Eles não estão tão a fim de você

8 out

Conversa nos corredores da Flashstar:

– Os desenhos japoneses que lançamos floparam mais que a carreira da Claudia Leitte, o que faremos para vender essas merdas que compramos?

– Não sei, cara. E pegamos umas coisas bizarras tipo esse Yu-Gi-Oh 5D’s. Por que compramos isso mesmo?

– Ah, cara. Meu filho é amarradão naquele 3DS, aí pensei que 5D’s era 2DS a mais então faria mais sucesso.

– Que burrice a sua, cara! Mas eu tive uma ideia para fazer esse negócio vender!

Depois desse diálogo real, revelado ao Mais de Oito Mil através de uma fonte confiável de dentro da Flashtar que preferiu não se identificar, vamos ver o que deu no Jbox:

YUGI5DS01

Sugoi! Temos de dar o braço a torcer e dar os parabéns para a Flashstar por oferecer um anime a um preço tão bacaninha desses. Está mais ou menos metade do preço de um Box de série americana, e contendo TAMBÉM METADE dos episódios. Ou seja, o preço tá competitivo para o mercado.

Infelizmente, para a Flashstar, sei de dois tipos de pessoas que não vão comprar esse DVD. Um deles é o meu tipo, porque embora tenha achado a iniciativa louvável, Yu-Gi-Oh está abaixo da minha idade mental e eu prefiro gastar meu tempo com coisas mais úteis, como as reportagens do Bem Estar.

E o outro tipo são os otakus, o tal público alvo, porque mesmo com a queda do preço eles conseguem tirar do cu outras desculpas para não gastar dinheiro com produtos oficiais:

YUGI5DS02

Tudo_mimimi.jpeg

21 Respostas to “Eles não estão tão a fim de você”

  1. Apo 08/10/2013 às 11:34 #

    Eu iria nesses Dvds, mas tô mais tentando em pegar os do Digimon Data Squad os quais apareceu um encalhe misterioso em uma loja do centro do Rio de Janeiro.

    Curtir

  2. Bruno Gutierres 08/10/2013 às 11:55 #

    Eu já assisti os primeiros episódios desse Yu-Gi-Oh e posso falar, ele é bem mais maduro do que os outros. Apesar de ser o YGO de sempre com um marketing por trás, possui uma história boa e o pessoal que gosta diz ser a melhor saga da série. Acho que mesmo pra quem não curte muito vale a pena, tanto pela iniciativa quanto pelo produto.

    P.S.: Pio é o povo do print falando de censura kkkkk vão censurar o que? Os cara andando de moto?

    Curtir

  3. Eu atesto 5’d é bom mesmo. E já que sou EU que estou dizendo, é verdade absoluta. Claro que eu me refiro a versão não-editada…

    E essas opiniões dos leitores otaCÚs do JBox são sempre de estourar as células do fígado…é o tipo de moleque câncer HUEHUEHUEBRBR que fode 11 em cada 10 partidas de League of Legends que jogo sem um time feito. É tipo os do Melhores do Mundo, só que os do JBox não tem graça.

    Curtir

  4. Cleiton (@CourageNFaith) 08/10/2013 às 13:57 #

    Ri demais das tags! XD

    Me parece interessante essa oferta, mas como eu tô numa resenha do caramba pra acompanhar animes… Sei lá. :/

    Só espero que os comentários não virem aquela loucura que foi do “Ataque dos Titãs” e não tenha aquele mimimi hipócrita daquela dupla de ‘filósofos’ e ‘pensadores’ do post “JBC vai lancer um novo mangá de zumbis *bocejo*”

    Curtir

  5. Kojiro 08/10/2013 às 14:03 #

    Só consigo pensar em uam coisa ao ler Yu Gi Oh 5D’s http://www.youtube.com/watch?v=f8QE7zAK7e4

    Curtir

  6. Geyson Freitas 08/10/2013 às 14:46 #

    Sei lá, eu acho que a FlashStar deveria é ficar antenada na internet, caso queiram continuar no “mercado de animes” e tentar trazer títulos que estão virando sucesso, dá sim pra trazer sem muito delay, afinal LC veio rapidinho (a primeira temporada), foi só eles saberem que envolvia o nome Saint Seiya e correram atrás, porque não fazer o mesmo com outros títulos, como por exemplo agora Shingeki no Kyojin, Fate Zero, entre outros, ver quais são os animes que estão se destacando na internet, correr atrás dos direitos e lançar o material focado em nicho mesmo, como ela faz com os tokusatsus, sem dividir em infinitos volumes e com algum extra, acho melhor do que ficar fazendo lançamentos aleatórios de coisas que meia dúzia de pessoas conhecem/conheceram. No caso de Yu Gi Oh!, a série clássica até tem algum apelo do público, mas 5D’s? E a FlashStar já não tentou lançar o GX e parou no meio do caminho também?

    Curtir

  7. apocaliptico2 08/10/2013 às 15:24 #

    Vai virar Dvd de prateleira de Supermercado. Aliás GX estava sendo vendido assim em volumes avulsos por aqui.

    Curtir

  8. flavio 08/10/2013 às 18:28 #

    Não vou comprar porque não tem o título e as resenhas em japones, estragando totalmente o conteúdo rico que ele tinha.

    Vou baixar num fansub em RMVB e colocar no dvd pra ver na sala comendo pipoca doce.

    Curtir

  9. RocketWobbuffet 08/10/2013 às 18:32 #

    Affe, em véz de lançar Yugiho diviam lançar *insira nome aqui* eu teinho varioz amigos que gostão, ia vender muinto.

    Curtir

  10. André GS 08/10/2013 às 19:16 #

    Geeente to pasmo! Nem sabia que esse anime vinha pro Brasil… Pra ver como é um título expressivo…

    Curtir

  11. Misaka 08/10/2013 às 21:09 #

    E aí Mara, não vai falar do anime de Sailor Moon sendo exibido na TV Diário (sim, isso existe)?

    Curtir

  12. Noir fleurir 08/10/2013 às 22:14 #

    Não entendo por que se autointitula um blog de humor, visto que não há nada engraçado, somente uma pessoa que acha que zombar da opinião de outras é engraçado.
    Sério que você acha que todo mundo tem que comprar só por ser oficial? Nem você mesma vai comprar, não tem por que tentar constranger outros que não vão, por um motivo ou por outro.

    Curtir

  13. Garbage 09/10/2013 às 00:00 #

    Jogos de cartas em motocicletas!

    A graça da coisa é que a otakuzada pede lançamentos oficiais, mas depois não quer comprar.. (tipo certo ataque dos chiliques que teve por aí)

    Curtir

  14. Nekomimi 09/10/2013 às 01:37 #

    Vou contar a vocês uma história sobre uma certa distribuidora de vídeos que surgiu na década de 1980, com a proposta de distribuir animes, entre outras produções, E DO PORQUÊ O BRASIL NÃO TER, ATÉ HOJE, UM MERCADO DE ANIMES DIGNO DE NOME.
    Havia uma distribuidora de vídeos que surgiu na segunda metade dos anos 1980. Era a atualmente extinta Everest Vídeo, uma distribuidora de vídeos que antes lançava no nascente mercado de home video brasileiro títulos de produções americanas “alternativas”(leia-se piratas, já que foram lançados sem o conhecimento dos detentores dos direitos dos filmes).
    Depois que o mercado começou a ser legalizado e regulamentado (e as distribuidoras e locadoras de vídeo, portanto, tiveram que se adequar, só comercializando e alugando fitas VHS legalizadas, com selo da Concine e tudo), a Everest Vídeo passou a negociar títulos de vídeos japoneses.
    Entre esses títulos, estavam séries de animes para o público infanto-juvenil e adolescente, além de séries live-actions (tokusatsu/super sentai).
    Só para terem uma idéia, eis uma lista dos títulos de animes lançados na época pela Everest Vídeo:
    Comando Dolbuck/Super Armored Dorvack(série);
    Vampire Hunter D;
    Leda/Genmu Senki Leda:
    Goshogun – Étrangér des Heures;
    Turma do Barulho/Urusei Yatsura;
    Sonhos Molhados/Cream Lemon(série hentai).
    Em 1987, a Everest lançou a primeira série de animes eróticos só para adultos (a antologia hentai conhecida com Cream Lemon), rebatizada como “Sonhos Molhados”.(título que foi escolhido após concurso entre leitores de uma revista de vídeo da época, a Vídeo News.
    Foram lançados, ao todo, 15 episódios da primeira fase da referida antologia (faltaram 4 episódios, sendo que um era a conclusão de uma trilogia intitulada “Sonata Proibida”, outro era um especial que mostrava cenas da primeira fase, outro era um OVA da minissérie Ami, minissérie essa que faz parte da antologia, outro era o movie da Ami (uma versão para cinema, sem cenas explícitas, visando um público mais amplo. Essa minissérie se tornou muito popular, daí o porquê do movie) e o último da primeira fase era um especial com cenas da minissérie Ami e da trilogia Escalation, ou “Sonata Proibida”, como foi rebatizada pela distribuidora brasileira.
    Depois disso, a Everest Vídeo não lançou mais nenhum outro episódio da série. PIOR: NÃO LANÇOU MAIS NENHUM ANIME, NEM MESMO AS SÉRIES PARA O PÚBLICO ADOLESCENTE (eles chegaram a lançar os primeiros 4 episódios da famosa série Urusei Yatsura, rebatizada como “Turma do Barulho”, mas só isso).
    O motivo do súbito desinteresse da distribuidora pelos animes é que a empresa PASSOU A INVESTIR APENAS EM SÉRIES LIVE-ACTIONS / SUPER SENTAIS / TOKUSATSUS, e isso acabou, no final, sendo A CAUSA DA FALÊNCIA DA EVEREST, devido às mudanças no mercado de home vídeo.
    Hoje, ninguém (ou quase ninguém) se lembra mais da ex-distribuidora de vídeo que poderia ter consolidado o mercado de animes no Brasil, MAS QUE PREFERIU O LUCRO FÁCIL E RÁPIDO QUE OS LIVE-ACTIONS PROPORCIONAVAM NA ÉPOCA.
    Resumindo: ao concentrar as suas fichas em apenas um gênero, ao invés de diversificar, a Everest fez UMA APOSTA ERRADA QUE PRATICAMENTE A LEVOU À QUEBRADEIRA (E, COM ISSO, MATOU O NASCENTE MERCADO DE ANIMES NO BRASIL).
    Como vocês podem ver, hoje o chamado “mercado de animes” no Brasil NÃO EXISTE por causa de DECISÕES ERRADAS dos donos das empresas que poderiam ter investido seriamente nele, MAS QUE POR MOTIVOS VARIADOS, NÃO O FIZERAM OU FIZERAM NO INÍCIO, MAS SE DESVIARAM POR CAUSA DE IMEDIATISMOS, SEM PENSAR NO MÉDIO E LONGO PRAZO.
    E é por isso que a situação dos animes no Brasil está como está hoje. Infelizmente.

    Curtir

  15. Perla Castelo Branco 09/10/2013 às 06:00 #

    Qdo otaku compra, fh pq n pensa; qdo n compra, eh pq fica de mimimi.
    Otaku nunca ganha aki nesse blog, soh hate.

    Curtir

  16. Apo 09/10/2013 às 09:01 #

    Não tem acompanhado o último post.

    Curtir

  17. Cleiton (@CourageNFaith) 10/10/2013 às 14:23 #

    Interessante a história do post do Nekomimi, o que explica o porquê da ‘decadência’ do mercado de animes do Brasil, o que coincide c/ um vídeo que eu vi do porquê o Sega Saturn ter sido um fracasso de vendas no Ocidente e um sucesso no Oriente: má administração, ganância e diversos desentendimentos entre os grupos ocidental e oriental da SEGA. Sem contar que puseram o dinheiro antes do trabalho.

    Vídeo em questão – http://www.youtube.com/watch?v=Tqx9Liby_uU

    E hoje, literalmente, o mercado de animes pode ser comparado a um dos últimos lançamentos da JBC (Mangá of The Dead): está mais pra lá do que pra cá.

    E espero que os ‘filósofos’ hipócritas do site tenham lido este post do Neko: GreatOnizuka, Geyson Freitas e Noir fleurir, que ao invés de não perderem seu ‘precioso tempo’ nesse site ‘esdrúxulo’, preferem comentar no site que tanto desprezam, achando que vai mudar alguma coisa.

    Ô pensadores de bar de esquina, hein ?

    Curtir

  18. Noir fleurir 10/10/2013 às 15:26 #

    Amigo Cleiton, eu comentei no site porque é direito meu criticar o que acho errado. Não é que eu ache que ele vá mudar, mas achei por bem comentar e não me lembro de ter ofendido ninguém. Em minha opinião, a blogueira foi injusta, sim, com as pessoas que comentaram no site em questão e ainda colocou aqui a imagem para serem malhadas pelas outras pessoas que a leem. E fez tudo isso ainda tendo dito que não vai comprar, com uma desculpa mais arrogante ainda.
    Você não precisa vir aqui tão cheio de raiva ofender as pessoas que discordaram de quem você tão cegamente segue, afinal a liberdade existe pra isso mesmo.

    Curtir

  19. Fire 10/10/2013 às 19:43 #

    Vou copiar o meu comentário no Yu-Gi-Oh Nexus, ele diz tudo que penso sobre o assunto:

    “” Eu estava torcendo pela iniciativa, mas infelizmente fizeram cagada novamente.

    Yu-Gi-Oh é uma marca muito fraca atualmente no Brasil (eu digo no sentido de “série para o publico geral”), então quem iria comprar o box seria fãns/duelistas ou então quem já conhece e quer apresentar o conceito para novos jogadores.
    Estão tratando a série como “um anime comum”, muito diferente de como o Japão trata (ou seja, como a apresentação do carro chefe, as cartinhas).

    Junte isso ao fato de que pegaram a versão 4Kids (que foi um verdadeiro fracasso nos EUA, e um dos grandes responsáveis pela falência da empresa, ao lado de One Piece), e estão lançando apenas em DVD ao invés também lançar um versão BD, temos um desastre anunciado igual aconteceu com Lost Canvas e Sailor Moon.

    E eu nem falo mais na questão de propaganda, tenho certeza que não vão fazer propaganda e nem o box virá com cartas promo Jump.
    Alias uma boa jogada seria a box vir com os Starter decks 2009 e 2010, isso seria possível fazendo um acordo com a Devir (não precisa ser a versão pt/br, basta mandar os decks que estiverem disponíveis no estoque), e seria uma baita propaganda.

    Enfim, mercado brasileiro mais uma vez decepciona. Parece que apenas as editoras de mangá estão aprendendo com os erros. “”

    Só quero adicionar que este tipo de anime é feito para vender o produto do carro chefe, ele é sim anime comercial. Apesar 5Ds ser uma serie muito boa, a melhor temporada até hoje, ele nunca deixou de ser um anime comercial. Por conta disso que o rolo todo com a 4kids aconteceu, a versão deles destruiu completamente o conceito do anime, obrigando a Konami a tirar a marca (igual a Nintendo fez com Pokémon). O anime é para vender o produto, se a empresa que vincula o anime não sabe vender, o anime perde a razão de existir. Da mesma forma que aconteceu com Bayblade, Medabots, Bakugan e aconteceria com Vanguard, sem produto não existe “anime”.
    Eu garanto e boto meu Dreamcast no fogo, como a FlashStar não avisou a Devir de que ia lançar essa porra, não criando assim uma campanha de marketing coordenado.

    É trágico, mas é verdade. Só estou vendo as editoras aprendendo com os erros e tentando melhorar. Vender criando nichos e pensando em nichos, não dá certo.

    Curtir

  20. Apo 11/10/2013 às 09:05 #

    Beyblade pelo menos a Hasbro consegue vender os piõezinhos. Agora Yu-Gi-Oh…

    Curtir

  21. Luiz 29/11/2013 às 12:53 #

    eu sai em um print! uhhuuuu, tô famoso!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: