Selo Ink Comics da JBC morreu, mas passa bem

6 dez

Essa notícia é tão complicada que já é a terceira vez que eu tento escrevê-la sem sucesso. Como descrever com palavras a ascensão e queda de um selo editorial que até hoje não fazemos muita ideia do que se trata? Tudo começou no painel da JBC que rolou no último domingo. Quem esteve acompanhando a cobertura ao vivo pela Crunchyroll no Twitter (afinal foi o único site do gênero autorizado a frequentar o ~evento épico~) se surpreendeu quando revelaram algo inesperado:

kaiba

Não, não foi a revelação de que Cassius Medauar e Marcelo Del Greco vão protagonizar um dorama live action de Yu-Gi-Oh, e sim eles contaram que o selo Ink Comics havia sido cancelado. Não sei se essas foram as palavras exatas ou se eles apenas se expressaram muito mal, mas a informação da morte do Ink Comics repercutiu entre todos os otakus… ok, nem tanto. Mas, afinal, o que é o selo Ink Comics? Segundo a JBC, era um selo diferenciado em que eles podiam lançar quadrinhos diferenciados. Coisas que a JBC não publicaria normalmente, não apenas mangazinhos japoneses:

Mangá Bullet Armors, da Ink Comics

Mangá Bullet Armors, da Ink Comics

Sabe como é, títulos mais diferentões, não coisas da Shonen Jump:

Mangá To Love Ru, da Ink Comics

Mangá To Love Ru, da Ink Comics

Claro que nem eles sabiam direito o que era o selo Ink Comics, e no fim isso foi apenas uma desculpa para Cassius Medauar usar a carta O Editor Que Renasce e pegar o Marcelão do deck da Nova Sampa. Atualmente, o Ink Comics publicava apenas To Love-ru, e segundo as informações do painel, o título passaria a ser publicado pela JBC normalmente.

No entanto, mal havíamos começado o minuto de silêncio para a morte desta pessoa que nem sabemos quem era e o site Chuva de Nanquim atualiza a matéria dizendo que a JBC voltou atrás e que o Ink Comics não está morto:

ink-morte-01

Deixa eu ver se a otaka aqui entendeu! O selo Ink Comics, que atualmente publica UM (1) mangá não será cancelado, e sim terá uma diminuição de suas publicações, sem que rolem lançamentos. Se diminuir um (1), mandando o To Love-Ru para a JBC, isso dá um total de…

vegeta-confused-math

Bem, cada um sabe como chama seu próprio defunto, né. Se querem ter um selo que ninguém entende empalhado na sala, quem sou eu pra dizer que o negócio morreu não é mesmo?

Anúncios

9 Respostas to “Selo Ink Comics da JBC morreu, mas passa bem”

  1. Ken-Oh 06/12/2016 às 00:42 #

    A lição tirada dai é: Q ñ se pode matar o q n existe.

    Curtir

  2. Zudo 06/12/2016 às 00:53 #

    Sempre maravilhosa U_U

    Curtir

  3. Neko Neka 06/12/2016 às 01:15 #

    O Marcelo é o Seto Kaiba, repassem.

    Curtir

  4. The Fool 06/12/2016 às 04:01 #

    Usaram esferas do dragão, acho eu… xD

    Curtir

  5. Wakashimazu 06/12/2016 às 07:47 #

    Acho que só estou perdendo os hues desde que acompanho menos esse universo.

    Uma pena essa bagunça, mas, sempre bom ter gatilhos pra zuera na imprensa especializada lol

    Curtir

  6. majorrhafa 06/12/2016 às 11:00 #

    Devem ter mantido o selo só pra lançar o henshin mangá a cada 10 anos

    Curtir

  7. Apo 06/12/2016 às 17:26 #

    Selo pra mim só servia na época pra enviar correspondência pra amigos que eram de outros estados.

    Curtir

  8. Jasque 07/12/2016 às 02:55 #

    Vai ver o tanko de cdz sugou o caixa do selo.

    Curtir

  9. Kauê 07/12/2016 às 16:51 #

    @Neko Neka Não, o Kaiba é a Beth XD

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: