Vanguarda ao contrário

27 nov

Deu no Animepró:

Puxa, que legal que uma editora grande está apostando em light novel. Espero que vingue, mesmo eu sabendo que otaku não lê.

E o mais legal foi ver a curiosidade de que a Newpop foi a primeira a trazer light novels para o Burajiru. Fiquei chocada porque eu JU-RA-VA que antes da Newpop trazer a light novel de Tarot Café em 2010, já tinha saído a light novel de Cavaleiros pela Conrad em 2004 e a light novel de Samurai X pela JBC em 2006 (valeu Google por me fazer parecer uma gorda com boa memória!).

Se o Animepró fosse entrevistado pela Marília Gabriela, já até sabemos o que responderia se ela perguntasse “uma frase?”:

“Os últimos serão os primeiros”

***

(Me siga no Twitter!)

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

18 Respostas to “Vanguarda ao contrário”

  1. Davi Lau 27/11/2011 às 12:09 #

    Light Novel= Novela leve.
    Sempre achei que a primeira novela Japa no Brasil fosse “Kananga do Japão” da Bandeirantes, mas deixa pra lá.

    Curtir

  2. gwy 27/11/2011 às 12:34 #

    Esses shonen ai não são light novel.

    Curtir

  3. Haruhi_chan_10 27/11/2011 às 12:53 #

    Me pergunto isso também…

    Curtir

  4. Guilherme 27/11/2011 às 12:59 #

    @qwy Faltou dizer o porquê, champz.

    Curtir

  5. julio 27/11/2011 às 13:25 #

    o que é light novel?

    Curtir

  6. Israel Del Duque (@israeldelduque) 27/11/2011 às 13:33 #

    Gente, o Junior Fonseca é dono da NewPop e do Animepró. Nada mais surpreendente do que ele puxar sardinha pra editora dele, pensando que essa gorda escrota tivesse uma memória tão falha quanto a dos otakus.

    Curtir

  7. Panino Manino 27/11/2011 às 14:14 #

    Uma correção.
    A série “Moribito” não é “light novel”, é uma série de livros como qualquer outra. Só porque foi animado ou é feito no japão as pessoas estão com a mania de chamar qualquer livro de Light Novel. Parece que adotaram esse nome para livro japonês, assim como mangá para quadrinho japonês.

    Eu tenho os dois primeiro de um total 12, edição britânica, e são excelentes, bem escritos e a autora é Etnóloga, por isso a fantasia dele realmente faz sentido.

    Infelizmente só esse ou no máximo o segundo deve vir para cá, assim com só tem dois volumes em inglês.
    Eu queria que eles publicassem “Kemono no Sōja” que só tem 4 volumes.

    Imagino que será publicado em qualidade “padrão” daqui.
    Gosto da Martins Fontes, mas quero ver o preço. Eu paguei 23-27 nos livros que tenho, nessa qualidade:
    http://polymetrica.wordpress.com/2009/11/20/moribito-spirit-novel/
    http://polymetrica.wordpress.com/2009/12/16/moribito-darkness-novel/

    Outra série excelente que poderia vir para cá é “Juuni Kokuki”, mas como também é longa, 11 volumes, nem vale a pena, já que raramente traduzem mais do que 1 ou 2 livros.

    Curtir

  8. Panino Manino 27/11/2011 às 14:16 #

    @gwy
    Moribito não é shounem não.
    Só perguntar para as pessoas frustradas com a falta de ação da série animada.

    Curtir

  9. Ricardo 27/11/2011 às 14:57 #

    Panino, a Martins Fontes já divulgou o preço em que lançara Moribito, e é R$ 36,00, o preço médio de um livro no Brasil, será lançado como livro Infanto-Juvenil e dividirá a prateleira das livrarias com Artemis Fowl, Percy Jackson, Como Treinar Seu Dragão, Os Seis Signos da Luz, Cronicas de Kene, Harry Potter e outras séries direcionadas para esse público se juntando as centenas d elançamentos que são feito todo ano nesta categoria. Resumindo, a Martins Fontes não esta visando ao púbico Otaku mas sim ao leitor desa faixa etária que compra livros em Livraria. Um mercado muito mais complicado do que o de Mangás. Detalhes no site da Livraria Martins Fontes:

    http://www.martinsfontespaulista.com.br/ch/prod/412898/MORIBITO—O-GUARDIAO-DO-ESPIRITO.aspx

    Curtir

  10. Arthur Duarte 27/11/2011 às 15:52 #

    E tem cara de ser traduzida do inglês. Tradução triangular é complicado. Se fosse uma língua com poucos profissionais que pudessem traduzir, tipo turco, seria menos chato, mas japonês tem muito tradutor. [E muito tradutor incompetente também].

    Mas não sabia que era uma série de fantasia padrão, ao invés de uma Light Novel. Os sites de anime e mangá daqui estão todos alardeando como Light Novel, que coisa.

    Curtir

  11. Panino Manino 27/11/2011 às 15:58 #

    Eu vi sobre o preço, e está normal.
    É uma série bem mais juvenil do que infantil.
    A Balsa é uma grande personagem, mas ela é “chata”.

    Curtir

  12. Sieg 27/11/2011 às 17:07 #

    Agora sim uma boa notícia!!! Moribito por aqui, isso sim é desculpa pra eu gastar dinheiro.

    Curtir

  13. Tula 27/11/2011 às 17:22 #

    Agora só eu notei que a capa foi chupinhada do JBOX? Não precisa ser nenhum CSI para descobrir, confira no replay:

    Curtir

  14. Carlos 27/11/2011 às 17:50 #

    Cara não entendo essas editoras… por quem elas trazem so obras desconhecidas ? se pegase uams boas q no japão vende milhoes de copias ai sim eu xamaria de apostar no mercado, agora vc pega algo desconhecido é praticamente ctz de fracasso…

    Suzumiya haruhi por exemplo é o one piece das novels muito no japão xega a ser 2-4x o numero de venda do 2° colocado
    To Aru Majutsu no Index é outra que é sucesso absoluto junto com Baka to Test to Shoukanjuu.
    Eu axo que se vc quer investir tem q começar por algo q ja tenha muita aprovação e boa visibilidade.

    Curtir

  15. Danpl 27/11/2011 às 20:20 #

    @Panino Manino light novel é quando um anime ou mangá é adaptado pra livro ou uma historia original da mesma serie não é? (tipo a do death note que saiu no brasil recentemente)
    que eu saiba esse livro não pode ser considerado light novel porque saiu oolivro depois anime certo?

    Curtir

  16. Panino Manino 27/11/2011 às 20:30 #

    @Carlos
    Para de escrever merda. Vai se foder.

    @Danpl
    Light Novel que eu saiba é uma categoria de livros.
    Primeiro ele é direcionado para um público mais jovem, tem um acabamento mais barato quase sempre, mas a principal característica dele é de ser leitura simples. Eles não usam kanjis muito complicados, usam uma linguagem escrita mais fácil de ler. Que eu saiba essa é a principal característica de uma Light Novel.
    Como elas tem uma narrativa em geral mais simples e direta, é mais fácil de se adaptar. Isso junto com o público alvo faz com que muitas sejam adaptadas para anime.

    Moribito entretanto, assim como um Juuni Kokuki, são simplesmente livros.
    Eles até tem um publico alvo jovem, mas não são tão rasteiros assim. Moritibo e Juuni Kokuki tem mundo e lores mais complexos, assim como uma história e personagens mais sérios. Light Novels são o equivalente para adolescentes de romances harlequins, pelo que eu observo.

    Ser ou não adaptado para anime, ou outra mídia, não tem relação nenhuma com a categoria do livro.

    Light Novel costuma ter algumas ilistraçãos no meio dos capítulos, mas não é nada demais. Geralmente é para dar uma ideia da aparência dos personagens.
    Moribito tem ilustraçãos na abertura de cada uma das três partes da história. Pode ver isso nos links que deixei acima.
    E qualquer livro tem o direito de ter. Muitos livros lá fora tem ilustrações que são cortadas nas nossas edições nacionais.

    Curtir

  17. Antonio Alan (@alan_mizere71) 27/11/2011 às 23:43 #

    “É uma série bem mais juvenil do que infantil.”

    De qualquer jeito, infanto-juvenil = adolescente, não?
    Logo, infanto-juvenil =/= infantil.

    Curtir

  18. Panino Manino 28/11/2011 às 00:01 #

    Só que quem quer ver ação por exemplo e awesomenes pode se decepcionar por… spoiler do roteiro. Nesse primeiro volume as coisas não se resolvem de uma forma padrão em uma série infanto-juvenil, não existem um lado ou pessoas erradas na história, só são personagens em posições e crenças diferentes tentando fazer o que é certo no entendimento deles.
    Isso é algo bom, mas é algo que o fã de shounem vai procurar?

    A Balsa é uma excelente personagem, mas bem diferente da simples heroína padrão. Ela é bem ponderada e especialmente nesse volume ela está em uma fase “pacifista” da vida dele, por mais que protagonize algumas lutas incríveis.

    De todo modo é um livro bem escrito.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: