais lá pAra lhe roubar seu premio de direito!!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s