Animes

Asobi Asobase, o clássico ignorado da temporada

Se você abordar um otaku qualquer com uma katana em punhos perguntando qual o anime favorito da temporada, provavelmente vai ouvir várias respostas. Alguém vai responder Cells At Work, o otakinho padrão vai falar My Hero Academia e a galera conceitual anunciará Banana Fish sem hesitar. Porém, em meio a tantos animes da temporada, tem UM DELES que está injustamente no limbo das listas favoritas dessa estação: me refiro a Asobi Asobase, que já se tornou um dos meus queridinhos essa temporada (ao lado de Planet With, mas isso é assunto para outra matéria).

Não sei vocês, mas minha relação com animes ambientados numa escola por garotas comuns é igual ao encontro de dois imãs de polos iguais. Por causa disso,quando dei minha tradicional olhada pela lista de simulcasts da temporada da Crunchyroll que sempre marco várias série para no fim ver uma só  ignorei Asobi Asobase porque me parecia o genérico do genérico. O nome contendo palavras em japonês que nunca vi na vida em vez de uma união de palavras em inglês que não fazem sentido (Planet With) também não ajudou muito. Mas por sorte estava enganada.

Acabei descobrindo Asobi Asobase num vídeo de recomendações de animes da temporada feito pelo pessoal do Bunka Pop, e ouvir o conceito da série foi o suficiente pra ir atrás desse anime camuflado de slice of life com animação ruim. Não se engane pela abertura contemplativa de filme europeu ou então o design bem comunzinho das três personagens protagonistas: Asobi Asobase é uma comédia bem escrachadaInclusive me vi obrigada a usar GIFs animados nessa matéria, apenas para ilustrar melhor e gastar seu plano de dados.

Asobi Asobase seria em português algo como “O clube dos Passatempeiros”, e possui uma premissa tão bizarra quanto o nome. Conta a história de três garotas que criam um clube de passatempos. Pronto, é só isso mesmo. A cada história curtíssima (os episódio de 23 minutos são dividido em 4 mini-episódios com começo-meio-fim) vemos elas se divertindo com um jogo diferente para… bem… passar tempo. Ok, relendo esse parágrafo me parece algo bem chato, deixa eu tentar melhorar.

Uma boa história de comédia é feita através de conflito de pessoas diferentes, e Asobi Asobase consegue oferecer isso com suas três protagonistas de personalidades fortes. Por mais que elas sejam os clichês de “a quietinha porém cruel”, “a empolgadona” e “a gringa que finge ser gringa mas na verdade é japonesa”, suas personalidades e ideias absurdas geram muitas situações cômicas.

No primeiro episódio, por exemplo, elas brincam uma variação mais violenta do jóquempô, na qual a pessoa que ganha rapidamente aponta para um lado. Se o perdedor olhar para aquele lado, sofre um ataque mais cruel. As caretas e situações criadas a respeito desse conceito simples são muito boas.

Claro que nem tudo é ideal, me incomodou um pouquinho a sexualização logo de cara no primeiro episódio, mas ainda assim não é nada no nível The Seven Deadly Sins. Outra crítica minha (mas esse é um negócio bem pessoal) é a respeito do título na Crunchyroll ser em japonês. A imagem do pôster claramente é um slice of life comum, mas o tom humorístico está no título do anime. Porém, isso se perde porque nós não fazemos ideia do que significa a tradução de “Asobi Asobase” (e o subtítulo em inglês é ainda mais genérico). Gostaria que os títulos de animes em japonês fossem traduzidos para o português, mas aí a gente veria os otakus querendo invadir a sede da empresa com tochas, ancinhos e travesseiros de waifus queimados.

De qualquer forma recomendo dar uma assistida em Asobi Asobase. A série está no catálogo da Crunchyroll (assinante vê normal, gente não-assinante vê com propagandas) e dificilmente você verá spoilers dela pela rede porque a galera está ocupada postando shipping de Cells at Work.

11 comentários em “Asobi Asobase, o clássico ignorado da temporada

  1. Só com uma pesquisa rápida no Google já da para ver que a autora do mangá abusa de estilos diferentes para fazer as caretas.
    Legal… vou atrás do mangá.

    Curtir

  2. Ahááááá!!!! Dançou, Dona Mara! Tô usando wi-fi de casa!!!!

    Quer dizer que é uma série de comédia? Pela imagem do índice, pensava que era alguma coisa entre o horror e a psicodelia, tipo o “Homunculus”…

    E o “Banana Fish” é recente? Se é, é “redesenhagem” (a refilmagem dos desenhos…) de algum animê mais antigo? Porque o gibi é de 96, 97 (e chegou ao ocidente em uma antologia chamada “Pulp”, da Viz Comics; só sei disso porque li numa revista “Wizard” na época). Só ganhou desenho vinte anos depois?

    Curtido por 1 pessoa

  3. Pelo o que você explicou do anime ele é eficiente em sua proposta.
    Vou assistí-lo ou ler o mangá .

    Curtir

  4. Chefe O’Hara, vários mangás antigos têm recebido animações esses tempos, Muhyo também, mangá meio antigo da Jump está com anime semanal kkkk

    Curtir

  5. A sexualização achei o de menos, fiquei muito incomodada foi com a transfobia no 5° episódio. Fora isso, tem me feito rir bastante.

    Curtir

  6. Pelas imagens não parece fazer meu estilo, estou propositadamente ignorando desde a estreia.
    Talvez seja bom, mas também há outros que devem ser tão bons ou melhores sendo exibidos e os estou assistindo:
    High Score Girl
    Revue Starlight
    Tsukumogami Kashimasu

    Curtir

  7. Eu assisti os 3 primeiros EPs e a comédia não funcionou comigo, como humor é algo subjetivo então pode funcionar com outras pessoas, Enfim não julgue Cells At Work, ele é um ótimo anime, eu queria ver ele dublado no lugar do Black Cover

    Curtir

  8. Me mato de rir desse anime toda semana. também conheci pela indicação do Bunka Pop. Apesar de estar assistindo e amando os principais da temporada, Asobi Asobase já é um dos meus favoritos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s