Review de Jogos

(Review) Naruto to Boruto: Shinobi Striker é a “DESTINYzação” de Naruto

Com o declínio do nosso mercado nacional de mangázinhos, decidi abrir mais o leque do Mais de Oito Mil e, a partir de agora, começo a fazer reviews de jogos baseados em animes e mangás. Normalmente considerados como bombas pela imprensa gamer especializada (que também merece um PFF), esses jogos de orçamento menor podem ser muito proveitosos se soubermos cavucar bem a pilha de mobage e jogos de gatcha. E o primeiro jogo com review aqui no site será o lançamento do mês da Bandai Namco, o “Naruto to Boruto: Shinobi Striker“.

Minha personagem customizada ao lado de pessoas menos inspiradas, como a Sakura e o Rock Lee.

Jutsu da Mudança na Série

Ao contrário das inúmeras tentativas de emplacar Dragon Ball em arenas 3D, Naruto sempre foi uma franquia muito forte nos jogos de luta tridimensionais. Era possível correr em arenas como no anime, virar tronquinho de árvore e escolher dezenas e mais dezenas de personagens criados pelo Kishimoto, indo desde os legais até mesmo os enrolativos. Porém estamos numa nova era gamer, e a Bandai Namco fez uma pequena mudança no esquema da franquia nesse novo jogo.

Como a série Boruto não é tão interessante assim para virar um Boruto Ultimate Ninja, a empresa japonesa teve a ideia de misturar vários estilos de jogos que estão dando certo atualmente e colocar tudo no mesmo lámen. Jogos como serviço estão dando certo? Bota no jogo do Naruto! Partidas ranqueadas? Loot Boxes? Vamos colocar tudo no Naruto! Quer personagens totalmente customizáveis como no Xenoverse? COLOCA ISSO TAMBÉM!

Aqui você configura quatro versões de seu personagem, com os jutsus específicos e os acessórios (isso é o que interessa a gente, no final)
Tirando foto da roupinha nova no ponto turístico da Vila da Folha.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker (que vou chamar a partir de agora apenas de Shinobi Striker, afinal aqui não é trabalho de faculdade com meta de caracteres) se passa no período de tempo do anime do Boruto, mas nada que impeça alguém que não assiste à série de aproveitar. Você controla um avatar customizável (o meu é uma mulher esbelta de longos cabelos esverdeados chamada Odete Roitman) e precisa cumprir missões no mundo ninja.

A série Naruto sempre teve uma ambientação muito legal, com times, missões etc, mas tudo era deixado de lado nos games para focar apenas nas lutinhas. Dessa vez você se vê obrigada a matar uns inimigos, impedir o ataque de monstros e ir atrás de material pornográfico para o Kakashi financiado pelo prefeito Naruto Uzumaki. As missões são todas realizadas numa espécie de sala de realidade virtual, ou seja, você pode visitar várias localidades e interagir com versões mais novas dos personagens (o Naruto presente nessa parte é o do Shippuden, e não o do Boruto).

Minha personagem Odete Roitman tentando curar um ninja imbecil que pulou sem qualquer preparo no inimigo.

Você (não) está sozinho

Por mais que 70% dos adolescentes que assistiram Naruto quisessem ser uma pessoa fria e ausente como um Sasuke, a série sempre foi sobre trabalho em equipe. Em Shinobi Striker você pode até optar por fazer as missões por conta própria, mas a chance de passar raiva e perder é bem elevada.

Como se trata de um jogo bem online, você pode abrir um pedido de fazer missão e outros jogadores podem se inscrever para formar um time de 4 ninjas. E como existem quatro tipos de ninja disponíveis (ataque, defesa, cura e ataque à distância), é muito importante que você escolha um personagem balanceado (ou que pelo menos tenha uma cura no seu time, pfv). Mas não se preocupe, se você morrer porque o outro time é mais preparado, você pode trocar o tipo de seu personagem antes de “ressuscitar”.

Odete Roitman e seus amigos de nomes constrangedores contra uma cobra muito louca.

Jogar em grupo é muito melhor que se arriscar individualmente. Você se vê numa experiência muito próxima do que é uma missão feita na série original, e dá pra usar tanto o microfone pra falar com os companheiro quanto os botões de mensagens prontas. E se quiser algo mais pessoal, dá pra formar equipe com seus amigos que também têm o Shinobi Striker.

A MMOzação de Naruto

Tudo isso é bem parecido com o que a franquia Destiny faz muito bem: existe uma história que até pode ser individual, mas a graça mesmo é você realizar as missões com outras pessoas. E há o mesmo esquema de escolher classe, evoluir com novos golpes aprendidos com mestres, mudar roupinha e por aí vai. Uma experiência verdadeiramente coletiva.

Assim como em Fortnite, você pode colocar seu avatar fazendo poses cafonas no hub world.

Mas Mara, sua gorda que não sabe usar a ult do McCree, eu não gosto de missãozinha, MEU NEGÓCIO É COMPETITIVO, RANQUEADA NA VEIA“. Bem, para você que curte algo mais extremo, Shinobi Striker também tem seu próprio sistema competitivo. É só ir até a prefeitura do hokage que ele vai deixar de lado a papelada pra te colocar ou no modo Quick Play quanto a Ranqueada real. Aí tem tanto modo de lutinha quanto os clássicos pega-bandeira e domínio de ponto. Participando você ganha experiência e pergaminhos, que são as lootboxes do rolê.

Odete Roitman preparando para dar o bote no Pega Bandeira ranqueado.
Tenten ficou responsável pela parte de abrir as loot boxes do jogo.

Um resultado… confuso?

A ideia da Bandai Namco de misturar tudo o que dava certo nos jogos até agrada, mas tem um excesso de informação. Me pergunto se não seria melhor fazer um jogo full-competitivo apenas com os personagens da série em funções definidas (tipo o que vemos em Overwatch), ou então um game full-história com personagens customizáveis tipo o Dragon Ball Xenoverse. Shinobi Striker fica exatamente no meio do caminho desses dois, e quem deseja apenas um dos lados pode sentir que é uma experiência incompleta.

A tela de loading tem cenas bem legais. Você pode admirar bastante porque verá uma tela assim sempre que sair das partidas online.

Shinobi Striker sofre também com muitos problemas técnicos e de design. Quando joguei na semana de lançamento, tive MUITOS problemas de conexão que me faziam ter de desligar e ligar o jogo. Por sorte, pelo menos dois patches já foram lançados e a situação se resolveu, mas ainda tem algumas complicações desnecessárias que tiram um pouco o tesão da coisa.

Lembra que falei que dá pra jogar missões com amigos? Então, dá pra jogar uma missão, concluir… só que aí seu amigo precisa sair do seu time pra conversar com o personagem responsável por abrir outra missão, pois não é possível fazer isso com pessoas na equipe.

Aí já entra outro problema: o Shinobi Striker dificulta em tudo para você se conectar com um amigo. A lista de pessoas adicionadas na PSN está ~organizada~ numa ordem que não sei qual é, e às vezes eu e meu kareshi precisamos desligar e ligar pra conseguir entrar no mesmo time. Claro, tudo isso são reclamações das primeiras semanas, acredito que é algo a ser consertado no futuro (vamos trabalhar aí, Bandai Namco!).

Para as missões você pode escolher tanto seu personagem quanto os criados pelo Kishimoto.

Veredito

Mesmo com esses problemas de interface jogando sempre contra mim, posso dizer que Naruto to Boruto: Shinobi Striker foi um jogo que me divertiu. Não tinha achado legal quando joguei sozinha, mas jogar com outras pessoas e conhecidos torna tudo muito mais interessante, tem bem o clima da série original (ou do spin-off com o filho mala, tá valendo de qualquer jeito). O controle não é totalmente fluído como um Musou, mas é “acostumável” e funciona razoavelmente bem. Mas, como já disse, pode não valer a pena se você busca APENAS história ou APENAS competitivo.

O grande trunfo do jogo é ser… um jogo de Naruto. Se você gosta de Naruto, se você acompanha a série, conhece os personagens e os jutsus, vai ser algo divertido. Pode ser também uma ótima porta de entrada aos MMOs para os mais novos. Mas se você odeia Naruto, não curte os personagens e quer mais que o Kishimoto exploda, talvez seja melhor procurar um jogo de uma série que você curta.

Sasuke é a favor de EAD

Como sou contra notas de jogos e quero que as pessoas leiam o texto, a seção de reviews não vai ter nota. Aproveito também para agradecer à Bandai Namco por ter me cedido um código para jogar o Shinobi Striker (infelizmente esse post não é um publieditorial, mas segue o baile).

Rock Lee é um dos personagens que podem te ensinar golpes, desde que você faça umas missões antes porque não existe almoço grátis.

Naruto to Boruto: Shinobi Striker foi desenvolvido pela Soleil, publicado pela Bandai Namco e está disponível para PS4 (a versão que usei para testar), Xbox One e Windows.

11 comentários em “(Review) Naruto to Boruto: Shinobi Striker é a “DESTINYzação” de Naruto

  1. Esse jogo é uma merda… assim como esse post e assim como esse lixo de blog… assim como boruto e assim como naruto… tudo merda!

    Curtir

  2. Corage hein Mara?
    Primeiro mete o pau em BW e agora fala bem de boruto…
    Continuo te amando mulher :)

    AAAAAAA
    PELO AMOR FIA, FAZ ANALISE DO MELHOR JOGO DA DECADA: DRAGON QUEST XI. Amém <3

    Curtir

  3. MARA ESQUE ESSE LIXO DE TRI E ANALISA O MANGA DE PROMISSED NEVERLAND ANTES DE BOMBAR COM O ANIME E QUEM COMPRAR PELA PANINI FICAR DIZENDO ORGULHOSAMENTE QUE JÁ ERAM FÃS

    VAI LOGO OTAKA DO BUMBUM GORDO X3

    Curtir

  4. Depois perde como engraçadona do ano no vegeta awards e não sabe o por que…

    Curtir

  5. É… N dá, tipo gosto do Dragon Ball Xenoverse, mas pq sou fã de DB, o jogo tem acertos, mas acaba sendo punheta pro fã. Bem acho Naruto um bom manga, mas ae já n tenho a visão nublada pelo fanatismo e posso fala com propriedade q esse jogo n é bom. Alem da mudança bizarra de jogabilidade , visto q o jogo n se integra a já cansadissima serie ultimate ninja storm, o q é apresentadio n é divertido, n é elaborado e principalmente n é competitivo. Como vc destacou é algo pro fã mais cabeça dura mesmo, mas os pontos “positivos” eu n concord n. Sinceramente se alguem quiser se aventura no mundo de Naruto vale mais pegar a Collection q vem com o 3 primeiros jogos da serie ultimate ninja storm.

    Curtir

  6. Já posso começar campanha pra Odete Roitman virar personagem oficial em Naruto (e também a nova protagonista)? Maravilhosa!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s