Barraco

Saintia Shô e a velha história da artista pedindo desculpas por algo que ela não fez

O Japão é um lugar muito doido, e olha que nem estou falando das máquinas que vendem calcinhas usadas para pessoas taradas. Esse ano estreou o anime de Saintia Shô, aquela série meio spin-off de Cavaleiros do Zodíaco, porém focada na guarda particular da Saori, composta apenas por mulheres. A ideia é interessante e o mangá é decente, então cifrões brilharam nos olhos da Toei e ela pensou “vou fazer um anime disso aí e vender pro ocidente, afinal eles compram qualquer coisa dos Cavs!!!“. Pois bem, o anime foi feito… e é muito ruim.

Pra começar, a Toei ficou com medo do pessoal do ocidente não reconhecer Cavaleiros do Zodíaco em um traço que respeita as proporções de anatomia e postura, então jogou fora todo o estilo da autora, Chimaki Kuori, e ressuscitou o estilão anos 80 de Shingo Araki (“ressuscitou” literalmente, pois o cara nem está mais nesse mundo). Com isso, Saintia Shô ficou com a cara do anime dos anos 80… mas um pouco mais feio.

A Toei então promoveu mudanças na história, cortando muitos elementos do enredo para ir logo para onde ela queira: a aparição e participação efetiva dos personagens da série clássica. Saintia Shô passou de spin-off para uma desculpa criada para requentar personagens antigos. Bem… e o público odiou. O anime está realmente bem ruim, num combo de desgraça formado por visual datado, história corrida e “liberdades” tomadas para mudar a história da Kuori.

Enfim, a notícia é que alguém da produção do anime se manifestou a respeito do lixo televisionado semanalmente. Seriam os produtores que vieram ao Brasil vender a ideia que esse trem descarrilhado era um bom anime? Claro que não, foi a própria Chimaki Kuori que usou sua conta pessoal no Twitter para assumir a culpa pelo anime que ela não produz. A autora disse que o Saintia Shô é um anime de baixo orçamento porque ela não conseguiu fazer o mangá ser popular e vender horrores. Segundo ela, isso é a justificativa para o anime estar um lixo, e não a produção preguiçosa da Toei.

Confira a notícia que saiu no Site dos Cavs:

Bem, como o Site dos Cavs funciona quase como um Relações Públicas da Toei aqui no Brasil e não vai comentar nada, dá licença pra eu falar O QUÃO ABSURDA É ESSA NOTÍCIA.

Chimaki Kuori não tem qualquer culpa no cartório nesse caso do anime de Saintia Shô, e não teria mesmo se o anime fosse 100% fiel ao mangá dela. Imagina ainda quando mudam o traço dela, a história dela e tudo mais para agradar fã punheteiro da Saga das Doze Casas.

Pior que esse tipo de comportamento da autora é bem parecido com outras artistas japonesas que vêm a público para pedir desculpas sobre coisas que elas não têm nada a ver. Recentemente aconteceu de uma cantora (obrigada ao leitor @MaMinoruM1) pedir desculpas ao público e depois descobriram que foi ordem do produtor dela, sem contar no infame caso de 2013 que a cantora japonesa do AKB48 raspou a cabeça por ter decepcionado os fãs (e produtores) no horrível crime de PASSAR A NOITE COM SEU NAMORADO.

Curiosamente, não temos tantos casos assim se autor pedindo desculpas em situações parecidas. Realmente muito curioso.

Torcendo para a Chimaki Kuori passar por esse momento desagradável.

30 comentários em “Saintia Shô e a velha história da artista pedindo desculpas por algo que ela não fez

  1. Baixo orçamento é a explicação. A história dela não daria pra comportar com o orçamento que deve ser pra poucos episódios. Vários casos de artistas passam por isso em diversas mídias, não só mulheres.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Velho, por que algumas mulheres são tão extremadas? Estou com um misto de pena e de vergonha alheia por essa autora. Ela devia levar numa boa e dizer que o mangá é melhor. Os japoneses precisam aprender a relaxarem mais (com exceçao do Kentaro miura e do togashi, acho que esses já relaxaram demais).

    Curtido por 1 pessoa

  3. OBS: antes que venham reclamar que o Miura já trabalhou muito e merece um descanso, eu digo que ele vai poder descansar bem mais, se parar de enrolar e desenvolver a história pra acabar logo, nem venham me dizer que aqueles malditos piratas e aqueles capítulos em que o Gatts foi preso antes de encontrar o bando do falcão não foram fillers.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Esse caso foi foda. Curto o mangá de Santia Sho, gosto exatamente por ter um bom traço, personagens interessantes e principalmente concerta cagadas oriundas do mangá original, mas infelizmente a cabeça pequena do fã padrão de CDZ n fez o mangá fazer sucesso, foi escroto ouvir do Tio da Toei q veio na CCXP dizer q no Japão tbm rolou hate sobre a serie só por ser protagonizado por mulheres, algo q rolou aqui tbm. É uma pena ter de ver uma autora talentosa ter de pedir desculpas por algo q n é culpa dela e sim da incompetência cavalar da Toei e mimimi de uma grande (mas n toda) parcela dos fãs pq n é a mesma punhetação de sempre com Seiya e sua turma.
    Sobre o caso das idols vou nem comentar, já é absurdo por si só.
    E engraçado ver a diferença de comportamento de autores a uns anos atrás rolou o mesmo com o autor de Keijo!!!!!!!!( alguem lembra disso?) só q ao invés dele se culpar ele tacou a merda no ventilador e culpou a editora, é bem merda ver como o negócio é diferente só por conta do tipo de tratamento q cada pessoa recebe. Triste isso.

    Curtido por 3 pessoas

  5. O que acontece de diferente com autores homens é que eles (exatamente por serem homens), conseguem ter suas opiniões mais preservadas que das autoras mulheres.
    Acho que não preciso explicar que a sociedede japonesa é muito conservadora, patriarcal, etc… mas pra quem não sabe, mulheres só puderam publicar e serem autoras muito rescentemente, mulheres não era nem pra trabalhar fora de casa. Ter sua própria opinião então, nem se fala! Quantas vezes já tive de ler notícias em que mulheres executivas, no Japão, tem de assumir as merdas que acontecem mesmo não sendo culpadas!
    “Ah, mas isso acontece porque são umas songa-mongas, que não conseguem se impôr!” Não, elas são pressionadas a assumirem todo o ônus da culpa, seja por superiores hierárquicos, colegas, sociedade… afinal, não era nem pra elas estarem ocupando aqueles cargos, o quê mulheres estariam querendo fora de seus lugares, a casa?
    Enfim, o responsável por deste espetáculo deprimente é, mais uma vez, o machismo. Também torço para que a autora supere esse imenso constrangimento infligido à ela.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Confesso que nunca li Saintia Shô (enjoei de CDZ já faz anos), mas achava a premissa desse mangá até interessante e a arte bonita (se bem que perto da arte do Kurumada, qualquer coisa fica bonita). Uma pena não ter vingado. Se bem que, se não me engano, o próprio Saint Seiya original não teve no Japão o mesmo sucesso que teve no Brasil (o que dá pra ver toda vez que a Shonen Jump decide lançar outra ilustração comemorativa ou jogo de videogame novo e CDZ traz só o Seiya – isso QUANDO traz – em posição bem secundária aos Gokus, Narutos e – PASMEM – Yusukes da vida).

    No caso do anime, é triste ver a autora do mangá se culpando pelo trabalho cagado da Toei. Não sabia que mangá pouco vendido justificava a adaptação pra anime ser feita com desleixo. Até porque falou em baixo orçamento, mas existem vários casos de animações benfeitas com baixo orçamento e animações com alto orçamento que saem uma porcaria.

    Curtido por 2 pessoas

  7. “Os japoneses precisam aprender a relaxarem mais (com exceçao do Kentaro miura e do togashi, acho que esses já relaxaram demais)”

    O Togashi não relaxou, ele teve sua vitalidade sugada pela Naoko Takeuchi e sua vagina demoníaca (volta com essa tag, Mara, nunca te pedi nada!).

    Curtido por 1 pessoa

  8. Saintia Shô mangá é um lixo, só prestaria se fosse ecchi, mulher só presta para ficar pelada.

    Curtir

  9. “Saintia Shô mangá é um lixo, só prestaria se fosse ecchi, mulher só presta para ficar pelada”

    Sua mãe deve estar tão orgulhosa desse seu comentário…

    Curtido por 6 pessoas

  10. “To esperando o Eiichiro Oda falar sobre o anime de One Piece.”

    Ele já falou sobre o anime e disse que não se importa, ele deixa outras pessoas cuidarem disso. A mesma coisa com jogos e produtos mercadológicos que vão além do mangá dele. Aparentemente o foco principal dele é exclusivamente o mangá. Mas mesmo assim ele consegue fazer uns esboços e histórias curtas para alguns filmes e roteiros de jogos com coisas que ele não utilizou no mangá…

    Pelo que entendi quando ele fala, ele só bota o dedo no meio em alguns casos que a Toei pede ajuda pra ele ou que ele acha que vai ficar bom no anime, como a música Binks no Sake, quando ele a escreveu no mangá ele já avisou a Toei pra ir preparando uma música legal (e conseguiram).

    Resumindo, Oda não se importa MUITO com o animê e com os produtos. Ele responde bastante essas dúvidas na seção SBS dos volumes encadernados.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Chimaki ainda não está no nível de popularidade que permita chutar o balde e dizer que ficou ruim. Principalmente porque não é só dela. Kurumada já deixou fazerem coisa pior, aliás. Lembra da fase Inferno da Saga de Hades com aquela animação pavorosa?

    Curtido por 2 pessoas

  12. Pra quem fala em “vagina demoníaca” no comentario, exemplo de boa pessoa nao e. Imagine uma crianca vir aqui e ler “vagina demoníaca” nos comentarios? No minimo vai pensar que e um anime ou um manga, ja que voce citou a Naoko Takeuchi e o Togashi. Se a crianca for esperta, ela so ira acabar assistindo HxH mesmo e entender a sua referencia no final, que por sinal, foi ate engracada kkkkk

    #TimeHanaNoBBB

    Curtir

  13. Lucas Santana, voce viu o Enel? Desde Skypiea que eu nao vejo esse Deus Mitologico de Todos os Tempos dos Animes.

    Curtir

  14. Lucas Santana, voce viu o Enel? Desde Skypiea que eu nao vejo esse Deus Mitologico de Todos os Tempos dos Animes.

    #TimeHanaNoBBB

    Curtir

  15. O anime tem suas falhas, mas nada que distraia da estoria sendo contada (exceto aquela aguia camcerigena horrivel no ombro da Marin) . Nao vejo o motivo para tanta reclamacao Ateh porque o anime original tambem teve sua cota de cenas malfeitas e ainda hoje eh bem visto pelos fans fieis. O pessoal soh quer um motivo pra reclamar mesmo

    Curtir

  16. A falta de capacidade, ou referência, de algumas pessoas para perceber a animação inexistente desse lixo dá pena. Clássico é uma obra prima perto disso

    Curtir

  17. A propósito, aproveitando que o artigo anterior é sobre um jogo de luta baseado num mangá/anime, vi no YouTube um mod que alguém fez em um dos jogos de luta de Saint Seiya (sei lá qual, já que são todos iguais) com a Shoko, e ficou muito bom; até voz própria eles colocaram pra ela:

    Fica a dica pra quando os produtores desses jogos forem lançar o próximo (e eles vão lançar, já que a fã-base de CDZ é besta o bastante pra comprar qualquer porcaria que eles lançarem): se até os cavaleiros da fase filler de Odin já foram acrescentados, que tal colocar as Saintias também? Aproveitem e coloquem a Tétis também, obrigado, de nada.

    Curtido por 1 pessoa

  18. No meu caso, estou gostando do anime, e bem interessante a narrativa, que o anime trás com o original, sei que o anime não está aquela coisa, mas o mais importante é a história, muitas pessoas gostam de live action, outras preferem o anime e outras preferem o mangá, sempre em qualquer adaptação vai existir uma mudança, mesmo que seja pequena , creio para quem não conhece é uma oportunidade de ver a história por outros ângulos, pois o principal motivo de todos verem o anime e o quesito história, pois cada um tem sua maneira de contar a mesma história, em diferente sentidos.

    Curtir

  19. Essas putaria da cultura japonesa é o que me deixa mais puto, eu enxergo um belo esforço da autora de tornar o mangá bom (algo que o original nem se esforça), e a Toei decide fazer isso com a animação, deixando a guria que não tem relação direta se desculpar pela decepção dos fãs, VTN Japão.

    Curtir

  20. “O cara do Kenshin tinha/ tem sei lá um acervo de material pedófilo e num teve um “foi mal”.”

    Putz, verdade. Eu ia até falar que ele tinha sido preso e não dava pra fazer comunicado se desculpando com ele na cadeia, mas aí fui pesquisar e li que ele nem preso foi, só teve que pagar uma multa e ficou por isso mesmo. Até o mangá voltou a ser reimpresso normalmente no Japão.

    Kurumada foi uma das minhas maiores decepções; o trabalho profissional dele continua sendo brilhante, mas já não consigo respeitar ele enquanto pessoa…

    Curtir

  21. Enquanto é óbvio que essa notícia tem sempre aquele viészinho sacana de tentar induzir…Bah, não é nada nem velado, é extensivo já a agenda que amarra algumas das postagens aqui, ainda mais as feitas para causar mais polêmicas e dar mais views.

    Mas dessa vez concedamos que o caso foi ultrajante. Apesar de ser um gesto bacana da autora, supondo que foi puramente dela, respondendo as críticas que ela recebeu injustamente, é bem claro o problema: por que em primeiro lugar alguém viria a fazer uma crítica que se dirigisse a ela (como eu suspeito ser o caso) ao invés de diretamente pra Toei/Gonzo ou produtores desse caça-níqueis?

    Sim, a atitude é legal pois denota humildade e consideração pelos fãs no desejo de que eles recebessem uma adaptação melhor, apesar da adaptação não ter nada a ver com ela. Eu como homem faria o mesmo no lugar dela, se uma crítica atingisse uma obra minha mesmo que indiretamente, eu faria da mesma forma.

    O problema é claramente na adaptação, então só convém deixar a autora continuar seu trabalho em paz, que está fazendo muito bem, por sinal, o mangá é bacana e tem um traço lindo.

    Se alguém vier aqui dizer que bla bla bla, atitude submissa, bla bla bla, sociedade machista, que vá dar uma voltinha. Há vários casos de autores que vieram cedo ou tarde se desculparem com os fãs, mesmo enquanto estavam sendo esmagados pelo mercado editorial e seu regime semi-escravo de produção semanal e não tiveram culpa nenhuma do ocorrido. Há os que cagam e andam pra isso também, sejam homens ou mulheres, e assim a vida segue.

    Essa de que a maioria eram mulheres só vou aceitar mediante contagem justa, caso contrário não passa de impressão pessoal subjetiva, mero achismo mesmo. Só vou aceitar isso como argumento quando apresentarem números concretos e uma boa análise, caso contrário é ouro cherry picking de casos escolhidos a dedo pra dar viés de confirmação a uma teoria que não tem nada a ver com nada.

    Mude um pouco de público, como o K-Pop por exemplo e você vai ver exemplos bem fortes de por que o mercado é cruel e selvagem e a base de fãs ardilosos de determinado grupo, uns lunáticos, para ambos os lados.

    Curtir

  22. Chimaki não merecia isso. Ela não tem culpa alguma da péssima adaptação da obra dela, que por sinal é um bom spinoff de CDZ, Toei é a única grande culpada.

    Curtir

  23. “fãs punheteiros das 12 casas” ta tiltada filha?
    tá com raiva da produtora ou dos fãs? os fãs tem culpa agora é?
    ow, toma um chá aí antes de digitar com raivinha pra não pegar quem não tem nada a ver de tabela.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s