Aleatoriedades

O novo desenho americano da Crunchyroll é uma ofensa aos animes japoneses?

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

….

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

…..

….

Não sei, ninguém viu nada dele ainda.

31 comentários em “O novo desenho americano da Crunchyroll é uma ofensa aos animes japoneses?

  1. Vamos aos fatos: a produção é uma versão incrívelmente genérica de meninha mágica que deve ser produzida pela mesma leva de artistas sem um pingo de criatividade que infestam o mercado hoje em dia.

    E também levanta uma questão muito interessante: Assinantes da Crunchroll utilizam o serviço para ver animes, e esperam que a grana investida na plataforma seja utilizada para a compra de novas séries e a melhora do serviço oferecido.

    Ao invés disso, o dinheiro do público está sendo usado para financiar projetos pessoais que pouco tem a ver com a premissa da plataforma.

    Aí você vai me dizer: “A Netflix oferece séries originais desde seu lançamento. Qual a diferença?”

    A diferença é que a Netflix traz conteúdo variado. Os produtos que ela oferece se encaixam ao conteúdo proposto ao canal.

    Quem assina Crunchroll assina pra assistir animes. O que foi apresentado foi um mahou shoujo genérico que se parece com uma produção pós moderno padrão da Cartoon Network.

    Afinal, tecer uma crítica a uma série animada é vista como racismo, sexismo, homofobia ou qualquer coisa que quiserem inventar.

    ….

    Curtido por 4 pessoas

  2. vê se essa mesma galera reclama do investimento em lixo como darling in the franxx e coisas piores?

    o único motivo do rage é por ter uma produção composta inteiramente por mulheres. só.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pro Apo ai em cima:

    Qndo vc diz que os artistas que produzem as séries norte-americanas são sem criatividade, a quem você está se referindo? Pq ao meu ver, tivemos grandes produções animadas nos EUA na última década como Steven Universo, Hora de Aventura e Voltron.

    A produção, mesmo sendo um mahou shoujo, ainda nem foi lançada, então nem podemos chama-la de genérica, pq não sabemos do q se trata ainda.

    E vc citou a Netflix: acho sempre bom lembrar q a plataforma tem ficado popular pelas séries e filmes de baixa qualidade q tem produzido (como Death Note, Insatiable, Girl Boss), não sei se é o melhor exemplo pra uma indústria produtora de conteúdo.

    Por fim: uma desenho americano estilo anime pode ser tão bom ou melhor qnto um anime de fato. Afinal, Avatar é ainda hoje uma das melhores séries animadas dos últimos 20 anos e faz sucesso entre o público otaku.

    Curtido por 3 pessoas

  4. O negócio é: Crunchroll é uma plataforma de animes, isso não vai mudar. A receptividade vai ser nula. Peguemos o caso da Peppa Pig: ela era exibida no Boomerang, mas só bombou no Discovery Kids. Por que? Estava no canal certo pro público certo.

    Já pelo visual já sabemos que é genérica, com o velho cal arts que é usado em massa nas animações tradicionais. Mais uma produção com grandes chances de passar batido.

    Citaram aí o lance de mulheres serem as produtoras do troço. Aí vai ter uma justificativa tirada do reto de que foi o machismo que fez a série flopar.

    E como citei: Netflix pode se dar o luxo porque tem um público mais abrangente, Crunchroll não.

    Curtido por 3 pessoas

  5. Mas a questão nunca foi se o desenho vai ser bom ou não.
    O negócio pode ser um masterpiece que vai superar avatar, não deixa de ser uma péssima ideia do crunchyroll financiar um desenho americano.
    Mas pra piorar a situação, eles lançam um vídeo que não diz nada sobre o enredo e foca só em falar de diversidade enquanto mostra sua “diversa” staff repleta de feministas, brancas de cabelo colorido.
    Indignação das pessoas é plenamente justificada.
    Mas óbvio que você só vai criticar o que te convém, né? Como tem uma galera que você não gosta que tá criticando o projeto, você prefere passar pano em cima.

    Curtido por 4 pessoas

  6. Eu acho engraçado esse lance de se referir a anime como gênero, sendo que a gente chama de anime Meu vizinho Totoro, Akira, Shinchan, Evangelion, Dragon Ball. Não tem ponto em comuns nessas obras além do puro fato de serem produzidas no Japão.
    Dito isso, não vejo por que o Crunchroll não poderia produzir ou exibir obras de outros lugares, independente de serem consideradas animes ou não (seja lá o que isso for).

    Curtido por 4 pessoas

  7. “o único motivo do rage é por ter uma produção composta inteiramente por mulheres. só.”
    Uau, mulheres trabalhando. Que coisa inédita. HAHAUSHAUSHAUSHAUS a pessoa fala como se a gente estivesse na Arábia Saudita ou na Idade Média!
    O rage prévio é exagerado sim, mas é uma reação a esse tanto de militância e política que hoje em dia tentam enfiar em toda produção ocidental. Sim, é cansativo ser bombardeado pelo mesmo pacote de discursos o tempo todo. E ao contrário de certos blogueiros, eu sou uma menina de verdade então estou no meu “lugar de fala” :P

    Concordo que é preciso esperar o negócio estrear antes de formar uma opinião. Tem muitos desenhos atuais que são bons, não dá pra generalizar. É só achar o que você gosta e pronto, felizmente tem muitas opções pra todos os gostos. Contanto que continue assim, por mim pode militar pros seus nichos à vontade. Aí o mercado que vai responder.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Só quero dizer que achei engraçado o video de divulgação ser uma apresentação da equipe, mas todo mundo sabe que aquele pessoal ali só vai desenhar 10 paginas e mandar o resto para a coreia animar

    Curtido por 2 pessoas

  9. Da Wikipédia:

    Crunchyroll é uma companhia de distribuição, publicação, licenciamento americana e uma comunidade online internacional focada na transmissão de vídeo de mídia asiática oriental.

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Crunchyroll

    Denominação vinda de visões de mundo não tem nada a ver com o assunto. Mas é claro que com seus clientes pessoas que consomem anime devem ver com bons olhos essa produção. Tá serto.

    Curtir

  10. O fato é que a Crunchroll está usando recursos financeiro pra uma produção que ninguém quer ou pediu. E vocês querem culpa o consumidor que tá pagando pelo serviço querendo que ele aceite algo que ele não pediu. Mas esse comportamento não vem de hoje, afinal muitos não sabem como o mercado funciona mesmo.

    Vai ser sucesso sim, pode confiar. Porque a Crunchroll tem muito dinheiro mesmo pra gastar mesmo, aí depois vão culpar os fãs. Da forma como a mídia é anti fã hoje e adora taxar ele de todas as coisas negativas do mundo. Podem continuar. Só quero ver a barca afundar mais.

    Curtido por 2 pessoas

  11. Eu n sei nem do q se trara, só vim aqui pra bate o cartão.
    E só pra entender, de novo tão haterizando por algo q nem saiu. Porra tão de sacanagem, acho q essa galera falto a aula q explica a seguinte regrinha: “Se n curtiu vc n precisa cosumir”. Porra de cambada de mimimizero do caralho.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Não entendo o problema, se não quiserem ver é só ir prós outros vários animes que já tem. Parece até que esse desenho vai ficar no lugar de todos os outros

    Curtido por 1 pessoa

  13. Lendo os comentários achei engraçado o argumento de “A mais o Crunchroll tá pegando o dinheiro do consumidor e usando pra financiar isso e essa atitude vai contra ao q se propõe e é um desrespeito a quem paga e blá,blá,blá”.
    Só q calma lá porra o q a Crunchroll faz com o dinheiro é problema dela, se ela que pegar essa grana pra fazer um conteudo proprio ela pode, pois bem o dinheiro é dela, ja fui assinante do serviço e ate onde lembro n tem uma cláusula ou algo do tipo quando vc assina q diz q aquele dinheiro q ela ganha tá somente destinado a trazer outros animes. Esse argumento n faz nem sentido, po vc é consumidor do produto se vc pagou e ela te dá o produto o q a empresa vai fazer com esse dinheiro é problema dela, n há nenhuma regra, acordo ou seja lá o q for q restrinja o Crunch a só usar esse dinheiro pra trazer mais animes. Se a Crunch quiser usar o dinheiro pra investir em para raio, foda-se. Vc paga por um serviço x e esse serviço é fornecido a vc cabou, se depois vc achar q o serviço n se adequa mais ao q vc queria é só larga, mas nada limita aonde a crunch tem q investir esse dinheiro, NADA!!!!
    Logicanente a empresa tem q ouvir seu cliente pra saber onde ela tem q melhorar e invesrir, mas isso n quer dizer q ela tem q ficar escrava daquele publico x se ela pode crescer e atingir mais pessoas.

    Outra imbecilidade desse argumento é q em nenhum momento a Crunsh da a enteder a vai parar o serviço q ela já faz, ela simplesmente tá adicionando mais um conteudo na ferramete.

    Me desculpe, mas esse argumento foi a coisa mais imbecil q vi hj, simplesmente a pessoa que dizer o q uma empresa tem de fazer com o dinheiro q ela ganha fruto do trabalho q ela presta.

    Curtido por 1 pessoa

  14. So voufazer uma analogiaque tem a ver com a situacao: suponhamos queexista um servico de assinatura no qual sirva somente para vendercervejas: todo mes o cliente rece 6 cervejas variadas.

    Um belo dia essa empresa resolva distribuor 5 cervejas e um guarana. Logicamente os clientes vao chiar porque estao assinando um servico para receber so cerveja. E isso que a CR ta fazendo.

    Logico que o dinheiro e dela, mas ela depende desses clientes pra manter esse servico. E eu tenho ouvido por ai que nao e o dos melhores.

    No mais podem chilicar a vontade porque o pessoal ta criticando. Nao vai mudar o fato da critica a essa acao ser valida.

    Curtido por 2 pessoas

  15. Mas @Apo no caso da Crunch usando seu exemplo. A Crunch n ta deixando de da as 6 cervejas, ela ainda da as 6 cervejas e te da a opcão de ainda levar um guaraná. O ponto é q a Crunch n deu baixa ou diminuiu a disposição do seu catalogo, só trouxe um algo mais. Isso q acho bizarro nesse posicionamento q citei, ela n deixou o vai deixar de adquiri animes, só fez mais um investimento.
    E como vc falou de resto é resto, resultado so vai vir depois q sair.

    Curtido por 1 pessoa

  16. Como dosse antes: seria algo que teria mais sentido na netflix porque la o publico e diversificado.

    Quem assina e acessa o CR quer ver anime. Qualqier oitra producao sera rejeitada por aqueles consumidores. Imagina voce assinar um servico de assinatura de mangas que resolve te mandar entre os titulos um livro da Kefera ao inves de algum titulo que voce queria ler voce nao ia chiar?

    Mais didaticamente obvio que isso impossivel.

    Curtido por 1 pessoa

  17. Resumindo: o pessoal tá com dificuldade de entender que NINGUÉM vai ser obrigado a ver o desenho novo, assim como não são obrigados a assistir RWBY (acho que escrevi certo). Ainda acham a ideia insuportável? É direito do consumidor cancelar um serviço se não gostar de algo. Fim

    Curtido por 1 pessoa

  18. As pessoas tem dificuldade em admitir que esse tipo de iniciativa as incomoda e solta esses argumentos loucos de que a empresa não tem autonomia sobre o próprio dinheiro aiuahiauahiauhaiuahaiuahiauhauia

    Amer está criando seus discípulos direitinho.

    Curtir

  19. A empesa tem autonomia sobre o dinheiro dela, concordo totalmente.

    Assim como ela deve arcar quando ocorre um prejuizo.

    Toda decisao e passivel de critica, inclusive as pouco inteligentes.

    Curtir

  20. Bem, o traço, pra algo ocidental, está até bonitinho e estiloso. Vou pagar pra ver se é bom, tava realmente pensando em voltar a assinar recentemente por conta das dublagens. Eu sei que a Crunchy não deveria lá gastar grana com isso, mas fã também é um bicho chato, sabe? Vai que de repente o negócio é bom. Avatar e até aquele Castlevania da netflix provou que dá pra fazer algo legal sem ser no oriente.

    O povo tanto fala em anime é japonês, mas esquece que hoje em dia boa parte do grosso dos trabalhos são terceirizados pra China e Coréia ou sei lá, então não cola mais o argumento do anime ser algo exclusivamente japonês. Precisam achar uma definição melhor e mais atualizada por termo.

    Curtido por 1 pessoa

  21. Aos comentários acima do Apo, cara, eu consigo ver seu ponto de vista em alguns pontos, estou com o pé atrás com a produção APESAR de saber que a primeira impressão não é o produto final.

    Mas tem uma parte do seu texto em que você me perdeu e é essa: “Calarts style”

    Eu não o culpo por acidentalmente usar esse palavra, a internet já a difundiu, mas veja bem, sou um desenhista e gosto de estilos cartunesco simples então posso exclarecer algumas coisas.

    Um bando de maluco na internet inventaram esse termo esse ano, insinuando que Steven Universe (cuja criadora NÃO veio da CalArts), Star vs Forces of evil, Gumball, Gravity Falls tem o mesmo estilo porque os rostos dos protagonistas são arredondados.

    Isso é simplesmente a maior balela e overreacting RETARDADO que a internet me veio quando o assunto é arte. Se as pessoas que criaram essa palavra vissem mais dos designs de outros personagens de cada show que listei perceberiam que eles tem muitas diferenças, talvez ainda mais que os preciosos e nostálgicos desenhos dos anos 80, cujo Thundercats veio e originou a polêmica.

    E não, forma arredondada da cabeça do protagonista não conta pra dizer que é tudo igual, pois além de formas arredondadas serem uma REGRA conhecida de design quanto se quer passar uma vibe inocente, bondosa ou divertida para seus personagens, os corpos, cores e todo o estilo visual varia e você se surpreenderia com quantos desenhos de todas as eras seriam classificados como “Calarts” por esse critério genérico e abrangente.

    Todo esse estardalhaço tem a ver com esse tal thunder cats novo, que admito ser especificamente parecido com steven universe mas não por culpa desse ou de outros desenhos que citei.

    Enfim, diga que desenhos estilizados simples não são de seu gosto, mas não uso esse termo, é ilógico.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s