Meu Passado Otaku

O dia em que os otakus acreditaram que a Record faria uma novela de Pokémon

E aí, minna! Estou aqui de volta ressuscitando a seção “Meu Passado Otaku” para contar novamente sobre histórias do passado que merecem ser relembradas no presente. Como todo mundo sabe, Pokémon é algo que não sai de moda. Ou é com jogo superestimado sendo lançado, app de celular e até mesmo exibição requentada pela RedeTV, toda hora tem alguma notícia sobre Pokémon na tokuanimangasfera. Mas acredite, no passado era ainda pior.

Em 2008 a franquia não estava mais em seu auge como quando estreou na Record, mas a série ainda tinha um público fiel que acompanhava os jogos, o TCG e o anime dublado no Cartoon Network. E esse mesmo público fiel foi pego de surpresa quando se espalhou a seguinte notícia: a Record havia adquirido novamente os direitos de Pokémon para produzir UMA NOVELA BRASILEIRA.

Sim, vocês não leram errado, isso realmente se espalhou. Para embasar esse absurdo, precisamos lembrar que em 2008 a novela Os Mutantes estava em seu auge na Record, com efeitos especiais cafonas e um monte de criança com superpoder imbecil.

IKIMASU ver essa notícia que apareceu num site da época:

A notícia acima correu a internet nos mais diversos sites. Usando nomes de grandes empresas para passar credibilidade, o que vemos é uma grande lorota. Primeiro porque misturou X-Men com a novela da Record e depois porque ainda inventou que a Warner (que não tem relação com Pokémon exceto a distribuição dos primeiros filmes) iria ajudar a emissora.

Talvez você otaku que está em 2018 não consiga entender como algo tão idiota assim ganhou a confiança dos otakus, mas estamos falando de uma época que não era tão fácil conseguir informação (mesmo já existindo redes sociais como o Orkut). Para tentar descobrir a veracidade dessa notícia, houve até quem recorreu ao Yahoo Respostas:

E era apenas através dessas perguntas com maravilhosos typos e com oversharing que os otakus iam espalhando ainda mais essa mentira. Preciso nem falar que até hoje isso nunca aconteceu e que o mais próximo que rolou foi a notícia ano passado sobre um live action de Detective Pikachu. Mas na forma de um filme. E para o mundo todo, e não só para nosso país de terceiro mundo.

Hoje, por causa do maior discernimento, já podemos saber que essa ideia é completamente irreal, até porque não faria sentido algum para a Nintendo autorizar uma novela sobre Pokémon no Brasil quando ela nem ao menos tem representante no país para distribuir oficialmente os produtos. Fora que qualquer pessoa (exceto… sei lá… algum fanfiqueiro) sabe que a Nintendo não aceita qualquer pessoa mexendo com sua franquia. E alguém aí consegue imaginar a Record gastando milhões da Universal para produzir uma novela sobre bichinhos licenciados quando ela poderia ela mesma criar seus próprios monstros e não pagar um único direito autoral?

Essa notícia é apenas um exemplo do que hoje chamamos de Fake News. Ao contrário do que certos deputados insinuam, fake news não é qualquer notícia que fazem contra eles, e sim é como são chamadas as notícias falsas, mentirosas. Engraçado notar que, embora estejamos numa época em que é possível conseguir qualquer informação facilmente na internet ou nas redes sociais, o número desse tipo de notícias explodiu. O que mais tem aí é gente compartilhando notícias equivocadas, irreais ou completamente manipuladas para atender seus próprios interesses.

“olha lá a blogueira gorda palestrinha querendo lacrar na internet, otaku não é imbecil de cair em fake news que nem essa cambada de brasileiro que cai nessas mentiras políticas

Bem, para você leitor que acha que o nicho dos otakus é mais superior que o próprio instinto do Goku, vamos lembrar que outro dia mesmo o diretor de Dublagem de Dragon Ball Super precisou lançar um vídeo na internet para desmentir o boato (absurdo) de que Pabllo Vittar cantaria a abertura da segunda temporada ao lado da Anitta.

Sim, TEVE GENTE QUE ACREDITOU NISSO!!!

Sempre é bom deixar o alerta para tomar cuidado com as notícias falsas! 

16 comentários em “O dia em que os otakus acreditaram que a Record faria uma novela de Pokémon

  1. O combo fake news mais click bait realmente já tá numa situação crítica há bastante tempo.
    E recente teve o caso da falecida dubladora japonesa da Bulma que muitos “portais de notícias” deram a entender que tinha sido a brasileira.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Até hoje racho o bico do desespero do pessoal grilado com Pablo Vittar na OP Dragon Ball Super Hahahahahaha
    Tem gente que leva a sério o “se tá na Internet deve ser verdade ” hahahaha

    Curtido por 1 pessoa

  3. Isso ainda vai acontecer com Digimon antes

    Hoje em dia a Toei tá topando qualquer coisa que façam com as franquias dela

    Curtir

  4. não sei o que é pior, o boato de novela de pokémon ou o boato de anitta e pabllo cantando a nova abertura de dbs PASIOHUGIASUSAFTASGU

    fanfiqueiros ficariam orgulhosos

    Curtir

  5. Hahahahaha, o shade maravilhoso em cima de Ash vs. Red!!

    E o rumor da Vittar e Anitta dava pra identificar como falso porque nunca que as duas gravariam tema de um programa que não passa na Globo (…ou passa na Globo e eu não tô sabendo?). Quanto à qualidade de uma abertura feita por elas, bom… depois da música do “vamos, vamos, vamos ficar juntinhos” do InuYasha com a cantora parecendo que tá bêbada em algum bar com karaokê quase fechando, acho que elas nem fariam um trabalho tão ruim.

    No mais, Pokémon pode até não ganhar adaptação pra novela, mas até que combinaria. Roteiro repetitivo e muita encheção de linguiça, o anime já faz há tempos.

    Curtir

  6. Talvez a advogada rebelde da TPC não tenha gostado do roteiro da novela, por isso, o projeto não foi para frente.

    Curtido por 1 pessoa

  7. não entendo pq perde tempo alimentando esse blog com tanta m… é bem fundo do poço mesmo.

    Curtir

  8. Se a Globo fez a versão brasileira de Dragon Ball com “Os Cavaleiros do Futuro” (https://maisdeoitomil.wordpress.com/2016/12/13/meu-passado-otaku-seria-bambulua-o-grande-seriado-tokusatsu-brasileiro/ ), por que a Record não pode fazer a mesma coisa com Pokemon?

    Pokemons brasileiros poderiam ter poderes extra: Pikachu, por exemplo, que é um rato, poderia transmitir leptospirose durante enchentes (imagine um “combo” com uma Squirtle). E seus poderes normais poderiam ser uma alternativa aos “gatos” (“macacos”, aqui no Recife) na rede elétrica.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Sem falar nos pokemons/polemons disputando a presidência: agora mesmo temos o Lula Tentacool, o Alckmin Toucannon, o Temer Zubat e o Bolsonaro Charizard!

    Curtir

  10. E falando em novela e Pokémon, a reestreia desse mesmo anime na RedeTV! parece que já virou uma.

    O Elias Abrão anunciou o anime em Dezembro quando o canal nem tinha começado a negociar os direitos de exibição com a The Pokémon Company International.
    Dizem que levou a maior bronca do Rafael Bezerra, diretor de aquisições do canal, e que isso aparentemente adiou a assinatura do contrato entre o canal e a TPCi.
    Depois o mesmo Elias anunciou que a reestreia se daria no dia 29 de janeiro, com a possibilidade de ser antecipada no dia 22.
    Resultado: nenhuma das duas datas rolou.
    Depois ele alegou que a reestreia se daria apenas depois do Carnaval.
    No dia 6 de fevereiro, o jornalista Daniel Castro noticiou que a reestreia do anime se daria no dia 26 de fevereiro, junto com uma mudança na grade de programação matinal do canal.
    A nota foi reiterada pelos jornalistas Flávio Ricco e Fernando Oliveira (o Fefito).
    No entanto, o Elias Abrão não confirmava, e o Rafael Bezerra desconversou a data em nota ao JBox.
    Resultado: o Rafael Bezerra estava certo, embora a nova grade de programação matinal realmente estreou na data combinada.
    Antes disso, no dia 22 o Elias Abrão já estava falando que a reestreia iria ocorrer no dia 1º de Março (uma quinta-feira!).
    Mais uma vez não rolou, sendo que no dia anterior, o Galvão França, outro dos diretores, desconversou.
    No mesmo dia 1º, o seu Flávio Ricco soltou que o TV Kids seria substituído pelos palhaços da Turma da Pakaraka (que a Ultrafarma já tinha estreado uma atração própria no dia 17 de fevereiro nas manhãs de sábado da RedeTV!, sendo que a estreia atrasou porque tinha sido anunciado para o dia 10, com a conversa de que também iria rolar Pokémon, o que não fazia muito sentido, e realmente acabou nem rolando) no dia 6 de março, com a alegação de que Pokémon seria uma das atrações, mas com data ainda a combinar.
    O que aconteceu: no dia 6 de março, a Ultrafarma (que patrocinava o TV Kids e certamente está por atrás dessa iniciativa dos palhaços na RedeTV!) atrapalhou o combinado, e exibiu um infomercial dela mesma no horário. A estreia dos palhaços só viria a acontecer no dia seguinte.
    E no dia 7, o Galvão França respondeu um usuário alegando que agora a data de reestreia será no dia 19 de março. Essa data aparentemente foi confirmada pelos palhaços em resposta a um telespectador via WhatsApp.
    E no dia 10 de março finalmente saiu um teaser do anime com os dizeres “Vem Aí!”, por cortesia do Chiquinho Almeida. Um teaser bem feito nas coxas, com o padrão RedeTV! de qualidade.
    Mas, ao que parece, sem ter rolado chamadas ainda, não é de se surpreender que essa data 19 de março já foi pro brejo, também.
    E a novela continua.

    Qie tal isso, Mara?

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s