Hora da Retratação

13 mar

Boa noite, minna.

Venho por meio deste post informar que, a pedido do Futago Estúdio, foi retirada a imagem da capa do mangá nacional Vitral do post das dez piores capas de mangá do Brasil.

Segundo email enviado pelas autoras, eu cometi o erro de não saber que “Soni” e “Shirubana” eram pseudônimos femininos, e não masculinos como foi dito na matéria. Além disso, expus informações erradas sobre que o mangá havia vendido pouco, quando na verdade vendeu 40% da tiragem de 3 mil exemplares (segundo informação presente no site de uma das autoras).

Peço desculpas publicamente por ter usado uma ilustração pequena de uma capa do mangá Vitral. Não é porque o mangá foi lançado há mais de dois anos e não teve continuação que eu posso sair por aí publicando uma imagem demonstrativa do mesmo. Faço essa retratação por ter ferido o artigo Artigo 46 da Lei 9.610 de 1998, disponível na íntegra aqui.

Art. 46. Não constitui ofensa aos direitos autorais:

III – a citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e a origem da obra;

VIII – a reprodução, em quaisquer obras, de pequenos trechos de obras preexistentes, de qualquer natureza, ou de obra integral, quando de artes plásticas, sempre que a reprodução em si não seja o objetivo principal da obra nova e que não prejudique a exploração normal da obra reproduzida nem cause um prejuízo injustificado aos legítimos interesses dos autores.

Porque meu grande erro foi não saber os pseudônimos corretos e nem os nomes das autoras.

E para não cometer o mesmo erro (e porque elas pediram), seguem os links de seus blogs para que as autoras sejam reconhecidas:

73 Respostas to “Hora da Retratação”

  1. Dih 13/03/2012 às 23:39 #

    Ah, achei que seria um post engraçado.

    Curtir

  2. Ana Clara Santana 13/03/2012 às 23:40 #

    acontece

    Curtir

  3. Senseinoção 13/03/2012 às 23:42 #

    Eu achei engraçado. É irônico e, como diz a Mara, sapuca na cara desse pessoal.

    Curtir

  4. gwy 13/03/2012 às 23:42 #

    Pena que não melhorou a capa. =/

    Curtir

  5. Roberta Caroline 13/03/2012 às 23:43 #

    lol – Bem, próxima pauta, né Mara.

    Curtir

  6. samuhel 13/03/2012 às 23:43 #

    Não tava tão engraçado até a parte que a Mara teve que listar os blogs. xD

    Curtir

  7. O Judeu Ateu 13/03/2012 às 23:44 #

    Foda-se essa porra, internet é terra sem lei!

    Curtir

  8. Marco-kun 13/03/2012 às 23:45 #

    Admiro a Mara por se meter nessas enrascadas…. Eu já ficaria com medo de ser preso ou algo do tipo.
    E o uso da ironia, gente, que coisa linda. Post mais emocionante dessa bagaça.

    Xcution Team
    http://xtremedivider.wordpress.com/

    Curtir

  9. Houndurr 13/03/2012 às 23:45 #

    #POLEMICA
    O que seria do MdOM sem pessoas mad e butthurt com a Mara, não é minna?
    Aliás, o post de um dos blogs aí que a Mara colocou link é um puro show de argumentação.
    Recomendo a leitura para umas boas risadas.

    Curtir

  10. César Xavier (@cesartennou) 13/03/2012 às 23:48 #

    Foda-se essa porra, internet é terra sem lei! [2]

    Curtir

  11. Gabriel 13/03/2012 às 23:49 #

    Mara sempre na emoção de blogar perigosamente.

    Curtir

  12. gwy 13/03/2012 às 23:52 #

    Engraçado falar de liberdade de expressão no blog delas…

    http://gwydionland.blogspot.com/2011/03/o-principe-do-best-seller-review.html

    Curtir

  13. Guilherme 13/03/2012 às 23:59 #

    É tipo quando você sabe que a sua mãe tá errada mas faz o que ela diz só para não ter que ouvir?

    Curtir

  14. Vinicius Araujo 14/03/2012 às 00:03 #

    >vejo que não é um post com piadas
    >tl;dr

    Curtir

  15. Yoda 14/03/2012 às 00:12 #

    Na verdade é sim, é piada está na imbecilidade das autoras e no pedido rídiculo de retirar do site algo que está sendo criticado e tem umas ironias tb.

    Curtir

  16. At 14/03/2012 às 00:19 #

    Texto desnecessário Mara.
    Você sempre disse que respeita quando pedem para retirar algum conteúdo, mas nesse caso ridicularizou as autoras sem nenhuma necessidade, elas pediram para retirar então retira, o trabalho é delas afinal e errar em relação ao pseudônimo foi descuido seu. Por que ironizar isso ao invés de ter humildade e falar “foi mal pessoal eu devia ter visto melhor”? Você criticou uma coisa sem nem ao menos ter certeza do que era, o que aliás, não aconteceu pela primeira vez.
    Sinceramente estou perdendo a vontade deste blog, entendo e gosto da proposta do “nada é perfeito/tenha senso crítico”, mas de um tempo para cá, salvo algumas exceções, as postagens meio que perderam o tom, não são nem engraçadas nem úteis, só forçadas.
    E antes que alguém fale alguma coisa isso foi um recado para a Mara, que creio eu, vai entender o que estou tentando dizer da melhor forma possível.

    Curtir

  17. Fellipe "Kajelani" 14/03/2012 às 00:28 #

    E a Mara consegue mais desafetos! Se continuar assim vai ter de se retratar com o Oda-kami-sama por criticar as merdas (opa! desculpa!), obras dele…

    Curtir

  18. Tutu 14/03/2012 às 00:29 #

    Eu tenho que concorda com o At mais com eu não tenho nada pra fazer fodasse eu vou continuar vendo essa merda

    Curtir

  19. tiago 14/03/2012 às 00:35 #

    #teamMARA4ever

    Curtir

  20. Senseinoção 14/03/2012 às 00:39 #

    Eu acho que se alguém quiser falar em particular, manda um email.

    E, apesar da ironia, acho desnecessário o texto do AT. Afinal, ninguém tem que saber que um pseudônimo é masculino ou feminino se ele não for de fácil identificação. Então na verdade isso não é um erro, nem mesmo um descuido, já que a obra nasceu “falida”, não teve nenhuma relevância e as autoras não são conhecidas – ou pelo menos tão conhecidas.

    Não houve ridicularização em nenhum dos casos. Ao criticar a capa, percebe-se que é uma crítica objetiva, ou seja, ao objeto e não ao seus autores, critica-se a obra pela sua qualidade ou, no caso, pelo seu conteúdo estético. Na retratação, a Mara a faz de forma adequada, pelo que vi ela retirou a capa – o que não era necessário, uma vez que é permitida a reprodução, nos termos da lei exposta – e ainda anunciou os sites – que pelo jeito foi pedido das autoras. Ela admite o erro e o desconhecimento sobre os pseudônimos e ainda indica dados que “validariam” o grande sucesso de vendas (o que sabemos que não é verdade).

    Enfim, acho uma análise descuidada o comentário feito. Porém, como opinião é válida e não deve ser alterada por esse simples comentário que faço.

    Curtir

  21. At 14/03/2012 às 01:05 #

    @Senseinoção

    Acho que você não entendeu direito o que eu quis dizer, e como talvez eu não tenha sido clara e não quero dar margens para dúvidas é melhor explicar.

    Não mandei o email por achar incomodo a falta de crítica ao blog nos comentários. Ou se elogia ou se faz trollagem, poucos falam com sinceridade: Mara isso foi bom e isso foi ruim, e na boa a maior prejudicada é a autora que não vê vários pontos de vista aos seus textos, e fazendo isso por piada ou não, tenho certeza que ela gosta de escrever e quer melhorar e acertar o tom. Outra coisa, acredito que todos os comentários são para a Mara, eles são reflexos dos textos dela.
    Quando comentei o gênero dos pseudônimos quis dizer que me incomodou alguém que sempre se orgulha de pesquisar e descobrir antes de falar de algo, cometer um erro tão primário como não saber direito quem é o autor, e só pra finalizar, sempre achei discussão em comentários algo um tanto ridículo e inútil, usei esse post como desabafo, acho sinceramente que os textos no geral estão perdendo aquela graça inicial já há algum tempo, o que é uma pena MOM é um bom blog do gênero.

    Curtir

  22. Lila 14/03/2012 às 01:47 #

    e eu que nunca tinha nem ouvido falar desse tal de vitral tenho que aguentar uma dessas. Até onde eu sei isso é um blog e como tal tem opinião, se a mara colocou a capa é porque estava disponível como divulgação. A partir daí elas perderam o direito para esses fins.

    Curtir

  23. Dih 14/03/2012 às 01:54 #

    Eu ainda não entendi: então ao invés de mandar um e-mail apenas pedindo pela correção dos nomes dos autores, autoras ou que seja por que foi pedido para retirar a capa? Realmente teria necessidade disso? Resumindo é “não aceitamos críticas de um mangá que é ruim e ninguém se lembra mais, então vamos aproveitar isso para aparecer um pouco na “mídia”.
    Foi uma medida lamentável das autoras, autores ou que seja dessa obra. A Mara não fez nada de errado, pelo contrário, um post com ironias também faz parte do gênero que enquadramos como “comédia”.
    Enfim, isso não vai fazer com que Vitral, O príncipe do mais vendido ou seja lá o que for deixe de ser um mangá ruim e que nunca vimos uma continuação, e nem faz falta. A capa saiu do ar, a qualidade péssima do produto continua.
    E é isso aí.

    Curtir

  24. MakotoBakura 14/03/2012 às 06:30 #

    Urubu na capa do mangá dos outros é…
    Digo, digo… Acho que li muitos comentários no post anterior e fiquei com isso na cabeça!

    Curtir

  25. Guimas 14/03/2012 às 06:52 #

    Engraçado, mas foi só por causa do post da Mara que eu fui conhecer e procurar esse mangá, só de curiosidade. Elas deviam é agradecer a publicidade gratuita!

    Curtir

  26. Marskel 14/03/2012 às 09:29 #

    É incrível como o(a)s autores não gostam de críticas e procuram os motivos mais irrelevantes como justificativa prá remoção do material.

    Curtir

  27. Sora 14/03/2012 às 09:50 #

    Quanta tosquice…

    Agora vou concordar com a Mara quando ela disse uma vez: Autores brasileiros não aguentam críticas. Acham que só porque tiveram uma boa iniciativa de publicar alguma coisa, são deuses.

    Eu apoio quem se arrisca nesse mercado, e espero que deem certo, mas não aceitar crítica pra mim é demais.

    Só uma coisa: Mara, é um mangá yaoi. Sério mesmo que nem passou pela sua cabeça que era uma mulher escrevendo? Acho melhor da próxima vez você pesquisar melhor, por até hoje eu achava que você tinha fundamento nas suas críticas…

    Curtir

  28. Suna 14/03/2012 às 10:14 #

    Quanto mimimi…

    Se um dos mangás que eu compro levar 2 anos pra sair volume novo, a primeira coisa que penso é que ele não vendeu bem e foi cancelado. Todo mundo sabe que o mercado de quadrinhos no Brasil é uma merda, mas leitor nenhum tem obrigação de saber qual dos problemas deste foi o algoz de um mangá que ninguém fora do seu nicho ouviu falar. Eu mesma só soube por aqui.
    A capa do vol 1 é até bonita, mas é simples demais e assim são as 2 seguintes. O mangá é de homem se pegando sim, e daí? Dizer o óbvio é ofensivo? E saber sexo de alguém pelo pseudônimo japa é… Deixa pra lá.

    Ao invés de choramingar por tão pouco, elas podiam ter aproveitado o espaço pra divulgar o trabalho delas, porque na web não se acha quase nada sobre eles. Leitor em potencial tem em todo lugar, faltou oportunismo aí. Mandar tirar a imagem do post só serviu pra demonstrar que ainda falta maturidade pra lidar com críticas. Imagino o estrago no ego se alguém mais gabaritado reprovasse o mangá delas…

    Curtir

  29. Laris 14/03/2012 às 10:27 #

    LOOL. Mara sempre com uma resposta afiadíssima! Próxima pauta!

    Curtir

  30. Mr. Prince 14/03/2012 às 10:55 #

    Quando dizem que o blog da Mara caiu na qualidade é mentira e .final!

    Parabéns Marinha-chan, não deixou de criticar e colocar o bom humor nem mesmo quando se desculpou por algo que não tem relevância suficiente para pedir desculpas.

    Pena vc ter namorado =(

    Curtir

  31. BordelAnimes 14/03/2012 às 11:04 #

    Nem um ta errado. Ponto.

    Agora existem Maratards, lol.

    Curtir

  32. helinhooo 14/03/2012 às 11:45 #

    Daqui a pouco aparece o yogo pra chamar todo mundo de urubu

    Curtir

  33. Agronopolos 14/03/2012 às 11:56 #

    o pior é que elas não se manca que isso que vc falou É verdade.

    Mas elas estão ligando? Não querem é que não apareça a obra delas

    Curtir

  34. Luiz Fernando 14/03/2012 às 12:05 #

    Hahahaha que tiro no pé hein? A “retratação” pegou mais mal do que bem pras autoras do tal mangázinho andrógeno. Eu até tinha esquecido da existencia dele ou dele ter aparecido no top 10. Agora ficou em destaque no blog.

    Por essas e outras que mercado brasileiro de quadrinhos nunca sai do ostracismo dos clubinhos de autores. Os caras além de só publicarem pra eles mesmos, não aguentam uma crítica.

    Curtir

  35. Tai_KUN 14/03/2012 às 13:15 #

    #teamMARA4ever

    Curtir

  36. Tadeucp Cp 14/03/2012 às 13:36 #

    o mara apareceu do nada um blog dum tal de digao buster com varios projetos do mineirinho que tinha fechado ele foi tentar pedir parceria para o tokudrama e eles disseram que eles não caia mais nisso ai o sugeito colocou um comunicado tentado negar que era o mineirinho mais essa não cola o endereço tai ai se vc quizer investigar

    http://japanewss.blogspot.com/#!/

    Curtir

  37. Tiago 14/03/2012 às 15:09 #

    Engraçado, mas foi só por causa do post da Mara que eu fui conhecer e procurar esse mangá, só de curiosidade. Elas deviam é agradecer a publicidade gratuita! [2]

    Nem sabia da existência desse mangá até a Mara colocá-lo naquele post, elas deviam agradecer pela Mara ter lembrado desse mangá que já tava no limbo a tanto tempo. E nem vem com essa historinha de que “ah mas ela falou mal do mangá, então é compreensível que tenham se sentido ofendidas”, qualquer pessoa que lê o blog com uma certa frequência sabe que a Mara fala mal de tudo e de todos, então o que ela diz nem sempre pode ser considerado, isso vai do gosto de cada um concordar com opinião dela ou não.

    Curtir

  38. Seme possessivo 14/03/2012 às 15:13 #

    Pow, fui lá nos comentários da postagem original esperando ver um barraco pra animar a quarta-feira e foi tão lights…
    Não achei desnecessário este post, foi só a resposta da Mara. Deve ser muito duro viver no mundo da lua, sonhando em publicar manga’ and yaoi no Brasil, somando-se a isso sua história ser ambientada no universo do j-pop e vem esse elefante que incomoda muita gente ~leia-se Mara~ e quer destruir seus sonhos (na realidade mortos no limbo).

    Curtir

  39. Shirubana 14/03/2012 às 15:49 #

    Obrigada, acho que apesar de ainda conter sua ironia nisso, eu agradeço. Afinal, se nós queremos mudar o Brasil, precisamos seguir as leis e a boa educação quando falamos das pessoas e de seus trabalhos, mesmo que você não goste.
    A crítica também serve para informar as pessoas, e quem lê deve olhar o expediente das revistas como é ensinado na escola. Lá contém nossos nomes verdadeiros, site, links.
    A gente não precisa só de reconhecimento, mas de um pouquinho de respeito da parte dos críticos.
    Alguns artistas gostam do seu blog porque acham que o anti-marketing é bom pra elas, chama a atenção e atrai clientes, porém o Futago Estúdio não precisa disso, porque o que fazemos é quadrinho para um pequeno nicho e não pra massa.
    Então, eu peço que todos que queiram nos criticar pra nos “ajudar”, tenham a decência de pelo menos ler os nomes dos autores e os quadrinhos! É assim que o Burajiru muda. Infelizmente, o mundo do quadrinho é tão masculino ainda que as pessoas leem os nomes e já acham que é homem que fez, pois mulher, na cabeça de machista é incapaz de criar coisas. E algumas mulheres ainda são machistas também e não param pra pensar que BL é pro público feminino. Afinal os homens tem muito material pra eles e nós temos o direito de ter o BL e TL…
    Além de todos os problemas que o quadrinho nacional oferece nós ainda temos que aguentar firme diante de críticas que na verdade não passam de deboche de pessoas que se dizem entendidas de quadrinhos. Haja força na peruca!!!
    Thank you desu, seja lá vc quem for.

    Curtir

  40. Ruendo 14/03/2012 às 15:54 #

    hoje em dia povo se ofende por qualquer coisa.

    Curtir

  41. OOO~シャウタ~ 14/03/2012 às 16:03 #

    Shirubana
    Então você concorda que a censura da capa foi totalmente desnecessária?
    Pelo que dá pra entender, você só não gostou do fato da Mara ter dito que era AUTOR ou invés de AUTORA (S)
    Ou qualquer coisa assim

    O que é bem… bizarro, de certo modo.

    Curtir

  42. tiago 14/03/2012 às 16:19 #

    como não ser levada a sério como autora/mangaka/desenhista/profissional: Escreva “thank you desu”

    Curtir

  43. Luiz Fernando 14/03/2012 às 16:21 #

    E confirmando o que eu disse poucos coments acima…

    “o Futago Estúdio não precisa disso, porque o que fazemos é quadrinho para um pequeno nicho e não pra massa.”

    Não adianta…quadrinho nacional está condenado a viver de turma da mônica ou qualquer outra porcaria que o Maurício de Souza publique. Os autores nacionais se preocupam mais em ganhar nome pra exibir na rodinha de amigos do que fazer uma obra pra conquistar o público, seja de qual nicho for. Pena.

    Curtir

  44. Tom 14/03/2012 às 16:35 #

    Moacyr, Mineirinhooo e agora Shirubana…

    É… A lista de “inimigos” da Mara está crescendo! Ela já está quase no nível de protagonista de battle shounen!

    xD

    Abraços, Tom.
    http://amalgamasrpg.wordpress.com/

    Curtir

  45. Mary Vanucchi 14/03/2012 às 17:00 #

    Pior foi um comentário no post da Soni atacando um outro comentário da Roberta. Argh. Já estava digitando uma tirada para cima da tal Fernanda, mas… Deixa pra lá, é briga velha que não leva a nada.
    Mas é engraçado esse tipo de leitor que adora jogar na cara de blogueiro que “vocês não dão a cara à tapa” e afins, quando são eles é que chegam com “sete pedras na mão”. Me pergunto se não tem um problema de auto-estima com essas pessoas que acham que blogueiro quer enfiar opinião goela abaixo delas.

    Anyway, eu já havia ouvido falar de Vitral faz um bom tempo, quando minha mãe apresentou uma matéria a respeito num jornal – talvez na Folha de S. Paulo? Acho que foi – , mas bem, BL não é exatamente para meu gosto.

    Curtir

  46. Leonardo Pk 14/03/2012 às 17:41 #

    Vamos ver se entendi direito, as autoras por não suportarem uma crítica negativa pedem a retirada do conteúdo delas do blog,.. Acham que através de pseudônimos todos têm de saber que são mulheres… Disseram que não vendeu pouco, vendeu 40% de uma tiragem de 3000 mil exemplares, ou seja, 1200 exemplares, menos da metade… Com essa mentalidade e com essa postura as autoras vão longe.

    Com bem dizia o finado BK: ” O Brasil é um país que enaltece o fracasso”. E como eu digo: Brasil é o país que nivela por baixo.

    Curtir

  47. Leonardo Pk 14/03/2012 às 17:50 #

    Luiz Fernando

    Concordo contigo. Pessoas que têm esse tipo de pensamento não querem crescer, nem têm tal capacidade, enquanto as pessoas quiserem “publicar” apenas para seus amiguinhos que sempre se rasgaram em elogios, nunca serão vistos muito menos reconhecidos, mas pelo visto esse não é o objetivo deles nem dessa tal editora, querem apenas o “nicho”, uma “elite” que nunca falará uma palavra contra.

    Curtir

  48. Tutu 14/03/2012 às 18:19 #

    A pq vcs nao vão cheirar crack e usa cocainaaté seu cu explodir

    Curtir

  49. Tiago 14/03/2012 às 18:24 #

    Mara do céu, começa a contratar seguranças que seus desafetos só crescem cada vez mais.

    Lendo os posts dos blogs das autoras eu percebi o tamanho da infantilidade delas
    “Dizer que não gostou da capa é até aceitável já que é questão de gosto de cada um ( pau no cu de quem não gostou! Foda-se!) ” Uau que argumento! E ainda reclamam que o Brasil não é um país sério, mesmo usando esse argumento típico de brasileiro ignorante que não aceita crítica. Se o Brasil não tem um mercado sério para HQs/mangás porque não se mudam para o Japão e tentem viver disso lá? É aquilo que a nossa mãe sempre diz: – Se quiser viver de sonho esteja sujeito a passar fome. É claro que todos gostariam de viver em um mundo colorido cheio pôneis saltitantes, mas a realidade é BEM diferente disso.

    E por favor né, como querem que as pessoas adivinhem o seu sexo quando se usa um nome japonês? Quando todos sabem que nomes japoneses em sua maioria esmagadora são unissex?

    Eu dou meus parabéns às autoras por terem conseguido essa proeza de publicar um mangá nacional, mas se pretendem mesmo serem profissionais dignas aprendam com os mangakás japoneses que tanto idolatram e aceitem as críticas numa boa (afinal, todo mundo mete o pau no Tite Kubo e nunca vi ele chorando pelos cantos por isso, até porque com uma conta bancária como a dele não tem como ficar triste né :P)

    P.S.: Dizer que não lê um mangá por terem dois caras se pegando não é homofobia, é o direito de escolha de cada um. Afinal, não é todo mundo que gasta seu tempo e dinheiro lendo uma coisa que não agrada o seu gosto (isso é se tem algum trouxa que faça isso)

    Curtir

  50. jasque 14/03/2012 às 18:41 #

    Se eu tivesse um mangá e a Mara detonasse ele, eu ficaria era feliz.
    Não se fala mal daquilo que ninguém conhece…

    Apesar que eu nunca tinha nem ouvido falar no Vitral lol.

    Confundir o gênero pra mim também não seria para tanto.
    (ué, e já não confundem tempo todo)

    Agora se prepara que os leitores daqui são vingativos, onde eles puderem falar mal desse mangá ou das autoras, eles o farão.

    Curtir

  51. Tororo 14/03/2012 às 18:45 #

    Acho que ficaram mordidas principalmente por 3 motivos:

    1 – A Mara ter cometido a gravíssima e imperdoável falha de ter classificado como “autor” as pessoas que fizeram a obra. A Mara deveria ir presa por isso, porque se fosse no Japão ela iria presa, mas aqui é Brasil né?

    2 – Algum ser random mandou um email pra um tal de Ju, dizendo que a capa do mangá dele estava num post daqui e elas ficaram iradas, porque era obrigação da Mara dizer ao tal internalta desconhecido que o Ju não era o autor da obra. Se fosse no Japão, a pessoa responsável pelo blog deixaria bem claro que não foi o Ju que fez o mangá.

    3 – É preciso ler e aprovar previamente tudo e qualquer coisa que citar as obras, mesmo que seja mostrar uma capa de divulgação que pode ser encontrada nos “press releases” feitos pela editora. Se fosse no Japão, a Mara teria enviado pro príncipe Hisahito, esperado ele dar jóinha e ssó então colocar o post no ar, mas como aqui é Brasil… de algumas décadas pra cá não é preciso mais fazer isso.

    PS: Será que a Rhonda Byrne autorizou diretamente a distribuição via 4shared de uma cópia do livro em pdf?

    Porque se fosse no Japão, o paraíso na Terra, acho que não colocariam um link pra download sem autorização da autora, uma vez que o ebook original é vendido por 14 dólares, na Amazon.

    Curtir

  52. Jasque (@Otapops) 14/03/2012 às 19:04 #

    É o que um professor meu me disse… e até já disseram aí.
    Brasileiro não sabe aceitar críticas.

    Quando criticam uma obra, já entendem que estão xingando a mãe do autor e os que gostam da obra.

    O autor (ou a autora) pode ser a pessoa mais gente boa do universo, se a obra for ruim ela não deixa de ser ruim por isso.

    E se ela é ruim, deve ser dito que ela o é.

    Vale para os fãs de One Piece e fãs de editora, vale para todos.

    Curtir

  53. Ayumi 14/03/2012 às 19:05 #

    “Autores brasileiros não aguentam críticas. Acham que só porque tiveram uma boa iniciativa de publicar alguma coisa, são deuses.

    Eu apoio quem se arrisca nesse mercado, e espero que deem certo, mas não aceitar crítica pra mim é demais.” [2]

    Esses autores brasileiros não consegue compreender que é através das críticas do público que o trabalho consegue visibilidade e feedback necessário para melhorar a próxima obra. A atitude das autoras foi completamente desnecessária e serviu para queimar o filme delas com o público. Elas deveriam agradecer à Mara, pois se não fosse pelo post dela, eu nem saberia da existência desse mangá – e depois dessa atitude das autoras, perdi totalmente a vontade de conhecer a obra. Lamentável.

    Curtir

  54. Suna 14/03/2012 às 20:32 #

    Shirubana, não é preciso alguém ler um mangá ou livro, nem saber o nome do autor, pra gostar ou não da capa. É a primeira coisa que a gente vê! É o que tem o poder de atrair ou não novos leitores! É preciso mesmo tanto conhecimento pra se fazer um julgamento tão simples como esse?

    Que mangá BL seja pro público feminino é uma coisa. Que as mulheres que não saibam disso sejam chamadas de machistas foi de um desrespeito digno de rivalizar com o motivo do seu aborrecimento aqui no MdOM. Sou mulher, não gosto nem de shoujo nem de yaoi, prefiro shounen e seinen. Não me acho nem pior, nem melhor do que qualquer outra pessoa que curte mangá por não ter parado pra pensar sobre o público alvo do BL. Francamente…

    E olha, que você queira se manter em seu nicho BL eu até aceito, mesmo sem entender. Pelo que vi na web, você e sua irmã desenham bem e poderiam ambicionar conquistar outros nichos, mas se estão contentes com o que conseguiram, que assim seja. Só que, queira ou não, à partir do momento em que Vitral saiu da gráfica ele se colocou ao alcance de qualquer um, seja fujoshi ou não. A pessoa não precisa nem saber o que é mangá pra ter contato com ele. Qualquer um pode formar uma opinião sobre ele, seja idiota ou construtiva, seja elogio ou reclamação, com ou sem base alguma. O autor não tem poder algum sobre a avaliação que seu produto vai receber, à menos que compre um post. Desculpa, mas até agora você deu a entender que não sabe isso, mesmo estando em um nível profissional. É tão difícil assim ignorar o que não agrada ou não tem serventia? Mas nem eu que sou rabiscadora de fim de semana sou assim…

    Curtir

  55. Marskel 14/03/2012 às 21:15 #

    /\ This.

    Curtir

  56. Mônica 14/03/2012 às 21:38 #

    “[…]A atitude das autoras foi completamente desnecessária e serviu para queimar o filme delas com o público. Elas deveriam agradecer à Mara, pois se não fosse pelo post dela, eu nem saberia da existência desse mangá – e depois dessa atitude das autoras, perdi totalmente a vontade de conhecer a obra. Lamentável.”

    [2]

    E olha que nem gosto de BL. Eu daria uma chance a mim mesma de tentar.

    Curtir

  57. Iuri Kroth 14/03/2012 às 22:11 #

    não, mas pera ai… esse post foi uma puta de uma falta de respeito heim!! XD

    Curtir

  58. William de Almeida 14/03/2012 às 22:20 #

    Pega Mara!!!!!!!!!!! Levou na cara!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Gostei da sua atitude de retratação (mesmo que um pouco irônica…).

    Aproveito pra dizer também que adorei a sua matéria sobre as capas horrendas, só não concordei com a sua crítica inconsistente em relação á ”Mônica Jovem” (veja bem, o design não muda a cada edição, ele evoluiu desde a primeira PUBLICAÇÃO até a mais RECENTE definindo assim uma coerência editorial).

    De qualquer modo, o fato é que mesmo não concordando com tudo que você expressa, eu adoro o que escreve (talvez pelo modo que escreve).

    E ainda acho que as autoras estavam certas em ”encher o saco”, HORA! É a obra delas poxa, mesmo que seja uma MERDA TOTAL… A pessoal que fala mal tem que saber exatamente do que está falando, não é?

    Curtir

  59. Tom 15/03/2012 às 00:35 #

    A Suna compila e molda de forma excelente a opinião de muitos aqui sobre o assunto, parabéns, quase me emocionei com o discurso. =D

    Abraços, Tom.
    http://amalgamasrpg.wordpress.com/

    Curtir

  60. Makoto Bakura 15/03/2012 às 01:07 #

    Esse post poderia ter ficado sem essa resposta feministóide da autora…
    E que fique bem destacado que eu, assim como o Amer, disse feministóide, não feminista

    Mas tudo bem
    Eu não tinha entendido o motivo da(s) autora(s) ter(em) reclamado
    Agora entendi… Fez todo o sentido depois de ter lido um comentário tão sem nexo

    “Alguns artistas gostam do seu blog porque acham que o anti-marketing é bom pra elas, chama a atenção e atrai clientes, porém o Futago Estúdio não precisa disso, porque o que fazemos é quadrinho para um pequeno nicho e não pra massa.”

    /\/ \/\ /\/ \/\ /\/ \/\ /\/ \/\ /\/ \/\ /\/ \/\ /\/ \/\ /\/ \/\

    “É assim que o Burajiru muda.”

    Essas duas frases são tão imcompatíveis que quase geram uma reação nuclear só por estarem tão próximas… Olha só! Tem até fagulhinhas entre elas!

    Curtir

  61. RicardoSavageStrike 15/03/2012 às 09:10 #

    Se ela tivesse assinado a autoria de seu mangá com seu verdadeiro nome (e comunicado a policía :P) isso não teria acontecido.

    Curtir

  62. Alguém 15/03/2012 às 15:16 #

    Eu sou a favor da Mara fazer uma crítica desse mangá \o/

    Curtir

  63. Alguém 15/03/2012 às 15:24 #

    E convenhamos, retirar a capa da crítica nesse blog, ok! A gente acha numa simples pesquisada no google, só para aumentar mais o buraco no tiro no pé das criadoras desse mangá

    Curtir

  64. Sandra Monte 15/03/2012 às 16:03 #

    É curioso ler este post aqui do MDOM…

    Escrevi dias atrás este aqui: http://www.papodebudega.com/2012/03/manga-nacional-sindrome-do-espelhinho.html Agora… digam se não estou certa?

    Que os supostos mangakás brasileiros têm problemas graves? Se liga gente (produtores)!!! Parem de perder tempo e vão produzir! E olha que este post aconteceu depois de eu ter escrito no meu…
    É por isso que a revista está atrasada, ao invés de irem produzir para ganhar mais grana (se é que vendeu tanto assim), ficam com melindre em um blog?

    Quantos aqui não foram procurar e conhecer o tal material?

    Nestas horas que um Zé Roberto faz muita, mas muita falta para colocar esta gente no seu lugar… Affe…

    Sandra Monte
    http://www.papodebudega.com

    Curtir

  65. J. 15/03/2012 às 17:40 #

    Essas autoras têm é muito a agradecer a você, Mara, por estar fazendo propaganda de graça. Eu nunca tinha ouvido falar em Vitral ou no Futago Estúdio, mas nesse exato momento comprei o Vitral #1 e O Príncipe do Bestseller #1 no site das autoras, por conta da curiosidade que toda essa polêmica gerou. Não sei se fui a única a fazer isso, mas…

    Curtir

  66. Bianca Magalhães (@biachunli) 16/03/2012 às 01:18 #

    Nossa, parei para ler uns links deixados aqui sobre a atitude da autora e putz. To me perguntando como uma mulher de 37 anos tem uma atitude tão infantil, digna de criança revoltada e mimada. para terem uma ideia, um conhecido meu postou em um desses blogs, criticando a postura da desenhista sobre essa história toda. E simplesmente o comentário dele desapareceu. Como a Sandra disse, to começando a sentir falta do Zé Roberto. Não concordava com ele em muita coisa, mas ao menos o cara tinha culhões para fazer esse pessoalzinho cair na real.

    Curtir

  67. David Denis Lobão (@davidlobao) 16/03/2012 às 01:24 #

    Este povo que diz fazer mangá nacional tem problemas graves mesmo. Uma vez eu fiz uma matéria sobre o tema pra Neo Tokyo e ligaram pro editor ameaçando processo por termos usado imagens do mangá deles pra ilustrar. Claro que isto não veio de um autor grande e importante como Mauricio de Sousa e sim de um pseudo-artista de quinta…

    Um tal dublador problemático também encrencou comigo após eu publicar no Cultureba uma crítica a dublagem de Star Trek – O Filme, ele foi falar pra um rapaz que matinha o blog comigo na época que eu estava “proibido” de voltar a citar o nome dele.

    Liberdade de imprensa? Luxo…

    Curtir

  68. Agent13 16/03/2012 às 07:05 #

    Eu apoio quem se arrisca nesse mercado, e espero que deem certo, mas não aceitar crítica pra mim é demais.” [3]

    Porque será que apagaram este texto que fizeram?
    http://soni2009.blogspot.com/2012/03/muito-nojo-tenho.html

    Medo de serem trolladas no blog delas? Hehe…

    Curtir

  69. Lud. M. 17/03/2012 às 17:47 #

    Só não entendi porque depois de ter comprovado por A + B que está amparada pela lei ao expressar sua opinião sobre a capa de mangá no blog, uma das autoras veio comentar por aqui como se estivesse certa… Ela não entendeu a ironia do post só porque a Mara acatou os pedidos de retirada de imagem, dados e links de divulgação? Porque pra mim isso só tornou a ironia mais forte.

    Eu já conhecia o Futago Estudio e encomendei O príncipe do Best-Seller. Não conheço Vitral porque não sou fã xiita de yaoi e a capa não tinha me atraído mesmo.

    Quanto a qualidade do trabalho das autoras, pelo menos o Príncipe não deve nada a Ouran Host Club. Mesmo estilo despretensioso de comédia. Mas a qualidade do quadrinho não está em questão. Como a Suna disse, simplesmente era a respeito de uma capa…

    Pois se a Shirubana ver, mesmo o Togashi de HunterXHunter pode fazer um mangá interessante (há controvérsias xD) e ainda sim fazer uma capa medíocre. Normal…

    E o público tem total liberdade aqui de discordar da Mara. Eu já discordei várias vezes. Se sua capa estivesse aqui ainda, saiba que teria pessoas que iriam manifestar tanto apreço quanto ser #Marateam4ever.

    E, pro bem ou pro mal, quer você queira ou não, a Mara tirou sim das cinzas da internet o trabalho de vocês pra um público que é sim nicho (só tendo um certo grau de nicho pra entender as várias ironias da Mara com o mundo otaku do Burajiru).

    Se achasse isso mesmo ruim, não tinha pedido pra Mara colocar link dos sites pessoais e do Futago Studio no fim do post… associando a sua ilustre marca a este “blog de merda”.

    Não vou deixar de dar uma olhada no trabalho de vocês só por causa que me decepcionei enquanto pessoas. Caso, como a Sandra Monte disse, vocês continuem produzindo mesmo continuações ao invés de sair apagando as críticas da internet.

    A melhor resposta é o trabalho!

    Curtir

  70. Lud. M. 17/03/2012 às 18:06 #

    E Mara, você está devendo é um MDOM analisando o mangá LEDD, que é, das propostas nacionais lançadas atualmente, a mais consistente. No aguardo.

    Curtir

  71. samuel ambrósio 20/03/2012 às 17:12 #

    Cara articulista, você está retratando-se de forma errada. Na mesma lei é permitida a citação das fontes sim. Mas veja: os autores são apresentados ao Brasil com os pseudônimos. Neste caso a legislação é pode não ser clara, mas depreende aí um fetichismo. No caso “você marcou” em retirar e acatar a mensagem dos donos. Poderia ter feito uma correção no post mas não retira-lo. Ora, no Brasil é proibido o anonimato e o pseudônimo está cerceado. Neste caso a empresa é que deve desculpas ao público e a você. Já recebi várias mensagens assim e nunca perdi. O que vale são as leis do Brasil. O fetichismo deixa que os desembargadores derrubem – bom lembrar que nenhum fetichismos está passando no crivo do judiciário. Refaça o post e esqueça a empresa. Ou então ganhe um carro novo. Fica a dica.

    Curtir

  72. Victor 06/04/2012 às 01:13 #

    “Texto desnecessário Mara.
    Você sempre disse que respeita quando pedem para retirar algum conteúdo, mas nesse caso ridicularizou as autoras sem nenhuma necessidade, elas pediram para retirar então retira, o trabalho é delas afinal e errar em relação ao pseudônimo foi descuido seu. Por que ironizar isso ao invés de ter humildade e falar “foi mal pessoal eu devia ter visto melhor”? Você criticou uma coisa sem nem ao menos ter certeza do que era, o que aliás, não aconteceu pela primeira vez.
    Sinceramente estou perdendo a vontade deste blog, entendo e gosto da proposta do “nada é perfeito/tenha senso crítico”, mas de um tempo para cá, salvo algumas exceções, as postagens meio que perderam o tom, não são nem engraçadas nem úteis, só forçadas.
    E antes que alguém fale alguma coisa isso foi um recado para a Mara, que creio eu, vai entender o que estou tentando dizer da melhor forma possível.”

    É assim mesmo, brasileiro é tudo HIPÓCRITA, adora apontar dedo na cara dos outros pra falar mal, mas saber reconhecer o próprio erro e/ou defeito, ter humildade pra tal… ppfff…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: