Barraco · Vergonha Alheia Televisionada

Gilberto Barros faz as pazes com as cartas do demônio de Yu-Gi-Oh

Os leitores mais novinhos do site não imaginam isso, mas no começo dos anos 2000 tínhamos animes sendo exibidos na TV aberta na faixa diurna. Já na faixa noturna, o nosso anime favorito era ver Gilberto Barros-san apresentando programas apelativos que iam desde celebridades em polígrafos até a tentativa de afogar mulheres de camisola.

Lá pelos idos de 2003, Gilberto Barros causou polêmica quando decidiu falar sobre Yu-Gi-Oh em seu programa. Em vez de debater sobre a tradução ruim do anime ou sobre José Parisi Jr dublar todos os personagens, o Leão focou na denúncia de que Yu-Gi-Oh era um jogo do capeta.

Claro que falar mal de otakice é um prato cheio para os programas brasileiros. E para dar embasamento na tese de que animes japoneses eram desenhos que afrontavam a moral e os bons costumes, Gilberto Barros exibiu as cenas desse anime que mostrava um filho batendo no pai:

SIM, A BAND MOSTROU CENAS DE UM FILME DE DBZ!!! Aliás, usar Dragon Ball Z como exemplo negativo foi bem interessante, porque -COINCIDENTEMENTE- naquela época a emissora tinha perdido pra Globo os direitos de exibir o Goku e seus amigos.

Enfim, o caso ficou na memória do público (até porque não existem registros no YouTube daquela época) e estava no imaginário popular até ser ressuscitado pelo próprio Gilberto Barros em uma rádio online (!!). Entre vários assuntos, o Leão contou sua versão sobre o episódio envolvendo Yu-Gi-Oh. Caso queira ouvir com seus próprios ouvidos e gastando seu plano 3G, basta clicar aqui. Ou então continue lendo a matéria que vou resumir.

O apresentador explicou que recebeu a pauta do ~Yo-Gui-Oh~ e que o público não entendeu o que ele quis falar. Leão ainda argumentou que a pauta de que aquilo era coisa do Satanás veio da imprensa japonesa (que, como todos sabemos, é muito cristã e acredita em inferno). Ele ainda pediu desculpas e disse que sua preocupação era que uma criança pequena não entendesse o jogo tão acessível e simples.

Resolvido o assunto das cartas de Yu-Gi-Oh, podemos ir para a próxima pauta que é POR ONDE ANDA KASINÃÃÃÃÃO?????

Anúncios

15 comentários em “Gilberto Barros faz as pazes com as cartas do demônio de Yu-Gi-Oh

  1. “Eu invoco meu demônio das trevas por meio desse ritual de sacrifício…”

    Era tão lindo o olhar da minha vó altamente religiosa quando ouvia essas frases, lembro até hoje daqueles sorrisos de pura satisfação

    Curtido por 2 pessoas

  2. O filho da puta encheu tanto o saco com isso que minha mãe ficou cismada até quando chegaram as cartinhas de Naruto, la pra 2008. Eu nunca gostei de Yugioh, mas como a maioria dos meus amigos sempre foram meninos (até hoje depois de velha só tenho amigos homens) vinham aqui pra mostrar, e ela ficava horrorizada. Mas pra mim, nada supera a vó da minha vizinha que queimou a blusa do Pikachu da neta alegando que eram bichos do demônio homossexuais. Hoje em dia a menina se descobriu lésbica. Coincidência, Berg?
    Ah, os anos 2000…
    (ps: esss site é muito nostálgico pra mim, me lembra os meus dias de otaca fedida)

    Curtido por 2 pessoas

  3. Mil anos que eu não usava esse email, e olha esse nick ^
    Jesus, meu passado é negro. E isso não foi em 2013, rs.

    Curtir

  4. Eu vi essa merda ao vivo, dando muita risada.
    Perdi muitas cartinhas tomadas na escola por causa dessas conversinhas de que era do capeta.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Pior que a porra dessa estrategia safada deu certo. A Band conseguiu freia o hype de Yu-gi-oh fortemente, se n me engano após o caso a Globo nem levou a serie pra frente.
    Lembro q minha escola proibiu a galera de jogar as cartas após essa matéria. Mas eles alegavam q era por outro motivo, mesmo q curiosamente a proibição rolar um dia depois do programa do Gilberto e a diretora ser extremamente religiosa.

    Curtir

  6. Esses dias mesmo tinha lembrado desse episódio infeliz. Todo mundo sabe que isso era estratégia pra queimar o anime que passava na Globo, mas sim, ele prestou um grande desserviço pra muita gente. Hoje em dia quando ele já perdeu totalmente a relevância nos vem com um sorrisinho amarelo pedindo desculpas. Bah! O tanto de gente que ainda deve odiar esse cara não é brincadeira. Ao menos antes tarde do que nunca com as desculpas, mais um grande arco de encerra com esse epílogo.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Bem, eu não jogo Yu-gi-oh!, porém me lembrei que na época eu tinha um amigo que jogava e um apático dia ele começou a conversar comigo sobre “Caveira Negra”, “Mago Negro”, entre outras cartas existente do baralho, até que o meu vizinho evangélico escutou o que ele tava falando e deu uma bronca nele, além de avisar pro pai que ele falava sobre “”satanismo”” no momento. Caramba, o coitado chorou tanto nesse dia!! Me sinto culpada por lembrar-me disso e começar a rir.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Minha mae estava assistindo enquanto eu fazia algum trabalho de faculdade, sei la…
    “Olha isso brasil, o demônio está invadindo os lares brasileiros!”
    … Surreal.

    Curtir

  9. Eu assisti esse programa na época e ele está se fazendo de desentendido.

    ele tomou invertida até de quem ele achava que estava do lado dele e ficar o tempo todo com o baralho “negro” perguntando se aquilo era coisa de deus!

    o otaku que estava lá defendendo o jogo de cara pegou o baralho branco e falou “esse é” kkk

    fora a invertida da diretora da escola que falou que não permitia que a filha dela levasse pra escola. quando o gilberto mandou um “tá vendo, ela não deixa a filha se meter com os capenas” a diretora disse. “na escola não, em casa eu jogo com ela sem problemas”.

    um programa épico. tinha como ter reprise disso

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s