Análises

Análise da 4ª parte de Digimon Tri (um pouco tri-atrasada)

#Tri 14

O episódio começa com um flashback de dois digiescolhidos de muito tempo atrás enfrentando os vilões da primeira temporada. A única pista que temos de que se trata de muito tempo atrás é o filtro sépia do Windows Movie Maker e os diálogos que aparecem escritos depois como nos filmes mudos:

4-digimon-tri-01

Os Digiescolhidos estão de volta ao Digimundo após o reboot dado na terceira parte dos OVAs, então os Digimons não fazem ideia de quem são aquelas pessoas. Isso é um prato cheio para os roteiristas que amam um drama gratuito e situações resolvidas da forma mais demorada e ineficaz possível:

4-digimon-tri-02

Claro que nem tudo deu certo, porque a Digimon da Sora misteriosamente ganhou uma personalidade antipática depois do reboot, algo meio parecido com todo o elenco de Sailor Moon no remake da Toei:

4-digimon-tri-03

Após longas cenas de nostalgia com cada um dos Digiescolhidos passando um tempinho com seus amigos do passado (e que perderam a memória numa reviravolta absurda de roteiro), alguns arbustos em baixa definição começam a se mexer. Atrás do mato estava o causador de toda essa intriga, Meucumon:

4-digimon-tri-04

O grande causador do mal estava diante deles, chorando e procurando por sua amiga Mei. Os digiescolhidos então fizeram a coisa mais sensata possível: deixaram o bicho escapar, não foram atrás e passaram mais tempo tendo cenas nostálgicas para os fãs:

4-digimon-tri-05

E depois do nada todo mundo digivolveu. Bem isso mesmo, do nada.

#Tri 15

Assim como adolescentes que viram Meninas Malvadas e acham que aquilo é um comportamento aceitável depois de amadurecer, a Piyomon continua um pé-no-saco e ignorando Sora:

4-digimon-tri-06

Bem longe da felicidade plena dos digiescolhidos, Meucumon está sentado num bondinho chorando em posição fetal com saudade de Mei. Confesso que me identifiquei, principalmente pela vontade de chorar em transporte público:

4-digimon-tri-07

Enfia mais drama que cabe mais! Cansada de ser maltratada por Piyomon, temos a já esperada cena com os personagens sentados de costas para economizar em animação:

4-digimon-tri-08

Enquanto isso, no mundo real, o estagiário da Organização Secreta vai até a sala de sua chefe e começa a descobrir coisas bombásticas no computador dela:

4-digimon-tri-09

Falando em coisas bombásticas, no meio da reunião nostálgica mais uma pessoa do passado reaparece sem qualquer explicação: o vilão Mugendramon gritando palavras de ordem.

4-digimon-tri-11

E para quem não entendeu o flashback em sépia pouco sutil do episódio 14, a Toei DESENHOU para entendermos que a chefa da Organização Secreta era uma digiescolhida e está envolvida na trama do reboot:

4-digimon-tri-10

Depois do ataque do Mugendramon, todos os Digiescolhidos foram espalhados pelo Digimundo sem qualquer expliação, apenas para que enrolassem um pouco mais até a batalha decisiva no episódio 17. E adivinhem quem também foi ao Digimundo:

4-digimon-tri-12

A PERSONAGEM INÉDITA E CHATA-PRA-CARALHO

#Tri 16

O assistonto da Chefa da Organização Secreta recebe a visita de um Digimon que, para compensar o roteiro sem sentido, surge explicando detalhadamente o plano do vilão a respeito do reboot, do maléfico Yggdrasil que surgiu do nada e o que o Meucumon tem a ver com isso:

4-digimon-tri-13

Os Digiescolhidos continuam espalhados pelo Digimundo com seus Digimons acompanhados de outras pessoas, e aí acompanhamos todo mundo misteriosamente criando um grande e forte laço de amizade e companheirismo:

4-digimon-tri-14

Meucumon, que passou os últimos 3 episódios procurando desesperadamente por Mei, a encontrou finalmente. Isso quer dizer que eles se abraçaram e ficaram felizes, certo? ERRADO! A personalidade passiva-agressiva de Meucumon fez ela ficar putíssima com sua digiamiga:

4-digimon-tri-15

Mas o surto psicótico de Meucumon é interrompido por um ataque do Mugendramon e pelo surgimento do Imperador Digimon, que prontamente ataca Sora. Ela pede “não me machuque, Ken” e ele faz uma grande revelação:

4-digimon-tri-16

4-digimon-tri-17

4-digimon-tri-18

Mas que reviravolta descobrir que o grande vilão da série é o senhorzinho idoso que ajudou eles nas primeiras temporadas, que atendendo ao chamado de Yggdrasil convenceu os moleques a fazerem um reboot no servidor. MAS… QUE… PLANO… IMBECIL! Por sorte os Digiescolhidos conseguiram fugir do ataque de Gennai e Mugendramon, e foram para um local super estável e de fácil fuga:

4-digimon-tri-19

CLARO que Gennai achou eles rapidinho e CLARO que num barco eles ficaram à mercê do ataque de um Digimon aquático que eles ressuscitaram com o reboot e que eles haviam derrotado no passado. E CLARO que eles se separaram pra enfrentar esse pessoal, deixando Mei e Meucumon sozinhos no barco.

4-digimon-tri-20

#Tri 17

Gennai vai atrás dos Digiescolhidos aproveitando que seus Digimons não conseguem digivolver porque os laços de amizade foram rebootados. Por sorte Joe tentou lidar com o conflito com uma saída diplomática:

4-digimon-tri-21

Tai e Matt tentaram defender seus Digimons com seus corpos enquanto estavam na água, e acabaram sendo levados lá pro fundo do mar. Gabumon e Agumon foram salvar eles, e todo mundo pôde fazer um Plot Twist Carpado de digievoluções:

4-digimon-tri-22

4-digimon-tri-23

4-digimon-tri-24

4-digimon-tri-25

Gennai então aproveitou que os fãs da série estavam hipnotizados por digievoluções e foi até o barco onde estava Mei e Meucumon para a cena mais perturbadora da série até o momento:

4-digimon-tri-26

4-digimon-tri-27

Parabéns, Toei, uma insinuação de assédio sexual com uma menor de idade era bem o que estava faltando para Digimon. E enquanto isso, onde estavam os outros Digiescolhidos?

4-digimon-tri-28

4-digimon-tri-29

Depois de derrotarem os inimigos, todo mundo está de boa quando…

4-digimon-tri-30

E assim terminou mais uma leva de episódios de Digimon Tri. Mas que bosta.

Anúncios

10 comentários em “Análise da 4ª parte de Digimon Tri (um pouco tri-atrasada)

  1. Só li verdades!! As metamorfoses estão suuuper longas bem cara de SM Crystal. Particularmente estou achando o Tri bem cara de FanFic com char over power criado “a imagem” do autor…

    Curtir

  2. Minha maior surpresa no texto foi não ter comentado o assédio que a Sora também sofreu, ambos os casos foram horriveis, mas aquela lambida foi algo mais que desnecessario.
    Se bem que esse filme foi desnecessário :’D

    Curtir

  3. Muito obrigado. Pois depois de ver os 13 episódios merdas dessa porcaria eu jurei q n assistiria essa porra. E pelo jeito to fazendo certo. Q parada ruim, um nada acontece e feijoada. E o plot do Gennai já tinha rolado no ep 12 e os caras ainda enfiaram o enredo do Digimon 5 nessa porra com o Yggdrasil, que zona maluco.

    Curtir

  4. Oooo Querida, as lutas foram ao som dá Música Brave Heart, que é a música da Digievolução. A música da abertura é a Butterfly. Totalmente diferente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s