Mercado Nacional

A maravilhosa estratégia da Panini de promover mangás… que estão esgotados

Muita gente acha que o maior defeito das editoras de mangás no Brasil é a distribuição capenga, o papel transparente ou então como o mercado é praticamente shonencêntrico, mas na verdade o principal ponto que todas as editoras deveriam trabalhar melhor é o marketing. Sem a ajuda do marketing, as editoras praticamente despejam títulos nas… Continuar lendo A maravilhosa estratégia da Panini de promover mangás… que estão esgotados

Anúncios
Animes

Os planos da Toei para One Piece e Sailor Moon no Brasil não fazem sentido

Ontem rolou o Henshin+ 2017 (falei do evento aqui) e uma das coisas que foram mais repetidas, além de Alita-CoinLaundyLady-Akira, foi que os japoneses são meio malucos e não entendem muito sobre mercado. Você pode até levantar agora e falar "mas não, a Grande Nação Japonesa é incrível e blablabla" mas é inegável que o… Continuar lendo Os planos da Toei para One Piece e Sailor Moon no Brasil não fazem sentido

Opinião Impopular da Semana

Opinião Impopular da Semana – Um mangá só presta se ele for bom do começo ao fim?

Além de ser uma linda blogueira passiva-agressiva com um logotipo lindo feito pelo @leokusanagi, eu tenho o costume de visitar grupos de mangás no site Facebook para acompanhar discussões e entender um pouco os indecifráveis otakus. Um post nessas leituras me chamou a atenção: na época do lançamento de Fort of Apocalypse da JBC surgiram… Continuar lendo Opinião Impopular da Semana – Um mangá só presta se ele for bom do começo ao fim?

Meu Passado Otaku

Meu Passado Otaku: Abri uma Shonen Jump de 2001 e veja o que encontrei

Os otakus passam por fases semelhantes na vida, e uma delas é a vontade louca de ir até o bairro da Liberdade e comprar uma edição da revista Shonen Jump, o almanaque semanal de mangás que é tipo a Meca dos shonens de todos os tempos. De verdade, eu cheguei a escrever numa redação da… Continuar lendo Meu Passado Otaku: Abri uma Shonen Jump de 2001 e veja o que encontrei

Opinião Impopular da Semana

Autor de One Piece poderia aprender que menos é mais

As pessoas têm duas concepções sobre a galera que critica animes e mangás: 1- são pessoas que se acham infalíveis e 2- são pessoas que não mudam de opinião. Acredite, essas duas características não formam um crítico, e sim uma pessoa teimosa. E é com essa introdução que eu gostaria de conversar um pouco sobre… Continuar lendo Autor de One Piece poderia aprender que menos é mais

Opinião Impopular da Semana

Guia 2016 das piores fanbases otakas do Brasil

O Mais de Oito Mil não tem uma matéria que atrai ódio gratuito dos leitores desde a problematização da objetificação feminina em Nanatsu no Taizai, e sinto muito falta de gente me mandando tomar no cu nos comentários. Tentando conseguir algumas mensagens de fúria, decidi inaugurar um post anual para incomodar o maior número possível… Continuar lendo Guia 2016 das piores fanbases otakas do Brasil

Problematizando

Problematizando a transfobia em One Piece

Assim como Naruto nas bancas brasileiras, a seção Problematizando aqui do Mais de Oito Mil já garantiu um espaço para voltar sempre. A repercussão do primeiro post sobre a objetificação das mulheres em Nanatsu no Taizai foi muito maior do que eu imaginava! Foram milhares e milhares de leitores que refletiram sobre as coisas que escrevi… Continuar lendo Problematizando a transfobia em One Piece

Barraco

Pequenas Picaretagens, Grandes Negócios – Fã imprime mangás em português de forma caseira e vende pela net

E aí, minna, tudo bem? Nesses trocentos anos de vida tokuanimangástica já vi muita coisa relacionada a pirataria: grupo de fãs dizendo que tinham os direitos de lançar DVD de Evangelion no Burajiru, empresa de grande porte que sustentava uma lojinha de DVDs usando vídeos de fansubs e até mesmo uma máfia dos sites de… Continuar lendo Pequenas Picaretagens, Grandes Negócios – Fã imprime mangás em português de forma caseira e vende pela net