Tag Archives: Shakira

Quanto você acha que vai custar o Akira da JBC?

20 mar

Foram anos de enrolação até a Kodansha permitir que a JBC publicasse o Ghost in the Shell, e o resultado é que o negócio está evaporando das livrarias e lojas especializadas mesmo com o preço alto. Falando em valor elevado, a JBC tem tomado de assalto (sem trocadilho) as livrarias com lançamentos na faixa de 65 reais, como foi o caso do artbook de Lost Canvas e do kanzenban dos Cavs (por sorte o preço é justificado pelo Hot Stamp).

E hoje a JBC anunciou que o databook da Vigilante do Amanhã (lançado como caça-níquel para o novo filme) virá com 160 páginas coloridas e custando 79 reais (uau). Agora que viu que se compra coisa cara nesse mercado que não para de dar certo, abriu-se a porteira dos lançamentos que necessitam de empréstimo no banco.

Bem, um outro mangá que promete vir com um preço alto é o Akira, que foi anunciado anos atrás junto de Ghost in the Shell. A JBC tem feito uma edição minuciosa com aprovação cheia de critérios dos donos dos direitos, e até agora apenas sabemos que o formato será grande parecido com aquele formato americano que vemos em algumas livrarias.

Considerando que Akira será maior que Ghost in the Shell, tanto em dimensões quanto em volumes, qual será o preço da edição brasileira de Akira? Imagino que seja mais que o valor do Ghost in the Shell. Como gosto de colocar fogo no parquinho, decidi criar uma nova seção no Mais de Oito Mil para debates econômicos.

A proposta é simples: quanto vocês acham que vai custar o Akira da JBC? É só colocar a suposição do valor aí nos comentários e torcer para acertar.  E já vou começar dando o meu chute de valor. Euzinha arrisco dizer que Akira vai custar R$99,90. Ao vencedor do bolão… bem, não vai ter prêmio algum, mas tem coisa melhor do que poder falar “eu sabia!”?.

Boletim WCS – O Vira-Vira (oi?) dos Cosplayers

23 jul

Você tá lá de boa no site da Henshin caçando pauta quando aparece uma galeria de fotos chamada “veja como foi o Vira-Vira do WCS Brasil”. O que será “Vira-Vira”? Será uma apresentação do Roberto Leal no Festival do Nihon? Será que é o método de seleção de atores das novelas do Wolf Maia? Eu não sei, mas vi que juntou os finalistas do WCS e um monte de jurado para uma versão do sonhado “The Cosplay Idol” (“Ídolos do Cosplay”, na versão nacional exibida pela Record).

IKIMASU ver o que vira!


O “The Cosplay Idol” funciona dessa maneira: os cosplayers terão que se apresentar diante desta platéia de onze jurados de costas. Se um deles achar que quer servir de mentor ao concorrente, ele aperta um botão e quatro estagiários da JBC vão lá girar a cadeira deste jurado para que ele possa ver o cosplayer. Eu viciada em programas de música? Imagina!

Vamos conhecer alguns jurados. Do lado esquerdo tá alguém que não conheço, e do lado direito temos Cassius Medauar, editor sem orelha que está bem atrapalhado com o catálogo de cosplayers em sua mão. Parece quando eu chego naquele restaurante de Lámen da Galvão Bueno.

E aqui deste lado….. AI MEU KAMI SAMA!!! É MARCELINHO!!! Não veria tanto climão em uma mesa de jurados nem se a JBC escalasse os antigos editores da Ação Magazine para uma eleição do mangá brasileiro mais presunçoso.

Admiro a cara de perdido do dublador Élcio Sodré, que ficou surpreso ao saber que não precisaria ir até ao palco gritar “Cólera do Dragão” para ganhar um cachê.

A primeira dupla do Vira-Vira se apresentou: os campeões do ano passado, Maurício e Mônica. O nosso Psy decidiu sabotar a própria irmã e mandou que ela fosse de cosplay de Shakira, enquanto ele exibia sua armadura de algum Final Fantasy genérico. Uma atitude bem “Waka Waka” da parte dele.

Sabem o que é isso? É uma foto com várias pessoas. E sabem o que isso quer dizer? Sim! Que é hora de usar o MdOMgram, o aplicativo que explica o que tá se passando no pensamento das pessoas em fotografias!

Depois de ter perdido o concurso de logotipos do MdOM, a magia de Juno não ajudou a ganhar a competição. Fica pra próxima.

Esse Vira-Vira me parece apresentação de TCC. É você agindo que nem uma idiota, tentando convencer algo que nem você acredita para um bando de pessoas que estão lá querendo te fuzilar porque estão no local por obrigação.

Efeito oferecido pela nova atualização do MdOMgram! Atualizem agora no Google Play ou na App Store!

Encerrando a postagem com essa foto filtrada pelo MdOMgram. Prontinha para publicar no álbum “Momentos” do Facebook.

Praga de Otaku funciona

31 maio

Deu no UOL:

Tirando os dinossauros, os robôs e os japoneses, a novela não fica igual a qualquer outra novela do autor?

Paulinho Vilhena, você tem algo a dizer sobre esses recursos VELHOS das novelas?

HAHAHA!

Já viram a análise do primeiro capítulo da novela? Só clicar aqui.

***

(Me siga no Twitter!)

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

Prevendo o Futuro com Mais de Oito Mil

16 abr

Deu no Mais de Oito Mil, no dia 22 de Março de 2011:

E deu HOJE, no jornal Agora São Paulo:

Tem certeza que ainda querem competir comigo no meu bolão de Sailor Moon S??

***

(Eu tenho Twitter!)

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

Analisando Novelas Decadentes – O primeiro capítulo de Morde & Assopra!!!

22 mar

Vamos começar esse post com um título com três exclamações, e sabem por quê? Porque essa novela está sensacional! SENSACIONALMENTE RUIM!! Há muito tempo, o autor Walcyr Carrasco sofreu cyberbullying de otakus pelo Twitter quando anunciou que faria uma novela que se passaria na Grande Nação Japonesa. Os otakus, que sabem que são a coisa mais importante da cultura mais rica, começaram a falar que ele ia denegrir os otakus e ia transformar o país em modinha. A resposta do Carrasco foi que ele nem sabia o que eram otakus. TODOS HATERS RI!

O tempo passou e finalmente a Rede Globo estreou a novela Morde & Assopra, que tem tanta classe e sensibilidade que já começa com um terremoto na Grande Nação Japonesa. Ai, já comecei com os spoilers??? Então esconde na gaveta o seu Toy Art do Jacques Leclair e IKIMASU ver essa grande super-produção da televisão do Burajiru!

Para quem é de São Paulo, a melhor cidade do Burajiru só porque é o local onde fica o bairro da Liberdade, mostrou um garoto chamado Fábio de 16 anos que é campeão de Guitar Hero numa matéria sobre jovens que ganham dinheiro com o que gostam.

Alguém já contou que a franquia que ele gosta foi terminado pela Activision?

E por que eu não ganho dinheiro com o que eu gosto?

Estou indignada com a matéria do SPTV. Será que essa moça da classificação indicativa gosta do trabalho dela?

Será que desde criança ela sonhou em ser a mulher que faz gestos que grande parte da população não entende?

Vale a pena comentar que a Rede Globo passou uma voz em off enquanto exibia cenas da Grande Nação Japonesa dizendo que as gravações ocorreram antes da tragédia, e que dedicavam a novela ao povo japonês numa comovente cena de quebra da quarta parede.

Já um certo desenhista….

A novela começa com a Adriana Esteves cuidando de uma escavação no Monte Fuji com uma aparência de quem aproveita uma tarde na piscina em Copacabana.

E como colocar ela no meio de um sítio arqueológico espanando terra de ossos não é o suficiente para caracterizá-la como paleontóloga, eles colocaram um cafonérrimo pingente de dinossauro no pescoço da mulher.

Aí aparece o Paulo Vilhena, que parece que digivolveu para Marcos Pasquim, perguntando como ela sabe que vai ter um osso de dinossauro ali.

Aí ela começou a falar um texto sobre aquela região ter sido um oceano e bla bla bla, coisas que o Walcyr Carrasco deve ter copiado da Wikipédia.

Bárbara Paz, aquela que pegou o Supla, aparece se abanando com desdém pelos ossos velhos e vestindo vermelho para indicar que é uma vilã.

E alguém precisa fazer um GIF com a frase genial que o Paulo Vilhena fala:

“Ossos velhos? São fóóóóósseeeeeeis”

Os cinco figurantes descendentes de japoneses falam pra Adriana Esteves que o fóóóóóóóssseeeeeel que ela achou na verdade é de um demônio, e que coisas horríveis acontecerão se ela não enterrar de novo.

Mais terrível que ver um trabalhador braçal que usa franjinha e brinquinho?

Convenientemente acontece um terremoto.

Em outro núcleo, Marcos Pasquim começa a evoluir para Jim Beluschi e conversar com uma vaca. Pra quem pintava quadros com um macaco, é uma grande evolução na carreira.

A Bárbara Paz é tão divertida de tirar print screen como a Petra Leão.

Querido Paulo Vilhena,

Você não me convence que é Hipster, mas ainda é um gatão.

IKIMASU pra minha casa?

E não agüento mais a Adriana Esteves falando sobre a vida dela.

Mandou bem, Rede Globo, querem convencer que essa novela não se passa em Dezembro quando temos LUZES DE NATAL nas árvores de Tóquio?

Daí que eles pegaram um dos gêmeos de Viver a Vida e colocaram óculos pra dizer que é inteligente.

E acreditam que a Adriana Esteves ainda tá falando da vida dela?

A chata se cansa de falar da vida dela nesse restaurante caríssimo e decide falar da vida dela num elevador, e o Matheus Solano foi atrás porque deve ser masoquista.

Além de vilã, Bárbara Paz mostra que faz parte da cota Shoujo-Ai da novela.

E a abertura entra quando, produção?

O Solano encontra a Adriana no restaurante e começa a falar que pode ajudá-la, quando aparece um ator horrível que diz que será o tradutor do projeto de hipster. Enquanto ele veste sua roupa, ele convenientemente fala que marcou um encontro com um gênio da robótica e que aquele é o dia mais importante do mundo pra ele.

O que um roteirista não faz com um diálogo quando não consegue resolver as cenas, heim?

Aí corta pro Solano Hipster beijando uma foto horrorosa de uma mulher que saiu direto do computador do RH da Globo. Para ser mais óbvio, só faltou um narrador falando “Solano sente muito a falta de sua mulher.”.

E ele se encontrou com o gênio da robótica numa cena que parece que foi filmada numa loja da Tok Stok.

O Solano começa a pedir que o cara ensine ele a fazer um robô que pareça um ser humano. E a cara do japonês já mostra a paciência milenar colocada à prova.

E Solano Hipster fala que ela foi o grande amor de sua vida. Isso não duvido, porque…

piada patrocinada pela cantora Shakira para divulgar seu novo show dia 24 de Março lá em Brasília.

Vou seguir as dicas do SPTV e ganhar dinheiro com o que eu gosto, que é fazer piada ruim.

Ele falou que ela sofreu um acidente de barco e o corpo nunca foi encontrado.

Aposto o meu fígado que, se a personagem robô fizer sucesso, o Carrasco vai fazer um triângulo amoroso entre a robô e a de verdade que vai reaparecer. Se a personagem robô der errado, é só ele desligar e botar a real na parada.

Nessa imagem digna daqueles porta-retratos que compramos, vemos a felicidade do casal Solano Hipster e a futura Persocon. A suposta defunta tem muita alegria em seu sorriso, e não podemos duvidar disso porque…

…ALGUÉM ME SEGURE, NÃO CONSIGO PARAR DE FAZER PIADAS SOBRE ISSO!!!

Claudia Raia, sua novela acabou semana passada!

Do nada a Adriana liga pro Solano falando que quer saber o que ele pode fazer para ajudá-la. Com essa camisola eu até imagino o tipo de ajuda que ela achou que ele podia oferecer.

Aí eles saem e conversam e rooooooooooonc

Parei de prestar atenção nessa história, mas acordei quando apareceu esse cara lindo num carro. Quem precisa de roteiro quando temos FAN-SERVICE???

Aí o loiro gostoso curte uns ossos velhos também.

HÁ HÁ HÁ HÁ!!!

Não vejo uma abertura tão ruim desde Hourou Musuko. Cadê o pôr do sol? Cadê as pessoas correndo? Cadê os flashes de imagens rápidas? Cadê o J-Pop?

ESSE é o tal marido da Adriana Esteves?

Numa novela com o pescador parrudo, o loiro gostoso, o hipster calvo, o gêmeo que cata a tetraplégica e grande elenco de nihonjins a Adriana escolhe pegar justo o mais feio?

E o cara que mais parece um hippie veio dar um anel de compromisso. Eu acreditaria, porque…

TÁ, PAREI! PAREI!!!

Por que toda novela brasileira precisa começar com filmagens no exterior, quando isso não muda EM NADA o que tá acontecendo? Por exemplo, agora teremos uma cena na Torre de Tóquio. A não ser que os personagens no roteiro sejam convocados para ir defenderem Cefir, não vejo por que um ligar para o outro e falar “vamos conversar na Torre de Tóquio apenas pela paisagem exuberante”.

Shakira mentiu! Os Hippies mentem! E ele tá pegando a Bárbara Paz para uma cena malévola na Torre de Tóquio.

E como quem vai até a padaria, toda a trupe chegou no interior de São Paulo na cena seguinte, com a mesma roupa.

E já foram direto ver uma escavação! Até parece que a Bárbara Paz ia aceitar entrar num sítio arqueológico usando essa fantasia de Carmen SanDiego do terceiro mundo.

ACABOU A NOVELA HORROROSA!!!

TODOS COMEMORA!!!

Não aguentava mais ver esses ossos velhos…

XD!

MAS E O NÚCLEO JAPONÊS????

***

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

Morre pessoa envolvida com Yamato

14 nov

Deu no Anime Forces:

Se ele fosse tão grande assim, o nome dele teria aparecido no título da notícia.

***

(@maisdeoitomil)

A Loba

8 abr

A nave Discovery é tipo o BBB: todo dia toca uma música diferente para despertá-los. E a Henshin postou sobre a música do dia:

Botaram o CD da Shakira para despertar os astronautas?

Desperto algo em você além do asco?