Mercado Nacional

A Panini deve dar uma parada nos shoujos pra valorizar os shonenzinhos de 22 reais

Já falei aqui no site o quanto a Panini decidiu apostar em novos formatos de divulgações de mangás através de novos formatos, como a divulgação exclusiva para o ISBN ou então em tentativas telepáticas de informar seus leitores sobre títulos nas bancas. Como nada disso é muito efetivo, a página pessoal da editora Beth Kodama… Continuar lendo A Panini deve dar uma parada nos shoujos pra valorizar os shonenzinhos de 22 reais

Mercado Nacional

Crise? O que é isso? Mangás da Panini seguem como se nada tivesse acontecido

Se você decidiu dar um cochilo esperando sair o próximo volume de Hunter x Hunter, muito provavelmente não ficou sabendo da atual crise editorial brasileira. Basicamente é uma grande nuvem negra causada por uma série de fatores que se alinharam como planetas na sinopse de um anime dos anos 80: as bancas estão acabando, a… Continuar lendo Crise? O que é isso? Mangás da Panini seguem como se nada tivesse acontecido

Animes

Asobi Asobase, o clássico ignorado da temporada

Se você abordar um otaku qualquer com uma katana em punhos perguntando qual o anime favorito da temporada, provavelmente vai ouvir várias respostas. Alguém vai responder Cells At Work, o otakinho padrão vai falar My Hero Academia e a galera conceitual anunciará Banana Fish sem hesitar. Porém, em meio a tantos animes da temporada, tem UM… Continuar lendo Asobi Asobase, o clássico ignorado da temporada

Mercado Nacional

Lembra o preço caro dos novos mangás da Panini? Bungo Stray Dogs já ultrapassou

Atendendo a ~pedidos do público~, a Panini anunciou no último mês de julho (lá no Anime Friends) que seu novo padrão de mangás não seria mais aquele papel jornal custando 15 reais, e sim um robusto tanko com papel diferente custando 21,90, dificultando o acesso a mangás genéricos e apoiados por entusiastas da editora. Como… Continuar lendo Lembra o preço caro dos novos mangás da Panini? Bungo Stray Dogs já ultrapassou

Meu Passado Otaku

6 séries que foram requentadas tempos depois (mas não deram tão certo)

Muitos zoam que o Japão é o único país que é alvo de matérias do Fantástico mostrando como a modernidade convive em harmonia com a tradição, mas na verdade o Brasil é quase um depósito a céu aberto de produções com mais de uma década de idade. A bola da vez é a série Jaspion,… Continuar lendo 6 séries que foram requentadas tempos depois (mas não deram tão certo)

Animes

O filme de Bungou Stray Dogs chegou ao Brasil, dá pra ver sem conhecer a série?

Uma agência de detetives do barulho, repleta de pessoas esguias com poderzinho resolvendo as maiores confusões. Esse resumo no melhor estilo narrador da Sessão da Tarde é uma forma bem genérica de se referir a Bungou Stray Dogs, um mangá publicado na Young Ace desde 2012 (atualmente com 14 volumes) e que é bem cultuado… Continuar lendo O filme de Bungou Stray Dogs chegou ao Brasil, dá pra ver sem conhecer a série?

Desabafo · Mercado Nacional

Com a crise editorial, será que é hora do meio-tanko voltar?

Tenho uma historinha para você leitor. Era uma vez um mercado de quadrinhos que era bem acessível, até que decidiram lançar produtos mais luxuosos e bem acabados para agradar o público consumidor mais exigente. Mas, ao contrário de ingresso para o primeiro dia do Anime Friends, isso não apareceu de graça! Com o aumento de… Continuar lendo Com a crise editorial, será que é hora do meio-tanko voltar?

Aleatoriedades

Crunchyroll TV – como foi a primeira semana do retorno dos animes à TV

Se você acha que o Mais de Oito Mil estava em vias de acabar por causa do apocalipse editorial que se aproxima, sou obrigada a contar que tem muitas outras áreas otakas dando certo no país. Ou mais ou menos. Após conquistar os otakus com um catálogo invejável e uma assinatura mensal que custa menos… Continuar lendo Crunchyroll TV – como foi a primeira semana do retorno dos animes à TV

Mercado Nacional

A Liga da Justiça vai ganhar um novo “mangá” pela Panini, com aspas mesmo

Qual é o mangá mais vendido do Brasil? Bem, não sei, afinal não tenho qualquer acesso a números de vendas. Porém, com dados tirados do éter eu posso afirmar que um dos mais vendidos é o Turma da Mônica Jovem. O quadrinho nacional da famosa personagem infantil é um sucesso, e uma de suas características é… Continuar lendo A Liga da Justiça vai ganhar um novo “mangá” pela Panini, com aspas mesmo