Mercado Nacional

Yo-Kai Watch: Panini descontinua mangá e esquece de avisar compradores

Ao contrário de Gold Roger, que colocou todo o seu tesouro em um lugar só, a Panini continua surpreendendo ao distribuir suas raras informações em vários cantos diferentes da internet. Para se ter uma ideia, a mais nova notícia, aquela referente à descontinuação de Yo-Kai Watch, foi descoberta através de uma reposta de Twitter da divisão de assinaturas da editora!!!

À leitora que perguntou sobre os volumes 21 e 22 de Yo-Kai Watch, a página de assinatura da Panini respondeu que o mesmo “foi descontinuado na edição 20, então não terá mais a continuação“. Para passar a mensagem de um jeito mais simpático para o leitor, um emoji de sorriso foi inserido no final da mensagem.

O último volume de Yo-Kai Watch havia sido lançado em agosto de 2019, e desde então nada foi dito sobre a continuação (e agora entendemos o porquê). Ele fazia parte dos mangás que estavam vendendo mal e a Panini precisou aumentar o preço para tornar viável a publicação, ao lado de títulos como Toriko.

Yo-Kai Watch se une à lista dos poucos mangás que sabemos que foram cancelados. Temos o caso de Guin Saga que a editora cancelou porque não curtiu o final do mangá, Otomen que teve seu cancelamento revelado por mensagem de Facebook e por aí vai. Há ainda DEZENAS de mangás que a Panini não publica mais e que estão em uma “geladeira“, que é o equivalente editorial àquela fazenda que muitos pais dizem ter mandado animais que estavam muito doentinhos.

Esse é mais um episódio da Panini, editora atualmente conhecida com o Terror do Reclame Aqui. Essa nova palhaçada da editora faz companhia ao envio de mangás supostamente esgotados e edições de mangás que evaporam após dois meses.