Plantão da Fanfic de Pokémon com Plot Twist carpado

4 maio

O principal assunto dessa semana… bem… foi a tocha olímpica. Mas no nosso mundinho otaco a tocha se chama Ash vs Red e tem o formato de uma fanfic distópica não-oficial que os criadores querem publicar não-lucrativamente custando 5 reais e ainda esperam conseguir um contato com a Pokémon Company para que ela autorize essa patacoada em prol dos fãs de Pokémon do Burajiru e pelo estímulo à leitura das crianças brasileiras.

Depois de um post do Mais de Oito Mil que denunciei os males da verdade e sem amor, o autor da fanfic deixou de lado a centena de mensagens que recebe diariamente e me deu um pouco de atenção explicando vários pontos abordados da minha matéria num eloquentíssimo post que faria Mineirinhooo voltar para a escola do conceituado Professor Odilon para aprender novas técnicas de retórica. IKIMASU porque o post é maravilhoso SIM e irei analisar em detalhes COM CERTEZA.

migo-desiste-dessa-ideia-ou-vai-dar-ruim-01

Começando no melhor estilo das indiretinhas de feice-kun, o autor Hal diz que as críticas estão falando principalmente sobre o livro juntar os personagens Red e Ash (galera assiste a um anime que o personagem não envelhece e tá aí cobrando coisas como “coerência”) e ao fato dele querer cobrar pelo livro. Já entendemos como é o esquema da Saraiva, mas você achar que não ficar com o dinheiro vai tornar seu projeto “sem fins lucrativos” é o mesmo que achar que a Pokémon Company um dia vai oficializar a ultracoerente trama que o Ash está em coma.

migo-desiste-dessa-ideia-ou-vai-dar-ruim-02

Depois, o autor diz que a culpa do desleixo da Nintendo aqui no Burajiru É DOS FÃS QUE CONSOMEM PIRATARIA que dá um PREJUÍZO GIGANTESCO para a empresa. E como que ele vai combater isso? Simples, lançando um produto o qual ele não tem os direitos autorais e que o valor vai para seu próprio bolso e não para a empresa que tá tendo um prejuízo gigantesco. E ainda diz que o negócio não pode ser disponibilizado de graça POR CULPA DO CAPITALISMO!!!! Minna, tô numa plenária de faculdade de Ciências Sociais e não tô sabendo?????

migo-desiste-dessa-ideia-ou-vai-dar-ruim-03

Quem precisa de um husbando, edredom e rmvbs de Sailor Moon da Manchete quando temos um post tão maravilhoso para ler na Internet??? Os motivos de Hal ficam claros neste trecho: ele pensa nos fãs que querem um produto de qualidade (no caso, uma fanfic distópica de Pokémon). ELE PENSA NOS JOVENS!!!! E não venha você, leitor debochado do Mais de Oito Mil, dizer que prefere jogar os gaems em inglês porque ISSO É UMA FRASE EGOÍSTA DITA POR UMA PESSOA EGOÍSTA!!!

migo-desiste-dessa-ideia-ou-vai-dar-ruim-04

Mas claro que ele sabe que não tem os direitos autorais. Depois que a Pokémon Company não respondeu seu email “ow tenho um projeto genial que vai mudar a ideia que vocês têm do Burajiru”, ele conta agora com a ajuda de um dono de loja de card-games e de UMA ADVOGADA que surgiu tão maravilhosa nesse plot twist que até fez com que euzinha abandonasse a tradicional marcação rosa do Mais de Oito Mil para uma VERMELHA que representa a cor que meu rosto está agora de tanta vergonha que tô sentindo. E olha que já vi uma apresentação cosplay do Bob Esponja lutando contra um Vegeta.

O papo tá bom, mas é hora de esclarecer algumas coisas. Ninguém aqui é contra fanfics (na verdade eu sou, mas até aí sou contra otacos também) e nada impede que você faça uma história ~madura~ de um desenho de bichinhos que lutam porque a forma como a história é oficialmente constrange sua adultice. Porém, tudo muda a partir do momento que você começa a comercializar isso. Como eu falei, não importa se você pega todo o dinheiro e rasga ao vivo no Periscope, o fato de DAR DINHEIRO já dá para a Pokémon Company todos os motivos de ir até você e arrancar até a sua cueca de Pikachu.

gif-amiga-nao-tem-como-te-defender

Se você digitar “Pokémon Company” e “processo” no Google achará links maravilhosos de projetos de games gratuitos que eles fecharam e até uma história sobre um dono de café que foi multado em 15 mil dólares (uma caralhada de reais, segundo a cotação de hoje) APENAS porque ele fazia um evento de Pokémon cobrando 2 dólares por pessoa para ajudar na decoração.

Você encerra seu texto dizendo que muita gente está criticando o seu projeto e dizendo que todos temos ódio. Pode até achar que estamos todos contra você e seu projeto incrível que vai até convencer a Nintendo a voltar ao Brasil, mas aqui vai um alerta de graça (sim, estou indo contra o capitalismo) do Mais de Oito Mil: se você não tem os direitos autorais, NEM SONHE EM COMERCIALIZAR ESSA FANFIC ou então a coisa vai ficar bem feia (expressão mudada depois de toque do leitor) pro seu lado.

62 Respostas to “Plantão da Fanfic de Pokémon com Plot Twist carpado”

  1. gilberto94819 04/05/2016 às 21:22 #

    Essa fanfic é algo que não me interessa nem se fosse oficial.

    Curtir

  2. Yoshimika 04/05/2016 às 21:36 #

    EU AMO ESSE SITE! <3 HAHAHAHAHA
    Quero muito ver o processinho-kun nessa merda!

    Curtir

  3. Priscila Picchi Castellan 04/05/2016 às 21:39 #

    uii :x Essa historia ta ficando cada dia mais problemática :O eu ouvi falar dessa “fanfic” faz umas semanas, mas eu nem sonhava que não tinha direitos autorais kkk

    Curtir

  4. Priscila Picchi Castellan 04/05/2016 às 21:40 #

    “E não venha você, leitor debochado do Mais de Oito Mil, dizer que prefere jogar os gaems em inglês porque ISSO É UMA FRASE EGOÍSTA DITA POR UMA PESSOA EGOÍSTA!!!”

    Descobrir depois de 25 anos que sou uma pessoa egoísta machuca :(

    Curtir

  5. Yachiru 04/05/2016 às 21:51 #

    Ai, que delícia de barraco ahsuahsuahsuahsuhausahsuahusahsua

    Tou achando que o dono da fanfic irá decolar na velocidade da luz, caso leve essa ideia adiante xD

    PS: Eu não odeio fanfics, exceto quando eles descaracterizam os personagens só para shipparem uns casais sem o menor sentido… Ou seja, com frequência :v

    Curtir

  6. Pau murcho 04/05/2016 às 21:53 #

    Deveriam escrever uma fanfic de Assassination Classroom, ou como os otacus ‘politizados’ preferem “Ansatsu Kyoushitsu”. O mangazinho ruim pqp

    Curtir

  7. leitor anonimo que jura que não é hater 04/05/2016 às 21:59 #

    MARA! É 4 mil dólares a indenização que rolou no EUA! 15 mil era a cotação em reais na época!

    Curtir

  8. Ninguém 04/05/2016 às 22:15 #

    É muita nobreza de sentimentos dessa galera! Quando juntou “Copag” e “advogada” na mesma sentença, só consegui pensar nisto: https://demalacuiaecachorro.files.wordpress.com/2016/02/rainha-de-copas.jpg

    Curtir

  9. Cilon Mello 04/05/2016 às 22:16 #

    Mara, quanta má vontade sua, PQP! Ele não está comercializando o fanfic, ele só está cobrando dinheiro em troca de um produto! Duh! É muita imprensa golpista nesse seu sangue, viu?

    Mas falando sério, o piá está sendo burro. Pq ele não faz como a guria lá que fez um fanfic ruim de Crepusculo, mudou o nome dos personagens e hoje está mais rica que deputado brasileiro? Ele pode até chamar de “50 Tons de Tipo-Metalico” ou algo do tipo.

    Curtir

  10. Flavio Quintão de Andrade 04/05/2016 às 22:39 #

    É kira dos pokemons e seus ideais.
    O cara ta falando da nintendo que praticamente só se sustenta de titulo exclusivo, que nunca ligo para concorrência, falar que a nintendo saiu daqui pela pirataria só prova que ele não sabe nem em que país vive.

    Curtir

  11. Yuri Ikegami 04/05/2016 às 22:40 #

    Alguém aqui não sabe oque é pirataria kk

    Curtir

  12. Nicolas Cares 04/05/2016 às 22:40 #

    Vejo aqui um tipo de descaso com o trabalho alheio, temperado com um desgosto por fanfics e obras não-oficiais. Um visível preconceito com a obra, sem sequer ter lido o material. Desculpe, mas acho que esse e o outro post sobre a história do livro perderam o cunho jornalístico e foi pra moda caralha no primeiro minuto que foram escritos.

    Não é necessário você criticar o projeto, julgar a usagem dos personagens sem direitos autorais e outras coisas levando pro pessoal, sendo que o negócio não te afeta diretamente. Qualquer um com um mínimo de intelecto entende que uma plataforma como a da Saraiva (ou o Kindle, entre outros) exige um valor mínimo para publicação. Tente escrever e lançar um livro que você verá como funciona.

    E sim, a pirataria ainda é algo extremamente forte no Brasil. Não existe, claro, um único culpado pela ausência de uma atividade da Nintendo aqui. A empresa tem sua parcela por não facilitar e nós fãs temos a nossa parcela por piratear. E nesse pingue pongue, quem sai prejudicado são os fãs.

    Mas o mais curioso mesmo é ver alguém com um site chamado “Mais de oito Mil”, uma alusão clara à frase de Dragon Ball Z (com direito ao próprio Vegeta himself no layout da página) esteja criticando a usagem de personagens com direitos autorais sem aprovação em algo. Chega a ser cômico.

    Diga-se de passagem, é assim que muitos filmes são feitos hoje, com algo não-oficial sendo idealizado e depois sendo oficializado – não que eu ache que o livro virá a ser algo oficial canônico ou algo assim, enfim.

    Conste que há alguns casos (de quadrinhos) que a Pokémon Company liberou direitos de uso de imagem dos personagens para se criar histórias novas. Não são “oficiais”, mas são “legais”. E é isso o que a equipe do livro busca.

    Não gosto do Ash e Red juntos no mesmo universo. Mas isso não é problema meu. Se eu não gostar disso, o livro não é pra mim, mas pra quem gostaria de ver isso. E quem decide se isso é bom ou não, são os autores do livro e a Pokémon Company, não um blog que esgurmita opiniões ao invés de informações corretas.

    Acho que os problemas e dilemas gerais do livro, seja com os personagens, seja com a história, seja com os direitos, bom, não é seu. Se preocupe em passar a informação de forma imparcial, não tendenciosa :)

    Curtir

  13. Ciro Monteiro 04/05/2016 às 22:55 #

    Mano, na boa, larga fanfic de mão, se você vai escrever e publicar, no sério, faz uma história tua. Ela pode ser até tem monstros e coisas do tipo. Tipo um fronteiras do universo. Gastar energia com personagem como copyright.

    Curtir

  14. comedor da Mara nas horas livres 04/05/2016 às 22:57 #

    Nícolas cares , você só pode ser esse tal de Hal né ?

    Curtir

  15. Ciro Monteiro 04/05/2016 às 23:06 #

    Cara, isso tá mundando faz tempo. A nintendo não tá exergando isso pq não quer. O tanto de jogos que estamos recebendo dublados em português. A popularidade da nintendo tá embaixa e ela não tem uma política atraente de vendas de jogos. Se tivesse, era outra situação. E outra, tua acha que um fanfic vai mudar isso, tu tá doido. Fanfic é só masturbação, é coisa de nicho, não alcança público. Além do que é uma perda de tempo, se o cara tem talento pra escrever e ilustrar pq se mete num negócio que só vai da merda pra ele. Fazer um conto num blog, até como exercício de redação, tudo bem. Mas querer publicar um livro já acho que estrapola.

    Curtir

  16. Ciro Monteiro 04/05/2016 às 23:12 #

    Se o cara tivesse postura de profissional, e quisesse lincenciar, ele ia discutir com a nintendo primeiro, antes de falar qq coisa com qq um. Muito menos ia já de cara dizer que vai vender na saraiva. O cara pega e diz, aí nintendo, tenho um projeto bom, com o personagem seu, pode ajudar a popularizar seus personagens. Dependendo da disposição da nintendo e da qualidade do material, poderia rolar. E existe material da nintendo licenciado pra outros países. Se não me engano, uma versão americana do quadrinhod e pokemon já rolou por aqui. Mas pra fazer isso, tem que fazer a coisa profissional, uma idéia que convença, que com certeza não é uma versão adulta de pokemon, até pq o público alvo de pokemon são crianças. Todo marketing do jogo é voltado pra isso. Se vc fizer uma coisa condizente com o produto dela, com projeto bom e postura profissional, aí sim que pode ser que ela tope.

    Curtir

  17. Alex 04/05/2016 às 23:15 #

    O cara ta mais preucupado em falar mal dos outros, e do que os outros estão fazendo! Cara se ele ta escrevendo uma fanfic que é uma coisa que vc não gosta, pq vc se incomoda tanto com isso? Já tentou fazer algo produtivo como apoiar qualquer obra de literatura, hq, ou até mesmo um mangá Brasileiro? Acho que não né? Só lamentos pra vc!

    É de pessoas como vc que perde tempo escrevendo um texto enorme que eu nem li direito, cheio de termos “Otakus” e muito mau escrito que o Brasil não vai pra frente! De onde eu venho isso se chama inveja, olho gordo e etc.

    Boa sorte com o teu blogzinho chapa! E pelo que eu li nos comentários vc tem um público fiel igualmente baixos como vc!

    Curtir

  18. Escroticeiloveyou 04/05/2016 às 23:23 #

    nojo e desprezo eterno por esse Hal
    não consigo ficar no mesmo ambiente que gente burra e virgem
    foi-se a época que eu amava gente inocente, hoje eu não suporto
    além da premissa ser super bosta, o traço tbm é uma porcaria e o design dos personagens ficou vergonhoso de tão amador

    rala daqui Nicolas Cares, nem jornalismo vc sabe o que é pra tentar deslegitimar a Marinha com esses argumentos razos

    5bjs de luz pra vc, vai que ilumina tua mente

    PS: Mara, já que tu curte problematização, saiba que dizem por ai que a expressão “a coisa vai ficar preta” tem cunho racista por causa da origem dela. Enfim, não tenho ctz, mas ja li algo assim, acho que foi no Blogueiras Negras @.@

    Curtir

  19. samurandre 04/05/2016 às 23:23 #

    tomara que o pirateiro kun continue com a intençao de publicar essa bagaça

    quero ver o processinho comer solto

    ai ele resolve fazer a dança da fusao com o mano que imprimia seus proprios mangás (cobrando por isso, é claro) e mudaremos o mercado de mangás do brasil

    Curtir

  20. Escroticeiloveyou 04/05/2016 às 23:26 #

    puta que nos pariu, tem anta defendendo a anta chefe @.@

    “Já tentou fazer algo produtivo como apoiar qualquer obra de literatura, hq, ou até mesmo um mangá Brasileiro? Acho que não né? Só lamentos pra vc!”
    Marinha espera até hoje o novo volume da Ação Magazine XD

    Cm sempre, os comentários valerão apena <3

    Curtir

  21. lydsson 04/05/2016 às 23:46 #

    “a plataforma exigi um valor mínimo”
    “um relatório mensal dos ganhos da obra ficarão disponíveis”
    “os jogos sempre saem com outros línguas”

    e tudo isso pra provar pra Nintendo que “existem uma parcela significativa de fãs que anseiam por conteúdo de qualidade”

    a julgar pela qualidade do texto, essa parcela não deve ser tão significativa assim

    Curtir

  22. Mateus 04/05/2016 às 23:48 #

    Ainda lembro o dia, as flores de cerejeira caiam lá fora quando fiquei sabendo que iriam tentar publicar essa fanfic e penso: O que aconteceria se a Mara soubesse disso ?

    Curtir

  23. Lucas Carvalho 05/05/2016 às 00:07 #

    Ele ainda não explicou a marca da Editora Saraiva sendo usada de forma indevida e sem autorização.

    Curtir

  24. Gabriel 05/05/2016 às 00:07 #

    Texto a moda antiga mandando umas verdades com esculhembação sutil e nem tão sutil, numa qualidade que eu não vi há tempo por aqui; um dos melhores textos do blog neste ano até o momento. Se ao menos houvesse pautas desse naipe com mais frequência pra alimentar essa gorda comedora de treta…

    Curtir

  25. Gabriel 05/05/2016 às 00:09 #

    Só faltou botar umas piadas nas tags.

    Curtir

  26. jasque 05/05/2016 às 00:28 #

    Dar dinheiro pra esse cara é igual dar dinheiro pro soco.

    Curtir

  27. jasque 05/05/2016 às 00:35 #

    Eu se fosse ele lançava o livro chamando o Ash de Ahs e o Pikachu de Piakchu, etc e ficava com a grana

    Curtir

  28. Otaco 05/05/2016 às 00:54 #

    Otacos são trouxas.

    Curtir

  29. Elizabeth 05/05/2016 às 01:55 #

    Mara está sendo uma pessoa boa e avisando nosso amiguinho protagonista da trama que ele vai ser dar mal antes que aconteça, ouça a Mara

    Curtir

  30. ricardinho 05/05/2016 às 02:01 #

    Podemos encerrar o fandom de pokemon? Por que essas pessoas se importam tanto com histórias “sérias”? pokemon sempre foi atras do publico jovem e vai continuar assim. No mais, vou ficar decepcionado se esse cara não for processado, ė muita pachorra tentar publicar fanfic como material oficial, ainda mais a Pokemon Company sendo o que é.

    Curtir

  31. Silvio Justo Dos Santos 05/05/2016 às 02:11 #

    O que me impressiona é o cara não acertar primeiro os direitos autorais da obra com a Pokémon Company e sair aos quatro cantos espalhando que vai vender a obra. No mínimo ele deveria lançar essa “fanfic” ai de graça num site.

    Curtir

  32. The Fool 05/05/2016 às 04:12 #

    Faça o fanfic, disponibiliza online ou pdf, ou sei lá o formato. Dá pro povo baixar e ler.
    Fim.
    Não tem porque querer correr atrás de licença, pqp!
    Do jeito que ele tá fazendo, parece que vai acontecer um milagre divino quando essa fanfic for lançada, mas cara, é só uma fanfic!
    Só.
    Porra, quantas fanfics de pokémon tem no Nyah Fanfics? E no Social Spirits?? E em outros sites?
    Porque a dele tem que ser a diferentona?
    Pelamor!

    Curtir

  33. Ninguém 05/05/2016 às 08:32 #

    Eu gosto de quando entusiastas aparecem nos comentários para tentar defender a proposta, acaba fazendo a gente ver como que funciona o pensamento dessa gente:

    “Vejo aqui um tipo de descaso com o trabalho alheio, temperado com um desgosto por fanfics e obras não-oficiais. Um visível preconceito com a obra, sem sequer ter lido o material.”

    Independente de gosto ou desgosto, a qualidade do material é irrelevante na decisão de uma empresa por processar alguém ou não. Aliás, quanto mais qualidade, é até pior, pois chama a atenção das detentoras dos Direitos Autorais para vir com um processo para cima. Eles não costumam mandar carta de aviso ou proposta de acordo, já vem o oficial de justiça com a intimação.

    “Mas o mais curioso mesmo é ver alguém com um site chamado “Mais de oito Mil”, uma alusão clara à frase de Dragon Ball Z (com direito ao próprio Vegeta himself no layout da página) esteja criticando a usagem de personagens com direitos autorais sem aprovação em algo. Chega a ser cômico.”

    Nessa frase dá para perceber que a pessoa ignora justamente a questão principal, que é LUCRAR COM O NEGÓCIO: O uso da iconografia do meme de DBZ não rende um tostão à Mara, o site não é monetizado, não tem adsense nem link patrocinado. A crítica não é o simples ato de usar imagens sem autorização, é usar imagens sem autorização obtendo lucro, mesmo que seja um lucro mirrado como seria essa idéia, aliás isso está escrito neste post!

    “O cara ta mais preucupado em falar mal dos outros, e do que os outros estão fazendo! Cara se ele ta escrevendo uma fanfic que é uma coisa que vc não gosta, pq vc se incomoda tanto com isso? Já tentou fazer algo produtivo como apoiar qualquer obra de literatura, hq, ou até mesmo um mangá Brasileiro? Acho que não né? Só lamentos pra vc!”

    Eu não li até agora nenhuma piada sobre o cavanhaque do Ash por aqui… e não fique dando idéia, é capaz que, quando for publicado, ela resolva ler… e eu lerei a crítica! Só reze para que a idéia mais dramática não seja o uso criativo de uma hidden ability de um pokémon, que é a única coisa que fanfiqueiro costuma fazer para trazer um diferencial.

    Curtido por 1 pessoa

  34. Mago 05/05/2016 às 10:35 #

    O Ninguém me poupou o desenvolvimento de um texto de iluminação a essas platônicas e confusas almas. Obrigado!

    Seria tão fácil, se o jovem tivesse divulgado a fanfic em grupos, fóruns e sites desse segmento e se limitasse a apenas isso. Poderia ter criado um nome, uma boa reputação e, quiçá, publicar uma obra ORIGINAL, com alusões INDIRETAS aos elementos da franquia Pokemon, sem citar os nomes protegidos por copyright e, aí sim, ganhar rios de dinheiro, vide inúmeros autores/as que inundam as livrarias com pseudocópias de A Song of Ice and Fire, Twilight, Fifty Shades of Grey, etc.

    Afinal, é assim que o mercado literário se desenvolve.

    Não entendo porque é tão difícil ao fanfiqueiro-tema entender que quando ele monetiza um produto que usa uma marca que não é dele, a empresa dona dos direitos tem a plena capacidade e permissibilidade de processar o autor do crime. Não importa se a causa era pelo salvamento do papagaio-de-cara-roxa da extinção. Ele está ganhando dinheiro com um produto que não é dele. Ponto.

    Boa sorte ao conceituado professor Odilon na defesa deste objeto.

    Curtido por 1 pessoa

  35. Lucy Gimenez 05/05/2016 às 11:56 #

    “NADA ESTÁ SENDO FEITO DEBAIXO DOS LENÇÓIS” – HAL, 2016

    Curtir

  36. Martinez Afonso 05/05/2016 às 16:00 #

    O engraçado do seu texto é a abundancia de ironias para se afirmar, sendo que não é necessário isso. Bom li os dois posts e estou de acordo que usar propriedade intelectual dos outros para lucrar é errado, mesmo que esse lucro seja um misero real(sem autorização é claro)!

    Mas é interessante ver o outro lado da moeda em geral. digo a história do grupo com pokémon e o sonho em si, mesmo que seja “talvez” uma pura inocência. Não vi maldade no criador da fanfic e acredito que ele nem se quer lançou isso correto? Ao mesmo tempo ele vai tentar um autorização, que por mais que seja uma grande utopia para muitos ele vai tentar. Seu texto faria todo o sentido se ele tivesse já publicado com o selo saraiva, sem se quer ter autorização, pelo menos é dessa forma que eu vejo, sinto que isso foi muito mais para o pessoal. do que para uma simples trolada de uma mulher adulta para com um jovem e aquele 1% de vou bostejar pq tem que vai concordar comigo mesmo. Levando em conta que esse blog seja sobre coisas japonesas e sobre os mangas também, sinto que a dor foi maior isso é evidente porém a hipocrisia também exala seu odor por aqui. Poderia ser ao contrario, veja só:
    Vi você postando umas fotos no twitter (aquela stalkeada básica né colega) e percebi que muitos dos produtos que você possui do seu universo (err figures, e até posts sobre camisetas) são coisas falsas, os genéricos da china, você provavelmente deve ter uma camiseta com uma estampa “irada” ou algum produto feito por um camelo otaku ai em sua casa; levando em conta que eu seja um blogueiro que adora esse universo e compartilha a ideia de vender/comprar produtos com copyright, seria irônico no minimo eu comprar ou possuir essas coisas! “Mas a velhooooo do que vc tá falando, todo mundo vende isso ai, ngm tem controle por isso ai nãooo” Será?
    Vejo duas coisas aqui, a raiva com uma pessoa que está tentando entrar em contato com uma franquia gigantesca para lançar um livro, contra a cara de paisagem para com todos os otakeiros de plantão usando toquinhas e camisetinhas e figures”zinhas” não licenciados, e detalhe são vendidos aos montes. Mas existe os oficiais e licenciados, mas á são caros de mais. Pois é o menino que ta tentando uma licença é ridicularizado, e o camelo é o verdadeiro inocente! Depois que essa nuvem negra do livrinho do pokémon passar, você poderia tentar convencer o pessoal que vem aqui, a não comprar nada duvidoso dos camelos otakus, bem sempre terá alguém para concordar com você! E ah por favor não me venham comparar um livro de 20 reais com uma camiseta de 30.

    Curtir

  37. Mago 05/05/2016 às 16:51 #

    O amigo aqui de cima acha que:

    1) A Mara é mulher;
    2) A Mara adora o universo otaku;
    3) Que alguém com bom senso tenha raiva de um inocente que está tentando negociar a licença de um produto que não é seu com uma empresa que tem um histórico bem negativo com material feito por fãs.

    O universo chora.

    Curtido por 1 pessoa

  38. bob 05/05/2016 às 18:21 #

    Gente pelo amor de deus até parece que não conhecem a nintendo
    Mago
    Primeiro q o gênero da Mara não tem nenhuma relevancia aqui, todo mundo sabe q ela é um viado careca e ninguem liga
    Segundo que
    A chance dele conseguir algo é 0
    A chance dele ser processado se tentar fazer algo com isso por meio da saraiva e 100%
    Reclama com a nintendo, a mara só apontou os fatos
    Ele vai tomar uma multa fodidassa com isso
    E n sei q q a qualidade do trem tem a ver com a história toda

    Curtir

  39. Heitor, o Atrasado 05/05/2016 às 18:41 #

    “E não venha você, leitor debochado do Mais de Oito Mil, dizer que prefere jogar os gaems em inglês porque ISSO É UMA FRASE EGOÍSTA DITA POR UMA PESSOA EGOÍSTA!!!” Ué, mas as pessoas não podem ter gosto pessoal, não?

    Curtir

  40. Luciano Lima 05/05/2016 às 18:52 #

    Continuem, continuem! O barraco tá um barato! Quero argumentos! Mandem Argumentos! Quero ofensas, mais ofensas, por favor! Nunca te pedir nada!

    Curtir

  41. Carlos Lustosa (@caslusfilho) 05/05/2016 às 18:53 #

    Acho que os fakes das respostas mereciam um post só pra eles.

    Curtir

  42. Martinez Afonso 05/05/2016 às 21:10 #

    TEXTÃO!

    Mas eu ainda to esperando o argumentos Mago! “Depois que essa nuvem negra do livrinho do pokémon passar, você poderia tentar convencer o pessoal que vem aqui, a não comprar nada duvidoso dos camelôs otakus?” Pois em geral são poucos os vendedores com suas barraquinhas que vendem produtos legalizados e com nota fiscal!

    1 E eu com o gênero do ser que postou? ele/a é um ser pensante não?
    2 Ela não adora? ela venera? ou oq?
    3 O conteúdo do post é oq então? É um bom ser que esta realmente tentando fazer das tripas e os corações para impedir o cara? Fazendo ele olhar em volta e parar de ser inocente? E para isso se submeteu a 2 posts com possibilidade de um terceiro ridicularizando todo o fato? E caindo em uma terrível contradição, de infelizmente ser tupiniquim e consumir produtos não licenciados? Ou ignorar o fato como preferir!

    Se o livro sair de fato pela saraiva (o que já disse é uma grande utopia) sem a autorização da detentora dos direitos, esse post faz todo o sentido. Mas até então é uma tentativa frustrada de marmanjões em ridicularizar o cara da fanfic que até tem graça pela inocência, mas a ironia é tremenda que chega parecer que o lance é mais pessoal do que qualquer outra coisa.

    Ano passado tivemos o exemplo do brasileiro que criou um jogo de tabuleiro do pokémon, a pokémon company só enviou um email para ele e pediu para ele parar com o projeto. Simples assim! O menino fala que vai tentar entrar em contato com a mesma para tentar fazer isso sair do papel e é ridicularizado. O máximo que ele pode receber é um grande Não na cara, agora se ele lançar o projeto fora da lei, bom para que se preocupar não é mesmo? A corda já vai estar no pescoço.

    Volto a primeira questão das coisas não licenciadas que por ironia é até citado no post, quando pede para escrever sobre processos da pokémon company. O processo mais recente foi com o maluco que fazia festas a mais de 3 ou 4 anos com o tema pokémon em sua loja (fato que acontece varias vezes pelo mundo até no brasil, com eventos não oficiais de pokémon) porém a festa era a noite envolvia alchool. A festa rolava por anos mas só ai que a pokémon company deu piteco. Pois bem vamos colocar que o processo da pokémon company tenha sido por conta dos posteres e camisetas que eram vendidos no evento da loja do cara! Será que era isso mesmo? Pois se for assim o aviso já esta dado para os criadores de fanfic que almejam criar livrinhos e pros caras dos eventos que insistem em vender itens genéricos de pokémon! De qualquer forma ela é dona do bagulho e faz oq quiser vc vai me dizer! Verdade mas ainda sim é mais honesto e não vejo o pq ser motivo de chacota alguém tentar entrar em contato com a mesma para lançar uma fanfic. Deixem de ser adultos chatos, nem parecem que vivem nesse mundo preto e branco/colorido que é o universo de mangas e animes! Enfim fico por aqui!

    Ahhh enquanto você se preocupa com o livrinho do pokémon dona maria joão, as pelucias da peppa pig estão com tudo nas equinas aqui em são paulo!

    Curtir

  43. Vladimir Almeida 05/05/2016 às 21:21 #

    Sei la, os BR são foda, reclama de tudo, o pessoal esta tentando a fama de qualquer jeito!!! Olha achei um cara que esta fazendo uma Fanfic e vai cobrar, uma matéria para meu blog, foi falar mal dele e ganhar uns fãs, na moral, vc vai comprar?? Acho que não, então para de encher o cara e simplesmente deixa o cara vender, quem compra ótimo para ele, se a Pokemon company vier atrás dele o problema é dele!!! INTEIRAMENTE D-E-L-E, ninguém vai arcar com as consequências além DELE!!! Mas tem sempre aquele BR FDP que quer dizer: “Eu avisei”!!! O cara está correndo atrás de conseguir os direitos e se não conseguir vai da consciência dele lançar ou não!!! Ai vai personalidade DE CADA UM DE NÓS se vai DENUNCIAR ou NÃO!!!

    Curtir

  44. ThePokémonMasterDratini 06/05/2016 às 00:38 #

    Eu só não entendo por que ele continua a tentar com esse projeto. Nele vemos claramente que é uma tentativa falha de lucrar com os direitos da Pokémon Company sabendo muito bem que o público que a Pokémon Company almejava e continua almejando é o infantojuvenil, e portanto tentar criar um universo distópico almejando incentivar a leitura das crianças, com toda essa violência no meio, é óbvio que não vai dar certo.

    Sobre a ideia de “tentar abrir os olhos da Pokémon Company”, eu discordo. Se a Nintendo já parou os serviços por aqui há um tempinho por que, então, lendo uma obra como essa cheia de violência sabendo exatamente que não é isso que eles almejam para o público, eles, por algum tipo de milagre desconhecido, iriam falar “Vamos! Eles estão se importando bastante com a gente com esse mísero livro.” e voltar a trabalhar no Brasil tão assim, repentinamente?

    Como já citei no segundo parágrafo, não haverá nenhuma possibilidade da Nintendo voltar a trabalhar por aqui só por causa desse mísero livro, e por causa disso as chances de haver uma versão em português dos jogos com certeza são de 0%. Além do mais, isso daqui é o Brasil. Poucos, muito poucos têm a chance de comprar um 3DS hoje em dia, e por causa disso que sentido faria fazer uma tradução para a minoria, sendo que essa minoria não é muito composta por crianças e sim jovens e adultos que obviamente não tem filhos para compartilhar o console?

    Não é desprezar o livro, é querer mostrar que isso não vai dar certo e o quanto isso pode prejudicar uma pessoa que poderia simplesmente postar uma história como um .pdf ou simplesmente compartilhar em sites de fanfics, sites ou fórums, se limitando a apenas isso, em vez de querer ir atrás – ATÉ COM ADVOGADA, AGORA! – dos direitos autorais da Pokémon Company sabendo que isso não vai levar a nada. E o mais engraçado de tudo isso é que, no começo, “Ash vs Red” se resumia a somente uma batalha com os Pokémon do Ash (evoluídos) contra os do Red, e por causa do sucesso da fanfic ele acabou querendo fazer disso uma fanfic que ele postava de 2 em 2 anos (só ironizando), e então quis fazer uma enquete para os leitores da PBN (Pokémon Blast News) para votarem se queriam um livro de Xerneas vs Yveltal ou Ash vs Red.

    Infelizmente, tiveram de escolher Ash vs Red.

    E aqui estamos, meus amigos!

    Curtir

  45. Ninguém 06/05/2016 às 07:02 #

    Acredito que nos posts da Mara faltou um detalhe que acabou permitindo com que esse argumento sobre ser “um grupo de jovens fãs imaturos querendo pokemon” prospere: todo esse estratagema do Hal é muito parecido com o aplicado pelo Mineirinhooo anos atrás. Claro que devem existir fãs apoiando o projeto, mas a pessoa por trás da realização dele parece estar pensando mais em ganhar prestígio e dinheiro vendendo essa idéia do “vamos sonhar juntos”.

    Curtir

  46. bob 06/05/2016 às 08:07 #

    A galera defendendo esse cara não está entendendo umas coisas
    A primeira delas
    É q a pokemon company
    NUNCA
    Vai dar os direitos pra ele
    MAS NUNCA MESMO
    A segunda é q
    A chance desse mano tomar um processinho-kun
    É MUITO ALTA
    Se vcs se preocupam com esse cabaço (que na real só quer lucrar msm mas sla querem se iludir ae q se iludam)
    Falem pra ele liberar na net DE GRAÇA pra não acabar SE FODENDO com isso

    Curtir

  47. bob 06/05/2016 às 08:11 #

    A e vladimir
    Vc ta falando sobre quem q vai denunciar
    Eu com ctza denunciaria ele ;)
    pq alguem q reclama de pirataria e faz uma barbeiragem dessas merece e mto uma multa de 15 mil dólares

    Curtir

  48. Lucy Gimenez 06/05/2016 às 11:58 #

    Viu só, se ele tivesse publicado de forma free em algum site do tipo não teria essa polemica toda. Talvez nem o MdOM saberia da existência do mesmo.

    Nesses tempos de crise ele está querendo criar uma imagem de redentor da boa vontade e ganhar uns trocados em cima.

    Migo, melhore isso.

    Curtir

  49. Mago 06/05/2016 às 15:09 #

    Acho que o teor irônico e esculachante do MDOM está muuuuito complexo pra esses infantes entenderem.

    A criatura ali faz um textão achando que comprar um chupe chupe de camelô é a mesma coisa que vender um produto licenciado sem ter permissão.

    “[…] uma simples trolada de uma mulher adulta para com um jovem[..]”
    Foi por essa linha que apontei que a Mara não é “mulher”. Foi uma ilustração textual do fato que os defensores da “verdade e do amor” não entenderam bulhufas da natureza do post, desse blog e da vida real.

    Criaram um juízo de valor sobre tudo porque ficaram mordidos por causa de um esculacho, aí tentam atacar a dona do blog e os que comentam aqui achando que pessoas de bom senso endeusam esses produtos de entretenimento como os próprios fazem.

    O amigo fanfiqueiro colocou a carroça na frente dos bois. Onde já se viu vender a parada e depois licenciar? Se for assim, nem o chupe chupe pirata da Mara é ilegal. Vai que os caras do camelô estão até hoje tentando licenciar os produtos igual o herói da justiça que não é egoísta.

    Curtir

  50. Escroticeiloveyou 06/05/2016 às 15:45 #

    Mago seu desgraçado, para de informar pra quem nao sabe que a Mara é macho porra.
    Isto ajuda na graça e é um east egg pra nós fãs que acompanhamos o trabalho dessa moça que samba na imprensa otaca <3

    Curtir

  51. Ka 06/05/2016 às 17:25 #

    você sabe que a história é boa quando ela tem três níveis de sublinhado: um mais fino, um mais grosso e UM VERMELHO!!!!

    Curtir

  52. Mago 06/05/2016 às 17:44 #

    Hauahauhaua

    Curtir

  53. Ciro Monteiro 06/05/2016 às 21:50 #

    Cara, a Fanfic tem por base ser uma coisa clandestina. Se ela não for clandestina, ela é um spin-off, um versão alternativa da história principal. Ela se baseia na idéia de que ela é um produto de fan, sem compromisso algum. Vender, a que título for, já sai dessa esfera. Se fosse uma paródia, aí tudo bem, muito países entendem que a paródia, ou mesmo a referência a obra em si, não é proibída. Usar os personagem, pelo menos enquanto não prescreve os direitos de cópia, é que é vacilo.

    Curtir

  54. jasque 07/05/2016 às 01:11 #

    Eu tenho uma idéia.

    Ele poderia se juntar ao Kira dos mangás e pedir pra ele ensinar o métodos pros fãs imprimirem a fanfic dele em casa para uso pessoal.

    Curtir

  55. jasque 07/05/2016 às 01:17 #

    Btw tá cheio de Keikos nos comentários.

    Curtir

  56. jasque 09/05/2016 às 00:02 #

    Cade post da bachan zoando o fim do anitube

    Curtir

  57. Martinez Afonso 09/05/2016 às 02:45 #

    Não consigo achar a lógica ainda Mago. Você realmente ignorou tudo oq eu disse e ainda deu nome a produtos não licenciados vendidos aos montes em camelôs como se não fosse nada. Sendo que é extremamente pior, pois é na cara lavada, é quase como ir a boca de fumo e consumir o bagulho uehue! Veja como diminuem algo que é sério, oq impede do criador da fanfic achar que o livro é um mero papel higiênico ou melhor um chupe chupe que vai fazer ele ganhar uma graninha? Se sua linha de pensamento ignora o camelô e fuzila o fanficqueiro então temos um grande problema aqui. Eu entendo que o blog é de humor e já vai ser meu terceiro post, afirmando que vender fanfic sem autorização é errado pra caralho e não concordo com isso. Porém tudo tem seu valor. O problema é que a fanfic abalou a estrutura de um mundo vivido pela autora do blog e isso fica evidente mas é engraçado que ao mesmo tempo ignoram radicalmente todo o universo de pirataria dessas franquias. Se você fizer uma pesquisa rápida vai ver como a pokémon company, tenta lidar com esse universo pirata e principalmente a china que ironicamente é quem produz 90% dos seus produtos, uma fanfic é o menor dos problemas dela, pois é alvo único, o processinho kun como vocês dizem por aqui é fato. Porém apontar o dedo no fanfiqueiro e continuar comprando produtos falsos nao faz o menor sentido, vc pode colocar as ironias que for em seu post é tão errado quanto. Acredito que você saiba disso, por traz dos trajes do maguinho! Enfim esse post morreu mas foi bacana trocar ideia com vcs, mesmo que seja uma bagunça, já vou pedindo desculpas pq o post é pelo cel, e nem fudendo vo editar ele então mals pelos erros! flw pessoal

    Curtir

  58. Alberman 11/05/2016 às 14:13 #

    “Nada impede que você faça uma história ~madura~ de um desenho de bichinhos que lutam porque a forma como a história é oficialmente constrange sua adultice” EU TE AMO JDSKLDJKSLDJKSLJDKSLDJSLDJS

    Curtir

  59. Ka 11/05/2016 às 16:11 #

    não vejo tantos comentários assim desde a despedida do MdOM

    Curtir

  60. Leandro Peixoto de Melo 13/05/2016 às 20:06 #

    Na Poké Blast News o Hal respondeu para alguém falando sobre o risco de processo: “[…]não se preocupem com direitos autorais, cara, muito em breve receberemos a carta escrita da PC autorizando a veiculação da obra. […] Então sosseguem aí, que tá tudo sob controle.” hauhauuahuha Mas é assim mesmo que as coisas funcionam?

    Curtir

  61. Ciro Monteiro 14/05/2016 às 01:42 #

    Cara, a idéia do fanfic é algo que não se vende. Se ele é vendido, só tem duas opções pra ele: ou ele é material licenciado, ou é pirata. Ironias a parte a vários conselhos no post e no comentário e de vários possíveis soluções para fazer uma fanfic de verdade, sem comercialização de nenhum tipo, ou simplesmente de fazer um material diferente, pegando o conceito elaborado no fanfic, sem trazer os personagens licenciados para a história. Mas aí, o cara ignora a sensatez, e ainda encontra gente que estimule. Espero pro próprio bem dele que seja só fogo de palha e ele nem leve isso pra frente. E também que use sua energia em coisas mais produtivas.

    Curtir

  62. Blue 10/09/2016 às 00:27 #

    Tradução: barraaaaaaaacooooo

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: