Animes

Espírito da 4Kids ou Censura? Tentando explicar as edições em Nanatsu no Taizai

Se você conhece algum iludido que, como a equipe da editora JBC, ainda insiste que The Seven Deadly Sins – Nanatsu no Taizai é uma série legal, provavelmente deve ter visto esta semana muitas críticas sobre a estreia da terceira temporada no Japão. Os fãs esperavam ação, violência e doses generosas de sangue espirrando para todos os lados, mas ganharam na verdade manchas escuras tampando feridas e uma poça de sêmen brilhante no lugar de sangue.

Pois é, Nanatsu no Taizai teve suas cenas de violência da terceira temporada editadas. Feridas foram tapadas com sombras, sangue virou esse líquido branco e por aí vai. Até mesmo flashbacks de cenas das temporadas anteriores ganharam uma camada extra de edição para evitar mostrar sangue ou machucados.

As edições visuais usadas para disfarçar a violência do anime são tão risíveis que muita gente lembrou da finada (?) 4Kids, empresa que se preocupava tanto com o bem estar das criancinhas que promovia uma surra de Photoshop em todos os animes que licenciava. Os casos mais infames são os de Yu-Gi-Oh, em que armas de fogo foram substituídas por homens fazendo gestos ridículos de arminha, e o de One Piece que trocou o cigarro do Sanji por um pirulitão que solta fumaça.

Mas não tema, jovem otaku, há uma explicação para essas mudanças no anime e nada tem a ver com os espíritos da 4Kids. Pra começar, houve uma mudança grande na produção de Nanatsu no Taizai, que deixou de ser feita pelo estúdio A-1 e agora é produzida totalmente pelo Studio Deen (que antes só colaborava com o negócio). Porém, é a outra mudança que pode servir para explicar essa censura.

Nanatsu no Taizai parou de ser transmitido pelo canal TBS, e agora é exibido pela gigantesca TV Tokyo. O horário do anime é próximo da exibição anterior, lá pelas 17h, mas podemos chutar que a ordem das edições se devem às restrições do horário (se passasse de madrugada talvez estaria mais sussa) e porque o próprio anime aumentou consideravelmente a violência. Edições parecidas aconteceram também com outros animes, como shonen adultão Tokyo Ghoul:

Até o momento, só resta aos otakus mesmo fazerem boicote por um anime que eles nem ao menos estão vendo de forma oficial: The Seven Deadly Sins – Nanatsu no Taizai é licenciado por aqui pela Netflix, então ainda não sabemos se teremos acesso a uma versão sem censura, o jeito é esperar os trocentos anos que a empresa leva para lançar novas temporadas no ocidente. 

Mas essa notícia pelo menos serve pra desmistificar a imagem que uma galera tem de que o Japão é super liberal e passa violência extrema no meio da tarde. Não, meus amores, nenhuma emissora de lá é como a Rede Record aqui no Brasil, aprendam.

11 comentários em “Espírito da 4Kids ou Censura? Tentando explicar as edições em Nanatsu no Taizai

  1. Vale ressaltar que na TBS, Nanatsu passava aos domingos às 17 horas, e lá nesse horário tinha coisas mais maduras, como dramas e animes seinens como FMA: Brotherhood. Atualmente passa programas de variedades.

    Já na TV Tokyo, Nanatsu está passando quartas às 17:55, e este horário é um infanto-juvenil, que pega os alunos voltando da escola. Antigamente foi o horário de Boruto.

    Em dias diferentes da semana, passa Bakugan, Yokai Watch, Back Clover e Dia no Ace neste bloco.

    A surpresa foi ainda terem mantido toda a violência (e o ecchi), mesmo com a censura, e não terem tirado tudo de uma vez e deixado Nanatsu como um Boruto ou Black Clover da vida.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nunca vi esse anime mas acho que é que nem aquele lance de esconder revistas bizarras nas lojas, Japão se arrumando pra causar uma boa impressão em 2020. Depois tudo volta ao (a)normal :P

    Curtir

  3. Sempre esqueço que isso existe.
    Lembro de ter visto um trecho minúsculo do começo do primeiro episódio (dublado) quando assinei o Netflix, e do hype que os brasileiros “otakus” tinham com esse anime lá para 2015, quando eu ainda usava FB e assistia EiNerd de vez em quando.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Pensei que o sr tinha dropado essa anime depois do problematizando pra se dar o trabalho de fazer uma nota sobre ele.

    Curtir

  5. Muito triste pelos fãs desse negócio que foram privados das cenas sanguinolentas e do ecchi forçadíssimo e terão que prestar atenção na história de verdade pra descobrir que ela é um lixo, poxa…

    Curtido por 1 pessoa

  6. Ai. O mangá segue ótimo. Assim, relevando a pedofilia moral, ecchi forçado, a história é bem boa, não vejo tanto motivo pra hate – da história no caso. É um mangá ótimo pra passar o tempo e ficar aguardando o próximo lançamento.

    Curtir

  7. pode ser verdade porque tem varias criancas assistindo as series isso e fato mas o nanatsu no taizai tem algumas partes adultas tipo o Meliodas levantando a saia da Elizabeth e varias outras coisas.

    Curtir

Os comentários estão fechados.