Desabafo

Perguntinha rápida que ninguém sabe responder

Deu no site da Newpop:

Então os autores de Tarot Café e Chuchu Chonchu vão vir para o Brasil? Então é a hora de perguntar uma coisa que me inquieta.

Tirando o Tezuka e aquela autora do Cinderalla, será que ninguém dos eventos do Brasil… sei lá, né… chegou a pensar na possibilidade de… não sei, trazer um autor de mangá japonês para o país ao invés de fazer o Kageyama se transformar no prefeito do Anime Friends no Foursquare de tanto que ele vem pra cá?

Alguém pode me responder isso?

Ah… ok….

Anúncios

16 comentários em “Perguntinha rápida que ninguém sabe responder

  1. Eu teria uma teoria quilométrica sobre isso para postar aqui, mas a pergunta não foi para mim: foi para quem realmente tem informações reais sobre isso, como por exemplo “Takashi Tikasawa pensou em trazer a Naoko Takeuchi, Rumiko Takahashi, sei lá quem é a autora do Sailor Moon, no ano de 2005, mas ela nem retornou às ligações e postou em seu blog como os brasileiros fedem”.

    Curtir

  2. Eu tenho outra pergunta:

    Será que algum autor de mangá tem vontade de vir pra evento de anime/quadrinhos daqui? Porque se depender só de presença remunerada, tamos ferrados pra sempre, ninguém tem $ pra bancar e eu não acredito que quem cobre venha por pouco.

    E se um japa vier esperando lucro do público alvo, termina que nem os caras do KPOP cancelando/nunca confirmando show aqui por conta do prejuízo certo.

    Curtir

  3. Se eu fosse mangaka japonês de sucesso eu não viria ao Brasil para comparecer ao Anime Friends u.u

    Curtir

  4. É o que eu vivo a me perguntar faz tempo.

    Yuu Watase (Fushigi Yugi) certamente viria nem que fosse de ônibus pra cá. Uma boa da lista é a que fez o mangá do Full Metal Panic, esqueci do nome (tava prestando atenção mais nos peitos da Kaname). As duas já disseram que adoram viajar.

    Curtir

  5. Se houvesse interesse de autores japoneses no Brasil, acho que não apenas esta, mas outras perguntas seriam respondidas. O fato é que, simplesmente, eles não estão interessados (e acho que ninguém daqui ofereceu uma quantia suficiente para que eles finjam estar…).

    Quem sabe, um dia, quando houver investimento REAL nesse mercado (anime/mangá) aqui no Brasil. Mas falo de investimento real, não esse mercado sub-valorizado e quase clandestino que temos…

    Curtir

  6. Brasil devia aprender um pouquinho com a França,onde grandes mangakás estão sempre comparecendo por lá *Hagio Moto e Ryoko Ikeda estou olhando pra vocês* fora que eles são o segundo grande mercado de mangás do mundo tirando o Japão; mas como as minhas esperanças pro Brasil em relação ao nosso mercado são tão nulas que dá até gastura de pensar nisso.

    Curtir

  7. Imagino o Kurumada distribuindo desenhos assinados no evento.

    “Que porcaria é isso aqui? É o SEIYA? Minha vó com mal de parkinson faria melhor!”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s