Mais de Oito Mil Interview

MdOM Interview – Leonardo Kitsune e Fábio Urso do Video Quest

Na entrevista de hoje, temos convidados muito especiais, e daqui alguns dias eles farão aniversário. Mas é lógico que estou falando dos Bragaboys, que comemoram quase uma década de ostracismo! Mas como não pude localizá-los para uma entrevista, me restou falar com Leonardo Camargo e Fábio… (Urso?), os criadores do Video Quest. Com todo o carisma de quem comanda o maior videocast de animes da blogosfera especializada (pff), eles vão mostrar que para comemorar o aniversário de um ano do vlog deles você precisa por a mão na cabeça e fazer um movimento sexy.

***

Mara: Sejam bem vindos ao Mais de Oito Mil. Pelo número de vezes que eu comentei sobre o Video Quest e passei o link do blog de vocês, muitos leitores devem achar que sou amiguinha dos dois e que essa entrevista é comprada. Para esses leitores, como explicariam o motivo do Video Quest ter sido chamado para uma entrevista nesse blog de respaldo (pff)?

Kitsune: Acho que é porque estamos pra completar um ano e… e porque você parece ir com a nossa cara, de algum modo.

Urso: Acho que é porque você é nossa amiga, mesmo. Não vou mentir, não.

Mara: Muitos, inspirados pelo PC Siqueira e pelo Felipe Netto, começaram a fazer vlogs engraçadinhos, alguns até sobre animes e mangás. Por que o Video Quest continuou e esses outros nunca saíram da primeira ou segunda edição? E vocês tiveram alguma inspiração?

Kitsune: Não sei dos outros. Na época que a ideia do VQ surgiu eu fiz umas buscas rápidas no YouTube tentando achar algo semelhante e não achei. Recentemente eu vi alguns, sim, mas em geral a garotada (são quase sempre adolescentes) acha que é só sentar numa cadeira, ligar a câmera, falar qualquer coisa e subir no YouTube. Mas talvez se eles tivessem tido a publicidade que tivemos (cacete, que repetitivo isso), eles poderiam ter ficado mais motivados a continuar. Sério, demos MUITA sorte de sermos “achados” pelo JBox logo no primeiro vídeo (aliás, foi o nosso amigo @HappyOli que twittou pro JBox o link do nosso vídeo, e deu no que deu. Valeu, Happy!) Quanto à inspiração; na época, nenhuma mesmo.  Só achávamos que as nossas discussões corriqueiras sobre animê podiam ser interessantes… Além do que, o VQ nasceu de um outro projeto (talvez um pouco mais ambicioso), idealizado há muito tempo atrás, por nós dois e pelo Azrael (que não participou do começo do VQ por ter se mudado). Nos vídeos, foi quase no esquema desse pessoal que eu exemplifiquei, mas com um mínimo de “pauta” e esforço pro vídeo ter alguma edição (1 ano inteiro assistindo tutorial do Vegas no YouTube…). O “formato” (se é que temos um…) foi se ajustando aos poucos, de acordo com o que o público foi ou não aprovando, e com o que nós mesmos queríamos falar nos vídeos.

Urso: Eu acho que está muito ligado à motivação. A maior parte desse pessoal só quer algo pra se divertir no fim de semana. Dá um puta trabalho fazer o Video Quest (tá certo que eu dou ainda mais trabalho atrapalhando a gravação…), e muitas vezes o trabalho é ingrato, e temos menos visualizações do que esperávamos de acordo com o material. Todo mundo quer ser o PC Siqueira e ter 1 milhão de views por vídeo, mas nem todo mundo é. Nós também não. É difícil acordar de manhã sabendo disso.

Mara: Ok, prolixidade. Me senti entrevistando o Lancaster. Continuando… vocês fazem coberturas, como as do AnimABC, com o apoio da organização do evento. Mesmo com a organização dando certa liberdade, vocês ficam com o ânus na mão de apontar falhas de um lugar que acolheu tão bem vocês?

Kitsune: Nem tanto. No caso do AnimABC, por exemplo, as falhas que vimos falamos diretamente ao Átila (organizador do AnimABC), durante o evento mesmo, já que ele é sempre interessado nas nossas opiniões. Mas nos vídeos a intenção não é fazer “resenha de evento”, e sim fazer 15 minutos de bobagem pra mostrar que o evento é divertido.

Urso: Primeiramente, não devemos cuspir no prato que comemos. E segundo, nos eventos que fomos não haviam grandes falhas estruturais (e quando achamos, falamos diretamente pros organizadores). Então, nunca participamos de nenhum evento que dê vergonha de mostrar; muito pelo contrário, foram todos bons eventos.

Mara: Let’s talk about Money. O que acham do Mineirinh… digo… quer dizer… No último Fest Comix vocês apareceram com vídeos patrocinados pela Comix e pela 89FM. Toda a blogosfera quer saber se vocês ganharam algum dinheiro de verdade ou se foi tudo em troca de divulgação. E dá pra ganhar dinheiro fazendo blog ou vlog?

Kitsune: Ganhamos, sim. E, já que ganhamos essa grana, posso dizer que dá pra ganhar dinheiro com blog sim, uai… Nós ganhamos, não?

Urso: Ganhamos 5 mil reais no Jogo da Vida e um hotel na Av. Atlântica no Banco Imobiliário. E depois dessa resposta, queremos ganhar brindes da Grow. Cadê, Grow?

Mara: Vocês fazem parte da imprensa especializada (pff) que dá opinião, que critica o que não gosta mesmo e que se foda. Sabendo disso, qual é o tipo de crítica de leitor mais ouvida nos comentários? O “Faz melhor então!” ou o “Ah, mas você gosta de XXXXX, que é bem pior que essa série que vocês falaram mal”?

Kitsune: Surpreendentemente, esses seus dois exemplos NÃO SÃO frequentes. Tem sempre o “vocês não entenderam/sentiram o animê”, aqueles mais diretos “vocês são uns merdas e não sabem nada de animê”, e os supostos machos-alpha, que preferem achar que somos virgens do que ouvir o que temos a dizer. Mas os que mais me irritam são: 1) quando fazemos uns vídeo de 15 minutos sobre algum animê qualquer e a única coisa que a pessoa tem a dizer é “fala de Code Geass”. Custa comentar o vídeo dessa semana também?; e 2) os que desconsideram nossos comentários só porque o Urso é gordo.

Urso: Seus exemplos, embora sejam irritantes, não ocorrem tanto. O que mais acontece mesmo é o “vocês não entenderam”. E isso me irrita até as profundezas das galerias da minha alma.

Mara: Muitos otakus consideram vocês como duas celebridades. Vocês lidam bem com esse tipo de coisa? Por exemplo: serem reconhecidos na rua, gente pedindo autógrafo, fazendo casalzinho com outras pessoas da blogosfera etc…

Kitsune: Essa história de formar casalzinho é de uma falta do que fazer que dá desgosto… já os outros são legais. Não costuma acontecer com frequência (umas duas vezes comigo, e outras duas com o Urso), mas quando acontece eu fico feliz e ao mesmo tempo MUITO sem graça. E o ego perfura os céus.

Urso: Nunca formaram casalzinho comigo, a não ser com o Kitsune. Quanto às pessoas me reconhecerem, me dá medo. Nunca sei o quão desengranhado eu estou. E eu costumo estar desengranhado com frequência.

Mara: Vamos para o Bate-Bola Jogo Rápido. Vou falar palavras e vocês arranjem uma resposta curta que valha para os dois:

Um sonho: Sermos autores de quadrinhos.

Um arrependimento: o Video Quest 10, sobre Madoka Magica. Tá uma merda aquilo.

Um atrevimento: Mara, bora pro OtakuBar, sua gostosa! E sem o kareshi!

Um real: Churrasco Grego com suco de detergente.

Inquietação: essa porrada de animê de menininha no colégio, toda temporada…

Pirataria é: NEXT!

Video Quest na opinião de Val Marchiori: “Ai gente, vai arranjar uma namorada e perder a virgindade, HELLOO-OW!”

Mara: Esse é o fim da entrevista. Deixem um recado para os leitores do Mais de Oito Mil, e pode ser em vídeo para atingir o público analfabeto.

Kitsune: Já estamos gravando mais de oito mil vídeos por fim de semana… não deu pra fazer o seu… desculpa…(Comentário da Mara: ULTRAJE!!!!!) Mas MUITO OBRIGADO! É a primeira entrevista da minha vida! Estou profundamente emocionado! Esse segundo ano do VQ vai nos dar muito trabalho, mas espero que nos recompense… e, amigos e “fãs” (não consigo escrever isso sem as aspas), continuem conosco e com toda a equipe do Video Quest: eu, Urso, Azrael, Kaneda, Rah e mais alguns que pretendemos sequestrar em 2012! E, Mara… EU TE AMO! (viu? agora também tem declaração de amor pra você)

Urso: Essa também é a minha primeira entrevista da vida, tirando entrevista de emprego; mas acho que pelo menos nessa eu fui bem. Boa sorte pra toda equipe do MdOM: você, o Kareshi, o Vegeta e o Professor Odilon. E saiba que o seu blog é o meu segundo preferido, só perdendo pro Sankaku Complex, que além de ser um outro nível de descompromisso com a realidade, não é nem um blog. Obrigado a todos que acompanham o Video Quest; espero não decepcionar vocês. Adeus.

***

(@maisdeoitomil)

Anúncios

45 comentários em “MdOM Interview – Leonardo Kitsune e Fábio Urso do Video Quest

  1. Quase tive espamos musculares de tanto rir do motivo 2 do Leonardo Kitsune.

    E a entrevista foi MARAvilhosa.
    Parabéns pra toda a equipe;

    Curtir

  2. Seria melhor se a entrevista fosse com o Ramon Kitsune e… Fabio El Urso?

    Parabéns pra eles, o Video-quest é muito bom. Mas falta uma coisa pra se perfeito: assistentes de palco.
    Se vocês não se importarem com um pouco de buço, posso ajudar :)

    Curtir

  3. Mara… vc sempre comenta dos atributos faciais do Kitsune e nem para falar nada, Kareshi devia estar do lado!

    Muito boa a entrevista, é uma das melhores coisas no blog e ficou muito tempo sem ter (mais por falta de entrevistado, acho) agora que teve foi muito bom. Espero que vc ache mais gente para entrevistar logo.

    Curtir

  4. Adorei a entrevista! De vez em quando eu acompanho o Video Quest, mas eu nunca comento nada pq não tenho vontade. Mas o sobrenome do Kitsune é Camargo, mesmo?

    Curtir

  5. Não tinha ninguém melhor pra entrevistar?²

    Nada contra quem gosta… mas eu acho aquilo um saco =/

    Curtir

  6. Não tinha ninguém melhor pra entrevistar?³

    E porque a Mara só fala do Kitsune nas tags e ignora totalmente o Urso? Só porque o cara é preto? Tem que ver isso aí hein…

    Curtir

  7. Fala sobre Code Geass!

    Desculpa, não resisti.

    Quando AWESOME encontra AWESOME = AWESOME.[2]
    Meus dois blogs favoritos em uma unica postagem, aeaeae. Só falta voce aparecer no video quest agora, Mara.

    Curtir

  8. ESqueceu de colocar o azrael e perguntar o pq dele ter roubado milhares de otakus baianos –‘
    E o kitsune esqueceu de falar ”pq ele se mudou, pra arranjar dinheiro com otakus que queria um evento decente”
    Mas realmente deverial colocar o azrael… pq ele roubou MAIS DE OITO MIL pessoas ^^

    Curtir

  9. Se eu encontro esses dois na rua (Kitsune e Urso) dou um tapa na cara dos dois e depois vem o comprimento.

    Urso é do tipo que te ensina muito com pouco /eleensinoualgo?

    Boa entrevista!

    Curtir

  10. Pensem que poderia ser pior,a Mara poderia ter entrevistado o Lancaster ou o Panino.Imagina o tamanho da entrevista,nem ia caber de tanta arrogância e nojeira.

    Curtir

  11. n_o_s_s_a_ mara entrevistou os caras que analisam mangás sem o contexto socio-cultural do Japão do períodooo! vou pôr no twitter é A.GO.RA.

    maracujina, cacilds, faz direito e, se é pra entrevistar tabacudo, me entrevista, caralho. affê.

    Curtir

  12. Fui eu que pedi pra Mara fazer a entrevista -q

    Mas Urso, se eu te visse na rua, eu chorar de emoção, sou seu fã o/

    A entrevista não foi tão boa assim, faltou a ousadia da Mara…mas não tá fácil pra ninguém né ?!

    Curtir

  13. Haters gonna Hate!!

    Meu blog preferido sendo entrevistado pelo blog otaku mais politicamente incorreto de toda a internet! Tem coisa melhor!!

    Curtir

  14. Apesar de tudo, eu achei a entrevista legal. Os meninos (força de expressão) parecem simpáticos.
    ( Bem mais que os caras das Tirinhas do Zodíaco!(pff)! x.x ).
    Mara, se eu começar a assistir o Video Quest por sua causa a culpa é toda sua, ok? ;D

    Curtir

  15. entrevista legal! Nem sabia que tinha vlog sobre animes, vou até conferir esse videoquest
    rashei de rir: “Boa sorte pra toda equipe do MdOM: você, o Kareshi, o Vegeta e o Professor Odilon.”

    Curtir

  16. Muito legal a entrevista, gordinha, parabéns!

    Da próxima vez entrevista o Josè Roberto Pereira, BK, vai causar mais carnificina que crítica ao One Piece. :D

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s