Ash vs Red - A Saga da Fanfic Distópica

A Fanfic Distópica está de volta com novos vilões: os advogados da Pokémon Company

Com muita tristeza, o autor da Fanfic Distópica de Pokémon encerrou a temporada anterior de sua história decidindo parar de postar em seu site até que a Pokémon Company aprovasse sua ideia e lhe vendesse os direitos para trabalhar oficialmente com Pokémon, mesmo tendo lançado uma demo sem autorização ou então preparar um livro sobre uma mitologia que tirou do cu para publicação na Play Store da Google. No entanto, a segunda temporada da fanfic que mais amamos já começou sem nem precisar de recesso de fim de ano!

Isso quer dizer que ele conseguiu os direitos de publicação com a Pokémon Company? CLARO QUE NÃO, NÉ??? O post sobre o assunto foi simplesmente deletado e fingiu-se que nada foi dito. Na verdade, tudo não passou de uma introdução a uma nova fanfic que estava sendo criada paralela à trama distópica do Ash barbado.

IKIMASU conferir as novidades:

fanfic-advogados-01

Em um singelo post em sua página pessoal no Facebook, o fanfiqueiro distópico dise que não veria problema em lançar o livro de graça porque não quer transformar sua grandiosa história violenta e pós-apocalíptica em um livro infantilizado para agradar os advogados da Pokémon Company. Peraí… de onde saiu esse papo de infantilizar as coisas? E que raio de história com advogados é essa? Calma aê que tem mais:

fanfic-advogados-02

Neste aparente post de desabafo, o autor distópico visivelmente está incomodado com a pressão do advogados da Pokémon Company, que devem estar o pressionando cada vez mais para que modifique sua história. Não sei se o mais incrível é toda essa narrativa pública ou se é imaginar que a Pokémon Company tem um exército de advogados especializados em sugerir entrechos para romances. Mas vamos continuar porque a coisa só melhora:

Em seus novos posts, o fanfiqueiro disse que o jogo será diferente e terá Ash voltando a Kanto após a derrota em Kalos. Isso é estranho, afinal na própria fanfic de 500 páginas já escritas tudo começava depois da vitória do Ash em Kalos, como é que as coisas mudaram? Bem, o fanfiqueiro foi influenciado pelos novos vilões desta meta-fanfic, OS ADEVOGADOS:

fanfic-advogados-03

Pera, eu tava até conseguindo acompanhar essas reviravoltas, mas essas regras inventadas pelos supostos advogados da Pokémon Company são mais confusas de entender que a numeração dos Kingdom Hearts! Uma pessoa com formação em direito consegue mesmo criar esses lapsos no contínuo espaço-tempo?

Bem, pelo visto sim sim, pois a maior novidade é que o fanfiqueiro CONSEGUIRÁ O LICENCIAMENTO com esses advogados especializados em tramas distópicas. No entanto, a coisa não será tão simples. Confira abaixo esse print maravilhoso de um post publicado e apagado minutos depois:

fanfic-advogados-04

MAS QUE REVIRAVOLTA MARAVILHOSA. Agora Ash vs Red não será mais Ash vs Red, mas ainda terá Ash enfrentando Red. Contudo, não será mais pós-apocalíptico. Será baseado numa nova aventura que vai desconsiderar Alola porque os supostos advogados permitem que corte um pedaço do canon. E, por fim, será uma obra nostálgica para atrair os fãs do anime, mas não será tão nostálgica assim porque o Ash vai crescer.

Não consigo decidir o que tá melhor nessa história, se é toda a narrativa construída publicamente nas redes sociais para incluir os supostos advogados da Pokémon Company como os vilões que modificam histórias pós-apocalípticas ou se é ver essa fanfic de How To Get Away With Murder cheia de advogados que dominam todas as áreas do saber que se tornou o licenciamento impossível dessa história absurda. Tem alguém aí se esforçando demais para deixar uma história verossímil, heim?

(Agradeço aos prints dos meus leitores sagazes)

Anúncios

31 comentários em “A Fanfic Distópica está de volta com novos vilões: os advogados da Pokémon Company

  1. “Será baseado numa nova aventura que vai desconsiderar Alola porque os supostos advogados permitem que corte um pedaço do canon”. Eu tô rindo demais! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Curtido por 1 pessoa

  2. Na moral, agora que eu não entendi nada, ele diz que conversou com os advogados da Nintendo e ainda por cima que eles sugeriram alterar a história, você consegue perceber toda a trama que ele está criando na própria cabeça? O Hal provavelmente tem algum distúrbio, isso não é normal. Eu nem consegui rir com esse post de tão bizarro que isso me soou, acho que o SUS fornece psiquiatra, alguém ajude o menino.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Me impressiona que a Mara não mencionou que objetivo original dele era fazer com que ~isso influenciasse e introduzisse crianças na leitura~ mas ao mesmo tempo ele quer que Pokémon seja algo Edgy e não para crianças.

    Curtido por 3 pessoas

  4. Cara, eu acho que realmente ele tem algum problema. Eu ri mas tou me sentindo culpado. Mas ele tem alguma noção das merdas que tá falando, senão não tiraria do ar. Ele sabe que tá mentindo.

    Curtir

  5. Isso me parece com um caso aqui da minha cidade, que um garoto inventou que precisava de um tratamento na internet. Um monte de gente se mobilizou para custear o suposto tratamento durante um mês, até a família do garoto descobrir e revelar a mentira. Foi tenso.

    Curtir

  6. Mas gente!!! Esse menino sofre de delírios muito fortes hahahaha Vou conversar com um amigo que faz cinema, ja que ele possui alguns contatos na area de cinema independente, e vou ver quem esta afim de adaptar essa novela toda!!! Eu pagaria pra assistir um filme com esse enredo todo que o Emanuel criou hahahaha

    Curtir

  7. Ainda bem que tivemos a 2ª temporada da nossa fanfic distópica (que não será mais distópica) favorita! Esperando por novos epsódios.

    Curtir

  8. Fulano & Silva Associados:
    – Consultoria.
    – Assessoria Jurídica.
    – Ação Trabalhista.
    – Edição e Revisão de Fanfics.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Porra é tão difícil publicar essa famigerada fanfic dele em um site aleatório? Ele está tão desesperado pra lucrar em cima dá Pokémon Company assim?

    Curtir

  10. Hah! Eu não disse que ele ia voltar?
    Mas sério… Qual o problema de colocar a história em site de fanfic qualquer já que ele não se importa tanto assim com o dinheiro?

    Curtir

  11. Mas por que o povo insiste tanto em inventar versões “sinistras” de personagens leves, infantis ou humorísticos (tanto fanfiqueiros quanto roteiristas de super-herôis que assumem uma série, e nada mais são que fanfiqueiros pagos)?

    De uma vez por todas: a única dessas versões “grim and gitty” que prestou foi o “Miracleman”, e só porque foi Alan Moore que escreveu! Qualquer um com menos talento e esse tipo de premissa só consegue fazer lambança.

    Curtido por 1 pessoa

  12. E o que um advogado faz lendo e editando essa fanfic? Isso é desvio de função! Mas olha o que eu achei no site da TPC:
    “A distribuição em qualquer forma ou por qualquer canal, conhecido agora ou no futuro, de trabalhos derivados com base em marcas registradas, marcas de serviço, nomes comerciais e outras propriedades protegidas por direitos autorais (Fan Art) da The Pokémon Company International, Inc., seus afiliados e licenciadores (Pokémon), constitui uma licença mundial, livre de royalty, não-exclusiva, irrevogável, transferível, sublicenciável do criador da Fan Art para a Pokémon usar, transmitir, copiar, modificar e exibir a Fan Art (e seus derivados) para qualquer fim. Nenhuma outra consideração ou compensação de qualquer tipo será concedida por qualquer Fan Art. O criador da Fan Art abre mão de quaisquer reivindicações que o uso da Fan Art viola quaisquer dos seus direitos, inclusive direitos morais, de privacidade, de propriedade, de publicidade, direitos a crédito por materiais ou ideias ou qualquer outro direito, inclusive o direito de aprovar a forma como o material é utilizado. Em termos bem claros, o uso da Fan Art pela Pokémon não constitui uma concessão ao criador da Fan Art para usar a propriedade intelectual da Pokémon ou a Fan Art para além de uso pessoal, não comercial e doméstico.”

    Curtir

  13. Minha leitura de natal será reler a grande fanfic que é esse desenrolar do Ash VS Red desde o começo, porque se minha memória não falha, esse cara queria porque queria comercializar o título dele por meio de ebook, e agora aparentemente quer lança-lo de graça pelo Google play??? É… Deixa o cara bater a cabeça pra voltar a estaca zero

    Curtir

  14. Revendo meu comentário aqui, acabo de notar que cometi uma tuia de erros de digitação (culpa do teclado virtual do celular e aquelas teclinhas minúsculas). Desculpem aí!

    Na verdade, eu quis escrever “super-herÓis”, “…QUE nada mais são que fanfiqueiros pagos…” e “grim and GRITTY”{*}!!!

    E, no último parágrafo, ficaria melhor invertendo os trechos: “Qualquer um com essa premissa e menos talento só consegue fazer lambança”. (Meu passado de redator de assessoria de imprensa aparecendo!)

    {*}”Sinistro(s) e durão(ões)” em inglês. Desculpem o pedantismo, mas não achei termo melhor.

    Curtir

  15. Só consigo lembrar da gravida de taubaté… Será que ele pensa “Caralho fui longe de mais com essa merda, e agora viado?”

    Curtir

  16. Gente, mas essa novel existe mesmo? Ou ainda reside apenas na cabecinha de nosso pequeno e distópico Hall?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s