Archive | Uma Otaka no Rola ou Enrola RSS feed for this section

Mais uma Otaka no Rola ou Enrola #01: Conheça Haru, a nova solteira

25 mai haru-rola-capa

Entre uma reclamação nos comentários do Jbox pedindo que alguma editora publique Jojo e outra otakice, você deve ter pensado “o que está faltando para o Mais de Oito Mil ser relevante como era em 2011?”. É uma briga com dublador? É a derrubada de algum salvador dos games? Não, a resposta é muito mais simples: o Rola ou Enrola. Em algum momento do passado deixamos nossa aparente intelectualidade de lado e nos jogamos de cabeça na cobertura televisiva de um quadro de namoros fake promissor do programa da Eliana, a musa dos otakus (epíteto ganhado após ter atraído uma quantidade absurda de malucos aficionados pelo gênero).

Caso você não lembre, durante 5 semanas houve uma participante do quadro Rola ou Enrola chamada Vivian Otaka (mentira, esse é o nome que eu dei pra ela) que deixou um vazio muito grande em nossos kokoros. Mas a saudade, assim como promessas da Conrad, é algo que devemos deixar para trás, e isso porque a Eliana apresentou ontem a mais nova competidora do programa: Haru. Mas e se essa Haru for uma fraude como a Bárbara Nerd (fiz investigação, lembra)? Precisamos de um atestado que Haru é verdadeiramente uma otaka, como podemos providenciar isso?

haru-rola-01

NÃO PRECISAMOS DE MAIS PROVAS! Apenas uma otaka teria tanto desprendimento e tão falta de vergonha em rede nacional. Haru foi aceita por mim do Mais de Oito Mil como a sucessora narutal de Vivian Otaka e podemos ressuscitar uma das seções com mais audiência e menos ofensas da história deste blog. RODA A VINHETA, KARESHI!!!

rola-ou-enrola-logo-01

Já tô melhor pra criar variações de nomes que o Video Quest, né? Haru terminou seu vídeo de apresentação dizendo que vai dar um Hadouken em caras grosseirões que bebem e fumam. Minha filha, esse programa é conhecido por levar apenas os modeletes mais boçais que estão mais interessados em levar o cachê sem precisar daquelas gincanas do Programa Silvio Santos, então é bom que você leve um bom estoque de meia lua e soco porque você VAI PRECISAR!

Caso você seja uma daquelas pessoas que se considera superior por ver desenho japonês no lugar de programas brasileiros, duas coisas: 1- pare de ser trouxa 2- o Rola ou Enrola é tipo um The Voice da paquera, no qual o macho entra numa esteira, tem um minuto para fazer uma apresentação e as cinco garotas fazem perguntas de duplo sentido. Caso role interesse, elas viram a placa dizendo que o querem. Se mais de uma fizer isso, o cara escolhe qual moça quer.

Sendo assim, Haru já deve ter pensado em casa “eu preciso de algum diferencial” enquanto via seus pôsteres de Dragon Ball Z que vinham na Ultra Jovem. E qual seria esse diferencial? Seria fazer um Pronatec, ler um Kakfa? Claro que não, a melhor saída é…

haru-rola-02

IR COM UM COSPLAY DE SAKURA. Em momento algum do programa a Eliana demonstrou desconforto, mas a gente sabe que ela DETESTA Sakura. Para entender isso, precisamos voltar para 2000, quando o Cartoon Network exibiu Sakura e Sailor Moon R e as séries começaram a fazer sucesso. Como a Globo tinha mais grana, levou o anime da caçadora de cartas. Já a Record pegou Sailor Moon e obrigou a Eliana a fazer ISSO:

Eu também ficaria puta se me botassem vestida de Lady Gaga pilotando uma nave espacial para promover um anime ruim de garotas que defendiam a terra com roupa de marinheira. Enfim… Haru estava um pouco apagadinha durante o programa, até porque a produção caprichou no nível de bizarrice dos rapazes e nem dava para competir com isso.

Como esse post já foi classificado na sua mente na categoria “textão do face”, agora vou transformá-lo em lista do Buzzfeed pra você continuar me lendo. Vamos ver os 07 machos constrangedores do programa dessa semana??? IKIMASU!

01. Iago, o gago (graças-a-deus, segundo ele) que mostrou como gosta de dormir usando um manequim nem um pouco assustador:

haru-rola-03

02. Rogério, o rapaz que achou que conquistaria mulheres dizendo que sofre de prisão de ventre:

haru-rola-04

03. Wotson, o lutador de nunchaku que só coloquei na categoria de constrangimento porque ele quis pegar a Haru, e não eu (bonus track: a cara da Eliana):

haru-rola-05

04. Vinícius, que fez um desfile de modelos de papelão:

haru-rola-06

05. O gladiador romano que ativou o novo recurso do Rola ou Enrola, o GUNDAM BOMBEIRO PARA APAGAR O FOGO DA GALERA:

haru-rola-07

06. Jonathan com cosplay de humano saindo da traqueia de um lobo mau:

haru-rola-08

07. Daniel, o alemão que entende tanto do idioma pátrio quanto a Newpop:

haru-rola-09

No final do programa, Haru ficou com o Wotson e na próxima semana veremos como foi o primeiro encontro deles. Se ela curtir, ela nem volta ao Rola ou Enrola. Enquanto isso, nas redes sociais, o povo tentou maaaais uma vez fazer com que o blogueiro Nintakun tivesse seu momento de fama na internet levantando a tag #NintakunNaEliana para os TTs (como se fama na internet garantisse dinheiro e sexo, vide um viado careca aí que enche o saco twittando sobre novelas).

haru-rola-10

Minna, vamos parar de bancar a JBC e requentar coisas antigas? Vlw flw! Até semana que vem!

Um Otaku no Rola ou Enrola: Como conquistar uma loirinha cantando Pegasus Fantasy

20 abr pegasus-fantasy-rola-ou-enrola-capa

Durante muito tempo cobri aqui no Mais de Oito Mil a trajetória amorosa de Vívian Otaka no melhor programa de namoros da televisão brasileira, o Rola ou Enrola (você pode clicar aí do lado na categoria “Uma Otaka no Rola ou Enrola” e vai entender o que disse). Mas eu achava que Vívian era o fundo desse grande poço que é o constrangimento otaku, mas fui surpreendida novamente quando um otaku apareceu no programa ao vivo e cantou Pegasus Fantasy.

Como a galerinha das primeiras impressões está ocupada em hangouts e nem ao menos sabe qual é o canal do SBT, resta a esta humilde blogueira do bumbum grande se sacrificar por todos nós e fazer uma análise minuciosa da participação de Henrique, o otaku que achou que conquistaria cinco gostosas usando o hino máximo da cafonice e da virgindade. Eu só digo uma coisa, minna, LÁGRIMAS VÃO ROLAR.

gif-seiya-chorando

Para quem chegou agora e não faz ideia de como é esse programa, eu tenho um resumo bem breve da coisa: cinco belas mulheres ficam sentadas em cadeiras enquanto vários homens, um a um, surgem numa esteira rolante e tentam agradá-las. Assim como àqueles restaurantes japoneses que o sushizinho anda por uma esteira, apenas uma poderá pegar a comida, e elas demonstram interesses através de placas.

Henrique, conhecido no meio otaku há meio século como Yatta (por favor nunca procurem esse clipe no YouTube, vai te poupar ver japas feios e seminus dançando em um vídeo mais pixelizado que jogo indie conceitual), foi o segundo participante do programa. Ele disse que é meio japa e meio árabe, por isso é meio kamizake. A seguir, a reação delas com a piada:

GIF-BOLA-DE-FENO

Ele então anuncia que vai cantar uma música em japonês. A gente já poderia esperar uma desgraça mesmo se ele começasse a cantar “Ue o Muite arukou”, mas tudo sempre dá pra piorar e começou a tocar aqueles acordes que já me dão um calafrio de constrangimento. Era Pegasus Fantasy. E ele cantou TODA a abertura de Cavaleiros do Zodíaco.

Vou informar uma coisa para os leitores otakus que desejam perder a virgindade: há várias coisas que vocês podem fazer para atrair uma mulher sem que mostre que vocês já foram no Anime Friends. Você pode dizer que sabe escrever o nome dela em katakana, inventar umas palavras aleatórias e dizer que é um haiku… mas nunca, NUNCA, cante uma abertura de anime. Ainda mais porque, independente da música, a letra de uma música de anime faz tanto sentido quanto o último episódio de Evangelion.

Sabem qual é o pior? Ele EM MOMENTO ALGUM disse que se tratava da abertura de Cavaleiros, talvez na esperança que ele parecesse apenas excêntrico, e não otaku. Felizmente, ele foi desmascarado rapidamente pois não contava com a presença de outro nerd no palco:

pegasus-fantasy-rola-ou-enrola-01

No fim do negócio, o nerd começou a ler os tweets que enviaram no domingo. Se vocês acham que eu sou maldosa, é porque não viram os telespectadores da Eliana, que comentaram a semelhança do moço com o Super Mario chinês. Eu achei muito grave isso, muito perverso. Até porque, em quase seis anos de Mais de Oito Mil, eu nunca ofendi o Super Mario de algo tão degradante.

Pobre Eliana. Você tira a apresentadora dos programas para otakus mas não tira os otakus de perto da apresentadora.

(Obrigada ao leitor @SpiderCuster que avisou desse momento, que pode ser visto aqui em vídeo)

DLC de “Uma Otaka no Rola ou Enrola” – Raquel Evangélica demonstrando seu amor pela cultura mais rica

17 mai

Ao contrário de vocês, que abandonaram o Rola ou Enrola depois da saída da Vivian Otaka, eu continuo firme e forte economizando meus neurônios e irritando meu kareshi aos domingos acompanhando este que é o melhor quadro de namoro de todos os tempos.

Deste último domingo, apareceu um cara que morou décadas no Japão e foi tentar conquistar as encalhadas com uma música japonesa. Foi digno de aparecer aqui no blog, então o que fazer se a seção “Uma Otaka no Rola ou Enrola” terminou? É só fazer um DLC!

IKIMASU ver o DLC do nosso quadro mais famoso porque eu, ao contrário da Capcom, não escondi o DLC na mídia:


Nem se a Eliana ficasse meia hora fazendo merchãn do site Daqui Dali deixaria as encalhadas com tanta cara de paisagem assim. E por algum motivo o câmera acha que precisa ficar focalizando a Fabiana Japa a cada 10 segundos só porque o cara tá cantando em japonês.

O constrangimento do vídeo fica com Raquel Evangélica, devidamente caracterizada de Luisa Marilac (Maria e seus apelidos S2), tentando convencer todo mundo que é uma diva, que morou no Japão e fala o idioma com mais fluência que o príncipe Naruto Naruhito.

Tá, eu confesso, todo esse post não passou de uma desculpa para publicar novamente o GIF da Raquel Evangélica:

Saudades, Rola ou Enrola.

Uma Otaka no Rola ou Enrola (OVA) – A Evangélica que não me amava

25 abr

Que isso, Marinha, que isso? O “Uma Otaka no Rola ou Enrola” não havia terminado semana passada? Desculpem, leitores, mas toda série de sucesso ganha um OVA, não é? E como você iria dormir sem saber como foi o encontro do otaku com a Raquel Evangélica? E como você iria ficar sem o retorno de Eduardo Delícia ao palco? Quem será o próximo cosplayer a entrar na esteira? Vamos para o post, que terá menos frases com interrogações?

Quando as mulheres entram, a gente já repara que tá faltando… a Fabiana Japa. Mas foi eliminada desse programa? Na verdade ela ficou doente e foi substituída esta semana por uma genérica que estuda administração. E enquanto você se pergunta “E a genérica vai sair semana que vem para voltar a Fabiana Japa?”, Noemi revela que convenientemente este é seu último programa, pois cansou de buscar namorado em rede nacional quando sua filha jovial arranjou um amor verdadeiro.

A Eliana guardou o melhor para o final, e fez questão de registrar EM VÍDEO como foi o encontro de Raquel Evangélica com o otaku. Pegue a pipoca e o Mupy e IKIMASU clicar no play!

São muitos momentos para se guardar no coração, é quase um My Fair Lady versão Otaku. Raquel Evangélica fazendo carão no restaurante chique, tendo as unhas trolladas, ensinando pro otaku o que é salada e o que é enfeite de mesa, a cara dos transeuntes do rock observando aquela senhoura e, claro, a BOLSADA que foi mais emocionante do que o golpe que os cavs (/Kelly Key) conseguiram acertar no Poseidon na décima tentativa.

IKIMASU rever?

Os homens genéricos foram entrando, até que finalmente entrou a atração mais esperada da noite: minha sogra terminou de fazer a deliciosa torta de morango dela e eu pude assistir meu programa favorito comendo minha sobremesa favorita.

E enquanto comia, ele apareceu na TV. Me ganhou com esse jeito de menino, tão alegre, tão meigo e distraído. Eu não sei aonde esse amor vai me levar. Que você é mais novo, é verdade, mas não quero saber da sua idade. Não vou mais curtir, eu vou deixar rolar.

Está pronto para constrangimento puro? Imagine a cena: Eduardo Delícia mostrando seu sotaque lindo e seu braço maior que o novo preço dos mangás da JBC cativando a genérica, encantada porque ele também trabalha com eventos e prestes a largar Leonardo, sua escolha anterior. Leonardo então dá um SHOW de argumentação explicando por que não deve ser trocado pelo nosso gogoboy promotor de eventos favorito:

Porque quando você vê seu namorado te trocando por outra, você OBVIAMENTE vai falar que ela não sabe fazer um MI sem aquecer. Parabéns, Leonardo, por mostrar que este programa é sempre surpreendente.

Eduardo Delícia fez seu retorno triunfal e… só a genérica quis. Francamente. Esse homem perfeito chega, mostra seu tanque e nenhuma das encalhadas quer?

E Noemi, que anunciou sua saída do programa, aparentemente achou o homem da sua vida. Mais velho, com filhos e cosplayer do Doutor House, fez Noemi abandonar o príncipe novinho para viver uma aventura com um senhor mais velho, experiente e que vai dar oito diagnósticos antes de perceber que a amada está com virose.

IKIMASU dedicar um vídeo para o fim do post e para o vindouro amor de Noemi?

E essa foi a cobertura do episódio especial de uma “Otaka no Rola ou Enrola”. Se vai voltar ou não, depende de muitos fatores, tipo a aceitação dos leitores. Sim, porque vocês são importantes. Só espero que vocês não me critiquem por ter retornado esta seção, porque é muito fácil criticar. Quero ver você fazer um MI sem aquecer.

aaaaaAAAAAAAaaaaaAAAaAaARrrgghhhh…!!!! 

Reveja todos os posts do “Uma Otaka no Rola ou Enrola” clicando aqui.

Uma Otaka no Rola ou Enrola (s01e05) – O “inexperado” Season Finale!

16 abr

Semana passada, Vivian Otaka se apaixonou pelo cosplay do Mario e saiu num encontro. Será que ela volt… peraí! O título da postagem já entregou tudo!

Como diria o redator do Animepró, ontem foi um dia “inexperado”. Vivian Otaka não retornou ao palco do Rola ou Enrola, mostrando que havia se afeiçoado ao rapaz fantasiado de encanador.

Mas como será que foi o encontro? Quem irá substituir nossa V de Vergonha? Quem será que vai ser trollada pela produção do programa? Vai começar o ÚLTIMO episódio de UMA OTAKA NO ROLA OU ENROLA!

Depois de um suspense para segurar a audiência dos leitores do MdOM, Eliana mandou entrar o VT mostrando o encontro de Vivian Otaka e Rodolfo Mario.

Durante o vídeo não podemos deixar de notar a completa falta de expressão de Eliana, então talvez ela tenha sido substituída por um boneco de cera e a gente não ficou sabendo.

E como você provavelmente não viu o vídeo do encontro vergonhoso em um fliperama de shopping, IKIMASU ver o resumo da MELHOR DESPEDIDA DE TODOS OS TEMPOS:

E já que Eliana perdeu uma atração que trouxe de volta o público otaku que fugiu dela após aquele clipe horroroso de Sailor Moon, ela trouxe uma japonesa para preencher o lugar de Vivian.

Infelizmente, Fabiana Japa não tem um sétimo do carisma de Vivian Otaka, o que frustra uma suposta segunda temporada de Uma Otaka no Rola ou Enrola estrelando uma protagonista diferente.

Toda hora Eliana tinha que perguntar à Fabiana se ela queria fazer uma pergunta, tipo mãe tentando fazer a filha ser mais participativa com as outras crianças do parquinho.

Para suprir a cota otaku, a produção da Eliana convocou uma pessoa:

Ele foi dispensado por todas e logo depois o programa acabou. A surpresa foi que a evangélica sensual não havia escolhido homem algum. Segundo as regras (oi?) do programa, qual seria a saída? Trazer Vivian Otaka de volta para dançar a versão Para-Para de Danza Kuduro na cara da mulher? Ressuscitar o Homem-Alface para um revival de vergonha alheia? Ou então trazer de volta o Eduardo Delícia para vermos um strip-tease sensual?

Vai vendo:

De todas essas opções de trollagem que eu sugeri, NENHUMA chega AOS PÉS da trollagem máster que Eliana fez em sua convidada. Vai ter que sair com o cosplay de Dante do Sket Dance!

Me despeço de todos vocês que adoraram acompanhar durante um mês as aventuras de Vivian Otaka no Rola ou Enrola. Assim, esta é a primeira série que teve todos os capítulos em coberturas do Mais de Oito Mil! Vitória para quem abandonou Hunter x Hunter no episódio 6!

E é com esse gif maravilhoso do choque da realidade da evangélica que terminamos esta seção do MdOM.

Hahaha!

Reveja o episódio 1 clicando aqui, o episódio 2 clicando aqui, o episódio 3 clicando aqui e o episódio 4 clicando aqui.

Uma Otaka no Rola ou Enrola (s01e04) – Não tá fácil nem pro Caio Castro

10 abr

Depois de uma queda de energia patrocinada por Vivian Otaka no intuito de sabotar minha cobertura ao vivo, voltamos para o quarto episódio do nosso dorama favorito! No capítulo anterior, a musa V de Vergonha escolheu um cartunista para desenhar uma linda história de amor, então será que ela volta ao palco da Eliana para ser zuada por todas as outras mulheres? E será que Eliana, mais uma vez, dirá uma frase sensitiva prevendo o futuro? Isso tudo será respondido no quarto episódio de…

E a surpresa foi que uma das mulheres não voltou… e não foi a Vivian Otaka! A que decidiu esconder-se em cara para evitar a vergonha de ser conhecida nacionalmente como encalhada foi a filha da Noemi, que tomou vergonha na cara e ficou com o garoto gostoso pra caralho que no capítulo anterior levou flores a ela. Em seu lugar entrou uma mulher nova, uma evangélica animadona que mirou o visual na Angelina Jolie e acertou na Rogéria.

Mas antes de ver os rapazes do programa de hoje, que tal vermos qual foi a desculpa que Vivian Otaka deu para Eliana justificando não querer o cartunista?

Nem vou falar da Vivian zuando a funkeira chamando-a claramente de atirada, e sim da desculpa esfarrapada do cartunista sobre o fora que, SUPOSTAMENTE, ele deu. Observem:

O cara a leva numa SORVETERIA e espera interesse? A única frase em que “sorveteria” e “interesse” aparecem juntas é na frase “Eu tenho INTERESSE em te matar naquela SORVETERIA escrota!”. Se eu fosse Vivian Otaka, enfiaria o homem dentro do refrigerador para guardar às gerações posteriores um exemplo de homem com péssimo gosto para encontros.  Aposto que a levou só pela piada pronta de perguntar “E aí, gosta de chupar?”.

Infelizmente neste programa teve pouco exemplo de vergonha alheia extrema, e nem o Homem-Coelho conseguiu carisma o bastante para ser lembrado aqui no MdOM com foto ou vídeo, exclusividade ainda do nosso A-MA-DO Homem-Alface. E como o Inception da Eliana prometeu, apareceu um otaku para Vivian Otaka, que demonstrou sua capacidade de demonstrar vergonha alheia em uma esteira rolante.

Após passar por um rigorosíssimo teste proposto por Vivi Pikachu, o Mario conseguiu levar o seu coração. As outras mulheres nem levaram em consideração sua participação, mostrando claramente que é um complô da produção do programa para expulsar a carismática otaka do palco dominical.

E me desculpem as otakas e os fusquinhas, mas o maior destaque do domingo (e por que não de todo esse programa?) foi o participante Eduardo. Rejeitado pela Maria, que perdeu TODOS os inúmeros pontos que ela tinha conquistado comigo, Eduardo foi jogado para escanteio sem a menor explicação.

Se você não viu, veja quem é Eduardo Delícia:

Se você também ficou sem palavras ao olhar essa cara de cover musculoso do Caio Castro de vinte anos direto do Sul, imagina quando você clicar neste link e for ver o FACEBOOK dele, com fotos ousadíssimas???

(Desculpem, eu enganei vocês e o link redirecionava ao meu blog, numa tentativa barata de angariar mais visitas. O facebook dele é este aqui.)

Minna, que homem é esse? Como Maria ousou dispensá-lo? Como ter estes músculos em casa para auxiliar na lavagem de roupa? Como consegue ser tão fofo e tão selvagem ao mesmo tempo? Meu kareshi putíssimo com esses comentários: sim ou com certeza?

E é com mais essa gratuita demonstração de beleza de Eduardo Delícia que encerramos o episódio de hoje. Será que o plano maléfico da produção dará certo e Vivi nunca mais retornará? Ou a vontade de aparecer num programa dominical superará as expectativas de um namoro duradouro com um cosplayer de Mario de São José dos Campos? Veremos isso no próximo e (último?) episódio de Uma Otaka no Rola ou Enrola!

Uma Otaka no Rola ou Enrola (s01e03) – O Palhaço que não era o Selton Mello

4 abr

“Credo, Maracutaia, mais uma vez você vai falar desse programeco de namoro? Sou mais ficar com meus animes de comédia que são mais engraçados.”

Olha, me desculpa se você se sente superior vendo anime sem graça que necessita de uma legenda de meia tela para entender um costume japonês que não vai entrar na sua cabeça nem se o Leonardo di Caprio fizer um Inception.

Me perguntaram se eu assistiria o Rola ou Enrola mesmo se não tivesse nossa MUSA Vivian Otaka, e eu respondo: Claro! Quantas vezes já não mandei meu namorado desligar aquela merda de Resident Evil 5 pra colocar no MELHOR PROGRAMA DE NAMOROS DA TELEVISÃO BRASILEIRA???

No capítulo da semana passada, Vivian Otaka sofreu bullying das encalhadas e ficou com um cara que prometeu casa, comida e cosplay lavado. Será que nossa heroína dos tempos de cólera conseguirá se desvencilhar desse Mashiro brasileiro e voltar ao programa?

Saberemos isso no capítulo de hoje de….

Eliana acordou pérfida neste dia, porque não cansou de trollar todos os participantes. Sobrou até para a nossa Embaixadora Nacional do Desconforto, que teve seu encontro com o Mashiro da vida real em um EVENTO DE ANIME.

Vai vendo:

Reparem a cara de DECEPÇÃO profunda feita por Eliana ao ver que não conseguiu desencalhar Vivian Otaka com alguém que acha cosplay algo bacana. E, quase num tom profético, Eliana solta um “Pra você, Vivian, precisa rolar alguém muito específico”. Olha o Inception, Eliana!

Mas Vivian Otaka se superou na citação: “Quando ele queria sair eu queria ficar em casa, e quando eu queria ficar em casa ele queria sair… e não rolou“. Amor, o Macaco Louco tá aqui pedindo o recurso discursivo dele de volta, tá?

Vamos ver um apanhado geral dos caras do programa de hoje?

Como tinha muito homem tradicional, que é bonito e tem tanto cérebro quanto o Death Note How to Read da JBC tem de cola, Vivian Otaka foi sendo jogada pra escanteio por todos esses gatíneos. A roqueira Maria foi escolhida pelo segundo rapaz numa competição com a nossa musa, e soltou um “Volta pra Pokébola, Pikachu!”. Vivian, você precisa reagir! Cadê seu espírito tsundere?

Mas como a Eliana já tinha adiantado, apareceu alguém muito específico que fez o coração de Vivian Otaka explodir com mais freqüência que a troca de imagens na abertura de Evangelion. Vamos resumir os minutos de desajuste social em três quadrinhos?

Será que ela voltará no próximo domingo, para eu ter uma justificativa de assistir a esse programa maravilhoso?

E já que essa seção do blog já se especializou em ter momentos de pura vergonha alheia, precisamos ver o candidato que gerou mais constrangimento. Com apenas um banquinho e um violão, o Bruno foi zuado sem fim pela apresentadora, que o trollou tanto pelas caretas feitas enquanto ele canta o clássico dos luaus “Anna Júlia” quanto pelos comentários desdenhosos e maledicentes após. Tome um Dramin e clique no vídeo:

A Eliana devia ser chamada para uma campanha Anti-Bullying, só que na campanha ela deve ser o lado que pratica o bullying.

E esse foi o Rola ou Enrola, voltamos semana que vem para conferir de Vivian Otaka continua com o desenhista. Esse programa é muito bom, espero que já não seja o Season Finale já domingo que vem!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.390 outros seguidores