Os Bastidores do Lançamento de One-Punch Man

20 mar

Todos os anos, a rede Globo gasta milhões de reais com os direitos de transmissão do Carnaval paulista e carioca, assim uma das festas culturais mais importantes do país acaba virando apenas Fátima Bernardes e Chico Pinheiro falando merda sobre assuntos que eles não dominam. Ao mesmo tempo, só que por um custo de um Guaracamp e uma coxinha mordida, a RedeTV faz a melhor cobertura carnavalesca, botando Nelson Rubens para comandar um grupo de ex-bbbs gostosas mostrando os bastidores do carnaval. E por que estou contando essa história no Mais de Oito Mil em vez do meu novo site televisivo, o Coisas de TV? Bem, porque faz parte do assunto…

Hoje rolou o lançamento de One-Punch Man numa badalada livraria de São Paulo com a presença de toda a imprensa especializada (pff). Teve distribuição se pôsteres, palestra de Beth Kodama, Bruno Zago e Levi Trindade, lotação de otakus, cheiro de salgadinho vencido, anúncio de mangás, alfinetadas na concorrência e muita coisa clichê de eventos do gênero. Provavelmente você já leu sobre tudo isso no Jbox, Chuva de Nanquim, Gyabbo e até mesmo naquele site lá que me censurou uma vez, então o que eu poderia acrescentar de novo? Falar das indiretas à concorrência? Mas isso já está batido! Comentar que o maior receio de Beth Kodama é com a Dilma? Isso seria sensacionalismo barato. E se eu fizesse o meme do trote de Beth com a Beth Kodama?

trote-da-beth

Até ficou legalzinho, mas minha terapeuta diz que eu preciso sair da zona de conforto, então a melhor saída é redetvlizar e mostrar o que ninguém mais mostra, os bastidores deste grande evento da Panini! Tirei algumas fotos com meu tablet da Galinha Pintadinha e mostrarei para vocês leitores que ou não puderam estar presentes ou (melhor) preferiram não ir nesse encontro que transbordou em lotação e virgindade. IKIMASU!!!

lancamento-one-punch-01

Estão vendo essa grande aglomeração de pessoas que mais parece cena de filme de apocalipse zumbi? Então, é o que damos de cara quando chegamos na palestra após 5 minutos do começo. O local já estava todo tomado por essas criaturas cheias de mochilas e que fazem qualquer coisa por um poster, um marcador de página ou um prato de yakisoba.

Por ter ido correndo ao evento, obviamente cheguei mais suada que os personagens de Velho Chico, aí fiquei um tempo ao lado de dois kareshis:

lancamento-one-punch-02

lancamento-one-punch-03

Sim, meus kareshis são o DVD do show do Adam Levine e um ar condicionado portátil que equilibrou minha temperatura corporal a valores aceitos na CNTP. Recuperada, voltei à palestra e acompanhei com vergonha os urros quase sexuais dos otakus toda vez que Beth anunciava um título de nome estranho. No fim, eles anunciaram essas capas aí embaixo e o lançamento exclusivo de uma linha de bolas de vôlei aproveitando a olimpíada no Burajiru. Só não digo que a editora deu uma bola dentro porque, como aprendi em Haikyuu, pontuação no vôlei não é quando se enfia uma bola dentro.

lancamento-one-punch-04

Mas e o que acontece no after? O que rola depois que o Jbox e o Gyabbo encerram suas coberturas? É justamente isso que quero mostrar. O público sai do evento como se a área do palco fosse um Xbox 360 prestes a explodir por superaquecimento, restando apenas a imprensa especializada (pff) e uma parte do público com um mesmo objetivo em comum: alugar o editor responsável, no caso Beth Kodama.

lancamento-one-punch-05

Ela se vê cercada de criaturas sem vida social cujo único prazer no final de semana é incomodar um editor pedindo fotos, Jojo no Burajiru ou apenas pra ver se ela pode liberar o banner do cenário.

Após tudo isso, a imprensa especializada (pff) realiza uma reunião da panelinha e sai para comemorar a cobertura bem feita indo para o bar mais próximo. Para fins jornalísticos, me infiltrei no grupo de blogueiros na intenção de descobrir o que bebem, do que se alimentam e se em locais normais eles se comportam de maneira menos vexatória.

lancamento-one-punch-06

Observe como eles estão tão à vontade no bar escolhido que nem perceberam o meu tablet azul registrando tudo em fotos com baixíssima definição. Pois é, pelo visto a imprensa especializada (pff) são pessoas como todos nós, que vão para o bar após um dia de trabalho e querem apenas beber uma cerveja pra falar mal dos outros, certo?

ERRADO!!!

Porque com a exceção de Judeu Ateu (nosso muso colírio de 2015 eleito por voto indireto) e Lucas mascote do Jbox que tomaram uma cerveja, todo o resto da Imprensa Especializada (pff) saciou a sede com bebidas encontradas em reuniões de virgens (como em festa de criança ou encontro de jogadores de card games). Observem a quantidade de embalagens de coca-cola e de garrafas de água encontradas nessa foto tirada com minha habilidade ninja:

lancamento-one-punch-07

Assim terminou minha aventura e segui meu caminho até um bar com meus tomodachis que bebem coisas alcoólicas e falam sobre piroca. Voltamos aqui no dia 9 de abril para a cobertura de mais um evento, o esperado Henshin +!

Aliás, o que aconteceu afinal com a Beth enquanto toda a imprensa curtia uma bebida cheia de gás?

lancamento-one-punch-08

14 Respostas to “Os Bastidores do Lançamento de One-Punch Man”

  1. Henrique Picanço 20/03/2016 às 02:35 #

    No dia que eu puder cobrir um evento desses, e olha que isso vai demorar, vou fazer o possível para não cair nos clichês.

    E isso quer dizer que eu vou abusar mais do que o normal dos clichês.

    Não dá para fugir a regra.

    Henrique Picanço
    https://codekeikaku.wordpress.com

    Curtir

  2. Willeman 20/03/2016 às 06:08 #

    HAHAHAHAHA… Descobri que otaku de blog que bebe cerveja é entre 1/10.

    Curtir

  3. Vlad Schüler (@vladschuler) 20/03/2016 às 07:07 #

    Não que eu esteja defendendo ninguém, mas tenhamos em mente que cerveja brasileira ou é cara ou é uma merda – na maioria das vezes vale mais à pena beber um refrigerante ou água mesmo…

    Curtir

  4. Otaku Doente 20/03/2016 às 09:23 #

    O parceiro ideal pra Mara é o J. M. Trevisan ^^

    Curtir

  5. Gabriel 20/03/2016 às 14:41 #

    Mas Mara, sua gorda bêbada, qual o problema de não beber? Me senti pessoalmente atacado por meu hábito de não beber ser associado a blogueiros otakus.

    Curtir

  6. ALBN 20/03/2016 às 15:26 #

    O muso Judeu Ateu de perfil de óculos vermelhos é de deixar qualquer um ereto e molhado.

    Curtir

  7. a 20/03/2016 às 16:08 #

    Inesperadamente vejo a Joltjolteon num post da Mais de Oito Mil

    Curtir

  8. Jasque 20/03/2016 às 17:00 #

    Que lançamento era esse sem cosplayers de inuyasha e bleach

    Curtir

  9. Ninguém 21/03/2016 às 11:44 #

    A Mara não percebeu que beber depois de encontros é coisa de petista, para ajudar na doutrinação, e essa juventude coxinha pau no c* não sabe o que é isso.

    Curtir

  10. Otaku Doente 21/03/2016 às 21:56 #

    Próxima saga de Digimon confirmado

    Curtir

  11. Tsuss 21/03/2016 às 23:50 #

    Acabei de descobrir que o Judeu Ateu é bi. Tô chocado!

    Curtir

  12. riickss 23/03/2016 às 09:00 #

    “O parceiro ideal pra Mara é o J. M. Trevisan ^^”

    Nem sei se foi irônico, mas definitivamente, não.

    Curtir

  13. Lucas Violim 25/03/2016 às 20:59 #

    É Alameda Yaya, viado careca…. é aqui em Guarulhos! hauahua
    Eis o local!
    https://goo.gl/maps/wEpCNSzJKJz

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: