Nintendo PROÍBE fanfic brasileira de Pokémon, mas criador aposta em vaquinha online

9 jul

Estava eu quietinha embaixo do meu edredom me preparando para amanhã dar de cara com uma horda de otacos quando meu celular apita… não, não foi o superestimado Pokémon Go que em duas horas de funcionamento no Burajiru já conseguiu irritar com memes sem graça, e sim uma wild pauta que appeared nesse terreno que é a Internet. Lembram do caso do fã que criou uma fanfic distópica de Pokémon e que começou a iludir fãs de Pokémon dizendo que conseguiria os direitos oficiais gratuitamente com a Nintendo para lançar o livro através de uma editora? Pois é, a história atingiu um novo patamar, ultrapassando a escala Mineirinhooo de Picaretageeem. IKIMASU acompanhar o novo post do cidadão?

ashg-red-reviravolta-01

DEIXA EU VER SE A OTAKA AQUI ENTENDEU!!!

O autor da fanfic (que nos últimos tempos alardeou que uma editora grande se interessou pelo livro) revelou que a tal editora entrou em contato com a Nintendo e que esta proibiu o projeto, o que era óbvio até mesmo para ele. A saída então foi ele decidir viajar para São Paulo e oferecer ao suposto licenciante de Pokémon que mora na capital paulista um projeto de licenciamento para lançar o livro oficialmente, mas para isso ele precisa de pequenas contribuições de até 25 reais que serão compensados em troca de pôsteres de uma série que ele não tem os direitos???? Eu não vejo algo tão confuso assim desde a exibição original de Haruhi Suzumiya!

Óbvio que a postagem juntou um número considerável de fãs de Pokémon dispostos a dar o dinheiro que for para que o sonho de uma fanfic violenta sobre um futuro distópico de Pokémon seja lançada de forma oficial com a aprovação da dona da marca (até aí Mighty No.9 também juntou 3 milhões de dólares em meio a promessas que não foram tão cumpridas assim), mas o post também juntou algumas pessoas que começaram a questionar um pouco a tal vaquinha online. Confira a sapiência deste leitor:

ashg-red-reviravolta-02

O AUTOR SACOU A CARTA DO PROPÓSITO OCULTO QUE SERÁ REVELADO NO PLOT TWIST DA TEMPORADA!!! Ele tem um grande propósito por trás de tudo que provavelmente será revelado quando todo mundo pagar a viagem dele para São Paulo!

ashg-red-reviravolta-03

Entendeu, sr hater Leandro Fernandes? Ele não está usando os direitos autorais alheios de forma errada, ele estaria fazendo isso se, por exemplo, começasse a “vender” pôsteres que ele fez em troca de dinheiro que seria usado para uma viagem em prol de toda a nação de Pokémaníacos! Veja lá como usa as palavras!

Bem, essa é o atual arco da Fanfic de Pokémon, no qual o autor megalomaníaco e sonhador decide ir ao Sudeste em busca de sonhos, oportunidades e de um licenciamento caríssimo que será pago com o dinheiro de um 3DS vendido. E para você leitor do Mais de Oito Mil que adora dar uma provocada, infelizmente não poderá comentar no post do Facebook da página Ash vs Red porque eles estão apagando todos os comentários que vão contra o keikaku dele (inclusive esse que postei o print).

Será que na próxima fase dessa série teremos a participação dele, o saudoso Professor Odilon que acumulou experiência no caso Mineirinhooo?

odilonADVOGADO

31 Respostas to “Nintendo PROÍBE fanfic brasileira de Pokémon, mas criador aposta em vaquinha online”

  1. Guina 09/07/2016 às 00:59 #

    Já tô começando a ficar com pena desse cara.

    Curtir

  2. Macksuel 09/07/2016 às 01:07 #

    A única coisa que sinto: vergonha alheia

    Curtir

  3. Leandro 09/07/2016 às 01:11 #

    A Nintendo não tem representante no Brasil desde 2015 – http://g1.globo.com/tecnologia/games/noticia/2015/01/nintendo-deixa-de-vender-jogos-e-videogames-no-brasil.html

    Curtir

  4. ZUDO 09/07/2016 às 02:08 #

    Ai mara <3 desde a primeira vez que eu li sobre essa tal fanfic com sonhos de ser livro oficial já senti cheiro de coisa errada… sinceramente vai morrer na praia e ele talvez ganhe uns trocados com a tal vaquinha q

    "decide ir ao Sudeste em busca de sonhos, oportunidades e de um licenciamento caríssimo que será pago com o dinheiro de um 3DS vendido." HAIDAHDSIUHASIUDNASPIUDHIASUDHPUIshadPIUashDPIUD

    Curtir

  5. Silvio Justo 09/07/2016 às 02:38 #

    Senhor.. Esse cara não conhece a fama dos advogados da Nintendo.
    Tava na cara que isso nunca ia dar certo.

    Curtir

  6. Mithsiel Daniel 09/07/2016 às 08:36 #

    Esse cara não tem ideia de onde está se metendo. Se a Nintendo já mete sem cuspe no cu de Youtuber que tem milhares de views e que dariam muita grana pra ela com propaganda gratuita, imagina então o que ela faria com o cu de um cara que decide vender fanfic como se fosse algo oficial.

    Curtir

  7. Koiy 09/07/2016 às 08:47 #

    Amiga? Não OUSE comparar isto com Haruhi, tá? A primeira exibição de Haruhi era super confuso mas pelo menos era legal.

    Curtir

  8. kiuoly 09/07/2016 às 09:00 #

    Aposta quanto que a próxima parte desse arco vai ser uma petição?

    Curtir

  9. Alerson Dantas 09/07/2016 às 13:25 #

    Ele fez um post agorinha e a cada comentário perguntando qual era o tal do objetivo ele respondia mandando calar a boca, e no final das contas ele não aguentou e apagou o post haha

    Curtir

  10. Alerson Dantas 09/07/2016 às 13:29 #

    Mara, agora ele disse que não precisa mais da ajuda dos fãs.

    Curtir

  11. hikaruon 09/07/2016 às 14:22 #

    Só esperando ele capturar esse pokemon

    Curtir

  12. Ninguém 09/07/2016 às 15:37 #

    Por motivos que não valem ser mencionados, me sinto inclinado a defender o rapaz:
    Pokémon tem licenciamento no Brasil sim! Eles podem ter fechado a parte de videogames mas o licenciamento da marca ainda existe, eles vendem o card game no país: http://www.cnpjsaopaulo.com/s/empresa/pokemon-licenciamento-de-produtos-brasil-ltda/12601380000107
    No caso, acho que o sr. Fanfic aí quer ir conversar com o Sr. Carlos Eduardo Prado e apresentar um projeto para licenciamento. Isso não é crime nenhum, e parece que ele mobilizou mais de uma pessoa para que isso acontecesse. O problema é que ele não entende muito bem sobre tudo o que envolve um projeto de licenciamento e também não possui muitos recursos para viabilizá-lo. Ou pode ser um papo bem elaborado de um estelionatário, expor suas intenções e pedir dinheiro dessa forma que ele faz o expõe a todo tipo de críticas, muitas das quais ele não está sabendo lidar de forma apropriada. Por isso vou sair da normalidade e ser construtivo:
    Para ele conseguir essa licença, acho que ele vai precisar mesmo é ter uma empresa aberta para fazer essa confecção da revistinha, mostrar de repente que tem esse acesso com editoras para colocar o produto no mercado e ter um plano de negócios bem estabelecido onde ele demonstra existir um nicho de mercado com um público-alvo substancial e que geraria alta lucratividade.
    Aí, se convencer o licenciador, todos vibra, todos chora, Galvão Bueno abraça o Pelé e tal. O problema é que não pararia por aí: ao conseguir o licenciamento, ele estará vinculado a um contrato onde ele terá que seguir determinados padrões de qualidade e uma linha rígida onde exigiriam coisas que talvez ele não queira fazer com o seu fanfic, como cortar violência, e inserir outros tipos de assunto que a turma talvez não tenha a menor vontade de falar sobre, como desenvolvimento de personagens secundários. E isso lembrando sempre que ele pode PERDER o licenciamento a qualquer momento, caso o licenciador não sinta que o rapaz irá entregar o trabalho ou que a empresa japonesa acabe vetando todas as idéias que surgirem. Pode acontecer, e isso é parte do processo, ao lidar com um produto que, em essência, não é completamente seu.
    Eu sinceramente espero que eles corram atrás e sejam bem sucedidos, esperaria mesmo é que eles lessem isso aqui e pudessem fazer uma avaliação séria sobre a quantidade de trabalho sério que precisa ser colocada para fazer os seus sonhos acontecerem. E também esperaria mesmo é que eles desistissem dessa idéia de tentar arrecadar dinheiro com os fãs agora. Primeiro que pega mal e gera todas essas críticas. Segundo, que não pegaria bem chegar até o licenciador e dizer que já estão fazendo dinheiro com a licença dele sem autorização. A única sugestão que posso dar é realmente abrirem uma empresa, uma pessoa jurídica, e vazer vaquinha entre eles, fazer um trampo extra para gerar essa grana que eles estão precisando. Eles se mostram dispostos a correr atrás de seus sonhos, e é preciso cortar na própria carne para conseguir realizá-los. Depois, não seria tão mais legal poder olhar para trás, essa aventura toda, e ver que fez as coisas do jeito certo? Como diria o He-Man:

    A MANEIRA CERTA É A MELHOR MANEIRA!

    Curtir

  13. bob 09/07/2016 às 16:01 #

    ninguém sabe pq q ele não vai conseguir o licenciamento? Pq a nintendo não liga pro publico adulto ponto. O alvo deles são as crianças. Um livro q oficializa um ash marmanjão tomando cerveja n é mto legal pruma criança (embora eu ache bem infantil essa historia de utopia pokemon omg ash 30 anos omg omg)

    Curtir

  14. bob 09/07/2016 às 16:04 #

    e podiam ter pego um ilustrador melhorzinho pra fanfic se queriam chamar a atenção da nintendo
    esse cara n desenha adultos ele desenha crianças com barba credo
    mto feio

    Curtir

  15. Henrique Picanço 09/07/2016 às 17:18 #

    Esse cara está me dando tanta vergonha alheia…

    Curtir

  16. bob 09/07/2016 às 18:56 #

    Mara se você lê os comentarios
    Dá uma olhada na resenha da história do cara
    Não tá meio parecido com a história de gurren laggan? LOL

    Curtir

  17. Lolito 09/07/2016 às 20:03 #

    A mara tacando merda no ventilador, adoro.
    Volte assim com o blog e esqueça politica ^^

    Curtir

  18. The Fool 09/07/2016 às 21:12 #

    @ Ninguém: Seu fofo! <3
    Mas falando sério e supondo que o maluco descole o licenciamento, ele tem competência de manter uma fanfic até o fim? Muita gente por aí pára no meio do caminho e isso com fanfic comum, imagina uma fic licenciada que tem que vender um valor xis porque senão perde o direito a licença?

    Curtir

  19. jasque 09/07/2016 às 23:13 #

    “O que acham da idéia?”

    Poderia começar com alguma dessas 51 palavras:

    http://sinonimos.woxikon.com.br/pt/idiota

    Curtir

  20. jasque 09/07/2016 às 23:15 #

    E não quis dizer no sentido de “grande idéia” como naquele episódio do Chapolin.

    Curtir

  21. Pedroso 10/07/2016 às 01:17 #

    A wild picaretagem appears.

    Pokémon Company sent out Advogado.

    Advogado used proibição.

    picaretagem used vaquinha…
    ################################

    No próximo episódio:

    ~gonna catch’em all…~

    “Não podemos deixar essa fanfic ver a luz do dia!”

    “Objection!”

    “Advogado used processo por direitos autorais.”

    “Gotcha!
    Prof. Odilon was caught!”

    UM SONHO CRIMINAL

    Curtir

  22. Mateusu 10/07/2016 às 13:06 #

    Eu juro que eu tava rino sentindo vergonha desse Hal, mas to notando um certo desespero e to começano a sentir pena… Pelo menos esse arco tá melhor que alguns mangas por aí. To aflladorando

    Curtir

  23. Canoa Furada 10/07/2016 às 13:24 #

    Vamos começar a campanha Pokemon Esperança. Façam já suas doações!

    Curtir

  24. Humberto Sousa 10/07/2016 às 17:12 #

    O proposito por tras do livro, só aqueles que veêm as noticias sobre o tal de forma superficial não sabem… E eu espero sinceramente lembrar desses comentarios, daqui um tempo…

    Curtir

  25. bob 10/07/2016 às 18:41 #

    O cara deletou todos os posts contra ele HUEHRHEYEHEUEHTJEJGJDI

    Curtir

  26. jasque 10/07/2016 às 22:37 #

    Esse propósito por trás me faz pensar se ele não é o Kira dos mangás..

    Curtir

  27. Mateus Bueno 10/07/2016 às 23:11 #

    Mara, você não pode criticar essa fanfic em forma de propósito oculto sem antes criticar os camelôs.

    Curtir

  28. Lucy Gimenez 11/07/2016 às 10:45 #

    Tenho mais pena dele ter vendido seu 3DS para custear essa empreitada, vai levar um processinho-kun e não vai poder jogar Moon/Sun. :'(

    Curtir

  29. Maicon 11/07/2016 às 17:44 #

    Eu já sabia que isso estava errado desde o começo, e quando fui um dos primeiros a questionar a legalidade disso fui hostilizado tanto na PBN(que virou uma bagunça) quanto no Canal do Camaleão, esse Hal tem problemas sérios, é obcecado por atenção e agora ainda quer meter esse golpe, vergonha alheia define!

    Curtir

  30. Mario Toledo 11/07/2016 às 21:08 #

    Queria poder tatuar esse texto. A gente vem discutindo que o “Red vs. Ash” utiliza de IPs da Nintendo há séculos, mas a galera simplesmente discorda.

    Curtir

  31. Blue 09/09/2016 às 23:30 #

    Como disse o carinha ali em baixo, esse cara não conhece a fama dos advogados da Nintendo pra tá fazendo isso. Não é possível que ele conheça e esteja fazendo isso.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: