Tag Archives: Cavs

Presidente da Toei diz que seus filhos não curtem Cavaleiros (e a Rede Brasil não mostrou isso)

15 mar

Além de exibir animes dois animes dos anos 80 como se fosse algo muito importante, a Rede Brasil também tem feito periodicamente uma grande ode otaka aos animes em um dos principais horários da casa, o Em Revista. Nesse programa enfeitado com fotos do portfólio do apresentador Evê Sobral, eles sempre reúnem a nata das celebridades otacas do Burajiru e representantes de sites. Ontem, por exemplo, tinha Cassius Medauar, Marcelo Del Greco, o dono do Site dos Cavs e muitos outros aproveitando a boca livre feita por permuta (você pode relembrar a primeira festa clicando aqui).

Um dos convidados da noite, no entanto, chamou a atenção: nada menos que Endo Masayuki, o presidente da Toei Animation! Em vez de aproveitarem para pedir o impeachment do homem devido aos crimes de responsabilidade que atendem pelo nome de Dragon Ball Super e Digimon Tri, todo mundo ficou é tietando o homem. E foi numa pergunta feita a ele que aconteceu um pequeno mico.

Evê Sobral perguntou a Masayuki se a família preferia Dragon Ball ou Cavaleiros do Zodíaco. O presidente respondeu que é casado e tem dois filhos, e que os dois gostam das animações da Toei. Quanto à preferência, eis a resposta:

Até aí tudo bem, né? É esperado que o presidente da Toei ao ser perguntado sobre qual anime da empresa os filhos mais curtem ficaria tão em cima do muro quanto os jornalistas brasileiros no caso do plágio do IGN Brasil. Só que, na verdade, ELE NÃO FALOU ISSO QUE APARECEU NA LEGENDA.

Por intervenção de Kami-Sama, Masayuki estava respondendo à entrevista em INGLÊS, então meus anos de CNA me ajudaram a ver que ele falou ISSO:

Não se sabe se foi um erro de tradução básico da Rede Brasil ou se eles deram uma amenizada para valorizar o carro-chefe da emissora, mas vocês podem ver o vídeo aqui (é aos 8 minutos). É um fato engraçado e mostra que a série não tem apelo mesmo na Grande Nação Japonesa, sendo produzido ainda só para agradar o mercado internacional.

Rede Brasil começa a reprisar animes e diz que é pra MANTER A TRADIÇÃO

7 fev

No ultimo Henshin+ lembro que rolou uma palestra sobre Cavs com a presença de várias pessoas entendidas no assunto (e outras não tão entendidas assim mas as relações interpessoais são feitas dessa forma). Entre eles estava o Angelotti, o cara que cuida do licenciamento de Cavs e Dragon Ball aqui no Burajiru e dizia que estava muito empolgado com a estreia dos animes na Rede Brasil. Segundo ele, seria como termos a Manchete de volta, e nessa hora os otacos de 30 e 40 anos começaram a urrar de gozo e prazer. O que eles não esperavam é que a Rede Brasil fosse se inspirar em TUDO da Rede Manchete.

Segundo a própria Rede Brasil divulgou nas redes sociais ontem, Dragon Ball Z e Cavs serão reprisados desde o começo na Sessão Oriental. O problema, no entanto, foi a forma como divulgaram a informação. IKIMASU ver o desaforinho?

tradicao-reprises

Não basta começar a reprisar os animes, eles ainda usam como desculpa que isso é TRADIÇÃO. Para você que não viveu nos anos 90, a Manchete ficou conhecida por traumatizar milhões de crianças brasileiras ao começar a reprisar Os Cavaleiros do Zodíaco no episódio da casa de Leão no Santuário. Naquela época era uma estratégia normal, afinal criança não tinha internet nem YouTuber de Minecraft pra ter outra coisa e acabavam vendo a reprise até voltarem com inéditos.

A tal ~tradição~ foi tão ~bem feita~ que nem ao menos esperaram terminar as sagas. Cavs ficou faltando 3 episódios para concluir a Saga do Santuário e Dragon Ball Z interrompeu no meio da Saga do Freeza.

O problema é que não estamos mais nos anos 90 e algumas estratégias de programação do passado não funcionam mais. Fora que reprise nos anos 90 serviam também para que dublassem novos episódios, e essa desculpa não cola mais com um produto que já tá pronto. Manter fidelidade com o público é algo muito difícil de conquistar, e com certeza eles acabaram de afastar boa parte dos espetadores que havia adquirido o hábito de botar a TV às oito da noite pra assistir aos animes requentados. 

Para se ter uma ideia do quão tiro-no-pé foi essa decisão, até os comentaristas da notícia no Facebook (que não trabalham com televisão) estão mais sensatos que a Rede Brasil:

trdicao-em-reprise

Até o filme é repetido…

Precisamos conversar sobre kanzenbans de 65 reais

15 out

Como tem feito nas últimas semanas, a JBC monopolizou o assunto dos otacos nas sextas-feiras ao colocar Marcelo Del Greco vestido de Seiya anunciando as novidades sobre o polêmico kanzenban de Cavaleiros. A Panini até tentou roubar um pouco da atenção anunciando ao mesmo tempo a capa de Slam Dunk e a caixa de Dragon Ball, mas nos grupos e nas redes sociais as pessoas só queriam falar do que ESTE HOMEM trouxe das estrelas:

del-greco-kanzenban

Segundo o anúncio da JBC, o kanzenban dos Cavs terá papel especial, capa dura e vai custar nada menos que 65 dinheiros em cada edição, numa periodicidade não definida. Só essa informação já foi o bastante para surgirem muitos especialistas em mercado editorial comentando o assunto, afinal o que a internet mais oferece atualmente é a obrigatoriedade de todo mundo ser especialista em tudo e conseguir comentar todos os assuntos possíveis, de indicações do Nobel de literatura ao combate de doenças.

Na verdade, qualquer coisa que venhamos a falar sobre o sucesso ou não dessa empreitada é um exercício de futurologia. Não temos a menor ideia se isso será um sucesso ou um grande fracasso. Claro que, na minha opinião, eu NUNCA gastaria meu suado dinheiro comprando uma versão luxo de um mangá que eu considero um lixo. Sem contar que eu não curto nem um pouco capa dura, nem pra livro e muito menos para quadrinho. Enfim, mas não podemos negar que há muitos fatores jogando a favor da JBC: a fanbase dos Cavs tem pouco discernimento e chega a comprar horrorosos bonequinhos a peso de ouro apenas em nome da tão falada nostalgia. É como se Cavaleiros do Zodíaco fosse uma fanbase diferente dos otacos, que se sustenta independentemente do mercado nacional. Quanto ao preço, também está bem próximo dos praticados pelas edições de luxo de qualquer outro quadrinho no Burajiru: encadernados da Salvat são caros, os da Panini também e aqueles capa dura da Abril também não saem por menos de 60 reais. Ok, eles não são séries, e sim volume único, mas muita gente compra aqueles quadrinhos de heróis que formam uma lombada com desenho. E vamos lembrar que em muitos grupos de discussão da Internet sobre mangás encontramos várias pessoas que se dispõem a comprar qualquer coisa se o material for em boa qualidade gráfica e tiver uma lombada retinha.

Texto longo, né? Pensando nos leitores mais casuais da internet, aqueles que só leem textos dispostos em formato de lista ou de GIFs animados, preparei dois fluxogramas bem simples para responder algumas dúvidas sobre o kanzenban:

fluxo-1

fluxo2

Na verdade, retomo a minha maior questão que já falei no outro post: é meio triste que o mercado de mangás esteja tão focado em apresentar produtos de qualidade apenas para quem pode pagar muito por isso (e só quando é algo como Cavaleiros). Embora exista mangá de luxo no Japão, o mangá padrãozão também tem uma qualidade boa. Enquanto isso, temos aqui um Kanzenban com papel maravilhoso a 65 reais, mas os outros mangás continuam transparentes, com impressões defeituosas, erros de revisão absurdos e páginas ondulando. Queria ver esse cuidado com todos os títulos, não só com o favoritinho dos editores.

12 atrações incríveis que justificam o preço do ingresso do Anime Friends 2016

5 jul

E aí, seus otakus! Estamos em julho, tempo de férias escolares, de surto de gripe e, principalmente, de eventos de anime! Bem, atualmente os eventos como o Anime Friends deixaram de ser realizados em locais prestes a desabar, e isso acabou influenciando no preço meio salgadinho. A média de preço para cada dia do AF na porta é de 65 reais, então muita gente precisa se planejar e se informar sobre o que vai rolar nesta bodega, certo?

Como teve até gente me parando nas serras gaúchas pra me perguntar se o Anime Friends estava valendo a pena, fui até o site oficial do evento e listei DOZE atrações imperdíveis que justificam essa pequena facada que é o ingresso. IKIMASU conferir?

1. ACADEMIA DE LUTA

atracoes-af-2016-01

Uma das facetas mais interessantes da Grande Cultura Japonesa é a disciplina dada através das artes marciais. Ou seja, é louvável que um evento da Cultura Mais Rica separe um espacinho para a prática de atividades que fazem bem para o corpo e para a alma, certo? E é muito bom vermos que esse tipo de atividade é levada muito a sério, vide o nome super sério da pessoa responsável por trazer a arte para a academia Yamato:

aang

Duvida? Tá lá no release.

2. DUELO DE ESPADINHA

atracoes-af-2016-02

Quando se é criança, uma das brincadeiras mais legais é de lutinha com espadas de borracha pra você sair dando uns tabefes nos tomodachis. Porém, um dia você cresce e a sociedade passa a julgar sua brincadeira. Sorte que temos grupos especializados em transformar isso em esporte de adulto, trocando “brincadeira de espada” por “grupo de swordplay”, assim como mudando “vontade de bater no amiguinho” por “buscar o aprimoramento em âmbito nacional, tanto em habilidade de combate quanto em visibilidade”. É sério, tá escrito tudo isso no release.

3. UMA FUCKING BANDA MARCIAL!!!!

atracoes-af-2016-03

Eu gostaria de acreditar que a Banda Marcial de Cubatão foi chamada para o Anime Friends apenas pelo trocadilho deliciosamente infame da palavra “marcial” e sua relação com as artes marciais. PFV NÃO ME DECEPCIONEM!

4. ESPORTES PARA SEDENTÁRIOS

atracoes-af-2016-04

Se você viu os vídeos de corrida Naruto, percebeu que os otacos são tão esportistas quanto minha avó com reumatismo. Então, a saída é botar uma área em que os otakus ficam paradinhos apenas balançando um bastão como se fosse a minha avó da frase anterior jogando Wii Sports. E a recompensa quando acerta? É um MUPY!

5. UM SENHOR COM UM VIOLÃO

atracoes-af-2016-05

Eu imagino uma reunião lá na Yamato em que alguém sugeriu trazer a Ayumi Hamasaki, aí o estagiário escreveu errado o nome da mulher e trouxeram Ayumi Miyazaki, um senhor distinto com violão cujo portfólio inclui umas músicas de evolução que foram ofuscadas por todas as músicas do falecido Koji Wada.

6. O CELSO PORTIOLLI DA J-MUSIC

atracoes-af-2016-06

Apenas duas pessoas tiveram o poder de mudar nosso paradigma de falta de noção no YouTube. Um deles é Celso Portiolli, que não comparecerá ao AF porque trabalha de fim de semana, mas o outro é Joe Inoue, cantor de uma música genérica aí de Naruto e um dos mais queridos vlogueiros da rede mundial de computadores. Curiosamente, ele foi apresentado apenas como cantor no site do evento para que não ofuscasse eles…

7. …OS YOUTUBERS!!!

atracoes-af-2016-12

Claro que o Anime Friends seguiu a receita do dinheiro fácil chamando vários YouTubers de ~sucesso~ para palestras que nada mais são do que gritaria sem qualquer conteúdo. Aliás, gostaria de entender por que a maioria dos youtubers forçam uma careta quando vão tirar fotos de divulgação. Repararam nisso?

atracoes-af-2016-13

Por que será que toda pessoa que tenta se forçar como engraçaralha só tira foto assim? Fica a pergunta no ar.

8. ATRAÇÃO DIRETO DE 2003

atracoes-af-2016-07

Sério… QUE ANO É HOJE???

9. CAVS SHOW

atracoes-af-2016-08

O AF será palco desse incrível show em que todos os cantores de aberturas dos Cavs se reúnem para essa grande apresentação musical de churrascaria que é cantar os temas musicais da série que os brasileiros não superam desde os anos 90.

10. RANGER DECADENTE

atracoes-af-2016-09

Sabe o que é mais decadente que ser um ranger vermelho que foi ofuscado pelo verde e depois ainda rolaram boatos de que era ator pornô de filme yaoi? É você ser um ranger vermelho de uma temporada que nem fez tanto sucesso assim e que vai chamar a atenção no papelzinho da programação só porque se chama “Jason”, assim como o primeiro ranger vermelho.

11. GLAMOURIZAÇÃO DA PM

atracoes-af-2016-10

No AF você também vai vai encontrar um espacinho dedicado ao quadrinho nacional biográfico de Coronel Telhada, ex-comandante de um dos grupos mais carinhosos da amável Polícia Militar de São Paulo e atual deputado estadual que, entre outras notícias, chegou a ameaçar prender uma adolescente secundarista. Conhecido também como membro da bancada da bala, no Anime Friends do ano passado sua ~espirituosa~ equipe distribuiu balas (o doce) e papercraft de viaturas.

12. PERGUNTAS SOBRE JOJO

atracoes-af-2016-11

Uma das mais esperadas atrações para os leitores do Mais de Oito Mil é a mesa redonda de editoras de de mangás, que continuam sendo aquela palestra fuleira em que cada editor tenta mostrar uma versão da editora muito mais bem-sucedida do que é de verdade e respondem perguntas de otacos que insistem em perguntar se vai vir Jojo no Burajiru. Sério, gente, vamos mudar um pouco a atração? Vamos por uma rodada de perguntas feitas pela Imprensa Especializada (pff), um duelo numa piscina com Mupy… alguma coisa!