Se a JBC pode republicar Guerreiras Mágicas de Rayearth, eu também posso!

12 set

Semana passada, a JBC deixou os 18 espectadores de seus vídeos animados com o anúncio de um novo mangá esta semana. Você, que é otaku há um tempinho, já deve saber o que isso quer dizer, né? Centenas e centenas de otacos sugerindo mangás e inundando de expectativas uma editora que em pleno 2013 ressuscita os Combo Rangers. E ainda seria um novo mangá SHOUJO, colocando nessa lista de pessoas ansiosas nossa amiga Valéria Fernandes, sempre tão antenada no assunto que parece ter assinado no Google para receber um email toda vez que a expressão “mangá shoujo” aparece na internet brasileira.

naovoltarayearth01

Aí chegou o dia de ontem e Cássius Medauar, o editor da JBC, e anunciou…. Guerreiras Mágicas de Rayearth. Uma edição especial e de luxo (porque a anterior era de lixo, convenhamos). Claro que os otakus caíram matando o editor dizendo que ele não ouvia o público (o que é óbvio, porque o Seiya arrancou uma orelha dele) e que esperavam algo novo, e não u mrelançamento.

Enquanto toda a blogosfera fez seus posts longuíssimos sobre a republicação de um mangá da JBC, eu farei DIFERENTE. Pela primeira vez na blogosfera especializada, um blog fará como a JBC e REPUBLICARÁ UM POST em edição especial e revisada!

IKIMASU ver o que eu falei no dia 24 de MARÇO de 2013 sobre o relançamento de Love Hina e Death Note:

naovoltarayearth02

CHOCADA que eu já tinha feito a piada sobre a orelha do Cássius antes.

Sabem como é, uma coisa esquecida sempre pode ser pintada de novidade.

35 Respostas to “Se a JBC pode republicar Guerreiras Mágicas de Rayearth, eu também posso!”

  1. midori 12/09/2013 às 00:28 #

    *aplaudindo de pé*

    JBC tá dando cada tiro no pé que dá pena. E eu tenho mais pena de quem acha que relançamento é bacana e bonito e o diabo a quatro quando o treco custa um absurdo.

    Curtir

  2. Asevedo 12/09/2013 às 00:41 #

    Mara fica a sugestão de pauta, para não ter que sair requentando post, um glossário dos termos que editoras usam.
    Tem como fazer um dicionário com essas definições novas, de Edição de luxo, novo lançamento etc. e tal.

    Curtir

  3. @ColaresMaira 12/09/2013 às 00:43 #

    Sério, Rayearth tá de volta e o pessoal reclama? Pois eu to indo pra banca!

    Curtir

  4. Fernando 12/09/2013 às 00:59 #

    Winner, depois dessa pode fechar o blog com chave de ouro!!! (exclamações CdZs) Daqui uns anos vc republica blog com piadas requentadas.

    Curtir

  5. Agronopolos 12/09/2013 às 01:02 #

    Só quero ver como será essa “Edição especial”
    Já há poucos motivos para compra-la
    (afinal tenho a edição em japonês e a antiga e tosca em português, só teria motivo se ela colocar tudo que saiu colorido lá no Japão seria um bom motivo de compra-la)

    Curtir

  6. Miguxo24 12/09/2013 às 05:05 #

    Já já seu queridinho Kitsune vem tentar defender esse relançamento uó. Baita propaganda enganosa da JBC ridícula

    Curtir

  7. micheloliveira 12/09/2013 às 05:52 #

    Deixa de ser ranzinza, Mara, que eu tenho certeza que você adorava assistir isso no SBT sábado de manhã. Eu gostava…

    Curtir

  8. Priscila 12/09/2013 às 09:24 #

    Fiquei com cara de tacho, qnd vê qual seria o “Lançamento”. pelo amor de Deus, falasse antes que ia ser relançamento, em vez de iludir eu e os amantes de shoujo, dizendo que ia ser lançamento. o que me deixo chatiada foi isso, não o fato de trazer de volta guerreiras mágicas.

    Curtir

  9. chronadsi 12/09/2013 às 09:48 #

    Perfeito! *aplaudindo de pé*
    Estava jurando e fazendo apostas crente de que seria um lançamento tão inesperado quanto a forma como anunciaram que seria shoujo. Achei até que seria Ao Haru Ride mas… eles devem ter um pacto com Clamp, algo ao estilo mafia.

    Curtir

  10. Apo 12/09/2013 às 10:20 #

    Nem comento mais nada desse mercado nacional de mangás maravilhoso do Burajiru. Imagino que esses títulos lançados a rodo estejam com excelentes vendas, ou vão fazer parte da lista dos cancelamentos junto com Futari H. No aguardo dos especialistas falando do maravilhoso mercado de mangás que é igual a roupa do rei que só os inteligentes podem ver, até que alguém grita: O Rei está nú!

    Curtir

  11. Zélão 12/09/2013 às 10:32 #

    é a CRISE DOS RELANÇAMENTOS!!!!!

    Curtir

  12. Luciano von F. 12/09/2013 às 10:37 #

    Compro Rurouni Rekenshin® e Death Note e são os únicos mangás da JBC que estou colecionando então não sou contra os requentamentos, e se sair mais alguma coisa do Masakazu Katsura (Video Girl) eu também compro ;P mas só viver disso será um problema. Se a crítica do post era sobre os requentamentos em geral acho que a galera aqui do blog também não entendeu porque só estão criticando o título em si, logo quase ninguém é contra requentar mangás velhos, logo Mara não tem aliados. Fim.

    Curtir

  13. Nany 12/09/2013 às 11:09 #

    Ah ,eu gostaria que relançassem “Video Girl Ai” . Amo este mangá e na epoca em que lançaram (2002),tava na facul,nem podia comprar! (pobre é uma merda!). Se fosse uma especie de “edição de colecionador”,nao vejo mal algum ate pq,muitos mangas que foram lançados há muitos anos atras,nem sao mais encontrados online. Mas somente ediçoes antigas mesmo. ^^

    Curtir

  14. O Problema ,nao eh republicar, o problema eh escolher melhor o q republicar , como YuYu, InuYacha..por ai vai.

    Curtir

  15. basilisk 12/09/2013 às 11:38 #

    Eu realmente fiquei decepcionada, o fato de prometerem um lançamento shoujo, foi o que mais me fez criar expectativas. Infelizmente aos amantes de shoujo como eu o Brasil, parece ter empacado… Y.Y… As editoras brasileiras estão fazendo hora com a cara dos consumidores.

    Curtir

  16. Apo 12/09/2013 às 11:56 #

    Compro Rurouni Rekenshin® e Death Note e são os únicos mangás da JBC que estou colecionando então não sou contra os requentamentos, e se sair mais alguma coisa do Masakazu Katsura (Video Girl) eu também compro ;P mas só viver disso será um problema.

    Exatamente, não há uma renovação de títulos que levem ao consumo de massa. Os Mangás perdem com a ausência dos animes na TV (por isso eles recorrem a títulos que remetem a essa época) bem como a divulgação do produto (Mangá) restringida a Internet, principalmente as redes sociais.

    Os Otakus, que são praticamente nicho, não percebem isto. Já que tem seus egos massagiados pelas editoras que tentam mima-los lançando títulos que só seu nicho conhecem e que até teriam potencial mais popular, tentando mascarar a incompetência de gestão desses títulos desde a divulgação e distribuição. E cada dia o balão do mercado de mangás nacional infla mais e quando estourar vai trazer uma puta consequência a esse mercado.

    Ja está nítido a falta de uma Major Oriental tomando conta desse mercado Ocidental, mas eles não se interessam: dão para atravessadores e que se dane. Não há coisa que se sustente por muito tempo.

    Curtir

  17. Diego Miyabi (@diegomiyabisama) 12/09/2013 às 12:36 #

    “O Seiya cortou a orelha do Cassius” ahuauhauhhauauh

    Curtir

  18. Renan SHQ 12/09/2013 às 12:38 #

    O maior problema na verdade é anunciar como “novo” sendo que é coisa velha. Propaganda enganosa é a pior coisa pois o tiro no pé dessa vez foi a “expectativa”.

    Se a JBC ficasse de boca fechada e só fizesse o anúncio “Iremos republicar Guerreiras Mágicas” aposto que seria uma reação oposta na blogosfera.

    Curtir

  19. Seme possessivo 12/09/2013 às 13:28 #

    Como já disseram, o grande problema foi a expectativa gerada pelo anúncio. Eu mesmo, num acesso de ingenuidade, fiquei imaginando “ai meu deus, será que vão publicar Natsume Yuujinchou, tem youkais (olha, youkais!) e tudo e”.
    E o pior é que a trollada aparentemente não foi intencional, o que deixa tudo parecendo coisa de estagiário.
    A complacência de alguns só fecha o embrulho com laço de ouro.
    I quit. *bicha dramática*

    Curtir

  20. Geyson Freitas 12/09/2013 às 13:50 #

    Como bem disse o RenanSQH, o que pegou mais mal foi o anuncio falando que era uma coisa nova e shoujo, ora, desde quando pra anunciar Clamp eles falam que é shoujo, seinen, etc… e acho que a JBC deveria segurar um pouco mais pra relançar, cara, eles já tem 4 títulos atualmente que são relançamentos, espera um deles acabar pra anunciar outro no lugar, e no lugar dos que acabaram coloca um novo de verdade, agora relançamento pra entrar no lugar de título novo é dose.

    Curtir

  21. Sandra Monte 12/09/2013 às 14:56 #

    Se houve interessados no que penso a respeito…
    http://www.papodebudega.com/2013/09/mercado-de-mangas-rayearth-retornos-sao.html

    Sandra Monte

    Curtir

  22. Sandra Monte 12/09/2013 às 14:58 #

    E .. eu quero deixar claro que o APO não sou eu, hhahahaha

    Sandra Monte
    http://www.papodebudega.com

    Curtir

  23. Yachiru 12/09/2013 às 15:24 #

    Acredito que tenha sido erro de comunicação mesmo. Falaram “mangá novo” no sentido de “um título estará em breve nas bancas”, e a galera entendeu no sentido de algo que nunca havia sido publicado antes. Enfim, vacilo dos caras D:
    E… Confesso que fiquei curiosa, eu gosto da história de Guerreiras Mágicas (O pior que eu não sou da época do SBT ‘-‘), mas vai depender do preço também e.e

    Curtir

  24. Apo 12/09/2013 às 15:55 #

    E .. eu quero deixar claro que o APO não sou eu, hhahahaha

    – Já começaram a espalhar fofocas de mim, me sinto uma celebridade da internerdz. Rssssss

    Curtir

  25. Kojiro 12/09/2013 às 17:27 #

    Enquanto isso nada de Yu Yu, o mercado de shoujo anda tão em baixa que estão tendo que relançar o pouco que fez sucesso pra dizer que existe algum shoujo em publicação.

    Curtir

  26. Naty 12/09/2013 às 20:12 #

    Curti esse seu Fase dos Relançamentos sem motivos. Taí. Enquanto outras editoras NewPOP, Panini e Nova Sampa pensam em novos títulos, a Editora JBC só vive dos relançamentos. Bem provável porque seus últimos lançamentos talvez não estejam vendendo tão bem quanto eles dizem.

    Preciso fazer um post sobre isso, já que eu escrevi um falando do atual mercado de mangás no Brasil, que até uns meses atrás dava sinais claros de avanço. E como vivemos no Brasil, o negócio retrocedeu.

    Ótimo post!!

    Curtir

  27. Gabriel 12/09/2013 às 21:47 #

    Não entendi a piada do cabeçalho. Se alguém puder explicar…

    Curtir

  28. Luk 12/09/2013 às 23:29 #

    Cadê o Kitsune falando que você está errada e que a JBC lançou vários mangás novos no mercado? Decepçaum

    Curtir

  29. Luk 12/09/2013 às 23:33 #

    Ah teve isso no twitter, então não estou mais tão decepcionado.

    Curtir

  30. Kurama 13/09/2013 às 00:26 #

    Gabriel

    Didi foi no programa da xuxa (aquela que fez o filme Amor Estranho Amor e posou para a Playboy, mas não gosta que falem nisso) e contou uma história de um moleque que perguntou se no céu tem pão e depois morreu. Só que ele fica contando isso sempre que surge uma oportunidade, dessa vez foi no Criança Esperança. Os BR BR HUE atacaram com tudo.

    Curtir

  31. Apo 13/09/2013 às 09:51 #

    Curti esse seu Fase dos Relançamentos sem motivos. Taí. Enquanto outras editoras NewPOP, Panini e Nova Sampa pensam em novos títulos, a Editora JBC só vive dos relançamentos. Bem provável porque seus últimos lançamentos talvez não estejam vendendo tão bem quanto eles dizem.

    – Matou a charada. O problema nem é a editora lançar um monte de mangás no mercado e sim completar as que está lançando. É muito olho grande também, e não falo dos personagens dos mangás.

    Curtir

  32. mikaella 14/09/2013 às 14:56 #

    Bom, não vejo nada de errado em republicar CLAMP, pois no mundo todo as editoras relançam elas sempre , justamente porque elas são garantia de boas vendas. Se a NP tá com os títulos novos ( que aliás a JBC marcou toca com isso ) só restaram os títulos antigos do CLAMP pra JBC. Mas a JBC vai lançar Saillor MOON, que é pra nós título novo.

    Curtir

  33. FoolBoy 15/09/2013 às 09:53 #

    Relançamento de Yu yu Hakusho e Fullmetal Achemist em 3…2…1…

    Curtir

  34. relatosdeumnerd 15/09/2013 às 17:19 #

    Realmente JBC está dando um tiro no pé atrás do outro. Não que os re-lançamentos de Samurai X E Sakura foram ruins.

    Eu achei até bacana, por que infelizmente eu não pude comprar samurai x na época e hoje em dia estou podendo colecionar novamente.

    Sobre ser uma “Edição Especial”, eu fico muito revoltado de comprar um mangá escrito “Edição Especial” na capa, sendo que de especial não tem nada.

    Curtir

  35. Jurubeba 18/09/2013 às 11:43 #

    Não demorou muito pro Cassius mostrar ao que veio! O cara é um erro humano dos pés a cabeça. E não adianta ficar usando gravatinha de culto crente, pois isso não apaga as muitas culpas que o meliante tem no cartório.

    Lembram da Conrad, aquela que afundou? Adivinha quem tomava as decisões por lá naquela época? CASSIUS!

    E alguém se lembra da PIXEL, que hoje só publica Luluzinha Teen, mas nos tempos aureos, a editora chegou a ter uma linha fodástica de Star Wars (também conhecido como Guerra nas Estrelas), além de publicar medalhões da DC como Monstro do Pântano e Starman.

    E adivinha quem que afundou com a PIXEL? Uma dica, o nome dele começa com C, e acaba com S. Se você disse (ou pensou) no Cassius: BINGO, você acertou!

    E agora o acéfalo apronta das suas lá na JBC.

    É esperar pra ver! O que o MDG não conseguiu fazer, o Cassius vai e faz! Afunda a editora na lama em menos de dois tempos!

    É pra RIR ou pra CHORAR?

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: