Simulado Surpresa do ENEM

Um empurrãozinho para quem merece

SURPRESA! Esse é mais um Simulado Surpresa do Enem, perfeito para você que acha que é um ronin só por ir mal nessa prova por três anos seguidos, sem ser aprovado nem pelo curso de Corte e Costura da Universidade da Esquina.

Coloque sua mochila na frente da sala e se postar esta página no Instagram você será desclassificado:

(ENEM-2013) Observe a imagem abaixo:

Com base nos seus conhecimentos adquiridos, responda a alternativa adequada sobre o que se trata a imagem:

(a) É uma página de uma revista de mangás shoujo japonesa, que as otaka compra na Fonomag sem nem saber que séries são publicadas.

(b) Um mangá shoujo que nunca vai sair no Brasil porque a JBC falou que isso não vende.

(c) Peixe

(d) Embora não tenha homem se pegando, é um mangá obscuro do Clamp. Se for bom a JBC vai publicar, se for ruim ela deixa para a Newpop.

(e) Todas as anteriores

 

***

***

***

***

***

***

***

***

Resposta: Nenhuma das Anteriores!

Segundo o Shoujo Café, a página é uma brincadeira de uma autora brasileira que pretende lançar um mangá shoujo on line, e por isso fez uma pesquisa que você pode responder clicando aqui.

“Mais Mara, sua gorda que andou sumida por alguns dias, por que você está ajudando a divulgar esta iniciativa? Você traiu o movimento dos esculhambadores?”

Caro leitor que ainda usa “mais” no lugar de “mas”, eu achei o traço dela muito bom, acima do que vocês chamam de mangá nacional (um beijo, Tunado!). E fico contente porque existe gente que parece fazer trabalho de qualidade, como esta Tabby e o Estúdio Seasons. E, mais do que tudo: se não tiver mais quadrinho nacional no Burajiru, eu vou esculhambar o quê?

Anúncios

30 comentários em “Um empurrãozinho para quem merece

  1. O traço dela é bacana. Quando olhei a imagem, de cara eu já sabia que era algo nacional (mas duvidei um pouco por causa da escrita japonesa kkkk). Esse negócio de falar de costas para o outro é muito novela mexicana.

    Curtir

  2. Já respondi. Apoio bastante quem quer postar trabalho na web, pra mim vale tanto, ou até mais, do que o produto impresso. Se der pro autor ganhar algum $ depois, melhor ainda. O traço dela é bem bonito mesmo, vejamos se a história que ele conta concordará com essa primeira boa impressão. Boa sorte à autora. :)

    Curtir

  3. Poxa, essa Tabby desenha bem, se continuar produzindo, pode ficar realmente boa, mas tem de fazer mais que uma página “bonitinha” para conseguir sucesso, precisa de história, e bem escrita. Espero que ela consiga, tem meu apoio, já respondi ao questionário…

    Curtir

  4. os desenhos estão muito bem feitos sim, mas tem algo aí que ainda me lembra fanzines
    os quadros, a maneira como eles estão posicionados e o fato deles serem separados só por uma linha incomoda um pouco D: mas acho que ela vai fazer melhor no mangá mesmo.
    espero
    ela tem futuro. E se começar a lançar mesmo alguma história (e se essa história for bem escrita) eu vou apoiar, doar pro site, comprar as revistas e sejaláoquefor

    Curtir

  5. Sem dúvida é bem melhor do que a média dos indepentendes, putz. Não é perfeito, mas já dá para ser profissional, considerando o traço de vários outros mangakás piores no japão. Só falta ter uma boa história, se tiver, com certeza merece ser apoiado.

    Tá vendo, a Mara esculhamba quando as coisas estão erradas, mas quando o negócio flui direito ela apoia, essa gorda arrebenta o/

    Curtir

  6. em shojo, divisão de quadros não tem nada aver…. e no geral isso em hq não deve levado como uma regra… que pensamento besta! isso é algo para ajudar uma narração e o tempo que leva de quadro para quadro. afinal esse “time” também pode ser aplicado apenas com o tamanhos dos quadros sem necessidade (ou até a ausência total) de divisões. isso é óbvio…

    Curtir

  7. www
    cara obvio que é algo importante
    tudo num quadrinho deve ser levado a sério kkkkk
    claro q não deve atrapalhar todo mundo, mas se for alguem como eu vou acabar me perdendo na divisão dos quadros ou misturando duas imagens e isso é ruim
    e isso não to falando pensando só em mim, tem mais gente q é assim eu acho
    vc não deve pensar “ah, se o desenho tá bom então tá tudo ótimo” pq se for assim só vai comprar porcarias D:
    mas eu to apoiando a idéia, acho q ela pode fazer melhor que muito retardado por ae

    Curtir

  8. Ahhhh, mina! ´Cê tá brincando. Um monte de personagem kawai em um fundo branco ( ou hachurado) olhando p/ leitor como se estivessem conversando um com o outro. Pura enrolação!

    Você só é um mangaká com alguma habilidade se conseguir desenhar, SEM REFERÊNCIAS, os seguintes itens:

    1 – Uma sala de aula cheia de alunos;
    2 – pelo menos dois personagens interagindo ( se pegando, lutando, disputando uma corrida etc);
    3 – um Pikachú apresentável.

    Em Bakuman esse conceito é explicado em detalhes. Mas deixa, shojo é conhecido pela baixa qualidade técnica e roteiro razo. Se foi feito por mina, com mina , para mina tá valendo né?

    Curtir

  9. Nem tinha notado que era nacional. Me liguei que tinha algo errado porque as falas tão da esquerda pra direita, mas não fosse isso, eu nem teria notado. O traço tá bem bom, apesar de parecer amador (linhas retas demais). Dá para desenvolver algo bem bacana daí.

    Curtir

  10. Acho graça dos otacos que leem Bakuman e acham que manjam infinitamente de todos os meandros da produção de quadrinhos no Japão. [2]

    Curtir

  11. Mais uma vez….

    Ninguém

    Em uma história em quadrinhos independente se é mangá ou outros tipos de HQ, divisões de quadros são importantes sim (acho que me expressei mal, mas o motivo era levar a conversa para o ponto principal). Mas não é uma regra! Você pode trabalhar uma página com uma diferença maior e menor de quadros com divisórias ou até sem elas.

    Assim como os desenhos em cada quadro, o posicionamento desses mesmos quadros, seus tamanhos e até seus formatos. Tudo é importante para você passar a ilusão do que esta contando, ou seja, narrando para o leitor. Mas com prática, você pode usar essas técnicas da melhor maneira que achar.

    Shoujo tem enrolação? Tem. Qualquer HQ tem. Ou você acha que close-ups servem apenas para mostrar “a fúria nos olhos do samurai”?

    Porém vejo a simplicidade de fundos e até sua ausência, não como erro ou picaretagem (ao menos para aqueles que sabem usar), e sim como algo bem caracterizado do estilo. Isso exige uma desenvoltura narrativa bem especial. Fazer uma página com cenários detalhados e caras se socando é uma coisa (e da muito trabalho mesmo). Porém fazer uma página dupla expondo sentimentos internos com “caras” sem fundo e tentar fazê-las interessantes e bonitas, não é tão fácil como se imagina.

    Nobusam

    Bakuman e até legal… Mas não o fique usando como referência para tudo.

    Ninguém, Nobusam e quem quiser ler isso

    DESVENDANDO OS QUADRINHOS e DESENHANDO QUADRINOS por Scott McClouD. Se quiserem usar Bakuman como referência, sem problemas. Mas bem que poderiam dar uma chance para esse cara também.

    Obs.: Will Eisner é endeuziado pelo Maccloud, e por muitos. Não sou do meio desses, mas admito que ele expressa perfeitamente a parte da “ausência de divisórias”. De um olho no trabalho do velhinho…

    Curtir

  12. Eu gostei do traço! Só não gosto dessas flores atrás do bishounens pra simbolizar a beleza deles… Fica meio aboiolado, mas já que não interfere na história, tá valendo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s