Analisando Imagens Promocionais

Analisando Imagens Promocionais – Coletiva da Editora JBC

O Dia dos Namorados está chegando e você aguarda um convite romântico, para um jantar a luz de velas num restaurante japonês. Você espera que no meio do jantar seu namorado lhe entregue um pequeno embrulho, e lá dentro tem uma bela joia que ele mesmo coloca em seu pescoço. Depois de um brinde com os braços entrelaçados, ele diz que te ama e que você é a mulher que ele quer para o resto da vida.

Aí some a borda branca que tinha nos sonhos do Lucas Silva e Silva e seu namorado te dá este convite:

Como se não bastasse o 3-Hit Combo de Conferências Ruins na E3, a JBC planejou sua própria conferência para apresentar seu novo editor, Cassius Medauar. Toda a imprensa especializada fará sua cobertura do evento, mas ninguém sabe o que esperar. Na verdade, quase ninguém, porque EUZINHA sei tudo que vai acontecer só de ver este convite. Foram anos de estudos semióticos, mas descobri o que a JBC vai aprontar.

IKIMASU conferir a análise embasada no meu achismo?

O primeiro elemento a ser notado no convite são essas flores de cerejeira, representando o anúncio de Sakura em uma edição que traz páginas coloridas, uma inversão no nome para cativar o público otaku hardcore (AKA virgem) e um logotipo que é parecido com a fonte Comic Sans.

Como o símbolo da JBC está ACIMA das flores de cerejeira, a editora mostra que é superior ao mangá do Clamp, talvez com uma dor de recalque pela Newpop ter pego todo o catálogo ruim das autoras.

O símbolo do JBGROUP é uma árvore com balões de fala, indicando que as árvores somos nós. Ou seja, que os balões de textos de seus mangás estão acima de nós. Então os diálogos dos mangás que você considera ruins e de baixa qualidade na verdade estão num nível que você não consegue entender.

É a pomba na balaia sambando no seu discernimento.

três pessoas escrevem com exclamações: sua mãe quando te manda mensagem no Facebook, o redator do site dos Cavs e alguém que está desesperado atrás de sua atenção. Como minha mãe e o redator dos Cavs não trabalham na JBC, já sabemos qual é a alternativa, né minna?

Marcar no dia dos namorados é uma estratégia incrível da JBC. Otaku é tudo virgem solteiro que fica reclamando de garotas que os colocam na friendzone no Twitter, então por que não marcar a conferência no dia e horário que você SABE que eles estarão disponíveis? Parabéns para o marketing da editora!

Se você é um veículo de mídia (maneira bonita de chamar a blogosfera especializada) é só preencher o cadastro para participar ativamente do evento. Mas se não quiser se inscrever, é só colar lá na hora que a conferência será aberta ao público.

Será que o evento será emocionante? Será que nossa imprensa especializada em críticas brandas fará perguntas relevantes ao novo “gerente de conteúdo”? Alguém perguntará por que ele censurou o peito da Bulma em edições de Dragon Ball? Veremos isso no próximo episódio!

Quem sabe uma certa blogueira gorda não dá as caras por lá? ;-)

Anúncios

13 comentários em “Analisando Imagens Promocionais – Coletiva da Editora JBC

  1. Agora sério, sabemos como a JBC “apoia a massa de otakus”.

    Fazendo isso eles sacanearam aqueles que conseguiram a sua “dama na cama”.

    E o pior é que eles desistirão de uma noite de amor por 30 min de asneiras da JBC.

    Curtir

  2. Escrever “first” em um local de acesso em massa até pode ser um “grande” feito, mas aqui…

    Curtir

  3. Se essa farofa aí só for servir prá inflar o ego do cara que nem seu antecessor… ó a merda.

    Cara nem fez um PUUUUUUUUUUUUTA trabalho ainda, pqp…

    Curtir

  4. “e um logotipo que é parecido com a fonte Comic Sans.”

    pelo visto o logotipo da abertura de Super Doll Licca Chan não era o unico que usava Comic Sans. hahahhahahaa quero ver fazer um MI sem aquecer.

    Curtir

  5. Se vc for para lá Mara, não esqueça de tirar umas fotos suas e de seu Kareshi, e postar no blog é claro XD.

    Brincadeiras a parte o principal que gostariamos de ver de vc seria aquelas perguntas bem cabeludas causadoras de vergonha alheia.

    Curtir

  6. Editor sem uma orelha e Friendship foi foda, Mara, parabéns!

    Sobre o post, só espero que eles façam mais que simplesmente inflamar o ego do cara[2]

    Vamos ver o que sai dessa coisa, quem sabe não façam algo decente com as críticas que receberão, se alguém aparecer, é claro. (Porra, se eu tivesse grana agora para uma viagem dessas, iria visitar minha namorada, que mora em outra cidade, em vez de perder tempo com algo que não vale nada. Eu sigo não comprando mangás, minhas aquisições recentes foram exceções que provavelmente não se repetirão tão cedo…)

    Curtir

  7. “*será* a única pessoa a perguntar…”.

    E eu nem sou um “falante” de internetês para cometer esse erros absurdos, embora ainda opte pela antiga ortografia geralmente…

    Curtir

  8. Eu quero uma lista de nomes dos otakus que foram na FNAC e saíram com um livro na mão, ao menos. Ah, nenhum. Otaku só lê revistinha com desenho e de trás pra frente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s