Mercado Nacional

JBC propõe pacote de adaptações para Boku no Hero e público otaku não aceita

Em reunião realizada ontem no câmara da Saraiva Mega Store do shopping Center Norte, numa noite fria paulistana, os deputados da JBC Marcelo Del Greco e o assessor Thiago Nojiri se reuniram com o baixo quórum para conversar sobre a cultura nerde, cujo movimento se comemora erroneamente no dia de hoje graças ao Douglas Adams. O bate papo teve trechos vazados pelo site informativo @Gyabbo, que serão lidos de forma bastante parcial através do jornalismo investigativo do Mais de Oito Mil.

IKIMASU conferir:

pacote-adaptacoes-01

As medidas, contudo, foram mal recebidas pela pequena parcela da população que compra quadrinhos japoneses nas bancas de jornais e livrarias. “Não gosto tanto JBC, preferia Boku no Hero na Panini, iria ter uma qualidade superior aos outros” declarou usuário de uma rede social de 140 caracteres em mensagem pública a outro usuário da mesma rede, também otaku.

O anúncio de adaptação também inflamou os ânimos dos leitores. João Tadeu (15) teme que a tradução seja extremamente adaptada como aconteceu com Magi – O Labirinto da Magia, outro título publicado pela JBC no Brasil. “Somos a gente (sic) que colocamos esses editores nesses empregos, eles devem fazer o que queremos e pronto”, afirmou. Perguntado sobre a forma como ele gostaria o lançamento, João respondeu que deveria ser “em tanko de 300 páginas offset com honoríficos e lançado pela Panini a 10 reais”.

Procurada pela nossa equipe, os ministros da JBC se resumiram a mandar cumprimentos através do veículo informativo @Gyabbo:

pacote-adaptacoes-02

Procurada pela equipe do Mais de Oito Mil, a deputada da oposição Beth Kodama mostrou-se irredutível à política de vazamentos:

pacote-adaptacoes-03

Até o fechamento desta matéria, a JBC ainda não havia lançado Boku no Hero Academia para que os leitores pudessem criticar com propriedade. Passamos para a crônica da nossa comentarista Ba-chan:

konthebest

NAO VOU FALRA DA JBC ATER ELES FAZER ECAL DOS MANGAS TERANSPARENTES!!!211

RWCAL
RECALD
RECAL
RECAL
RECAL
RECAL
TECLA
TECAL
RECAL
TRECAL
RECAL

Anúncios

25 comentários em “JBC propõe pacote de adaptações para Boku no Hero e público otaku não aceita

  1. to preocupado é com adaptações a lá pintando as zebras, comentários de panico na tv, chaves, e outras pérolas do editor grego..do que um carinha sem noção falando de tanko de 300 PAGINAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAS e com OFFESSSSSSSSSSSSETTT e com MARCAAAAA PAGINAAAAAAAA coloridaaaa,, e a NOVES REAIS E NOVENTAS CENTAVOS?

    NAO PARA!

    Curtir

  2. Cuidado…
    Da ultima vez que o Del Grecco ficou enrabichado com algum editor ele praticamente ATROPELOU de socos e pontapés o Sergio Peixoto (e eu tava presente nessa historia)

    Curtir

  3. Me ofereço para ajudar com as traduções. :)

    Mas falando sério, é simples:

    – Tchau, honoróficos-senpái
    – Tá em inglês no original? Deixa in english. Not problem! All Might is all.
    – Tá em japonês e tem jogo de palavras? Chamem os Barbixas para traduzir que eles são excelentes nisso :)
    – Deku não é doku :p “Zé ninguém”? :p

    Curtir

  4. Mal posso esperar quando divulgarem que o título em português será “Academia ‘Meu Herói'”…

    Curtir

  5. Vou sair deste mundinho dos otakices! Estou passando muita vergonha neste mundo otaku, que todos se problematiza demais com qualquer coisa. Sério. Não tá fácil ser otaku, credo! Hoje, renuncio meu cargo de otaku. Agora sou um ex-otaku. Adeus povo chato: que reclama de papel transparente, do cancelamento de Futari Ecchi, que pede boicote de Boku no Hero Academia, que fica xingando na TimeLine da Panini querendo Jojo, ainda assistem os fillers infinitos de Naruto Shippuuden, que choram no leite derramado sobre o cancelamento de Kekkaishi (isso é uma vergonha nacional deixar de publicar este bom mangá), cade um monte de mangás que estão na geladeira, panini?

    Adeus mundo otaku da vergonha…

    Curtir

  6. Acho uma pantomina essa coisa de “Argh, tem que ser mais fiel ao original, honoríficos e páá…” sendo que NÃO EXISTE tradução que satisfaça 100% dos sinônimos porque NÃO EXISTEM sinônimos perfeitos, ainda mais de uma língua pra outra.
    Existem umas 15 ou 16 formas diferentes de se falar “eu” em japonês. E aí? Por isso eles não pedem, né? Seria a mesma merda se uma distribuidora americana traduzisse um filme brasileiro e deixasse o “uái” de um personagem mineiro. Sobre as adaptações de jogo de palavras, até hoje eu fico confuso, porque Yu Yu Hakusho era cheio de trocadilhos e piadotas, e todo mundo chupa as bolas da dublagem até hoje (sendo que a própria dublagem tem erros de script), mas quando é algum outro mangá “Opa, aqui, não, violão”? Se você quer entender a obra da maneira mais fiel possível sem as adaptações necessárias ENTÃO VAI APRENDER A LÍNGUA DA OBRA, C******! Não tem jeito, tradução é que nem caminhão de mudanças do Acre: Coisas vão se perder pelo caminho.
    E a cereja em cima do bolo de merda: ” João respondeu que deveria ser “em tanko de 300 páginas offset com honoríficos e lançado pela Panini a 10 reais””(sic)
    Vocês estão na mesma página que eu? Realmente, depois dessa, eu acho que esse otaku tem é que se ferrar, mesmo.

    Curtir

  7. Sobre as adaptações em Boku no Hero: Elas realmente podem ser necessárias.
    A começar pelo nome de cada personagem, que tem um trocadilho com a habilidade dele.

    Se esses otakus quiserem ler com horroríficos e cheio de notinhas, que leiam a versão da .

    Curtir

  8. *Que leiam a versão da (scanlator que não pode ser nomeado)

    +Não sabia que os comentários daqui aceitavam tags

    Curtir

  9. Se for que nem Sidônia, compro. Poxa, olha a qualidade de Sidônia e a qualidade de OPM, depois olha o preço. OPM tem uma qualidade muito maior e é mais barato. Isso me revoltou. Do mesmo jeito que me revoltou com a qualidade de AnoHana. Poxa vida, são só 3 volumes, dava pra fazer melhor não???? Eu comprei Planetes por 20 reais e não me arrependo, pois tanto a história quanto a qualidade são boas. Faria o mesmo por AnoHana

    Curtir

  10. Tá aí uma sugestão boa para uma matéria do site dada pelo Heitor Atrasado: ver mangás de outros idiomas, mesmo os traduzidos em outra língua que não o português, para ver se eles mantém os honoríficos. Se isso não existe fora do Brasil, imagina só que hilário deve ser para um gringo saber que isso acontece por aqui!

    Curtir

  11. Rapaz, eu gostei de Slayers. Mas entendo quem não gostou: muitas piadas só têm graça pra quem gosta ou está bem familiarizado com os clichês de jogos de RPG ou dos livros de fantasia medieval.

    Agora, quanto à Lina Inverse, talvez o nome dela tenha sido incorretamente dublado em alguns episódios que eu não vi, porque creio que nos que vi o nome tava correto. Agora, essa história do “Gaudi” é um mistério. Será que o pessoal da tradução achou imoral por ser levemente parecido com aquele palavrão que começa com “P” e rima com “corra”?

    “Slayers” ser tapa-buraco é o de menos: pior foi sair do ar sem mais nem menos (teria a emissora perdido a licença?) e dar lugar aquela execrável “Batalha dos Planetas”, a versão mais descaracterizada de todas do “Gatchaman”. (Se você assistiu a “G-Force” ou a “Eagle Riders”, você é um felizardo)

    Quando vi aquela mensagem da Ba-chan, me senti lendo uma tirinha do “Cersibon”! Obrigado pela viagem no tempo!

    Curtir

  12. Droga, acho que os “copia-e-colas” que usei pra editar meu texto comeram uma parte dele. Eu quis dizer: “Será que o pessoal da tradução achou imoral o nome do Gourry por ser parecido com o palavrão…?”

    Desculpem aê!

    Curtir

  13. E mais duas correções: uma de estilo — eu não devia ter repetido o “agora” no 2° parágrafo– e outra de digitação, pois era pra ter sido “dar lugar ÀQUELA execrável ‘Batalha’…”

    Mal aê!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s