Sobre a polêmica do preço do Anime Friends

14 maio

Nesse último fim de semana, a Yamato anunciou todas as novidades do Anime Friends 2012, evento que tem a importância de uma Copa do Mundo para os Otakus, só que sem o planejamento e prestígio.

Como 2012 é o ano das coisas estranhas e inesperadas, o autoproclamado maior evento da América saiu daquele galpão abandonado para ir a uma faculdade localizada na Zona Leste. Só que ao contrário do iminente desabamento do local anterior, o preço do novo evento subiu. Foi o bastante para os otakus começarem a xingar muito no Twitter, fazer petição online e encher o meu saco para que eu falasse sobre o assunto. Então, aqui vou falar sobre o caso, e começarei o texto com uma pergunta, que será repetida no final: “Quem são vocês para reclamar do aumento no preço do ingresso do Anime Friends?”

Há muitos anos, mangá era uma coisa popular. Dizem os boatos que Dragon Ball Z da Conrad vendia dezenas de milhares de unidades por mês, e todo mundo lia mangá. Mas o tempo foi mudando as coisas.

O mercado de mangás tinha dois caminhos: o de popularizar e o de se fechar no nicho, e todos nós sabemos qual foi o caminho escolhido. O do nicho. Mangá, embora numeroso na banca, começou a ser voltado ao otaku, deixou de ser de fácil deglutição entendimento, passou a contar com expressões japonesas que limitavam o entendimento do público geral. One Piece da Panini tá aí, com um monte de –kun, -san, -chan e quatro páginas com duas colunas cada só de glossário.

Ao se focar no nicho, você espera que um público menor compre o produto, e segundo a máxima do mercado, quanto menor a demanda, maior o preço. E os otakus parecem #chatiados com isso? Nem um pouco! Os otakus do burajiru pedem que os mangás fiquem cada vez mais fechados ao próprio universo deles, para quem ninguém de fora consiga entendê-los, como se fosse um código secreto de uma tribo.

Essa semana a Yamato anunciou seu evento novo, e no site vemos isso:


Belo eufemismo para “o evento será menor”, né? Não tem como algo para OTAKU crescer, porque é um mercado que não se renova porque o próprio nicho não se renova. O Anime Friends só crescia porque tentava mirar em mais público, trazendo shows que não tinham qualquer relação com o mundo otaku.

Mas dessa vez será diferente. O local parece mais adequado ao público do que o antigo Mart Center, e querer fazer algo compacto serve para tentar oferecer um produto melhor, na teoria. A tabela de preços, acompanhando essa diminuição da expectativa de público, assustou aqueles que já tinham vendido o rim para assinar o mangá de Dragon Ball da Panini:


Então, o Anime Friends será menor para se adequar ao nicho. Considerando que os mesmos otakus que pedem que o evento seja amplo e barato pedem que os mangás sejam restritos e (inevitavelmente) mais caros, eu repito a pergunta do começo:

“Quem são vocês para reclamar do aumento no preço do ingresso do Anime Friends?”

110 Respostas to “Sobre a polêmica do preço do Anime Friends”

  1. Rafael Kaen 14/05/2012 às 20:41 #

    Como um amigo falou: não quer ir, não vai, mas tem gente que só sabe reclamar!

    Curtir

  2. Eduardo Ketsura 14/05/2012 às 20:41 #

    Como só me importo com a Comix tá de boas ficar com o Family que tá bem mais barato =P

    E a otakada devia ir com o @SyaoranSama no Festival do JP que é no mesmo final de semana da última semana do AF, só não vai ter Mupy

    Curtir

  3. victor 14/05/2012 às 20:49 #

    nao queria concordar mais, infelizmente concordo com tudo oque ta escrito ai , a galera que levanta a bandeira otaku nao pode reclamar

    Curtir

  4. Mickie 14/05/2012 às 20:49 #

    Pois é, otaku só sabe reclamar, mas ação mesmo que é bom, nada. Ao invés de reclamar do preço, não vá nessa p@&+# e pronto, sem mi-mi-mi em rede social, oras!

    Curtir

  5. Dudunaweb 14/05/2012 às 20:53 #

    Gostei. Como não sou paulista e sou pobre para viajar, fico feliz se o ingresso para a bienal do livro aqui no RJ não aumentar. De dois em dois anos a Comix e outras vem aqui com descontos absurdos nos mangás. Na última tinham coleções completas a partir de 20 reais. Nas lojinhas menos conhecidas tinham tanko’s com páginas coloridas de 1 a no máximo 5 reais. Aproveitei e consegui vários números da edição definitiva de DB. Acho que nem se eu pudesse bancar minha ida pro AF eu iria. Eventos para mim não servem para “socializar”, e sim para consumir, e eles ultimamente não andam sendo úteis para isso, infelizmente.

    Curtir

  6. HIDAN AKATSUKI 14/05/2012 às 20:55 #

    KARA QUEM AQUI ESTÁ RECLAMANDO DE PREÇO??? E O TAMANHO DO EVENTO QUE ESTÁ NOS DEIXANDO REVOLTADOS ….quem é vc para criticar as nossas atitudes???

    Curtir

  7. Diego Miyabi (@diegomiyabisama) 14/05/2012 às 20:58 #

    Pior que é huashsaushau

    Curtir

  8. Kurama 14/05/2012 às 20:58 #

    Não iria com formato velho, preço velho, público velho, mas, fica como se eu estivesse apoiando um boicote =).

    Curtir

  9. HIDAN AKATSUKI 14/05/2012 às 20:59 #

    se vcs estão acostumados a tomar no cú e ficar satisfeito…o problema é de vcs, eu procuro correr atras dos objetivos!

    Curtir

  10. Daphi 14/05/2012 às 21:02 #

    Mas que monte de asneiras são essas?

    Uma coisa não tem nada a ver com a outra, resolveram misturar tudo pra querer dar uma desculpa esfarrapada pro evento ser mais caro em local menor?? O.o

    Seguinte, todo mundo que vai a eventos há alguns anos, sabe como lota, mesmo sendo ingresso caro, e como o cosplayer sofre de calor no tumulto….

    Dai que o pessoal não ficava reclamando do local que era antes, (apenas da limpeza, q infelizmente o próprio público é culpado disso).
    Querer um mangá mais fiel ao original em nada diz respeito ao tamanho do evento que não condiz com o preço!

    Agora falar que nós é que temos a parcela de culpa em razão do local diminuir com o preço mais alto?

    Ah, por favor, só pode ser brincadeira né!

    -___-‘

    Curtir

  11. Rangeru Shin 14/05/2012 às 21:04 #

    – Primeiramente antes preciso saber onde tirou a informação que eles trocaram de local se nem a yamato não se pronunciou ainda ?

    Curtir

  12. HIDAN AKATSUKI 14/05/2012 às 21:06 #

    provavelmente deve ser um CHEIRA SACO DA YAMATO…..essa publicação aqui não vale de nada….procure se informar mais antes de sair postando bosta no seu site!

    Curtir

  13. Allyson Fernandes (@allyson_gc) 14/05/2012 às 21:12 #

    Vai longe isso…

    Curtir

  14. Spike 14/05/2012 às 21:14 #

    Rangeru chupa isso aqui seu lambe saco da Yamato: http://anifriends.com.br/e_ingressos.shtml

    Curtir

  15. Luiz Fernando 14/05/2012 às 21:16 #

    O otaku só é explorado porque adora ser explorado. Nada mais justo o que está acontecendo. Aliás, tá barato demais esse ingresso.

    Curtir

  16. Rangeru Shin 14/05/2012 às 21:21 #

    Spike: Reveja seus conceitos antes de sair falando, pois estou perguntando onde saiu a informação, estou sendo educado para poder argumentar, se faltar o bom senso para discutir ideias e partir para o ataque pessoal, sinto muito mais vou te ignorar.

    Curtir

  17. Lemes 14/05/2012 às 21:24 #

    Tapa na cara da sociedade, ops, do nicho.

    Curtir

  18. Spike 14/05/2012 às 21:26 #

    Rangeru antes de vc ser educado devia ser INTELIGENTE!
    Faz dias que o site oficial tá no ar com os preços.
    clica no link que coloquei seu lambe saco

    Curtir

  19.   14/05/2012 às 21:34 #

    Mais compacto? Vão tentar repetir o sucesso do Sardinha Friends 2004? ^^

    Mas na boa, a melhor piada do post foi a Yamato dizendo pra evitar falsificações :D

    Curtir

  20. Panino Manino 14/05/2012 às 21:37 #

    “QUEM” exatamente está pedindo que o mangá seja de nicho, mais ainda?
    Pelo que eu vejo, tirando os punheteiros que sempre tem parar comemorar lixos, todos pedem por mangás de muito mais fácil aceitação por pessoas de fora desse nicho.
    Está aumentando um ponto nesse conto dona Mara.

    Curtir

  21. Rangeru Shin 14/05/2012 às 21:37 #

    – Desculpe, acho que não me entendeu! Vou explicar o que queria dizer, ele disse que o evento ficou compacto para atender melhor o nicho, então eu queria saber da onde ele tirou a informação sobre isso, não sobre preços! Desculpe se entendeu errado.

    Curtir

  22. Mônica 14/05/2012 às 21:41 #

    Essa coleção é sua, Mara?

    Curtir

  23. Panino Manino 14/05/2012 às 21:41 #

    Em tempo, local menor não quer dizer exatamente local pior.
    Dependendo das instalações, os estandes podem ser melhor organizados, com corredores que fluem melhor e por aí vai.

    Se vai gente de mais e lota… aí é outra história.
    Um local melhor e ao mesmo tempo mais custa caro para alugar, sendo esse também certamente o motivo para o aumento no preço do ingresso caso o evento seja mesmo realizado em alguma faculdade.

    Curtir

  24. Spike 14/05/2012 às 21:41 #

    Ah sim!
    A Yamato escolheu um lugar menor, pq seu publico aumentou e assim finalmente podem deixar de ser virgens. já que vão ficar grudados.
    Otaku loser que não quer encarar a realidade, chupa chupa Rangeru!

    Curtir

  25. Rangeru Shin 14/05/2012 às 21:48 #

    Spike caramba, você sabe mesmo sobre mim, continue a falar sobre mim e me atacar pessoalmente já que não tem argumentos validos, pode me fazer de palhaço, vamos me xingue, sou o que ? chupa saco, virgem , não encaro a realidade, o que mais

    Curtir

  26. Tiago Dias 14/05/2012 às 21:50 #

    Cara, essa matéria eh normal e tals até pq todos tem suas opiniões… Mas não há o pq de pessoas ficarem “nervosinhas” pq o povo tá reclamando, todos temos direitos… o simples fato de dizer “senão não quiser ir não vá e deixe d reclamar” é tosco, pq se a Yamato cobrar um preço JUSTO sendo o calculo feito em cima da questão Espaço+Atrações+Conforto+Segurança+Infraestrutura TUDO BEM, MAS NÃO É!!!! um Evento que não se preocupa com as pessoas q vão ao Evento, Cobra o Ônibus que para levar até o Evento, deixam passar pessoas com bomba de pimenta, permitem que pessoas consigam roubar coisas dentro do evento… ISSO QUE NÃO PODE… se vc quer organizar um EVENTO que entre na sua cabeça algumas coisas… criticas e elogios SEMPRE VIRÃO, pq? pq vc esta trabalhando com PESSOAS e quando se trabalha com pessoas… quando vcc presta um Serviço a elas e é isso que Yamato ACHA q está fazendo são as coisas que acontecem e isso é normal… Então se vc tem grana sobrando vá apara a evento e PARABÉNS por vc pode ir… mas como outros eventos cobram preços justos e a Yamato não consegue???? Desculpe mas isso é FALTA DE EXPERIENCIA(O que jah deveria ter jah q faz evento desde 2003) e VERGONHA NA CARA!!!! só quer ganhar DINHEIRO… SEMPRE QUER GANHAR MTO EM CIMA DAS PESSOAS… alguém ai jaz pensou em fazer uma conta POR CIMA d quanto a Yamato ganha em cada evento q ela FAZ???? detalhe se fosse UMA EVENTO POR ANO AHHHHHHH tudo bem MAS NÃO EH EVENTO 1 a cada 3 MESES e hj sem conta com os eventos q ocorrem fora de SP e fora do Brasil… então tudo isso SIM PODE SER FEITO RECLAMAÇÕES SIM PQ A YAMATO VACILOU AGORA!!!!

    Curtir

  27. The Fool 14/05/2012 às 21:50 #

    40 pilas no Domingo, último dia? Por um local menor? E mesmo que fosse um lugar melhor que o Mart Center, o que vão trazer de diferente pra cá? Um Massami Kurumada? Um Eichiro Oda? Talvez um Masashi Kishimoto? Quem sabe um Tite Kubo??
    Oh, wait, isso é um evento de anime BR com BR maiúsculo, trazem dubladores, cantores japas e deu, tá bom, é isso?
    E nessas horas eu fico pensando pra que serviu o AF ganhar apoio ( $$$ ) da Prefeitura de São Paulo!
    Ainda bem que eu não moro na capital e nem vou nessa coisa!

    Curtir

  28. Yasmin Santos Moura 14/05/2012 às 21:56 #

    Me desculpe pelos possíveis xingamentos e irritabilidade da minha parte. Mas acho que o numero de otaku e otomes esta crescendo ano a pós ano. Eu sei que a muito otaku chato , que sempre quer as coisas do mesmo jeito e só para o grupo dele. Mas a muitos que gostam de espalhar a subcultura otaku (pois para o meu entender já pode ser considerado uma subcultura). Sendo que já há muitas pessoas que já se associaram a esta subcultura sempre haverá os extremista, como em qualquer subcultura.
    Agora falando do mangas. A maioria dos otakus não compra mangas eles os leem online, por isto o preço é absurdo. Mas no meu entender pagar 10 ou 12 reais num manga não é cara já que é um bem durável, ou seja algo que você poderá ter para o resto da sua vida ou vender quando não estiver mais interessado. Já um evento de anime é apenas o dia. E como eu estudo sobre o assunto de evento posso afirmar com toda a certeza que esta muito caro para um lugar muito pequeno. Sendo que outros evento da yamato ou de outras empresa tem um lugar mais amplo e com um preço bem melhor.
    Alem do mais eu sou cosplay e a maior parte dos otakus que estão irritados são os cosplay. Afinal o cosplay é alegria do evento de anime, sem eles vale apena ir em uma loja e depois em algum show que seria a mesma coisa.
    A unica coisa que digo para o autor desta matéria, é que ele deveria se informar mais sobre o publico otaku.

    Curtir

  29. Spike 14/05/2012 às 22:00 #

    Verdade!
    Temos vários horários de animes na tv!
    Vários box de DVD anime não cancelados!
    Versões de jogos de animes não cancelados!
    É numero de otakus cresce mesmo, um mercado em crescimento.
    Opss, estamos no Brasil né?
    Não é Japão?
    ACORDA!!!

    Curtir

  30. Aiwass 14/05/2012 às 22:00 #

    algo me diz que o povo é mega tapado….
    o AF ja foi um evento de otakus, mas há anos é um evento voltado para cultura nerd em geral, jogos on line, sci fi… nao se trata de reclamar de preço de mangá, isso é cobrir sol com a peneira….É um grande evento onde se ve muitas familias , gente de varias idades..e se o vento encolheu é culpa nao é da editora que aumentou o preço do manga…e sim da organizaçao que ha anos nao faz melhoria de ambiente ou infra estrutura, enquanto os preços sobem e o publico tambem a cada ano.

    Curtir

  31. The Fool 14/05/2012 às 22:03 #

    @ Yasmim: Ledo engano, moça. Olhe direito, olhe ao seu redor. Otakus como tu bem disse fazem panelas e se preciso for morrem dentro delas.
    Sem a divulgação das coisas que a TV aberta e mesmo a TV paga fazia, não tem como otakus aumentarem em quantidade, ficando restritos ao nicho.
    Uma coisa, tu acha que se houvessem tantos otakus declarados assim, a periodicidade dos mangás seria bimestral ou trimestral e com distribuição setorizada?
    Não seria!
    O dia que até gente grande e conhecida aparecer com um mangá em mãos ou dizendo que assiste ou assistiu algum anime está distante ainda…
    Muito distante…

    Curtir

  32. Suna 14/05/2012 às 22:09 #

    Uma coisa é pagar caro por um produto ou serviço melhor. Outra, é só pagar caro, o que acontece com quem gasta com mangás, eventos de anime e demais otakices. Mas o show da Madonna tá aí pra provar que não é só otaku que leva facada. Diversão custa caro pra qualquer um, menos pra quem vai na Via Show.

    Ah, foda-se. Anime Family ainda não chegou aos R$ 20 e só vale pelo stand da Comix mesmo, os descontos acabam cobrindo o valor do ingresso antecipado. Tá bom assim, tô no lucro.

    Curtir

  33. Alexandre 14/05/2012 às 22:12 #

    “Quem são vocês para reclamar do aumento no preço do ingresso do Anime Friends?” De acordo com o artigo 2º do Código de Defesa do Consumidor, somos consumidores, que são definidos da seguinte forma: “Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final.” O parágrafo único do mesmo artigo diz: “Equipara-se a consumidor a coletividade de pessoas, ainda que indetermináveis, que haja intervindo nas relações de consumo.”

    Curtir

  34. Florisvaldo 14/05/2012 às 22:16 #

    Já comentaram por mim. Independente do preço do ingresso (que nunca reclamei, graças a Deus eu posso comprar, mas não me dão direito de escolha de comprar na porta) ou do local, só deixo isso no ar que já falaram: eu esperava mais de uma empresa e um evento que agora tem apoio da prefeitura. Quando os cosplayers foram na Câmara posar pra foto com o presidente, o vereador que deu a ideia, tudo bonitinho, eu até dei uma vibradinha, falei de brincadeira PQP, AF no Anhembi em 2012!! Enfim, eu não queria acreditar que todo esse esforço benemérito da Yamato em promover a cultura japonesa e ser reconhecida pelo governo desse nisso de pegar a Cantareira… Calculo onde será a Bienal do Livro! XD

    Curtir

  35. Alexandre 14/05/2012 às 22:21 #

    Uma vez que o artigo 3º do mesmo CDC declara que “fornecedor é toda pessoa física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira, bem como os entes despersonalizados, que desenvolvem atividades de produção, montagem, criação, construção, transformação, importação, exportação, distribuição ou comercialização de produtos ou prestações de serviços” e o parágrafo 2º define serviço como sendo “qualquer atividade fornecida no mercado de consumo, mediante remuneração, inclusive as de natureza bancária, financeira, de crédito e securitária, salvo as decorrentes das relações de caráter trabalhista.”, podemos perfeitamente concluir que a Yamato, assim como todas as empresas organizadoras de eventos, é uma prestadora de serviços e, como tal, responde de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

    Curtir

  36. Mithsiel 14/05/2012 às 22:23 #

    Ao meu ver, a moral deste post, que comprara o aumento do preço dos mangás com o AF, seria mais ou menos esta: A qualidade era duvidosa, o preço aumentou, todo mundo reclamou, e mesmo assim os Otakus vão correndo comprar.

    Curtir

  37. Florisvaldo 14/05/2012 às 22:23 #

    Ah, e contrariando muita gente aqui, digo que observo bem e sim, os otakus estão retrocedendo e voltando a ser um gueto como há quase 20 anos, nos tempos da Abrademi. Mas não com a mesma garra de levantar a bandeira do anime. Os mangás estão aí, faturando como podem, mas os animes (desculpae a palavra forte) morreram na TV brasileira. Não é um encolhimento?

    Curtir

  38. Spike 14/05/2012 às 22:26 #

    Exatamente Florisvaldo!
    Alguém sem essa cabeça de otaku bitolado desse povo.

    Curtir

  39. Florisvaldo 14/05/2012 às 22:30 #

    Comunicado da Yamato, fresquinho, saiu agora: http://anifriends.com.br/e_af2012.shtml

    Curtir

  40. Alexandre 14/05/2012 às 22:32 #

    Conforme o artigo 6º do Código supracitado, em seus incisos IV e V, “são direitos básicos do consumidor:
    IV – a proteção contra a publicidade enganosa e abusiva, métodos comerciais coercitivos ou desleais, bem como contra práticas e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços;
    V – a modificação das cláusulas contratuais que estabeleçam prestações desproporcionais ou sua revisão em razão de fatos supervenientes que as tornem excessivamente onerosas;
    Portanto, tudo que podemos concluir é que o aumento abusivo no preço dos ingressos fere não somente o Código de Defesa do Consumidor como também as leis federais Nº 7.395/85, Nº7.398/95 e a Medida Provisória Nº 2.208 de 17 de agosto de 2001 que declaram que “é garantido a todos os estudantes, usufruir de forma plena, o direito a 50% de desconto em qualquer evento Cultural.”

    Curtir

  41. Jair Junior (@tchuckyjuck) 14/05/2012 às 22:34 #

    Eu já costumo concordar com cada palavra da Mara, mas desta vez, eu tenho de simplesmente assinar em baixo. Otaku nunca sabe o que tá bom, sempre tem de reclamar. É igual um comentário do Paulo Henrique Amorim hoje, sobre a imprensa brasileira: “se baixa, reclama, se sobe, reclama do mesmo jeito. Parecem só estar prontos para o golpe.”

    Curtir

  42. Alexandre 14/05/2012 às 22:35 #

    Espero que tenha conseguido responder adequadamente a sua pergunta, na qualidade de advogado que sou desde o final de 2011.

    Curtir

  43. Spike 14/05/2012 às 22:36 #

    kkkkk por favor quem tava dizendo que o mundo otaku tá em alta leia esse comunicado da Yamato.
    Nenhum lugar quis o AF, preços abusivos, sem data.
    E me dá nojo quando pessoas só lembram dos seus direitos como consumidor para um AF da vida, vai lá no Procon dizer que quer colocar a Y no pau pq vc não pode passar o dia vestido de Goku. kkkk

    Curtir

  44. Senseinoção 14/05/2012 às 22:38 #

    Sim, Alexandre.

    Porém, você se esqueceu que o código de defesa do consumidor apenas é aplicado às relações de consumo. Uma relação de consumo apenas existe quando um consumidor adquire um bem ou serviço de uma empresa. Logo, quem não efetivou a compra do ingresso não é considerado consumidor. Eu, por exemplo, não sou consumidor disso, logo não posso invocar o CDC para reclamar do preço.

    Você também se esqueceu que estamos em um país capitalista. Sim, a livre iniciativa, a livre concorrência e o direito de própriedade fazem parte de nosso ordenamento jurídico e econômico. E que os empresários são livres para determinar seus preços. Sim, eles são totalmente livres para cobrar qualquer valor que eles desejem, desde que não seja a comercialização ou produção de algo ílicio, vale o preço que quiser.

    O preço, de acordo com a teoria econômica, se dá no mercado. O mercado é o conjunto de compradores e vendedores que se encontram em determinado “lugar” e em determinado período”, valendo lembrar que a definição de mercado hoje é mais ampla, uma vez que a questão do espaço não se põe de forma determinante. Os preços, de acordo com algumas teorias (em especial a do querido Smith e sua mão que não se vê) dizem que os preços tendem a um equilíbrio de acordo com sua demanda e oferta.

    Esse equilibrio seria determinado de acordo com a quantidade ofertada e demandada, uma vez que em um mercado perfeito, nenhum comprador ou vendedor poderia, sozinho, influenciar o mercado. Enfim, creio que você saiba um pouco sobre isso e saiba que reclamar de nada adiantará, uma vez que não existe a obrigação do fornecedor em determinar seu preço de acordo com uma equação de custos + margem de lucro determinada. Caso houvesse essa obrigação, a economia seria chamada de outra forma.

    Curtir

  45. Tiago Dias 14/05/2012 às 22:41 #

    Jair, Spike e etc desculpe mas… é como disse antes… todos temos opinião… não estamos fazendo balburdia e nem nada apenas discutindo sobre fatos e fatos que a Yamato fez… veja assim como que em 2011 num Mart Center eles cobram 35 na porta utlimo dia e agora num espaço que ELES CONFIRMAM ser menor que do ano passado cobrarem 45 na porta ultimo dia… acho que sim é algo estranho q revoltante… sem conta que tem pessoas que aguardam q MTO por este evento e ai veem um Evento sendo Organizado num espaço menor… entendo vcs que tem alguns Otakus que xingam, zoam TUDO é aquela zona mas infelizmente não podemos controlar a raiva dessas pessoas até peço desculpas por isso se esta incomodando vcs mas nem TODO Otaku e vamos dizer Geek(que eh meu caso) sou Otaku SIM, mas consumo outros tipo de Hobby por isso me denomino Geek, mas acho que vcs poderiam entender a questão como um TODO…

    Curtir

  46. Spike 14/05/2012 às 22:45 #

    Eu entendo, e também estou revoltado com lance de preço e local.
    Mas questiono esse lance do nicho.
    Que não sei da onde esse povo anda tirando que otaku ta bombando!
    Que se a Yamato quisesse (e tentou) faria o AF em um lugar melhor.
    Mas não, é evento pra nicho.
    Ficar lendo scan de mangá, e ficar pegando anime em servidor chines virou tendência e ditador de mercado.

    Curtir

  47. Suna 14/05/2012 às 23:26 #

    Em tempo: Eu adoraria que os mangás se popularizassem por aqui. Quem sabe não teríamos uma produção nacional decente (e eu, um emprego nesse meio xD), não uma ou outra revista dedicada às produções nacionais que somem mais rápido do que aparecem.

    Nesse Burajiru que abre as pernas pra qualquer cultura e repete jargão de novela independente do idioma em que esteja ou do significado que tenha, a presença desses “chan”, “kun” e demais termos estrangeiros não interfere no entendimento de quem lê. Por outro lado, se mastigar demais vira nível Fairy Tail & Briggs de tradução e aí sim eu vejo um problema, pois não há o que se aproveitar dali.

    Sei lá, acho que o que pega mesmo, além da falta de divulgação (otaku só aparece na tv pra passar vergonha), é a má fama que os mangás e animes carregam aqui no Brasil. Do mesmo jeito que tem otaku que torce o nariz pra mangá brasileiro porque acha que se usar nossa cultura só vai ter bunda e folclore, tem quem ainda se prenda ao conceito de que todo anime é violento e que “demônio”
    sempre se refere ao capeta, pois ignoram a ambiguidade desse termo pra cultura japonesa. Junta esse pré julgamento com a má vontade geral de quem lida com esse segmento (público incluso) e o resultado é esse nicho minúsculo e todo dividido, fadado à extinção. Em breve os otakus daqui vão virar peça de museu, escrevam.

    Curtir

  48. makotobakura 14/05/2012 às 23:40 #

    Por isso que eu não vou em AnimeFriends nenhum…
    Vou gastar o dinheiro vendo 10 vezes seguidas o filme dos Vingadores!

    Curtir

  49. Mayk Santos 14/05/2012 às 23:50 #

    Nunca li tanta baboseira num lugar só! O Mais de Oito Mil já foi um lugar mais interessante, agora está muito próximo de lixos eletrônicos como o Escreva Lola Escreva. Espero que a pessoa que escreve essa merda reveja seus conceitos ou pare de poluir a internet com seus pensamentos imbecis.

    Curtir

  50. Sandra Monte (@papodebudega) 14/05/2012 às 23:55 #

    E em 2008 eu já falava o quão “certos eventos” eram safados. De lá para cá mudou alguma coisa?

    http://www.papodebudega.com/2008/12/lado-negro-do-mercado-dos-animes-no.html
    http://www.papodebudega.com/2008/01/palavras-words-palabras-24.html

    E visitem toda a parte de “conscientização” do site….

    Sandra Monte
    http://www.papodebudega.com

    Curtir

  51. jasque 15/05/2012 às 00:08 #

    Mara contratada pela Yamato, I see what you did there…

    Curtir

  52. RicardoSavageStrike 15/05/2012 às 00:11 #

    Isso mesmo, gorda, bate na cara desses otakus playboys! Sofram!

    Curtir

  53. jasque 15/05/2012 às 00:22 #

    Engraçado que tem uns aí pagando de “não me importo com o evento mesmo” mas olha o número de comentários disso lol

    Curtir

  54. Sora 15/05/2012 às 00:54 #

    Bando de otaku babaca xiliquento, só querem o ingresso mais barato pra comprar botom… Estão achando ruim esse preço? Não gostam do novo local? NÃO PAGUEM!!!

    Curtir

  55. Sora 15/05/2012 às 00:58 #

    PS: Não se sintam lesados como se fossem consumidores que pagaram por um produto ruim. É simples. Ninguém é lesado se não comprar o produto.

    Curtir

  56. AlguémDenovo 15/05/2012 às 00:59 #

    Curtir

  57. AlguémDenovo 15/05/2012 às 01:01 #

    O que me dizem disso:

    Curtir

  58. Mateus 15/05/2012 às 03:21 #

    “de facil deglutição” é por isso que eu gosto da gorda da Mara, ela ve o Furo

    Curtir

  59. makotobakura 15/05/2012 às 03:33 #

    Têm uns por aqui que se revoltam na hora de comentar como se tivessem xingado a mãe deles… Imagina se a Mara tivesse falado sobre o Anime Friends e dito que One Piece é mediano no mesmo post

    Curtir

  60. BB Kenichi o/ 15/05/2012 às 05:29 #

    Bom,com os preços ,eu já sabia que iriam aumentar desde o af passado, 10 anos de evento e talz…
    Mas morri de rir quando vi o local deste ano, é o mesmo onde realizaram o anime party ,em março, foi bem organizado lá,(exceto a demora nas filas na entrada) é mais proximo de casa do que o mart center, e foi bom de andar por lá pq tinham menos gente. Mas agora fazer um anime friends lá é o fim. XD

    Curtir

  61. RASGA_CU_DE_OTAKU 15/05/2012 às 08:15 #

    vão pra puta que pariu bando de desocupados do caralho. cosplay é a puta que pariu, tem que morrer tudo.

    Curtir

  62. Suna 15/05/2012 às 08:35 #

    Pelo que eu entendi, o post critica a otakaiada chiliquenta, que reclama, xinga e esperneia, mas acaba cedendo. Poucos são os que realmente vão deixar de ir no evento ou comprar mangá esculhambado por conta de aumento de preço. Geral se revolta só na hora.

    Mas quais as opções que sobram? Há outros eventos menos badalados, mas será que eles comportariam o público de um AF, se nem a própria consegue? Meter o pau em quem vive de scan e download é fácil, mas cadê a grande variedade de produtos licenciados (e que não custem um rim), pra gente comprar? Agora todo mundo vive de importação e eu não sei? Quem vai trazer pro Brasil aquele mangá que só meia dúzia de gatos pingados daqui conhece? Se tem scan, porque eu tenho que ficar esperando eternamente até isso acontecer?

    Tem gente que só sabe reclamar mesmo, que quer tudo fácil e de graça, mas nesse caso, não há pra onde correr. Ou boicota, ou se vira com o que tem (que é onde estou).

    Curtir

  63. Douglas Martins 15/05/2012 às 08:46 #

    Juro q não entendi. Pelo que andei lendo nas redes sociais.. a reclamação geral está para o tamanho e local da Fac. Cantareira e não ao aumento de preço do ingresso. Se no markt place que mesmo caindo aos pedaços tinha espaço (e olha que nos últimos dias, até mesmo lá ficava bem apertado), imagina em um lugar bem menor. Outra coisa, “próximo ao metro Belem”???? é longe demais! Enfim.. uma pena

    Curtir

  64. Will Sparrow 15/05/2012 às 09:15 #

    Mara, você falou tudo. Em tempos áureos (leia-se início dos anos 2000) eu frequentava eventos frenéticamente. Ia a todos, quase todos os dias (quando não ia todo santo dia). Mas naquela época os eventos eram BONS e os preços eram pelo menos JUSTOS. Hoje em dia o tal do nicho que você falou é, basicamente, o mesmo que sempre foi. Mas a nossa querida Yamato (pff) continua com a sua Cruzada interminável para encarecer. Eu continuo indo aos eventos, mesmo com o preço elevado. Mas só em um dos dias, porque acho que é suficiente para falar “ah, eu fui”.

    Curtir

  65. Dhiego Joly Botogoske 15/05/2012 às 09:28 #

    Eu não dou a mínima para o aumento do preço… Por mim, que seja 50, 60, 100 reais… O que incomoda é o tamanho da instalação… Já era difícil se locomover e ter o mínimo de espaço e tempo para procurar o amado mangá no estande lotado de gente, imagina com capacidade menor? Vai ser complicado ficar na fila, e se chover vai piorar a situação… E repito: Dane-se o preço, se ele valer por qualidade… O que falta é ORGANIZAÇÃO… E não adianta dizer que otaku quer seu mundo mais fechado… Devido ao aumento de “narutards” e paga-paus de otakus, os eventos são compostos em maioria de gente que não conhece absolutamente nada, gente que assiste animes dublados e não entende nenhuma expressão além de “tô certo”…

    Curtir

  66. andre s reis 15/05/2012 às 10:24 #

    é o mais de oito mil fazendo formadores de opinião muito bem mara está cumprindo muito bem sua missão aqui na terra kkkkkk

    Curtir

  67. Marskel 15/05/2012 às 10:40 #

    Tem uns anos que não vou em evento da Yamato (principalmente Anime Friends) mas a alusão que o texto faz aos mangás dá a entender que o público do próprio AF começou a encolher junto, também. Confesso que não era bem essa a impressão que eu tinha (pelos relatos de zilhões de pessoas apertadas em um espaço com o do Mart Center).

    Mas é isso, o pessoal não tem do que reclamar não porque estão “restringindo” o evento a um nicho, mas simplesmente porque não interessa o quão bosta o serviço prestado seja – nego continua indo e de bom grado.

    Curtir

  68. burunaru 15/05/2012 às 11:42 #

    Sério mesmo que vocês não entendem mesmo a lógica que a Mara fez?

    Não amiguinhos, 40 pau pro ultimo dia da Friends não tá NEM UM POUCO CARO. Pense comigo, que vc pagaria 100 reais no mínimo pra o show de qq cantora pop ou banda de Rock internacional que vem pro Brasil correto? Vc que pagou 60 pau a MEIA no show do Miyavi, como eu, naquele cubículo de Citibank Hall. Paguei 95 reais a MEIA para ir no show do Kiss no Anhembi em 2009, e 130 inteira pra ir no show da Shakira no Morumbi em 2011. E nêgo vai pagar BEM CARO pra ir na MADONNA.E porque eu tô falando isso? É simples criançada, eles são artistas internacionais, assim como JAM PROJECT, só que a diferença é que diferentemente da Madonna, da Shakira ou do Kiss, vc não encontra CD, DVD ou qq porra de produto original deles em loja de CD não é mesmo?
    Então vamo raciocinar, uma empresa traz uma banda internacional pra tocar no seu evento, uma banda que nao ganha retorno financeiro do público em vendagens de albuns ou o caraleo a 4 e vcs reclamam que o ingresso tá caro? Ah, mas vc não vai pra ver o JAM? Então phoda-se vc! Eles são a atração do dia, o que manda na grade e no preço é a atração principal, simples.

    Problema de otaku é que otaku acha que evento é pra socializar. Acha que evento é lugar de fazer amigo e ganhar abraço, e sinceramente pra fazer isso 40 é muito caro. Mas se for pra socializar a gente vai na Liberdade e fica lá posando de otaku bacana e descolado na escada da liberdade, não é mesmo?
    Otaku tb acha que pra ser legal ele tem q ir todos os dias na AF, e ai realmente fica caro. Otaku tb gasta toda essa grana pra ir em evento e não aproveitar nem 1/5 das atrações que o evento tá oferecendo, pq o legal mesmo é sair gritando weeeeee com plaquinha e tentando pegar as menininhas, coisa que não consegue fazer na vida real, neh?

    E tirando que é muito fácil meninada vir falar que tem outros eventos “bons” que são mais baratos. São mesmo? Eles disponibilizam a mesma qualidade técnica que esse? Pq pagar uma boa equipe de som e luz é caro viu galere, tem coisa que custam DINHEIRO pra ficarem boas. Ah mas não, vcs não ligam pra qualidade, vcs mesmos gritam e se esgoelam com a banda que DETONA a sua música preferida, mas curte só porque eles tão lá tentando executar um projeto inaudível de ZETSUBOU BILLY.

    E já respondo o amiguinho que falou que somos consumidores e falo que não. Não são consumidores não. Vcs mal pagam o lanchinho de vcs pra se chamar de consumidores, amigão. Vcs mal pagam por essa cultura que consomem, sempre se suprindo de scans e não do mangá traduzido e licenciado, então como você quer cobrar que eventos desse tipo sejam disponibilizados pra vocês por um preço mais ameno e uma qualidade melhor?

    Então acho mesmo que dá pra repetir a pergunta da Mara de: “Quem são vocês para reclamar do aumento no preço do ingresso do Anime Friends?” Dá pra emendar com a pergunta “Quem são vocês para reclamar da qualidade ou respeito por qualquer coisa?” Vocês não respeitam as coisas que vocês próprios idolatram!

    Agora sobre o local é outra história. Eu mesma fiquei bem brochada pelo local, mas é de se esperar. A primeira coisa que se pensa é “Pq raios o ingresso tá mais caro se o evento vai ser uma Party?”, mas como já foi dito, será usados mais locais da faculdade do que é comumente utilizado nos eventos menores realizados lá. E tirando que SIM, a Faculdade Cantareira É SIM um local melhor que o Mart Center, não tem terra, lama, pó e é coberto, com banheiros melhores que o de lá. E são vários andares né negada?

    Curtir

  69. Sora 15/05/2012 às 11:44 #

    Gente, não adianta dizer que querem que mangás e animes se popularizem no Brasil. Porque querendo ou não, ISSO É COISA DE CRIANÇA AQUI! E quem lê é infantil…. A culpa é de quem? De vocês mesmo otakus que agem como crianças de 10 anos birrentas ao comentar aqui ou que vão no shopping com touquinha de Mokona e ficam gritando como se quem passasse tivesse obrigação de ouvir um golpe especial de algum shounen babaca. Enfim. Se o público aumenta, é por causa da modinha, e o que você mais vê nos eventos são cosputinhas e emos pseudo-otakus que só assistiram Naruto.

    Curtir

  70. jasque 15/05/2012 às 12:40 #

    Essa de querer que popularize parece meio contraditório…

    Peguemos os ‘nerds’ por exemplo, agora que ficou popular, ninguém agüenta ver ‘inclusão’ vestindo blusa de meme por aí.

    Se a ‘cultura otaku’ ficasse popular… vocês que tanto reclamam agora teriam mais do que reclamar ainda, já que vocês tem frescura de ver gente com camisa de anime e mangá no meio da rua. E se popularizasse, isso seria algo que aconteceria inevitavelmente.

    E capaz que tivesse mais gente fazendo cosplay na rua ou se vestindo de forma estranha e fazendo coisas estranhas.

    Fora anime dublado que quando tem, ficam de mimimi.

    O que quero dizer é que é pura provocação na maioria das vezes.
    Quem quer de verdade que animes e mangás se popularizem?
    Poucos. E a Mara não está inclusa.

    Curtir

  71. Sombra-San 15/05/2012 às 13:05 #

    Nem vou falar sobre o evento já que não vou mesmo, mas não vejo problemas em manter as expressões japonesas. Mangá é japonês e não brasileiro aceite isso. Quando comecei a ver anime também não entendia mas com o tempo aprendi, que o povo em geral aprenda também se gosta de ler mangás. Se tem glossário qual o problema? Fica ainda mais fácil. Quer algo adaptado para o português-brasileiro que vá ver anime dublado dona Mara u_u

    Curtir

  72. riickss 15/05/2012 às 13:20 #

    Na real, tudo está caro. Ou vocês veem as piriguetes reclamando de pagar R$200,00 para ir numa micareta chinfrim?

    Curtir

  73. fallyrion 15/05/2012 às 13:32 #

    Eu não vou em eventos de animê para socializar nem para comprar coisas, já passei dessa idade e não compro manga nacional seriamente há anos.

    Vou pelas atrações. Teatro Cospaly quando é bem feito; show de bandas internacionais e nacionais (JSquad, Wasabi e etc) e qualquer outra coisa bacana que o evento possa ter.

    Não me importo de pagar caro por isso se as atrações compensarem. Por isso, se a AF trouxer alguma boa atração eu vou feliz me apertar com os cosplays de Naruto. Mas se não tiver nada que me chame atenção (e JAM Project ou qualquer banda que cante músicas de CavZodiaco NÃO está nesta categoria) não vou.

    Penso em ir pra São Paulo, ai sim socializar com alguns amigos, mas em algum shopping ou mesmo na Liberdade.

    Curtir

  74. Adson 15/05/2012 às 13:32 #

    “Quer algo adaptado para o português-brasileiro que vá ver anime dublado dona Mara u_u”

    Mas que resposta mais besta…
    Ta no nível de:”Se o manga é japones, então pq vc não aprende japones e compra o original?”

    Se o manga vem para o Brasil, então que venha com tudo que seja possivel ser traduzido. Inclusive técnicas e onomatopéias.

    Curtir

  75. Carol 15/05/2012 às 13:40 #

    @Florisvaldo Menos, colega… ninguém te contratou ainda!

    Não tenho nada contra o aumento de preço ou a diminuição do lugar… só acho que isso vai me impedir de entrar pq ando sem grana. Só isso.

    BTW, adorei a Mara sapucando na cara dos otakus, pra variar. Ponto pra ela.

    Mas também acho, concordando com um comentário aí em cima (que acabei perdendo), que evento de anime vai voltar a ser em guetos, como na época da Abrademi. Isso pq, naquela época, tinha anime e tokusatsu a rodo na TV.

    É, gente… 2012 tá aí…

    Curtir

  76. Sombra-San 15/05/2012 às 14:18 #

    @Adsom O manga vem? Tá mais pra trouxeram, manga não é feito pensando no publico do mundo todo. Tem coisa que traduzir até perde o sentido do que tão falando, antes explicar do que começar a colocarem “zebras” no mangá.

    Curtir

  77. VJKaze 15/05/2012 às 15:08 #

    No inicio não concordei com a Mara pela forma superlativa de criticar os ditos otakus, fundamentada na expressão “Quem são vocês”, porem devo concordar que ao termino da leitura do post minha opinião mudou um pouco em relação à atitude de reclamar, mas por fim render-se ao que tanto reclama.

    Quanto ao se fechar no nicho devo discordar, pois HQ, por exemplo é um nicho fechado, porem o mercado e bem grande, principalmente no pais de origem os EUA. Contudo os HQ que são fechado para o nicho acharam uma solução para a massa, souberam popularizar as obras por outros meio, como nos filmes que esses já são para atingir principalmente a massa, exemplo disso e o filme atual Os Vingadores. Varias pessoas no mundo viram o filme, porem os HQ podemos dizer que foi somente um nicho fechado, quem não deixa de ser grande. Existem soluções para agradar vários grupos, a questão é quem estará disposto a busca-las.

    O que falta no brasileiro, de uma formar geral é atitude, tanto na concepção de agir como em pensar. Reflexo disso é a politica, saúde, educação, segurança publica, construção civil entre vários outros problemas, quem com a nossa localização geográfica privilegiada e economia dita em alta, não deveria existir ou pelo menos deveria estar em estágios menos depreciativo.
    Alguns dirão o que tem isso a ver com um evento de anime e preço de maga. Para esses direi que tudo, um dos problemas esta justamente em não saber o que tem a ver uma coisa com outra. Outros dirão que essa e uma critica demasiada em relação ao conteúdo abordado, que é bem especifico (eventos de anime, preço de manga). Os conteúdos podem ser diferente porem a essência do problema e a mesma.
    Para os que não entenderão nada e acha que tudo que escrevi é uma bobagem, devo dizer que lamento por você.

    Curtir

  78. VJKaze 15/05/2012 às 15:12 #

    CORRIGINDO O COMENTÁRIO ANTERIOR

    No inicio não concordei com a Mara pela forma superlativa de criticar os ditos otakus, fundamentada na expressão “Quem são vocês”, porem devo concordar que ao termino da leitura do post minha opinião mudou um pouco em relação à atitude de reclamar, mas por fim render-se ao que tanto reclama.

    Quanto ao se fechar no nicho devo discordar, pois HQ, por exemplo é um nicho fechado, porem o mercado e bem grande, principalmente no pais de origem os EUA. Contudo os HQ que são fechado para o nicho acharam uma solução para a massa, souberam popularizar as obras por outros meio, como nos filmes que esses já são para atingir principalmente a massa, exemplo disso e o filme atual Os Vingadores. Varias pessoas no mundo viram o filme, porem os HQ podemos dizer que foi somente um nicho fechado, o que não deixa de ser grande. Existem soluções para agradar vários grupos, a questão é quem estará disposto a busca-las é se querem busca-las.

    O que falta no brasileiro, de uma formar geral é atitude, tanto na concepção de agir como em pensar. Reflexo disso é a politica, saúde, educação, segurança publica, construção civil entre vários outros problemas, quem com a nossa localização geográfica privilegiada e economia dita em alta, não deveria existir ou pelo menos deveria estar em estágios menos depreciativo.
    Alguns dirão o que tem isso a ver com um evento de anime e preço de maga. Para esses direi que tudo, um dos problemas esta justamente em não saber o que tem a ver uma coisa com outra. Outros dirão que essa e uma critica demasiada em relação ao conteúdo abordado, que é bem especifico (eventos de anime, preço de manga). Os conteúdos podem ser diferente porem a essência do problema e a mesma.
    Para os que não entenderão nada e acha que tudo que escrevi é uma bobagem, devo dizer que lamento por você.

    Curtir

  79. Alexandre 15/05/2012 às 15:40 #

    Senseinoção, eu sei muito bem disso e só invoquei as regras do CDC porque vou no Anime Friends desde a sua primeira edição. Sempre paguei o preço cobrado pela Yamato e nunca reclamei de nada. Portanto, de acordo com o CDC, eu tenho todo o direito de reclamar pelo aumento abusivo de preços, uma vez que sou consumidor do serviço prestado pela Yamato.

    Curtir

  80. Alexandre 15/05/2012 às 15:45 #

    Como última observação, quero deixar bem claro que o aumento no preço dos ingressos não vai me impedir de ir ao Anime Friends. Vou como sempre fui. Porém, eu costumava ir nos dois domingos, mas este ano vou em apenas um.

    Curtir

  81. Alexandre 15/05/2012 às 15:47 #

    E da minha parte, este assunto está encerrado!

    Curtir

  82. Spike 15/05/2012 às 17:06 #

    Morri de rir com o Alexandre!
    Veio com panca de ai sou aDEvogado formado, sei das leis.
    Foi contrariado, abaixou a crista.
    E no fim reconheceu que é mais um baba ovo da Yamato.

    Curtir

  83. apocaliptico2 15/05/2012 às 17:28 #

    Ao se focar no nicho, você espera que um público menor compre o produto, e segundo a máxima do mercado, quanto menor a demanda, maior o preço. E os otakus parecem #chatiados com isso? Nem um pouco! Os otakus do burajiru pedem que os mangás fiquem cada vez mais fechados ao próprio universo deles, para quem ninguém de fora consiga entendê-los, como se fosse um código secreto de uma tribo.

    -É isso aí, por isso que o mercado tá uma merda que tá.

    Belo eufemismo para “o evento será menor”, né? Não tem como algo para OTAKU crescer, porque é um mercado que não se renova porque o próprio nicho não se renova. O Anime Friends só crescia porque tentava mirar em mais público, trazendo shows que não tinham qualquer relação com o mundo otaku.

    -Consequência de querer enxergar o próprio umbigo.

    Curtir

  84. rafael motta 15/05/2012 às 17:40 #

    Esse ano nem vou… pranejava, mas to juntando grande para arrumar ps3 q acho q vale mais a pena.
    agora aumentar o preço desanima, só q tambem ñ precisam fazer cara feia pra depois sair abanando o rabinho, pq essa é a realidade, e o q vejo e mimo de otaku, q num tá satisfeito com nada.

    Curtir

  85. Suna 15/05/2012 às 17:58 #

    @jasque

    Eu gostaria. Seria muito bom ver mais gente com camisa de anime, e achar dessas camisas em lojas comuns, não só em eventos. Ou comparando mangás com qualquer outra revista, não como um bicho de sete cabeças só pelo sentido inverso de leitura. Além disso, quanto maior a procura, maior a oferta, teríamos mais produtos licenciados por aqui, não um single dvd com 3 episódios de um total de 200 ou boxes incompletos. Facilitaria a vida do povo que não tem como importar e que faz questão de ter um produto original, fora que, tendo mais gente interessada, acredito que alguns preços seriam bem mais justos do que os atuais.

    A dublagem nacional é muito competente, vide séries e filmes. A do The Lost Canvas, pra citar um exemplo do ramo, achei muito bem feita. Anime dublado é uma maravilha quando bem trabalhado e tendo uma atenção maior, não acredito que veríamos coisas como aquela versão horrenda de Blue Dragon sendo empurrada goela abaixo do respeitável público.

    Quem sabe com um público maior não teríamos eventos melhores, maiores e mais organizados, com mangakás e animadores daqui, do Japão ou seja lá de onde for como convidados? Ficaria mais caro, mas se valer à pena, porque não? Também seria bom se houvessem oportunidades melhores pro pessoal talentoso daqui que desenha mangá ou outro estilo de quadrinho e que tem de ir lá pra fora se quiser tentar trabalhar com o que gosta, porque aqui a coisa ainda engatinha mal e porcamente.

    Se mangás e animes se popularizassem, talvez perdessem essa imagem de que são coisas pra adolescente que se comporta feito idiota, o que pode ser até inerente à uma parte dos otakus e cosplayers, mas não à todos.

    Enfim, é lógico que seria uma mudança à longo – e bota longo nisso – prazo, mas eu só vejo vantagens com essa possibilidade. Afinal, por mais que toda merda vire popular, nem tudo que é popular é uma merda. E se em mais de 10 anos essa síndrome underground de alguns otakus não me picou, dela eu não morro mais.

    Curtir

  86. Senseinoção 15/05/2012 às 18:33 #

    Alexandre

    Está encerrado pq vc não teve a capacidade de o discutir ou de argumentar de forma contrária ao que eu disse.

    Até mesmo pq, senhor advogado, gostaria de saber como o senhor caracteriza o preço absurdo? Você possui formas de provar que existe um atentado ao consumidor no que tange ao preço? Você conhece a estrutura de custos da empresa ao ponto de poder apontar e afirmar com toda convicção que existe sim um preço abusivo?

    Se você não puder fazer isso, afirmar que uma empresa está praticando um preço abusivo, o que contrária uma peça legal, pode ser bem arriscado, não acha?

    E, no momento em que você aceita um “preço abusivo” você, obviamente, está aceitando este preço como aceitável. E um preço aceitável não pode ser abusivo, um preço abusivo não pode ser aceitável… Que coisa, não?

    Curtir

  87. Raphael Kox 16/05/2012 às 12:39 #

    Olha eu tenho pouco a dizer , quero apenas por uma spotlight no trecho do “-kun -san -chan”.

    É claro, só por que manga é uma arte de origem japonesa, é um absurdo termos referências à cultura de lá, né? Esperava que personagens de mangá falassem “Ai, mano!”, ou “Fala, truta!”?
    Caso você não tenha conhecimento, essa forma é característica da língua, e não precisa de um curso para serem entendidas.

    E sobre o glossário, ele só existe por que é necessário, seja pra nomes de lugares, objetos, facções, etc… só demonstra a riqueza de detalhes da obra (e olha que eu não gosto de OnePiece). Mangás vem evoluindo em qualidade , junto com os animes, o problema é que o que vem pra cá nem sempre é o melhor, mas como “melhor” tem um peso subjetivo, acabam agradando um certo público. Naruto, Bleach e One Piece cairam nas graças do público brasileiro, Agora sobre enteder, é sim necessário ter um certo conhecimento da cultura para apreciar por completo. E isso não conta apenas para mangá, como para qualquer obra baseada em outra cultura, posso citar como exemplo Illíada/Odisseia, obviamente requer um certo conhecimento da cultura grega. Não tem esse conhecimento? Procure absorver, ja aproveita e acumula um pouquinho mais de material. Eu detesto particularmente autores que não fazem o mínimo de pesquisa antes
    de criar uma obra, referencias geram consistência.

    Em suma, seu argumento sobre o por que mangás tem perdido um pouco sua popularidade é fraco. Se eu tivesse que vocalizar um opnião pessoal, eu diria que o intelécto do povo é que vem caindo, enquanto o conteúdo vem aumentando.
    Se tem dúvidas procure no resto das mídias , em especial no meio musical.

    Sobre o resto, sou obrigado a concordar, vendo de forma prática o mercado caiu
    e obviamente o investimento vai ser diminuido consequencialmente, por medo do lucro retornado não ser satisfatório.

    Sem mais

    Curtir

  88. Luan 16/05/2012 às 15:05 #

    Foda-se! Sou de SC mesmo…

    Curtir

  89. hiozetsu 16/05/2012 às 20:09 #

    hshusuhsauhashashasusahuashsauhsausa,
    Mara, a especialista em arranjar confusão.

    Ignorância…? Olá?!
    @burunaru. Eh?!
    lálálá
    Não consumo, não vou, logo não tenho do que reclamar.

    Curtir

  90. hashixhunter 17/05/2012 às 16:46 #

    Marinha brava.
    Infelizmente eu tenho que concordar com você. Acompanho o mercado desde 94 com a explosão de Saint Seiya e posso dizer que ‘Sim’ infelizmente o mercado se tornou nicho, você tem razão.
    É compreensível as revolta dos fãs por causa do aumento do valor do ingresso e a redução do tamanho de espaço. Me considero otaku (não a maneira atual mas da maneira como o Sergio Peixoto definiu faz muitos anos nas extintas Animax e Japan Fury, no tempo onde a melhor coisa que acontecia na cidade era exibição na Henfil e olhe lá) e vejo por esta ótica irritante, como se eu estivesse sendo lesado ( e parcialmente todos estamos), mas seria bobagem minha querer que meu coração apaixonado por produções orientações me tirasse da realidade. É triste ver que os fãs querem se igualar a admiradores de Star Wars ao invés de ver sua paixão se tornar mais popular. Ficar bravo não muda o fato que você colocou no seu post. Vou ao evento porque gosto, não porque acho que está tudo bem. Bem vai estar quando produções nacionais e um mercado abarrotado de leitores assíduos não só por mangá mas por livros também, explodirem no Brasil. Enquanto a utopia de um mercado maravilhoso que poderia deixar os fãs nas nuvens não acontece, ficamos aqui na tribo do ‘pessoal infantil’ que assiste desenho e odeia se misturar. Deveríamos ser famosos por passarmos a imagem de um público inteligente e animado e não de seres estranhos que trajam roupas coloridas e gostam de sushi. Pessoal vamos ser mais diretos, eu considero esse um dos melhores posts que já vi da Mara, por isso resolvi escrever. Vamos levar a sério, não somos tão culpados, mas o público tem sim parcela de culpa.

    Curtir

  91. Lucas 18/05/2012 às 23:14 #

    Mew, um dos maiores motivos de eu não ir como costumava na AF e na A.Dreams é que anime e Otaku virou modinha, até K-POP tava tendo, e culpa do q? popularização entre pessoas que não vêem os Anime e Mangás com os mesmos olhos q vemos. Olhos de Fans.
    o preço é pra assustar mesmo, pois se vão diminuir o publico eles ainda têm que tirar um lucrinho ne? Lógico q não vou poder ir todos os dias, mas no domingo eu vou, mesmo pagando 40 pila. Com certeza quem vai serão pessoas que gostam disso, vivem isso, e esse aumento de preço não será um grande empecilho para a diversão. Pois só o fato de saber que não terá K-POP, nem Sásukes eu Sákuras, nem “Naruto é o melhor anime do mundo” ou “De que ‘desenho’ é o seu personagem”, já vale os 40 conto

    Curtir

  92. samurandre 19/05/2012 às 00:20 #

    yo yo yo

    o belo casou com a graciane … e o gol do vasco foi legal,nos garfaram na cara dura.

    se foder !!!!!!

    ha??? a.f. …. sei lá , bixo

    Curtir

  93. Ramon 21/05/2012 às 09:20 #

    Véi, na boa… Não é só por que não passa mais anime na globo que você deve achar que os otakus não se renovam e não está aumentando. Não concordei com nada, mas claro, opinião sua.

    Curtir

  94. Carlos Laqueti Ferron 22/05/2012 às 22:09 #

    Trouxa é quem reclama pra caralho e ainda vai nessa bosta de evento, enquanto todo mundo reclama o Takashi enche o cú de dinheiro.

    Curtir

  95. Wellington 23/05/2012 às 09:38 #

    Muito, muito fácil dizer. Na prática, são outros quinhentos. Nem todo Otaku tem condições de pagar o valor estipulado, ‘Se não tem condições de pagar, não pague’ só que é o seguinte, o Mart Center COM CERTEZA era mais caro que esse novo local e era muito maior, quer dizer, eles COMPACTARAM o local, ou seja deixaram um local DUAS OU TRÊS VEZES MENOR e assim, para não perder lucros antigos, aumentaram o valor dos ingressos para que o valor continue aproximado ao do Mart Center. Uma vergonha! Selecionar o público? Não, isso se chama COBIÇA E CAPITALISMO mesmo.

    Curtir

  96. Lesphirou 23/05/2012 às 19:30 #

    Bla bla bla
    Nunca fui a um AF mas estou rindo das caras dos que irão esse ano. E o que da raiva não é nem o aumento do preço, mas sim os hipócritas que reclamam e no fim, compram a porcaria do ingresso.
    Devia ter nascido japonês mesmo, porque daí eu iria a um Comiket, que da de 10000 a 0 nesse evento patético.

    Curtir

  97. lauri bittencord 31/05/2012 às 00:52 #

    Vai tomar no cu caralho essa porra desse evento ta enchendo e reclamo mesmo não e o evento que vai pagar para mim mal raiva ta a gente pode até pagar caro mais queremos espaço para respirar até imagino o lugar bagunçado coco de cachorro por lado a bagunça do inferno do por causa daquela vagabunda daquela mulher Luciana do caralho que enfie esse evento no rabo

    Curtir

  98. lauri bittencord 31/05/2012 às 00:57 #

    Pensa que nois tem cara de banco vai para o inferno daqui uns tempo os rico vam entra no anime friends e nois vai ficar chupando dedo o que da raiva e isso o espaço do lugar não da nem para os cantores este buraco aonde quer nos enfiar deve ser o cu deles:-(

    Curtir

  99. carol ribeiro 31/05/2012 às 01:05 #

    Concordo manda eles enfiar os ingresso no cu deles vamos fazer protesto nesse caralho me arrependo de ter comprado esse ingresso so porque minha filha tava louca para ir mais ela nao pode ficar em lugar fechado ela nao respira muito bem estragou um sonho dela se vestir de sakura seus filho da puta obrigada:'(

    Curtir

  100. yusuke mitsuaki 31/05/2012 às 01:10 #

    Viu estragou um sonho da menininha aff se continuar assim não vai ninguém daqui a pouco ta mais de R$200,00 o ingresso reais tirando a roupa de cosplay a alimentação a passagem os acessórios os manga anime jogos tudo isso e quem vai pagar e nois neh não o evento.

    Curtir

  101. elaine sousa 31/05/2012 às 01:17 #

    Queremos QUALIDADE ouviram QUALIDADE ainda não ouviram QUALIDADE QUALIDADE não um lugar que não suporta nem as cadeiras se tiver acho que nem banheiro.luciana hamura tu esta por fora tem gente que organiza melhor evento do que vç vai lá compra seu sapato no brechó vagabunda.

    Curtir

  102. jessica machado 31/05/2012 às 01:21 #

    Brechó. Essa foi foda mais e isso mesmo vai se fuderrrrrr vende porra barato se não nois da tiro no cu desse organizados de nada vamos gente quanto mais comentários melhor escrevam bastante até encher o saco daqueles filha de uma puta.

    Curtir

  103. luis silva 31/05/2012 às 01:24 #

    Pode deixar que eu vou chamar um Monte de amigos meus que é otaku para falar desse negócio sem graça que estão fazendo

    Curtir

  104. junior carvalho 31/05/2012 às 01:29 #

    Eu entro nessa porra de graça evento não esta valendo mais nada segurança que e bom nada a apresentadora e uma galinha depenada além de falar que a gente e pobre aquela piranha japonesa falsificada.

    Curtir

  105. aline oliveira 31/05/2012 às 01:32 #

    Essa e verdade além. De ganhar dinheiro na nossa custa chama nois de pobre não sabe organizar um evento maravilhoso e bom eu não conhece-lá pessoalmente se não da merda vamos comentar mais pessoal para ela ver que a gente se importa com anime friends:|

    Curtir

  106. maria eduarda 31/05/2012 às 01:34 #

    Manda essa organizadora tomar o cu

    Curtir

  107. josy sullyvan 31/05/2012 às 01:39 #

    A gente fala serio e muito triste vç saber disso estou esperando este evento a dois ano nunca tive oportunidades de ir por motivo de saúde agora que eu posso da niso fiquei muito triste mesmo espero que outros otaku também fique pela péssima consideração que tem por nois que ajuntando moeda por moeda para pagar alguns dias de curtição então vamos comentar mais pessoal beijos:'(

    Curtir

  108. luan banana 31/05/2012 às 01:43 #

    Falou tudo josy sullyvan ta critico o bagulho vamos bois mesmo arrumar um espaço a rua por exemplo bricadeira mais ta o cu do frango se eu pagar esse caralho não vou ter dinheiro para o lanche então vai para puta que pariu.

    Curtir

  109. Moacyr dos games 11/06/2012 às 00:18 #

    Gente invocando Sergio Peixoto, eventos de 2004, Gibiteca Henfil… Seus Otaku veio, agora tudo trabalha, paga ate 100 conto se a Yamato cobrar. Ah e pra quem reclamou do kpop esse ano vai ter um belo de um CONCURSO. Bjundas

    Curtir

  110. Majima Goro 18/06/2012 às 20:28 #

    Não tem essa de ”expressões japonesas, para linguagem da tribo”, ja apresentei mangás da Panini por um publico não-Otaku (uns colegas de classe) e mesmo assim eles entenderam sem ler glossario nenhum, mas o interessante é que Yamato esta fazendo o que qualquer um faria em relação ao preço. O local do Anime Friends vai ser o mesmo do Anime Party e eu fui no Anime Party esse ano e deixou a desejar. Mas espero quebrar a cara e que esse evento seja bom.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: