Tag Archives: Brasil

O Grande Guia dos Tipos de Leitores de Mangás do Brasil

20 fev

Muitas pessoas pensam que o Mais de Oito Mil é apenas um local para ficar chochando o mercado otaku do Burajiru, mas a função deste site é servir quase como um espírito do tempo que mostra o verdadeiro otaco da atualidade. Como parte dessa grande missão que Kami-Sama me designou, fiz uma grande investigação para descobrir quem são os leitores de mangás do Burajiru agora em 2017. IKIMASU ver em quais tipos vocês se encaixam?

O Incentivador do Mercado Nacional

incentivador

Tipo de leitor que existe desde o começo da implantação dos mangás no Brasil. Como o mercado era pequeno, havia um pensamento de que os leitores deviam comprar qualquer tranqueira lançada apenas para incentivar o mercado. Hoje em dia, mesmo com o mercado ~consolidado~, ainda temos gente endinheirada ou sem senso crítico que quer apenas ajudar para que venha mais coisa.

O Lombadeiro

lombadeiro

Mais preocupado com estética que com o conteúdo, o Lombadeiro passa horas na banca de jornal procurando o mangá mais alinhado segundo as condições naturais de temperatura e pressão já imaginando como ele ficará na estante. Não tem taanta vontade assim de ler, mas sente um prazer quase sexual de postar foto de estante de mangá com tudo uniforme.

O Sommelier de Papel

sommelier-de-papel

Leitor especialista que emergiu em 2014 durante a crise do papel das editoras. Com poucos cliques no Google tornou-se um entendido no mundo editorial, capaz de perceber qual a gramatura do papel apenas olhando o quanto da página anterior aparece na transparência. Compartilha alguns fetiches com o Lombadeiro, como o fato de comprar saquinhos plásticos para proteger o papel e deixar sua estante com cara do estoque da Comix.

O Acionista de Editora

acionista

Para os Acionistas de Editora não importa o formato, o preço, o mangá ou mesmo se a história é interessante, tendo o selo de alguma editora já é o bastante para comprar um título e se horrorizar com os da editora “rival”. Atualmente os Acionistas que mais se destacam são os Panini Lovers e os JBCzeiros, que podem ser facilmente identificados em grupos de mangás com comentários do tipo “Anúncio da Panini em formato XXX? É cofre!” ou “Cassius Mitauar”. Cuidado: eles surtam se você os classifica como fanboys de editoras.

O Casual

casual

O leitor casual não participa de grupos, não liga muito para o formato e apenas se preocupa com a qualidade da história e com o preço. Considera mangá apenas como um entretenimento, e faz uma leitura bem descontraída do material (normalmente nem lendo as legendas das onomatopeias).

O Entusiasta de Brindes

marcadores

Acostumado a comprar a revista Recreio na infância e os chocolates Kinder Ovo, o Entusiasta de Brindes é bem mais preocupado com os extras que com o mangá em si. Chega a comprar volumes de mangás que nem ao menos acompanha para ter aqueles brindes exclusivos como adesivos e marca páginas. E se o mangá foi lançado nas bancas com dois brindes diferentes, compra duas vezes porque sim.

O Cotejador

cotejador

Por ter feito alguns semestres de japonês na Aliança, o Cotejador se julga o entendido da bilinguaridade e faz questão de comparar a tradução das editoras com o original, apontando ~erros absurdos~. Há também o Cotejador poser que compara apenas com scanlations do idioma que conhece.

O Não-Fã (atualmente em extinção)

O Não-Fã é o leitor que via o anime na TV e comprava os quadrinhos. Se confunde com otakices desnecessárias dos mangás, como a utilização de honoríficos -chan -kun -san, não segue editora alguma no Facebook e precisa ser conquistado fora do nicho que as editoras atuam. Poderia ser a solução para vendas baixas, mas nenhuma editora está muito interessada em transformar um leitor ocasional num leitor habitual de mangás.

Copa e Cozinha – Time da Pesada

24 jun

E deu na Made in Japan:

Mas é lógico que um ex-lutador de SUMÔ ia torcer para a Argentina. Sempre torcemos com quem nos identificamos, então o lutador de Sumô da Grande Nação Japonesa achou algo na seleção argentina que fosse semelhante a ele.

E consigo enxergar uma graaaaande identificação. Né, Maradona?

***

(@maisdeoitomil)

Dois pesos, duas medidas [3]

14 mar

Quando um site se propõe a falar da vida dos famosos, o que esperamos? FOFOCA! Ninguém acessa sobre a vida dos famosos para saber que a vida deles é uma propaganda de margarina. Queremos ver briga, intriga e, se possível, porrada.

Exemplos, la la la!

BOM EXEMPLO DE SITE SOBRE CELEBRIDADES

Made in Japan revela que princesa teve um piriri f*dido por ter sido zuada na escola


MAU EXEMPLO DE SITE SOBRE CELEBRIDADES

Drama’s Inn revelando que uma atriz se casou e que outro casal está perfeito e sem brigas

Amo o Drama’s Inn, mas se é pra postar sobre a vida dos famosos só queremos os “três S”: Sangue, Suor e Saquê!

Troféu Engraçadão do Mês

22 fev

Olhem o que rolou naquele sitezinho o Anime Forces:

Tá, uma vez é engraçadinho, mas insistir do duplo sentido fica chato. Pior que a piada repetida é o comentário do autor do post:

“O nome do gigante é Gosei Great. Caraca, eu estou doido pra começar a acompanhar pra valer esse tokusatsu. Se for ruim pelo menos, vai dar pra fazer a piada do gosei trinta vezes por episódio, durante os 50 episódios que a série provavelmente terá, e ao final de tudo, não estarei cansado.”

Parabéns pela piada, engraçadão. Mas só pra deixar um toque: esse tipo de piadinha não vai fazer você conseguir uma mulher, tá? Então os seus 50 gosei serão beeeem solitários.

Minha colaboração para sua atividade solitária

***

(Acessando nosso Twitter você não fica com pêlos nas mãos)

Beijinho Doce

1 fev

Moshi-moshi, minna-san! Tradução para os incultos: Novidades para todos!

Um punhado de blog de animes e mangás se reuniu para uma premiação prestigiosa para a arte audiovisual do nosso querido Nihon. Na verdade a tal premiação (chamada Prêmio Ichiban) nem é tão prestigiosa assim, pois os grandes nomes da Internet brasileira nem estão na lista. Cadê a gente, por exemplo???

Mas para provar que euzinha não guardo rancor, decidi fazer minha contribuição para esse PRÊMIO ICHIBAN. Ao invés de usar esse bannerzinho que mais serve para desprestigiar a cultura da Grande Nação Japonesa, por que não usam um vídeo? Eu já providenciei o material, confiram:

PRÊMIO ICHIBAN – O VÍDEO!!!

Unagi!

Especulação Imobiliária

13 dez

E a Grande Nação Japonesa não cansa de surpreender. A última moda foi anunciada pelo sempre prestativo e útil site Made in Japan:

Acho que essa moda tem que pegar logo aqui no nosso Burajiru. Aproveite que a Made in Japan já adiantou a moda e compre agora mesmo um apartamento ao lado do trem. Preços convidativos.

APARTAMENTO DE 2 DORM,SALA,COZ,LAV,WC,GARAGEM ,SALAO DE FESTAS,PORTARIA,CONDOMINIO FECHADO,GUARITA SEGURANÇA 24 HORAS2 ELEVADOR,CAMERAS EM TODO PREDIO,QUADRAS,PARQUINHO,O MELHOR CDHU DA REGIÃO,15 MINUTOS DA BARRA FUNDA DE TREM,FACIL ACESSO PARA QUALQUER LUGAR DE SP, PONTO FINAL DE ONIBUS,LOCAL MUITO VALORIZADO,DOCUMENTO CONTRATO DE COMPRA E VENDA PODENDO PASSAR PARA O NOME ,JUNTO A CDHU QUE É AQUI MESMO NO JARAGUA,LUGAR TRANQUILO MUITO VERDE,APARTAMENTO DE FRENTE ,VENDO POR r$50.000.00 PRESTAÇOES DE R$ 269.00 CONDOMINIO R$100.00 ,EXCELENTE LOCALIZAÇÃO PROX A BANCOS MERCADO NOVOCARREFOUR AO LADO DA NOVA PONTE DA LINHA DO TREM LOCAL MUITO VALORIZADO. OU A VISTA 86.000.00 QUITADO TEL(11)94768017

Meu apartamento em Sapopemba nunca foi tão valorizado.

Herbívoro? Significa!

2 dez

A grande nação japonesa não cansa de nos surpreender. Confira a manchete que rolou no site Made in Japan, daquela revista lá da Editora JBC:

Nemli a matéria, mas aposto que alguém provavelmente vai colocar a culpa dessa viadagem toda nos animês.

Imagem meramente ilustrativa