Tudo o que pode dar errado no lançamento brasileiro de DBZ – A Batalha dos Deuses

13 jun

Sabem o que é mais lindo que passar dias upando e usando os dotes femininos para ganhar benefícios em jogos online? É o povo que fica cantando a morte do blog nos comentários É a notícia que deu no Jbox:

batalhadeuses01

Legal que os otakinhos estão soltando os fogos (guardados desde os boatos da BoA no Animecon de 2002) achando que isso será o retorno da febre dos animes no Burajiru quando, na verdade, é um mérito unicamente de Dragon Ball Z por ser uma série que marcou por aqui. Não vou ficar agourando para tudo dar errado no lançamento desse filme porque a cota de agouro já é cumprida diariamente pelo Datena narrando as manifestações pela diminuição de preço dos ônibus em São Paulo, mas todos esses anos em meio à imprensa especializada (pfff) me fizeram ter um faro muito bom para prever possíveis merdas.

Sim, essas merdas podem acontecer e eu recomendo o pessoal da Diamond Filmes ficar de olho neste post (Meus leitores também, porque o último recesso fez as visitas caírem pela metade. Obrigada a vocês três que continuam lendo o blog!).

Vamos para a mais nova seção do blog que se chama…

batalhadeuses02

Tenho de parar de criar essas seções que vão funcionar em apenas um post…

MERDA #01 – Os dubladores originais não vão querer participar

Desde Dragon Ball Kai a dublagem da série sempre nos presenteou com momentos ímpares de disputa de interesses. No começo, o dublador Wendel Bezerra (conhecido nacionalmente pela frase “Oi, eu sou Goku” e por nos incentivar a assinar o Netflix) se recusou a dublar a série nova porque ele queria que fosse no estúdio que – olha só que coincidência – ele era o diretor. No fim ele dublou o Goku, após usar a mobilização da massa de manobra fãs para tentar convencer a distribuidora que ele era imprescindível. Pior que esse tipo de pensamento mais ganancioso já impediu outros dubladores de outras séries a emprestar suas vozes (Cavaleiros do Zodíaco principalmente). Graças a Kami-Sama, todos esses problemas foram resolvidos com compreensão e respeito aos fãs.

batalhadeuses03

Acho que fica melhor colocar essas imagens sem qualquer relação com o texto para não transformar o post em uma text wall, né?

Como a gente já percebeu pelo nome tão popular quanto os autores da antologia Gen da Abril, a Diamond Filmes é uma empresa bem pequena, e provavelmente vai ter tanto orçamento para pagar pela dublagem quanto o Tite Kubo tem para contratar assistentes para desenharem o cenário de Bleach. OUSEJE, esses dubladores grandes podem não querer dublar.

MERDA #02 – Você não vai achar esse filme para assistir

Novamente, por ser uma distribuidora pequena, o circuito em que o filme do Dragon Ball vai ser beeem pequenininho. Lembram como era quase um parto de uma caipora encontrar os filmes do Ghibli quando foram lançados aqui? E olha que o Ponyo era da Playarte, e essa aqui tem muito dinheiro para bancar lançamentos de filmes (grana tirada da venda de DVDs de animes e descontinuados a preços abusivos ao público). Vai ser mais fácil encontrar aquele filme uruguaio sobre uma família construindo um banheiro para o Papa que ver Dragon Ball Z.

MERDA #03 – Fãs vão querer ajudar

Diamond Filmes, cuidado com a roubada de chamar fã para ajudar no processo. Se boa vontade de fã fosse uma coisa benéfica, Cavaleiros do Zodíaco seria mais reprisado que Todo Mundo Odeia o Chris. Os fãs vão tentar fazer campanha para chamar os dubladores, para que o filme seja exibido legendado, vão brigar por termos desimportantes da tradução e pedir que todas as vendedoras de pipoca do cinema estejam vestidas de Bulma.

As séries começam dando certo no Brasil sem a ajuda de fãs, para quê chamar agora?

MERDA#04 – Fãs não vão assistir

Fã que é fã é aquele que critica nas redes sociais, mas não move a bunda para ver o filme no cinema porque ele já adquiriu uma cópia em muito melhor qualidade através da locadora Pirate Bay. A não ser que vocês dêem o nome de “Anime Friends” e coloquem um show do Jam Project, nenhum otakinho vai gastar mais de dez reais com você.

Pior vai ser a galerinha ativista de rede social falando que “devemos ajudar os animes no Burajiru então precisamos ajudar a Diamond Filmes”. Meus filhos, se é pra dar esmola para alguém eu prefiro dar dinheiro ao mendigo que mora perto de casa, porque pelo menos eu sei que o dinheiro vai para o bar da esquina e a economia vai circular de maneira harmônica.

batalhadeuses04

Boa sorte, diamantes.

28 Respostas to “Tudo o que pode dar errado no lançamento brasileiro de DBZ – A Batalha dos Deuses”

  1. Andy Moraes 13/06/2013 às 20:52 #

    O pior que isso tudo é verdade, os dubladores amam os fã$. Só mais um comentário sem relevância nenhuma, eu ri demais na parte “…que todas as vendedoras de pipoca do cinema estejam vestidas de Bulma.” Precisava fazer esse comentário inútil. Mara você é ótima!

    Curtir

  2. Big Lui 13/06/2013 às 21:03 #

    Queria ver com a minha ex, mas do jeito que ultimamente está p da vida por meu lado, acho que é praticamente impossível, nem mesmo indo em grupo com os amigos dela.

    Curtir

  3. Buga 13/06/2013 às 21:17 #

    “Fã que é fã é aquele que critica nas redes sociais, mas não move a bunda para ver o filme no cinema porque ele já adquiriu uma cópia em muito melhor qualidade através da locadora Pirate Bay.”

    Isso resume os “otakus” brasileiros

    Curtir

  4. WJ 13/06/2013 às 21:34 #

    Ufa! Ainda bem que a Mara não quer agourar o filme!

    Curtir

  5. flavio 13/06/2013 às 21:35 #

    Todo mundo odeia o Cris é um live action, por isso faz tanto sucesso.

    Meus filhos, se é pra dar esmola para alguém eu prefiro dar dinheiro ao mendigo que mora perto de casa, porque pelo menos eu sei que o dinheiro vai para o bar da esquina e a economia vai circular de maneira harmônica.

    èpico, uma dessas por mes e seu blog lixoso se mantem em pé.

    Bjs em vc, gorda

    Curtir

  6. Apo 13/06/2013 às 21:47 #

    Esse filme vai ser um sucesso quanto Cavaleiros do Zodiaco Prólogo do Céu sua gorda mal amada! Só foi abafado seu sucesso por culpa do imperialismo americano.

    – Meu colírio alucinógeno já está fazendo efeito! Uhuuu

    Curtir

  7. KokoroKokoroKokoro 13/06/2013 às 22:02 #

    De nada.

    Curtir

  8. RocketWobbuffet 13/06/2013 às 22:17 #

    Ia escrever “de nada”, mas já escreveram e eu não quero perder a viagem que fiz para a parte de comentários.
    Fiquem então com esta de foto de um gato bonitinho dormindo com um picho de pelúcia: http://4.bp.blogspot.com/-8KMHR_yHZgY/TwlnSzbjvnI/AAAAAAAAAT4/-qB22fmnGoE/s640/cute-cat-sleeping.jpg

    Curtir

  9. Tugg 13/06/2013 às 23:42 #

    Infelizmente, é tudo verdade e eu acredito que esses fatos vão começar a acontecer mais cedo ou mais tarde…

    Curtir

  10. Gumball 13/06/2013 às 23:45 #

    Da dublagem acho que não precisam ficar com (muito) medo. Certamente irá cair no estúdio do Wendel Goku Bezerra, usando da mesma tática do Hermes Seya Baroli com todos os produtos CDZ. E o valor cobrado pelos dubladores é o mesmo, independente de quem seja.

    Curtir

  11.   14/06/2013 às 00:00 #

    Que Pirate Bay nada, eles vão é baixar usando a assinatura premium no Punch ou comprar nas lojinhas que pertencem a algum laranja da Yamato.

    Curtir

  12. Leonardo Camargo 14/06/2013 às 00:13 #

    Só queria que alguém me explicasse qual o problema de um profissional de dublagem cobrar pelo seu trabalho.

    Curtir

  13. Karoline 14/06/2013 às 00:17 #

    Oi barbara, não sabia desse seu blog. Ele parece ser muito bom, mesmo eu não sendo tão ligada em animes como você! rs

    Enfim, boa sorte!

    Curtir

  14. The Fool 14/06/2013 às 02:18 #

    Ei, alguém aí ainda lembra como foi a Exibição de Dragon Ball Z – A Árvore do Poder nos cinemas?
    E embora a Mara tenha sido ácida, ela falou muitas verdades aqui!

    Curtir

  15. Goldslash 14/06/2013 às 04:28 #

    É Mara, tem certas verdades mesmo…
    Muito bom o seu post.

    E aquele bagulho do estágio, era trollada?KKKKKKK

    http://falouanimes.blogspot.com.br/

    Curtir

  16. Vigal 14/06/2013 às 13:03 #

    “Oi barbara, não sabia desse seu blog. Ele parece ser muito bom, mesmo eu não sendo tão ligada em animes como você! rs”

    O nome da Mara é Barbara? O.o

    Curtir

  17. 2d 14/06/2013 às 14:45 #

    “Oi barbara, não sabia desse seu blog. Ele parece ser muito bom, mesmo eu não sendo tão ligada em animes como você! rs”
    Ohhh!!!! então a Mara e a ba-chan são a mesma pessoa!?

    Curtir

  18. Gaby 14/06/2013 às 15:24 #

    Oi amiga, a Karol me disse do seu blog. Genial, gostei muito rsr!
    Beijos!

    Curtir

  19. Apo 14/06/2013 às 16:06 #

    Ei, alguém aí ainda lembra como foi a Exibição de Dragon Ball Z – A Árvore do Poder nos cinemas?

    -Só tinha horário das 14 hrs nos cinemas que consultei na época. E ninguém lembrou do A Batalha dos Dois Mundos que foi a mesma coisa.

    Curtir

  20. Arthur Duarte 14/06/2013 às 18:19 #

    Até, por um segundo, pensei em ir. Mas a vergonha de ir ao cinema assistir um filme de Dragon Ball Z falou mais alto.

    Curtir

  21. KokoroKokoroKokoro 14/06/2013 às 18:48 #

    Eu vo asisti filme do dragon bol z nos, cinemas, tem lulta e até parte engrasadas, nunca rir tanto vendo um DESENHO como rir em dragão bol z. Gosto desas coisa memo, so nerde e num tenho vergonha.

    Curtir

  22. Luiz 14/06/2013 às 21:08 #

    A primeira coisa que deu errado foi terem feito esse filme.

    Curtir

  23. Téh Moura 14/06/2013 às 22:02 #

    Acho que não existe essa questão de esmola. O que existe é incentivo pra melhora ou crescimento desse mercado aqui no Brasil. Dando um exemplo, comparemos a editora JBC alguns anos atrás e a editora JBC hoje em dia. Mesmo com o crescimento do número de scans pela internet, teve gente que continuou comprando, e tenho certeza que não foi pra “dar esmola”. Li Tsubasa Reservoir Chronicle pela tradução da JBC e achei muito bom. Li online também e não achei tão legal. Ela já estava mais ou menos bem nessa época. Hoje em dia já está infinitamente melhor. Os leitores foram comprando, dizendo o que gostavam e o que não gostavam. Resultado: Melhores traduções, revisões E qualidade nos volumes,

    Na minha opinião, você deve ver, sempre que possível, o filme dublado. Tá certo que a gente ainda não tem uma dublagem tão boa quanto muitos países. Mas aí é que está. Esse e um bom motivo para se ver dublado. Você vê o filme, tira suas próprias conclusões e depois critica, seja na internet ou apenas com o seu amigo. Diga o que gostou e o que não gostou. De uma forma ou de outra, alguma hora isso vai chegar no estúdio de dublagem, e, com certeza, eles não serão burros e deixarão essas críticas passarem sem ouvi-las.

    Agora, sobre a questão da “nova febre de animes”, eu acho, sinceramente, que BoG pode ser um incentivo. Tudo vai depender do trabalho feito pelo estúdio. O filme em si pode ser uma bosta (ou não), mas, independente disso, ele ter vindo pra cá já é alguma coisa. E, se ele der certo, pode ser que os estúdios vejam aí uma oportunidade de trazer animes novos pra cá. Porque a criança que for assistir esse filme nos cinemas vai querer consumir mais daquilo.

    Aliás, me veio uma dúvida agora: se o nosso país tem tanta influência dos EUA, por que não assistimos mais nenhum anime por aqui? Porque, caso não saibam ou não se lembrem, lá nos States eles ainda assistem muitos animes.

    Bom, espero ter conseguido transmitir alguma coisa com esse meu comentário gigantesco. Espero não ter sido apenas eu falando um monte de besteiras sem fundamento.

    Curtir

  24. Fulano 16/06/2013 às 13:26 #

    Desnecessário o comentário sobre o Wendel. O cara dubla em tudo quanto é estúdio de São Paulo, só que a Bê-Ká-Essi é um estúdiozinho que cobra abaixo do preço de mercado (alguém lembra de Sailor Moon dublado por eles?) pros seus serviços, e é um dos estúdios que menos conta com dubladores em São Paulo. Em 2000 tiveram problemas com o elenco de Pokémon, pois eles alegavam ser mal-tratados lá. Quem queria que fosse algo fosse dublado no estúdio dele era o Baroli, no caso de CDZ Õmega, e ele acabou conseguindo.

    Curtir

  25. Um Qualquer 16/06/2013 às 20:35 #

    “As séries começam dando certo no Brasil sem a ajuda de fãs, para quê chamar agora?”

    A melhor parte do texto, mas o resto também não está errado.

    “Esse filme vai ser um sucesso quanto Cavaleiros do Zodiaco Prólogo do Céu sua gorda mal amada! Só foi abafado seu sucesso por culpa do imperialismo americano.”

    Você não quer dizer incompetência do distribuidor brasileiro?

    Curtir

  26. Apo 16/06/2013 às 21:25 #

    Você não quer dizer incompetência do distribuidor brasileiro?

    – Competência e distribuidor Brasileiro são palavras que se contradizem.

    Curtir

  27. Renan SHQ 17/06/2013 às 10:50 #

    @Téh Moura:
    Animes deram um último suspiro nos Estates agora há pouco.
    Eles estavam numa ressaca parecida com a nossa, e há pouco tempo eles trouxeram de volta o Toonami, passando meia noite. (pelo que tenho visto a audiência está boa)

    Fora isso, os Estados Unidos são provavelmente os maiores leechers da internet, pra tu ter uma ideia, Naruto que é o mangá que mais vende lá, vende apenas aproximandamente 20 mil cópias o volume. Agora, imagina os outros mangás. Se chegarem a 10 mil cópias é muito.

    Tirando a comparação com os Estados Unidos, eu concordo com teu post. :)

    Curtir

  28. Apo 17/06/2013 às 13:09 #

    O importante é que o anime vai ter uma sessão única as 14 hrs em algumas salas do nosso país, o que significa a volta triunfal dos animes no Brasil. Viva!

    – E depois vai para as lojas de DVD custando 12,99 ao lado de Ponyo, Viagem de Chihiro e dos filmes do Pokémon nas Lojas Americanas Todo Mundo Vai.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: