Mercado Nacional

JBC inova e lança sistema”faça sua própria periodicidade” para combater crise

Pegando o Kyon da Biblioteca Brasileira de Mangás de calças curtas, sem qualquer aviso a JBC lançou na tarde desta terça-feira o mais recente Henshin Online, o programa semanal para falar das novidades da editora. Mesmo em período de colapso editorial, essa tem sido principal forma de comunicação com o público, revelando aumentos e futuros… Continuar lendo JBC inova e lança sistema”faça sua própria periodicidade” para combater crise

Review de Jogos

(Review) My Hero One’s Justice é o sucessor de Naruto Ultimate Ninja? Se pá!

Tenho vívidos na minha lembrança os dias em que me reunia com amigos para jogar Naruto Ultimate Ninja Storm. Enquanto os jovens iam encher o rabo de tequila e depois rodar numa roleta premiada, nós passávamos horas com muitas lutinhas em arenas 3D, virando tronquinho de árvore e correndo sobre a água tal qual um… Continuar lendo (Review) My Hero One’s Justice é o sucessor de Naruto Ultimate Ninja? Se pá!

Barraco

Sato Company vs Eduardo Jaspion: A batalha por armaduras de Cybercop

Disputas judiciais. Suposta subtração de bens. Um policial do futuro com capacete de besouro. Isso tudo parece apenas uma coletânea de hashtags de algum episódio confuso de Ace Attorney, mas aqui é o blog Mais de Oito Mil com mais um barraco quentinho que cresceu sem nem receber o poder do Gyodai. Na manhã de… Continuar lendo Sato Company vs Eduardo Jaspion: A batalha por armaduras de Cybercop

Games

Estamos todos em uma relação abusiva com a Nintendo

Ser Nintendista não é fácil no Brasil, até porque envolve coisas como garimpar o preço menos abusivo e lidar com pessoas discutindo a timeline de Zelda. Enquanto a Sony e a Microsoft marcam presença no país de forma maciça, com lançamentos a preços atrativos e localização total de seus jogos AAA para o mercado nacional, o… Continuar lendo Estamos todos em uma relação abusiva com a Nintendo

Aleatoriedades

Filme de Yu-Gi-Oh chega ao Brasil e usa o “Monstro Que Renasce” nos dubladores originais

Curtir o anime de Yu-Gi-Oh é praticamente uma sessão de masoquismo pesado, e olha que não estou falando dos pouco confortáveis trajes de couro usados por Yugi em boa parte da série. Além de ser extremamente picotado pela 4Kids, a versão brasileira ganhou ares de bagunça generalizada por mudanças constantes de dubladores, termos e com… Continuar lendo Filme de Yu-Gi-Oh chega ao Brasil e usa o “Monstro Que Renasce” nos dubladores originais

Dublagem

Dublagem brasileira de Code Geass era 1º de abril (e sim, estamos em outubro)

No último dia 12 de outubro, o Dia das Crianças, eu estava quietinha em casa lendo meu One Piecezinho quando de repente ouço gritos vindos da timeline: havia vazado um trecho dublado em português de Code Geass. Para você que chegou nesse meio otaku agora e não entendeu a comoção, Code Geass foi o equivalente… Continuar lendo Dublagem brasileira de Code Geass era 1º de abril (e sim, estamos em outubro)

Problematizando

Goblin Slayer, a cena de estupro e a demografia “shonen adultão”

Uma coisa que admiro (e odeio, ao mesmo tempo) nos animes e mangás é a divisão das histórias por demografias, ou seja, separando o público que elas são destinadas. Eles têm demografias muito claras, como mangás para crianças (kodomo), os mangás para jovens garotos (shonen) e os mangás para adultos (seinen), porém existe uma demografia… Continuar lendo Goblin Slayer, a cena de estupro e a demografia “shonen adultão”

Eventos

Sou um otaku e estou na BGS 2018, o que posso fazer aqui?

Desde o aumento da relevância deste site (ou queda na relevância da concorrência, vai saber), tenho feito cobertura de diversos eventos em toda a capital paulista. Anos de vivência em eventos de otakus pelos quatro cantos da cidade já me fazem ter uma overdose de lojinha de funko e plaquinha de gente oferecendo abraço de… Continuar lendo Sou um otaku e estou na BGS 2018, o que posso fazer aqui?

Aleatoriedades

Chega ao ocidente uma light novel isekai… DE EMPREENDEDORISMO

A Grande Nação Japonesa não é campeã apenas na quantidade de heróis com poderzinhos e closes ginecológicos desnecessários em personagens femininas, o país também é reconhecido pela abundância em histórias simplesmente absurdas que nos cativam por serem assim, bem loucas. O mercado de light novel principalmente, que consegue transformar qualquer ideia maluca em um isekai… Continuar lendo Chega ao ocidente uma light novel isekai… DE EMPREENDEDORISMO

Aleatoriedades

Santo Expedito News: Toei quer tentar emplacar Saintia Shô aqui na CCXP

Além de ser um lugar no qual um nerd pode comprar um hambúrguer feito de isopor por 40 reais, a CCXP virou o maior evento jeek geek do país, trazendo uma quantidade de empresas oficiais e pessoas do meio a ponto de dar inveja nos animes-qualquer-coisa. Com um público na base das centenas de milhares… Continuar lendo Santo Expedito News: Toei quer tentar emplacar Saintia Shô aqui na CCXP