Mercado Nacional

Com financiamento coletivo, autor de Tools Challenge promete se despedir da série

Seis anos atrás, Max Andrade realizava um financiamento coletivo para imprimir uma versão física do primeiro volume de seu quadrinho publicado via internet, o Tools Challenge. Faltando poucos dias para acabar, a meta ainda não havia sido batida e cheguei a fazer um post aqui no site para dar um empurrãozinho. Provavelmente não tive muito… Continuar lendo Com financiamento coletivo, autor de Tools Challenge promete se despedir da série

Mercado Nacional

Onomatopeias nos mangás brasileiros: respeito à ARTE, economia ou preguiça?

Muitas das convenções que temos atualmente nos mangás foram instituídas pela Editora Conrad no final do ano 2000, quando ela começou a publicar mangás aqui no Brasil. Entre vários itens dessa ABNT editorial nipônica, um deles se refere à forma como as editoras de mangás traduzem as onomatopeias (aqueles barulhinhos que são representados visualmente em… Continuar lendo Onomatopeias nos mangás brasileiros: respeito à ARTE, economia ou preguiça?

Mercado Nacional

Novo mangá da Mônica se aproveita de lacuna ignorada por editoras

Se tem uma coisa que não podemos falar de Maurício de Sousa é que ele não é um bom empresário. Além da proeza de ter feito dinheiro com quadrinhos em um país que está cagando para a leitura e arte, dez anos atrás ele decidiu colocar uns olhões grandes em sua Turma da Mônica para… Continuar lendo Novo mangá da Mônica se aproveita de lacuna ignorada por editoras

Mercado Nacional

Todo mangá pode ser de luxo? (o post sobre o Fruits Basket a 53 reais)

Não tem sido fácil cobrir o nosso mercado de mangazinhos, afinal as notícias não variam muito do básico "Panini anuncia shonen de lutinha a preço salgado" ou "Mangá tal é lançado a preço muito caro". Como a Panini ainda não anunciou nenhum shonen de lutinha, resta apenas a opção de um mangá custando bem caro,… Continuar lendo Todo mangá pode ser de luxo? (o post sobre o Fruits Basket a 53 reais)

Mercado Nacional

A Era do Colecionismo chega para todas, até para a NewPOP

Assim como toda cantora de pop chega no momento de tentar um álbum mais conceitual para um público mais refinado, as editoras de mangás do Brasil tem sua própria Era Joanne: em algum momento de suas vidas, elas botam o pezinho na grande piscina do colecionismo de quadrinhos. Afinal, em tempos em que o dinheiro… Continuar lendo A Era do Colecionismo chega para todas, até para a NewPOP

Desabafo · Mercado Nacional

A triste história dos mangás que NUNCA vão sair no Brasil (e o motivo disso)

Já falei aqui em outra matéria, mas recentemente eu viajei para a Argentina (tem até matéria aqui sobre os mangás de lá) e aproveitei o passeio para trazer coisas que não temos no Brasil. Na mala, entre outras coisas, veio um My Hero Academia Vigilante, aquele mangá do Yamcha de Dragon Ball, as três primeiras… Continuar lendo A triste história dos mangás que NUNCA vão sair no Brasil (e o motivo disso)

Mercado Nacional

Argentina: uma viagem pelo mercado de mangás dos nossos vizinhos

Talvez vocês não tenham percebido a ausência de matérias aqui no site, até porque nada de relevante aconteceu no nosso mercadinho, mas eu estava de férias. Meu husbando me ameaçou com uma arma, dizendo que eu precisava tirar férias, e assim fui com ele para a Argentina. Além dos passeios óbvios a se fazer, que… Continuar lendo Argentina: uma viagem pelo mercado de mangás dos nossos vizinhos

Mercado Nacional

FuriFura, o incrível caso do mangá com 3 nomes diferentes na capa

Lançar mangá no Brasil é uma arte que envolve simultaneamente muita análise de mercado e também muito achismo. Um dos pontos principais de um mangá, e que é pouco debatido por aqui, é o título escolhido para o negócio. Se por um lado o ideal é deixar o negócio acessível a mais gente, por outro… Continuar lendo FuriFura, o incrível caso do mangá com 3 nomes diferentes na capa

Mercado Nacional

No dia da mentira, um post com 8 VERDADES sobre nosso mercado de otakices

Já estamos no meio da tarde do dia 1º de abril e aposto que você otaku já viu pelo menos quinze grupos de Facebook ou redes sociais de site fazendo brincadeira sobre publicação de Haikyuu no Brasil. Mentir é engraçado, não? Bem, não posto mentiras aqui no Mais de Oito Mil nesse dia de fake… Continuar lendo No dia da mentira, um post com 8 VERDADES sobre nosso mercado de otakices

Mercado Nacional

Panini encerra a era do Shonen de Lutinha a 22 reais com Food Wars mais caro

Há alguns meses noticiamos que a Panini havia elevado o preço de seus títulos padrão. Os shonens de lutinha, títulos imprescindíveis para um mercado por serem porta de entrada para novos leitores, com suas tramas jovens e populares, deixou de lado o formato de 15 reais para ser lançado a 22 goldenshowers, com a desculpa… Continuar lendo Panini encerra a era do Shonen de Lutinha a 22 reais com Food Wars mais caro