Archive | Analisando Especial – Dragon Ball Super RSS feed for this section

Tenho um spoiler de Dragon Ball Super: a nova saga NÃO vai salvar essa série

6 fev dragon-ball-super-capa

Esse final de semana estreou no Japão, na Crunchyroll e nos fansubs ilegais o episódio de 77 de Dragon Ball Super, que marca uma mudança na série depois de 76 episódios com o fino do chorume em formato anime. Dragon Ball GT levou 64 episódios para transformar a história de Dragon Ball Z em um circo com personagens descaracterizados e uma bagunça de roteiro que tirava vilões do cu, mas Dragon Ball Super levou muito menos tempo para conseguir a mesma conquista.

Nesses 76 episódios vimos: os roteiristas tirando novas divindades universais do éter, novos poderes de Goku para vender bonequinhos de super-saiyajin com color swap, traço inconstante, Gohan não percebendo que trocaram sua esposa com garra por uma mala sem alça, uma tentativa de agradar os nostalgistas com o retorno de Freeza, outra tentativa de agradar os nostalgistas com o retorno do Trunks do Futuro e, mais recentemente, ooooutra uma tentativa de agradar os nostalgistas ressuscitando todos os vilões antigos num cameo de uma quest completamente sem sentido.

viloes-dragon-ball-super

Os otakus foram enganados pelo menos três vezes com Dragon Ball Super. Primeiro foi com o anúncio do anime e do suposto dedo do Toriyama na produção. A segunda vez que o bando de Alice achou que o negócio ia vingar foi quando anunciaram a saga do Zamasu, aquela lá que prometia ser densa, cheia de ação e com um vilão marcante que não morre da forma mais absurda possível (fã de Dragon Ball compartilha com fã de Pokémon essa necessidade de querer que o desenho fique madurão). E a terceira vez é agora, com o anúncio de que Dragon Ball Super terá outro torneio de artes marciais, agora em equipes e garantindo a não-destruição do universo.

A galera foi ludibriada aos poucos com a revelação das artes revelando o time de 10 lutadores da Terra, e o episódio de estreia levou a muitos gozos virtuais com a abertura cheia de porrada. Se você assistir ao primeiro episódio do arco, no entanto, você passa a ser possuído pelo espírito da raiva. Arrisquei ver o episódio com o estagiário-kareshi do blog e a cada minuto parecia que o episódio era uma fanfic ruim que alguém jogou numa caçamba de lixo e a Toei pegou pra animar. Como um leitor me avisou no Twitter, o Goku praticamente penhorou todo o nosso universo só porque tava a fim de umas lutinhas.

01-dragon-ball-super-resumo-capa

Dragon Ball Super é muito ruim, num nível muito acima do Dragon Ball GT (que ainda tinha uma animação decente, embora pastel). O roteiro é extremamente problemático por ter uma série de personagens que servem apenas para aparecer na abertura, um uso excessivo de Goku e Vegeta resolvendo todos os problemas (se for ver, Goku foi o que menos lutou no DBZ, os outros personagens faziam o esquenta antes), um roteiro pouco inspirado e, obviamente, soluções absurdas (tipo o Goku ressuscitando depois que jogou uma esfera de ki no céu antes de morrer e ela voltou ao seu corpo como se fosse um desfibrilador… sim, isso aconteceu e não faz o MENOR SENTIDO).

Quer apostar quanto que o pessoal vai ver essa saga da Sobrevivência do Universo achando que vão encontrar o ~bom e velho Dragon Ball Z~? Na verdade, a definição de um leitor do blog é bem precisa: a série é como um namoro abusivo. Você espera algo bom, não vai ter e ainda fica relembrando com carinho de um passado que, na verdade, nem era tão bom assim.

Dragon Ball Super #01 – O grande vilão que atende pelo nome de “Filler”

5 jul 01-dragon-ball-super-resumo-capa

E aí minna, como cês tão? Sábado é dia de balada, certo? Errado, isso é programa apenas das pessoas que têm vida sexual ativa, otaku fica em casa vendo a transmissão de Dragon Ball Super em algum streamming. Se você passou os últimos meses soterrado por desculpas que a Nintendo inventa para não colocar chat de voz em seus jogo e não faz a menor ideia do que seja Dragon Ball Super, eu explico: Toriyama precisa pagar seu condomínio e autorizou a produção de uma série nova que se passa logo após a luta com o Buu (e antes dos últimos capítulos de DBZ) e que finge que o Dragon Ball GT nunca existiu. Se isso é promissor ou não, vamos ver um resumão do primeiro capítulo!

No capítulo anterior, Goku e Vegeta lutaram contra Majin Buu e venceram graças a técnicas incríveis, um caô do Mr Satan e uma animação preguiçosa que disfarçava a falta de quadros de animação nas lutas com a desculpa de “eles são muito rápidos e você otaku não consegue vê-los”. Agora a Terra está em paz novamente, o que é uma deixa incrível para a Toei realizar o que sabe fazer de melhor:

01-dragon-ball-super-resumo-01

ISSO MESMO, FILLERS JÁ NO PRIMEIRO CAPÍTULO. Chichi mandou Goku trabalhar pra juntar uma grana, afinal mudaram as regras da aposentadoria e agora eles precisam de mais tempo de contribuição. Goku agora trabalha no campo porque, né… o que tem de terra no mundo que o pessoal podia carpir em vez de falar merda no Facebook não tá no mangá.

Aposto que algum fã mais chato de Dragon Ball vai perguntar como é que Goku sabe dirigir esse trator se nem ao menos habilitação ele tem (é só lembrar do filler da carteira de motorista), mas a Toei foi esperta ao usar um furo ainda maior para que distrair os otakus. Afinal, quem vai se preocupar com a habilidade de Goku no volante quando…

01-dragon-ball-super-resumo-02

… O ESTÚDIO ME BOTA UMA CRIANÇA PRA DIRIGIR O BAGULHO??? Na verdade, eu não entendi por que o Goku não usou as mãos mesmo para arar a terra, mas vai saber… A partir daí, o capítulo começa a se desenrolar em tramas muito interessantíssimas, como:

– Whis e Bills brincando de MasterChef:

01-dragon-ball-super-resumo-03

– Mr Satan lidando com os repórteres do Ego:

01-dragon-ball-super-resumo-04

– Gohan comprando um livro de colorir mandalas:

01-dragon-ball-super-resumo-05

Mas cadê a luta? Cadê a emoção? A Toei deixou isso para Goten e Trunks nesse primeiro capítulo, que foram atrás de um perfume para a Videl e tiveram que enfrentar uma cobra gigante que repetia quadros de animação:

01-dragon-ball-super-resumo-06

E a gente achando que o ápice dos inimigos sem noção de Dragon Ball era liderado pelo Chicote de Dragon Ball GT. No final do capítulo, Goku consegue um dinheiro graças ao Mr Satan e todo mundo fica feliz, menos os Kaioshins que sentem que mais uma estrela misteriosamente desapareceu do universo:

01-dragon-ball-super-resumo-07

Ou seja, isso quer dizer que o próximo capítulo vai mostrar finalmente a história nova e quem é o vilão? A resposta é… CLARO QUE NÃO pois o próximo capítulo é um filler do Vegeta viajando com a família. Já podemos eleger o Filler como o maior vilão de Dragon Ball Super? Hai ou com certeza?

01-dragon-ball-super-resumo-08

Aliás, se a Toei quiser uma sugestão pra filler, eles podiam fazer um episódio explicando como que o Kuririn diminuiu de uma saga pra outra sem que rolasse um salto no tempo…

01-dragon-ball-super-resumo-09