Tag Archives: Presidente da Toei

Presidente da Toei diz que seus filhos não curtem Cavaleiros (e a Rede Brasil não mostrou isso)

15 mar

Além de exibir animes dois animes dos anos 80 como se fosse algo muito importante, a Rede Brasil também tem feito periodicamente uma grande ode otaka aos animes em um dos principais horários da casa, o Em Revista. Nesse programa enfeitado com fotos do portfólio do apresentador Evê Sobral, eles sempre reúnem a nata das celebridades otacas do Burajiru e representantes de sites. Ontem, por exemplo, tinha Cassius Medauar, Marcelo Del Greco, o dono do Site dos Cavs e muitos outros aproveitando a boca livre feita por permuta (você pode relembrar a primeira festa clicando aqui).

Um dos convidados da noite, no entanto, chamou a atenção: nada menos que Endo Masayuki, o presidente da Toei Animation! Em vez de aproveitarem para pedir o impeachment do homem devido aos crimes de responsabilidade que atendem pelo nome de Dragon Ball Super e Digimon Tri, todo mundo ficou é tietando o homem. E foi numa pergunta feita a ele que aconteceu um pequeno mico.

Evê Sobral perguntou a Masayuki se a família preferia Dragon Ball ou Cavaleiros do Zodíaco. O presidente respondeu que é casado e tem dois filhos, e que os dois gostam das animações da Toei. Quanto à preferência, eis a resposta:

Até aí tudo bem, né? É esperado que o presidente da Toei ao ser perguntado sobre qual anime da empresa os filhos mais curtem ficaria tão em cima do muro quanto os jornalistas brasileiros no caso do plágio do IGN Brasil. Só que, na verdade, ELE NÃO FALOU ISSO QUE APARECEU NA LEGENDA.

Por intervenção de Kami-Sama, Masayuki estava respondendo à entrevista em INGLÊS, então meus anos de CNA me ajudaram a ver que ele falou ISSO:

Não se sabe se foi um erro de tradução básico da Rede Brasil ou se eles deram uma amenizada para valorizar o carro-chefe da emissora, mas vocês podem ver o vídeo aqui (é aos 8 minutos). É um fato engraçado e mostra que a série não tem apelo mesmo na Grande Nação Japonesa, sendo produzido ainda só para agradar o mercado internacional.