Simulado Surpresa do ENEM – Dois estilos diferentes?

27 fev

SURPRESA! Depois do carnaval chegou a hora de começar a estudar de verdade. Para evitar que você corra até o fiscal da sala e rasgue as provas do MEC como se fossem notas de Escola de Samba, que tal se empenhar nos simulados do MdOM?

(ENEM)

Tendo como base os quadrinhos exibidos acima, respondam a alternativa que mostra do que se trata essa afronta.

(a) É mais um trabalho porco do Marcelo Del Greco, porque ele adora estragar mangás com gírias que ninguém entende.

(b) Mais um mangá da JBC que acha que todo mundo entende essas gírias malucas.

(c) “Pajear”? Deve ser mais uma coisa que o Marcelo Del Greco viu no Pânico. Eu moro na região XXXXX e nunca ouvi essa gíria. “Cumé qui é”? Esse Marcelo Del Greco está DESTRUINDO a língua portuguesa.

(d) Isso é mais um motivo pelo qual eu não compro mais mangás da JBC. O editor lá é um tosco que enfia gíria em tudo e escreve errado achando que tá um trabalho legal.

(e) Trabalho de uma JBC medíocre e de um editor relapso e que quer aparecer mais que o próprio mangá.

Resposta abaixo:

Resposta Correta: Nenhuma das Anteriores

A resposta certa é que esses diálogos são do mangá Morango 100% publicado pela Editora Panini, aquela que faz edições perfeitas segundo toda a imprensa especializada (pff). Procure seu deus agora.

(Dica do Leitor José Roberto, que espero não ser o JRP)

***

(@maisdeoitomil)

45 Respostas to “Simulado Surpresa do ENEM – Dois estilos diferentes?”

  1. Mauricio Zamperetti (@Trunqs_Elk) 27/02/2012 às 20:50 #

    Que merda Panini..

    Curtir

  2. Eduardo Ketsura 27/02/2012 às 20:57 #

    E qual o problema de verdade?

    Curtir

  3. Gabriel 27/02/2012 às 21:00 #

    Curtir

  4. DJ 27/02/2012 às 21:06 #

    Sou o único que sabe o que é pajear e ainda usa essa palavra?!

    Curtir

  5. Luiz Fernando 27/02/2012 às 21:09 #

    Depois que o primeiro editor chegou e bateu com a piroca na cara dos otakus, todos os outros editores se sentiram no direito de fazer o mesmo.

    Não se espantem se em breve o dublador do saskê entrar na panini como tradutor também.

    Curtir

  6. Babyface (@sir_lanmar) 27/02/2012 às 21:10 #

    Um tapa na cara da sociedade.

    Curtir

  7. Luiz Fernando 27/02/2012 às 21:14 #

    E já que a mara mencionou a valesca popozuda nas tags, uma foto dela pra alegria dos otakus…

    http://ego.globo.com/carnaval/2012/noticia/2012/02/valesca-exibe-bumbum-bizarro.html

    not.

    Curtir

  8. Laris 27/02/2012 às 21:18 #

    HUEHIUE, as suas críticas são as melhores xD
    esse mangá já é ruim, e com essa tradução porca ainda… Alguém comprou isso?

    Curtir

  9. Seiya-sama 27/02/2012 às 21:47 #

    Pelo menos ainda pode ser usado para limpar a bunda.

    Curtir

  10. Seme possessivo 27/02/2012 às 22:15 #

    “Sou o único que sabe o que é pajear e ainda usa essa palavra?!”
    Aperte minha mão, amigo.

    Curtir

  11. Guilherme 27/02/2012 às 22:22 #

    Faltou falar do Franky, do motherfucking 36º volume de One Piece.

    Curtir

  12. Olho07 27/02/2012 às 22:39 #

    Nunca li 100% Ichigo, mas tem certeza que esse “cumé qui é” não é o jeito da professora falar ?

    Curtir

  13. Guilherme 27/02/2012 às 23:07 #

    ^ Se você nunca leu, como sabe que a criatura é uma professora?

    Curtir

  14. RicardoSavageStrike 27/02/2012 às 23:14 #

    Que mancada, Luiz Fernando a bundinha dela tava uma gracinha tá?

    (Agora estivesse >.>)

    Curtir

  15. Lyn 27/02/2012 às 23:37 #

    Eu sei oque é pajear e não é uma gíria, eles estão sim fazendo uso correto da língua portuguesa sem nenhum erro, apelo ou falta de senso. ‘-‘
    Entretanto, para o público ao qual se dirige acredito ter sido uma colocação demasiadamente rebuscada, mas nada que um dicionário não resolva. :)
    *Encerram-se aqui os comentários da estudante de Letras. LOL*

    Curtir

  16. Tiago 27/02/2012 às 23:58 #

    Panini sapucando na cara da imprensa especializada (pffff)

    Cadê o Deus de vocês agora blogueiros?

    Curtir

  17. Antonio Alan (@alan_mizere71) 28/02/2012 às 00:29 #

    De qualquer jeito, comparando com a JBC a Panini erra beem pouco, nem faz sentido crucifica-la tanto. :)

    E pelo o que sei, tem alguns personagens de Ichigo 100% que falam umas gírias simples mesmo, principalmente o dessa cena..

    Curtir

  18. jasque 28/02/2012 às 00:58 #

    Em Hoshi wa utau tem algumas gírias como “na lata”, eu não tenho nada contra, desde que eu entenda.

    Enfim, mangá ruim tem mais é que que vir com bordas, papel ruim e gírias inventadas mesmo. :coolface:

    Curtir

  19. felipe 28/02/2012 às 01:15 #

    deixem de viadagem. todos sabem que pajear vem de pajem e significa cuidar, tomar conta e nao eh giria porra nenhuma.

    jah “cume qui é” podia ser substituido por “como eh?” que ficaria melhor, mas se todo mundo que leu entendeu, blz. fora que tem que ver as caracteristicas do personagem (eu nao conheco o mangá) que esta falando a frase.

    se vc pegar uma frase solta do chico bento, por exemplo, pode achar que ele está assassinando o portugues, mas todos sabemos que esta representando o jeito caipira de se falar.

    Curtir

  20. Amado Batista 28/02/2012 às 01:26 #

    Toda gíria é uma invenção. E, ué, se nesse caso é o jeito da professora falar, o que prova que os outros mangás onde aparecem “gírias inventadas” também não o façam com base no jeito em que os personagens falam no original? É o scanlator de onde nem se sabe a procedência (e sim, os americanos também traduzem mal) que dá crédito a esse tipo de argumento? Ah, vá.

    E “desde que eu entenda” também é muitoooo relativo. Eu sou do interior, e tem um monte de gírias que paulistas falam e eu não entendo. Quando isso acontece eles viram e falam: “como assim não entende? Todo mundo fala isso aqui”.

    O fato real é que hoje é birra. Simples. Nem todo mangá da JBC tem gírias o tempo inteiro nem todo mangá da Panini é isento de gírias também. Everybody shits.

    Curtir

  21. Yllul 28/02/2012 às 01:55 #

    “Faltou falar do Franky, do motherfucking 36º volume de One Piece.”

    O Franky já era machão E porra louca E meio “a louca” (e tudo ao mesmo tempo). O Franky fala “babado” e outras coisas estranhas aqui. Funcionou.

    A Robin é uma dama que leu até demais para o bem dela e umas poucas vezes está em alguma piadinha de humor estranho. Robin não fala gíria e é bem educada aqui (e nem teve piada por enquanto). Funcionou também.

    Hora do pitaco: MAS não acho que “passe pra cá” seria algo que qualquer um dos CP9 presentes diriam. E, em geral, os diálogos deles me pareceram meio coloquiais demais (levando em conta que até o Blueno é educadinho). Dá pra perdoar porque estavam disfarçados etc e tal mas achei meio estranho assim mesmo.

    No caso desse “cumé qui é?”, não dá pra jogar isso em qualquer lugar escrito desse jeito. Só vai dar certo se for fala de um personagem MUITO desbocado e se o texto original tiver o mesmo tom. E mesmo assim, ficaria umas coisa menos feia se fosse um “como é que é?” normal. Pajear, pelo que eu entendi, não me pareceu destoante (ui). Mas de 100% Morango não falo muito, porque não conheço os personagens, estilo e tudo mais.

    Curtir

  22. The Fool 28/02/2012 às 03:37 #

    Acertei, Uhuuuu!!! \o/

    Curtir

  23. Olho07 28/02/2012 às 08:32 #

    “^ Se você nunca leu, como sabe que a criatura é uma professora?”
    A garota que ta falando disse: “Hã? O que é, hein, professora?”
    Então deduzi que quem respondeu foi a professora ._.

    Curtir

  24. gwy 28/02/2012 às 08:56 #

    “Pajear” não chega nem perto de “pintar zebras”. Não precisa ter vivido no Rio na década de 70 pra entender essa.

    Curtir

  25. Fire 28/02/2012 às 09:29 #

    Ééééééé…..
    Aonde está seu deus agora???? XD

    Eu quero ver depois dessa, mais algum Pasquale, pegar no meu pé por qualquer “oque” usado por mim. XD

    Curtir

  26. Senseinoção 28/02/2012 às 10:07 #

    Talvez a questão que a Mara quis ressaltar seja que em um mesmo mangá uma pessoa “comum”, que pelo quadro parece ser uma jovem com peitos grandes fala “pajear” que é totalmente correto e tudo mais…

    …e…

    … uma professora diz “cumu é qui é?”, provavelmente dentro de uma escola.

    Apesar de ser algo bem comum (professores mal-educados e alunos prolixos) talvez seja meio estranho ver essas coisas com poucas páginas de distância.

    Curtir

  27. Guilherme 28/02/2012 às 11:49 #

    Se fosse a JBC…. Os otakus caia matando, agora com a Panini, sempre tem uma desculpa.

    Curtir

  28. Haruhi_chan_10 28/02/2012 às 12:48 #

    Sou o único que sabe o que é pajear e ainda usa essa palavra?! [2]

    E como tão bem disse a estudante de letras, isso não é uma giria, é uma palavra da ligua culta e portanto não está errado seu emprego na frase. Agora, “cume qui é” foi tenso. A Panini está tentando conseguir o selo de qualidade da tradução JBC?

    Curtir

  29. Marskel 28/02/2012 às 13:06 #

    Del Greco & Cia fazendo escola! Caraca… eu ainda uso “pajear”…

    Enfim, com certeza não é uma das expressões mais populares entre o público adolescente. Mas que se lasque, também; falta muito prá chegar ao nível das zebras ainda!

    Curtir

  30. Erickson 28/02/2012 às 13:29 #

    A Panini jamais estará isenta de críticas,e se ela é administrada por humanos, também não está isenta de falhas. Ambas editoras (Panini e JBC) cometem seus erros, mas a grande diferença é a frequência com que esses erros ocorrem, e má qualidade não só da tradução/adaptação como também da parte física do mangá (brochura,impressão,papel,etc) Nisso alguém discorda que a Panini se sobressai?
    Acho que é de senso comum que a qualidade e as críticas a Panini sao muito menos frequentes do que a JBC, e não é babação,é por motivos sólidos de quem consome.

    Pajear nao é gíria, e eu já encontrei essa palavra em um livro uma vez,por isso eu entendi o significado ,mas usá-la no mangá foi um tremendo deslize, 90% de quem leu isso ae achou que era “plagiar” ou foi pesquisar no google. “Cumé qui é”também foi um super exagero. Que feio em panini?

    Curtir

  31. AT 28/02/2012 às 14:19 #

    Pajear não é gíria, mas que ficou estranho ficou.
    O pior problema foi o “Cumé qui é mesmo”.

    Curtir

  32. Gabriel 28/02/2012 às 14:57 #

    Qual o problema com “cumé qui é”?

    Curtir

  33. Will Hardy 28/02/2012 às 15:13 #

    é por isso q eu to poco me fundendo pra essa de melhor
    quero é meu op e meu bakuman o resto q se fod@

    Curtir

  34. Will Hardy 28/02/2012 às 15:13 #

    pq tem gente defendendo a panini,que bosta mano,se fosse a jbc tava todo mundo falando mau

    Curtir

  35. sHUN 28/02/2012 às 16:43 #

    Cara para mim a Panini não é perfeita mas em se tratando em número de cagadas a JBC ainda ganha de lavada

    Curtir

  36. Paulinho 28/02/2012 às 18:28 #

    Mara faltou a tag “Morango do nordeste”.

    Curtir

  37. helinhooo 28/02/2012 às 19:50 #

    Me senti estranho quando disseram que nao sabem o significado de pajear e eu sei.

    Curtir

  38. Rubnox 28/02/2012 às 19:57 #

    Depois eu sou o hater por que “blá blá fala mal da Panini,blá blá eles são a melhor editora de mangás do mundo blá blá”….

    Curtir

  39. Flynn 28/02/2012 às 21:21 #

    Nossa, pra mim pajear é super comum, ouço direto kkkkkk E nem é gíria, como disseram. O “cumé qui é?” que eu achei pior, mas mais pelo “qui” que pelo “cumé”.

    Curtir

  40. Mônica 28/02/2012 às 22:26 #

    Tem o erro do “trás” aqui também:

    Curtir

  41. Erickson 28/02/2012 às 22:50 #

    Nunca ouvi ninguém falando isso, pelo menos onde eu moro. Só vi “pajear”num livro,e um livro velho,de contos.

    Curtir

  42. Antonio Alan (@alan_mizere71) 28/02/2012 às 23:11 #

    Não foi a professora que falou “cumé qui é”, foi um aluno ogro, desbocado, e que não pega ninguém que disse isso. ‘-‘

    Curtir

  43. Mateus Rogério (@mateusrse) 28/02/2012 às 23:18 #

    Valesca Popozuda no Oscar 2012 SOU POPOFÃ SOU VALESCA ATÉ A MORTE

    Curtir

  44. Wotan Erwacht 29/02/2012 às 06:01 #

    Já ouvi que os japoneses não falam palavrões e sim usam um tom desrespeitoso para exprimir que desgostaram de certa atitude. Então imagino que às vezes na tradução, no contexto da cena, tem que se usar palavrões e gírias para a interpretação ficar mais fiel ao leitor.

    Curtir

  45. Victor 06/04/2012 às 01:08 #

    que moral uma pessoa inculta e ignorante que sequer conhece a palavra pajear acha que tem pra criticar algo?

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: