Aleatoriedades

Lancaster fala sobre a Ação Magazine nº3

A Ação Magazine nº3, assim como a passarela do álcool em Porto Seguro, só foi aproveitada por nordestinos e pessoas de outras regiões que tiveram que ir atrás. A revista foi lançava em um evento do Nordeste e se encontra a venda através do site oficial. Para aquietar o público, o editor Alexandre Lancaster deu uma entrevista para o site Art Here, e vou lá dar aquela analisada nas palavras prolixas deste exemplo de perseverança.

IKIMASU ver o melhor da entrevista?

ZZZZZZZZ….. zzzzzz….. ai, oi, ohayo… vamos para a próxima pergunta.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Achei muito legal essa atitude de não lançar nada com cara de fanzine e…

Produção, quem colocou essa imagem aqui? Sumimasen, né?

Agora sim temos uma imagem decente do Brigada Ligeira Estelar, o novo projeto de Alexandre Lancaster, e não precisamos basear nossa opinião naquele robô que mais parecia o Rob Liefeld desenhando um mecha com o peito do Chris Evans.

Mas alguém avisa aí que pegar o estilão de Code geass não é sinônimo de “identidade visual própria”.

A gente brinca, mas super apoio o que o Lancaster falou. O maior problema daqueles que tentam fazer quadrinhos no Brasil, além da falta de humildade para ler críticas, é que fica reciclando coisas que outros já fizeram, e com mais qualidade. Como diz a própria Ação Magazine, você tem que SER O NOVO, tem que fazer algo diferente do Japão. Belíssimas palavras, Lancaster.

Não tá fácil pra ninguém!

Anúncios

37 comentários em “Lancaster fala sobre a Ação Magazine nº3

  1. Poxa gente, pensem pelo lado bom…

    Se alguém quiser tentar descobrir qual é, fique a vontade.

    Curtir

  2. E isso tudo é a frustração de um escritor de fanfics de cu assado, pois o final de Chobits foi diferente do que o cânon pessoal dos fanfics dele. Como o Clamp “desenha moé”, ele despirocou e ficou traumatizado…e virou o MDG 2.0.

    E agora, o Latino virou influência do cara: fazendo pirataria piorada de hits internacionais, achando que ninguém (leia-se que não tenha internet) vá notar…

    Não preciso detoná-lo, o filha da puta se fode sozinho!!!

    Curtir

  3. Como assim essa imagem? :D :D :D

    Lancaster era o que mais reclamava de personagens bishounens como em Gundam Wing lol lol lol

    Parece que finalmente ele se rendeu haha

    Curtir

  4. Aposto que num momento desses tá a Mara correndo pra salvar a página dos persocontos kkkkkk

    Curtir

  5. Que fic mais chata essa dos Persocontos. As histórias dos Contos Apocalipticos do Cesar do Orkut estrelados por Xuxosa MenegHELL e Sashanás tem mais graça que isso.

    Curtir

  6. Nossa, essa fic do Lancaster sucks monkey balls.

    Mas é melhor que Crepusculo

    UAHEUAHAEUHAEUHAAUEHAEUHAEUAHUHAEUHAEUHAEUAHUAEH

    Curtir

  7. ” Mova o cruzador espacial para mais perto, eu quero acerta-los com a minha espada!” Mal posso esperar…

    Curtir

  8. Entrevista do Lancaster:

    1-Sim, estamos explorando um público naquele povo do nordeste; 2- Não publicamos fanzine (a não ser que seja desenhado\escrito por nossos amigos) 3- Estamos divulgando nossas idéias para um fanzine “inspirado” em tranqueiras japonesas espaciais com robôs de batalha.

    Como esse filho da puta me transforma isso em TRÊS PÁGINAS DE TEXTO?

    Curtir

  9. Aliás, nem era fanzine, era um RPG…mas provavelmente ele vai querer fazer um quadrinho inspirado no tal RPG, e aí teremos outro fanzine de todo jeito.

    Curtir

  10. Ai caralho, persocontos, HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAAHAHAHA pqp.

    Como esse filho da puta me transforma isso em TRÊS PÁGINAS DE TEXTO?²

    “Lancaster: O Rob Liefeld brasileiro!” Bom, com o traço SUPER atual dele, ele tá mais pra Kurumada.

    Só nesses comments a Mara já tem 3 pautas.

    Curtir

  11. Aposto que o Lancaster era daqueles fanfiqueiros que enxia todos os amigos do msn e família “Po, gente lê aí, maior legal é a minha fanfic”.

    Curtir

  12. gordinha, essa fanfic tá boa demais (ruim demais) pra deixar passar sem fazer uma análise

    Curtir

  13. Perae, eu escrevia fanfics também, já posso ingressar no meio profissional? (Ok, eu admito que eram uma bosta.)

    Realmente… Se fosse só o traço feio, eu mandaria um One Piece como contra argumento, mas o caso é a “inspiração” gritante em outros títulos…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s