Mercado Nacional

Panini abre sua geladeira, deixa escapar um mangá e os otakus não curtem nem um pouco

Uma entidade acima dos Deuses da Gráfica, a lendária Geladeira da Panini na verdade é apenas uma criação da editora para justificar títulos que pararam de sair por baixas vendas. Em vez de cancelar o título de vez e ter sua imagem manchada com as editoras japonesas, a editora decide ~congelar~ os títulos insinuando que podem retomar futuramente. As chances disso acontecer são perto de nulas, afinal se Kekkaishi não vendia na época, não vai ser agora com videozinho do Planet Time que o negócio vai se salvar.

Como qualquer geladeira que encontramos em lojas de departamento, a da Panini tem dois compartimentos: a geladeira normal que mantém as coisas geladinhas e o freezer, que é pra onde são enviados os Full Metal Panic Sigma ou Otomen da vida. Mas uma notícia de ontem fez toda a otakada se surpreender: a Panini deixou um título sair da geladeira! Não se sabe se ele escapou quando a editora da Panini foi ver se tinha espacinho para esconder Toriko, mas o fato é que Highschool DxD está de volta às bancas.

O mangá ainda é publicado no Japão e ganha um volume por ano, mas a edição correspondente brasileira nunca mais deu as caras há alguns anos. Pois bem, a Panini esses dias publicou a capa aberta do volume 10 do mangá, confirmando seu retorno com um aumento de um real (passando de 13,90 para 14,90). A galera deu uma reclamada normal sobre o aumento de preço, até que a Panini mandou uma errata:

Pois é, o preço tava errado porque O MANGÁ AUMENTOU 3 REAIS.

Numa atitude surpreendente, a Panini tentou usar suas redes sociais para explicar a situação ao público (e mais surpreendente ainda: não colocou nenhuma insinuação da vinda de Gintama no post): segundo a editora, o aumento foi o jeito que eles arranjaram de continuar o mangá mesmo com a queda nas vendas. Com a diminuição da tiragem, o produto fica mais caro para a editora e ela precisou repassar isso no preço. Ou seja, se você é uma das oito pessoas que coleciona Highschool DxD, vai ter que gastar uma graninha a mais.

Claro que o pessoal não reagiu bem ao aumento de preço e saiu praticamente jogando pedras virtuais na sede virtual da editora (ou seja, a página de Facebook). E teve gente que mandou essa sugestão de pauta pra mim falando “vai Mara, humilhe a Panini por ela aumentar o preço assim!“. Sinto muito aos leitores que pensam que eu tenho qualquer poder ou influência para esse tipo de coisa, mas sou obrigada a comentar que a editora não está tão errada assim.

Como ela bem falou, o negócio vendia pouco e eles precisaram diminuir a tiragem. Isso consequentemente faz o preço ficar mais caro, não é mistério algum (inclusive o canal Pipoca e Nanquim fez um vídeo ótimo falando sobre preços de HQs) Claro que é chato o leitor pagar a mais pela falta de planejamento e marketing da editora (lembrando mais uma vez que resuminho decorado no Planet Time NÃO é marketing eficiente), mas é o que tem pra hoje.

Mas se tem algo que podemos reclamar da Panini nessa história é: SÓ AGORA ela pensou “nossa, vou diminuir a tiragem e aumentar o preço que beleza, termino o mangá”???? Será que ela não poderia ter tido essa ideia lá atrás com Tiger & Bunny, Kekkaishi, MPD Psycho, O Mito de Arata, Zone 00, Trinity Blood, Peach Girl, Trigun…

… Seton, Otomen, Full Metal Panic Sigma, Guin Saga….

15 comentários em “Panini abre sua geladeira, deixa escapar um mangá e os otakus não curtem nem um pouco

  1. Seton e Kekkaishi foram perdas irreparáveis… espero que, pelo menos, Kekkaishi volte de forma parecida. É um mangá muito bom para ter tido um destino como esse. :/

    Curtido por 1 pessoa

  2. Mara, sua blogueira gorda e desinformada!!!!!!!!!! (Homenagem por eu ser fã de Cavs (Mas não do Vilarinho))!!!!!!
    Trigun ela fez isso e terminou sim, tanto o Trigun quanto Trigun Maximum!

    Curtir

  3. Eu acho que eu não entendi muito bem… para não cancelar o mangá, eles aumentaram o preço, certo? Mas com o preço aumentado (aumento de 3 reais, ainda por cima!), as chances das pessoas NÃO COMPRAREM também aumenta, não é? E se ninguém comprar, virá mais prejuízo, o que fará com que o mangá inevitavelmente seja cancelado.

    UÉ.

    Curtir

  4. MPD Psycho podia sofrer o mesmo aumento de preço que nós, as 10 pessoas que colecionavam o mangá, compraríamos. O mangá é impossível de achar mesmo em inglês… Por sinal, concordo com a Mara que diminuir a tiragem e aumentar o preço era uma estratégia básica que a Panini podia ter feito há anos e com títulos melhores…

    Curtido por 4 pessoas

  5. Post perfeito Mara.

    Eu preferia mil vezes ter pago mais caro do que hoje ficar vendo meu Tiger & Bunny incompleto na estante.

    Curtir

  6. Otakus reclamando de preço de mangá, tem é que agradecer que ainda existe um mercado pra mangá por aqui. Porque nem banca de jornal tá tendo direito. Agora ver a Paganini tomando uma decisão sensata: publicar o mangá em uma tiragem baixa, mas aumentando o valor que está dentro do padrão de alguns títulos mangás publicado por ela e cocôrrência.

    Ela não teve essa ideia antes porque tinha como aprendiz a editora Conrad.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Acho que isso rolou com Air gear também, que se não me engano por um tempo foi o manga mais caro da Panini, alem de ter passado de mensal pra bimestral, custando 14 reais quando a média era de 9,90. E isso foi por volta das edições 12~~15 de um total de 37 volumes. E pelo jeito funcionou, já que o manga terminou sem entrar em hiatos. Aumentar o preço pra não parar o manga é uma boa alternativa

    Curtir

  8. YAHAHAHAHAHA!!! Os caras foram reclama de 1 real e se foderam. Sinceramente n sei se esse manga tem publico, o anime já é ruim de doer a ponto de um clone generico dele ser bem menos ruim de ser assistido e trazer assim do nada.
    E essa justificativa do aumento do preço por perda de leitores é de boa pra um titulo mequetrefe e de nicho como esse, agora uma dessa não cola com um FMA como sr Marcelo Del Greco mandou uma vez na época que ainda saia o meio tanko dele.
    E Mara sua doida, Trigun n acabou ? Ou a salada foi tanta q a panini só terminou o Trigun Maximun e cagou pro 1° (que eu n tenho pq a Panini só faz cagada na distribuição) ?

    Curtido por 1 pessoa

  9. @isahbellah

    Acho que para aqueles que colecionam a obra, preferem pagar os 3 reais a mais para terminar a coleção a ficar com a coleção incompleta. O mangá já está na 10ª edição, duvido muito que alguém esteja interessado em começar a coleção dele mesmo se diminuísse 3 reais da capa.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Esse aumento de um real passar pra três parece aquelas vezes que a gente ia reclamar da nota pra professora e ela baixava ainda mais em vez de aumentar.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Tenho uma idéia melhor, que tal se ela investisse um pouco em pesquisa de mercado pra saber o que vai encalhar antes de sair lançando trocentos títulos?

    Curtir

  12. Eu já nem lembro onde parei no mangá quando comprava, nem sei mais se tinha todos os volumes ou não. Caramba, eu adorava esse mangá e simplesmente não lembrava que ele saía por aqui (preciso dar uma olhada nos que tenho pra confirmar onde parei).

    Curtir

  13. Saudades de Seton. São só quatro volumes mas se relançassem hoje poderia ter uma edição big e só seriam 2. Como já é um manga de autor claramente seria mais cara mas poderia ter o preço de Alita por exemplo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s