Existe vida inteligente… e ela não está nas grandes empresas

1 out

Ao contrário do Leonardo Kitsune, que sempre twitta “tenho que lembrar de não ler comentários” quando lê algum ~absurdo~ nos comentários dos blogs sobre a JBC, eu adoro ler a parte de baixo dos posts para ver a fauna que lá habita. Apenas vejo, porque eu acho que se tenho algo para falar eu preciso fazer nos posts, não nos comentários para meia dúzia de gente…

Mas por que estou fazendo esse post, além de ser uma desculpa para tirar a teia de aranha daqui e começar outubro com o pé direito? Tudo começou com a seguinte notinha do Jbox, escrita pela Fabíola Reipert dos otakus:

ultranetflix01

Eu ia fazer um post engraçadinho sobre com o mercado de coisas da Grande Nação Japonesa tá triste porque o que temos de notinha é o lançamento de Ultraman no Netflix (pelo menos é melhor que aquele ABSURDO chamado Super Campeões. E é absurdo porque está em espanhol, então não temos a oportunidade de ouvir a melhor dubladora do mundo, a da Yayayayayoi Aoba).

Porém, me surpreendi com um comentário interessante:

ultranetflix02

Olha, quando um comentarista de site otaku tem mais ideias que as pessoas da sua distribuidora, acho que é hora de fechar as portas.

Não sei o tipo de negociação necessária para isso ou as dificuldades/interesses das partes, mas aparentemente parece uma ideia boa e viável. Só lembrar que a Flashtar colocou Lost Canvas lá e deu um boom.

E que se dane se pagarem pouco, vai pagar mais que lançamentos frustrados em DVD ou como tapa-buracos das emissoras.

11 Respostas to “Existe vida inteligente… e ela não está nas grandes empresas”

  1. tiocloud 01/10/2013 às 11:22 #

    Só gostaria de lembrá-los que a Angelotti Licensing apenas licencia produtos, não tem poder pra negociar as séries. Essas pertencem à Toei, que faz as vendas por conta própria. Diferente de Lost Canvas, em que a FlashStar tem os direitos do anime e passou a bola pra Sato vender (por isso foi parar no Netflix). =D

    Curtir

  2. Agronopolos 01/10/2013 às 11:42 #

    Verdade tio Cloud

    Mas esse comentário não é só para o Angelotti. É para TODAS as empresas.
    Afinal se não consegue por um meio de comunicação (neste caso a TV Aberta) tem que direcionar para outro que pode se interessar
    Lembre-se: Dragon Ball Z Só veio a passar na TV Aberta por causa que a Cartoon Network passou e os fãs amaram

    Curtir

  3. Kitsune das putarias 01/10/2013 às 14:20 #

    Esse blog ainda não morreu?

    Curtir

  4. Jotaro da vida real 01/10/2013 às 14:40 #

    o Leonardo Kitsune parou com essa mania, Mara, acho que o Cassius deve ter dado uma comida de rabo nele, pq tava queimando o filme da editora…

    Curtir

  5. Cleiton (@CourageNFaith) 01/10/2013 às 14:46 #

    “TV aberta ou por assinatura não tem mais interesse nesse tipo de produto, infelizemente.”

    Ainda bem, pois se é pra exibirem os animes retalhados, cortados e porcamente dublados (vide o fuzuê que deu o caso ‘Blue Dragon’ no SBT) melhor que não se interessem mesmo.

    Melhor mesmo que passe nos ‘Netflix’ da vida e/ou nos chamados ‘streams'(Crunchyroll, por exemplo). Assim, não tem censura e não tem MPs que venham ameaçar a transmissão.

    Nem mesmo fanáticos religiosos vão tentar meter o bedelho, né, Lovejoy ?

    PS.: E já peço desculpas de antemão se eu falei alguma bobagem.

    Curtir

  6. Mr. CilioF 01/10/2013 às 15:52 #

    Eu ri demais do post, na vdd eu rio do blog inteiro… continue assim… te amo Mara!

    Curtir

  7. Dudunaweb 01/10/2013 às 16:00 #

    Fabíola Reipert??????? =((((((( Eu sou a Keila Gimenez dos otakus, Mara! hahahahaah

    Curtir

  8. Hud (@010190) 01/10/2013 às 16:09 #

    A história de amor da Mara com o Kitsune chegou ao fim? Quero detalhes.

    Curtir

  9. Apo 01/10/2013 às 16:09 #

    Finalmente alguém conseguindo acertar nesse mercado.

    Como dizia Chico Buarque: “Ás vezes é preciso tomar na cara, para ver que está sambando errado”. Ou algo assim em uma de suas músicas.

    Curtir

  10. flavio 01/10/2013 às 18:27 #

    Òtima ideia. Melhor que não custa caro, ajuda a divulgar, e não mantém alguns famigerados Fansubber metidos a distribuidores oficiais. Quem lembra do dattebayo e sua marra, na era da febre naruto?

    Curtir

  11. Leonardo Kitsune (@LeoKitsune) 02/10/2013 às 17:14 #

    ACHO que pode ter a ver com isso aqui: http://en.wikipedia.org/wiki/Daisuki_(website)

    Já existe um serviço de streaming da Toei (com a Aniplex, Sunrise, TMS Entertainment, Nihon Ad Systems, e Dentsu). É possível q eles queiram expandir ESSE serviço internacionalmente (inclusive alguns animês desses estúdios já foram tirados do Crunchyroll, como foi o caso do Gundam AGE), e por isso não tem, AINDA, essas obras disponíveis pro Brasil.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: