Analisando Especial: 3ª parte de Digimon Tri é o Ctrl+Alt+Del da desgraça

25 set

Preparados para um grande resumo crítico do que rolou na terceira parte de Digimon tri? Então IKIMASU que dessa vez ficou grande!

#Tri 09

Depois do último episódio em que Meucumon revelou estar infectado, matou o pobre Leomon e fugiu para o Digimundo em um plano maléfico feito por nada menos que Ken, o Imperador Digimon da segunda temporada que não era lembrado nem por TK e Kari que protagonizaram aquela sandice ao lado dele, coisas estranhas começaram a acontecer no mundo. E para explicar isso para os espectadores, vemos a organização secreta falando bem de longe:

digimontri3-01

Na busca de pistas sobre o aparecimento do Imperador Digimon, Kari e TK decidiram usar a rede mundial de computadores para procurar o carinha, certo? Errado! Usaram um método de investigação analógica e foram ver se ele tava na casa dele.

digimontri3-02

Preocupados com a infecção e com o custo de animar os Digimons em vários episódios, os digiescolhidos decidiram trancafiá-los numa televisão de plasma enquanto conversam (de costas para economizar animação) sobre os próximos passos:

digimontri3-03

Cansado de ser deixado de lado por só saber tocar instrumentos musicais, Matt vai atrás da organização secreta saber que porra tá acontecendo. Depois que ele vai embora, ficamos sabendo que a organização secreta é tão secreta que não revelaram os planos verdadeiros pra ele:

digimontri3-04

Por sorte temos um personagem que é muito inteligente e conseguiu descobrir logo o que tá rolando, em vez de ficar 3 dias acordado na frente do computador sem achar nada, né?

digimontri3-05

#Tri 10

Joe, que passou a segunda parte de Digimon Tri ausente por causa do vestibular e milagrosamente agora nem se lembra mais das provas, foi com TK visitar Izzy para descobrir se ele tinha achado o que tava rolando. A resposta?

digimontri3-06

Os Digimons saem da televisão e TK percebe que Patamon está infectado. Em vez de avisar seus amigos que seus digimons estão em perigo e que precisam rapidamente achar uma cura, o que rolou foi isso:

digimontri3-07

E é isso que acontece. Todo o dinheiro que a Toei poderia ter gastado com lutas animais e conflitos psicológicos foi usado para uma música triste e um diálogo entre TK e Patamon que arrancou lágrimas até de uma blogueira gorda que tá odiando esse anime:

digimontri3-08

E como o foco desse episódio é o DRAMA SEM LIMITES, TK conversa com vários personagens e só menciona a infecção para a Mei (que, como é personagem nova, nem conta no quesito desabafo). No fim, Kari recebeu uma ligação muito sinistra:

digimontri3-09

#Tri 11

Patamon sabe que está infectado, certo? Então é só ele chegar pra um humano e falar isso, assim todo mundo pode correr e descobrir como resolver o problema, certo? ERRADO. Patamon conta sobre seu problema para todos os digimons e todo mundo decide fazer a coisa mais jumenta do mundo:

digimontri3-10

E lembra que a Kari ficou possuída?

digimontri3-11

Dessa forma, todos os digimons decidiram passar um episódio de despedida com seus parceiros:

digimontri3-12

digimontri3-13

digimontri3-14

digimontri3-15

digimontri3-16

Opa, me enganei, essa última imagem não era para ser de drama, aconteceu um diálogo muito importante:

digimontri3-17

Força, Izzy, falta pouco para você descobrir o grande mistério que você está há 3 episódios procurando!

#Tri 12

Como é clichê em Digimon Tri, os episódios múltiplos de quatro são os que têm as cenas de ação que todo mundo gostaria de ver em todos os episódios. Infelizmente, metade do capítulo é ocupado pelas digievoluções e por cenas randômicas do Meucumon destruindo o Japão. E descobrimos que o grande objetivo do episódio é fazer com que Meucumon fique dentro do digimundo pra não dar merda por aqui.

digimontri3-18

Enquanto Angemon se infecta de vez, fica possuído e começa a lutar contra seus amigos, Izzy faz A GRANDE E ESPERADA DESCOBERTA:

digimontri3-19

Mano, sério que você passou QUASE QUATRO EPISÓDIOS PARA CONSTATAR ALGO TÃO IMBECIL ASSIM????? Bem, de posse dessas informações, Izzy chega até o campo de batalha com uma solução que ele tirou obviamente do cu:

digimontri3-20

O reboot foi ativado e os digimons decidiram não entrar no campo de backup. Assim, a fresta sumiu, eles desapareceram e a solução que o Izzy levou quatro episódios para bolar NÃO SERVIU DE ABSOLUTAMENTE NADA!

#Tri 13

Passado algum tempo depois do incidente, os digiescolhidos estão sofrendo com o sumiço dos digimons. Me perguntei por que tanto sofrimento, sendo que no começo de Digimon Tri eles estavam na mesma situação e todo mundo tava tocando sua vida, mas lembrei que não posso questionar o drama dessas cenas de música triste e olhar perdido:

digimontri3-21

Aí todo mundo teve a mesma ideia de bosta: “e se a gente for pro Digimundo encontrar nossos digimons que perderam a memória da gente?”. Ideia aceita pela Toei por motivos de: MAIS DRAMA.

digimontri3-22

O que será que nos espera na continuação desse anime? Será que consiguirei assistir tudo sem dormir que nem dessa vez? Saberemos disso não sei quando! E não deixem de reler as análises das partes um e dois aqui.

10 Respostas to “Analisando Especial: 3ª parte de Digimon Tri é o Ctrl+Alt+Del da desgraça”

  1. Igor Lunei (@igorlunei) 25/09/2016 às 22:58 #

    Melhor resumo. Enquanto assisti, jurava que a Dira Paes ia aparecer chorando pela Morena, pq porra.

    Curtir

  2. jasque 26/09/2016 às 09:54 #

    No dia que resolverem fazer um Pokémon “”adulto”” vai ser bem essa enganação aí.

    Curtir

  3. Wemerson 26/09/2016 às 11:35 #

    Ri muito com as tirinhas e realmente acho que o anime poderia estar melhor. Mas, tenho certeza que tudo até agora apresentado vai servir de plano de fundo para a real ação. Que certamente vai ocorrer no Digimundo.
    A análise ficou legal mas ela deixa de lado toda a filosofia que faz Digimon ser diferente de outros animes (pokemon). Em vez de entrar de cabeça no real “significado”, acabam por chamar de Drama kkkk por exemplo, foi citado que no começo “”eles estavam sem os Digimons e depois ficam tristes pq eles foram embora sendo, que já estavam sem eles no começo.””
    Isso é totalmente aceitável, eles recuperaram algo que perderam (sua inocência de criança) e agora querem a de volta (foram pro Digimundo) o episódio da muitas referências sobre isso, como quando os digiescolhidos falam em se tornar adultos.
    No mais gostei da análise e concordo com a maioria dos pontos fracos citados. Entretanto, é preciso um olhar mais aprofundado. Acredito que agora dentro do Digimundo vamos recuperar o ritmo do anime 👏👏👏

    Curtir

  4. Apo 26/09/2016 às 12:00 #

    Um momento da resenha pensei que a Mara tinha incorporado o Caio Amaral do blog Profissão: Cinéfilo.

    No mais, sempre achei a G1 de Digimon a pior de todas em roteiro e personagens. A Tamers e a Data Squad pra mim são as melhores.

    Curtir

  5. Ken-Oh 26/09/2016 às 12:51 #

    MAra sua Gorda!!! Nem pra falar do plot twist chave onde revela q o Ken (Quem ??) na verdade é o Obi-Wan do Lado negro e q a a gente secreta na verdade é vilã q ta junto com ele.
    COMO ISSO???

    Curtir

  6. Douglas Machado 26/09/2016 às 15:25 #

    Legal é sempre essa geração “lutinha, Lutinha, booommm, mais de 8mil, boomm, laser, explosão, raio de luz, luz, luz, luz” reclamar que tem história e drama…o anime está ótimo, confesso que ri com a tirinha e que algumas partes parecem óbvias mas imagina se vc é o Izzi e só pq as coisas aconteceram na mesma hora vc decide colocar 8 criaturas gigantes para matar um único Digimon e talvez uma garota, sem ter provas concretas… Pesado já fazer isso com um amigo que vc sabe que é culpado imagina que a Mei nem Meicoomon tem culpa disso.

    Curtir

  7. Gabriel 26/09/2016 às 22:03 #

    Meu deus, como esse filme foi chato.
    E o pior é que todo mundo está pagando pau pro drama super forçado e sem consequência do TK (nem deram uma evolução pro ele) e do Izzy, que passou 3 episódios na frente do computador sem interagir com ninguém (mas a cena do HerkulesKabuterimon foi legal sim). E não ajuda que todas as cenas do filme tem a composição mais preguiçosa do mundo, o que mata qualquer emoção que eu pudesse ter durante o filme.

    Curtir

  8. Kei 27/09/2016 às 09:29 #

    Me representa tão bem que parece que eu estava ao seu lado quando vc escreveu, Digimon poderia entrar no gênero de “Slice of Nada” pq olha…
    Espero que agora no Digimundo o anime “tente” se aproximar doq o outro foi (apesar que eu não aposto).

    Será que eles vão cair do Penhasco que nem no ep01 do Adventure?

    Curtir

  9. Rafael 28/09/2016 às 19:07 #

    Meu deus que geração mimimi velho…. digimon sempre foi assim , eu adorei esse filme… idai se eles estavam sem seus digimons no começo, ainda assim eles havia todas as lembranças da primeira aventura no digimundo e todos sabiam que eles estavam bem, porem nesse caso os digimons nem sabe quem são eles, eles querem recuperar isso.

    Curtir

  10. Rodrigo Mokepon 22/10/2016 às 19:17 #

    Ah, não sei o que dizer! Gostei e pronto!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: