Mangá Shounen: MENINA NÃO ENTRA!!!

17 jan

Todo mundo viu o post da semana passada sobre One Piece. Enquanto poucos diziam que minha opinião era pé no chão e sensata, a grande maioria, aquela maioria que não aceita que o Oda seja chamado de autor competente, começaram a usar todos os artifícios para acabar comigo, indo desde a ofensas pessoais a tentativas de escrever o português da maneira mais errada possível para me causar uma síncope. E no meio pra frente dos mais de trezentos comentários surgiu um movimento que, ao contrário do movimento sexy dos Bragaboys, mostrava uma visão bem preconceituosa de muitos leitores.

Muitos falaram asneiras, mas vou mostrar apenas um que resume o que todo mundo tava falando:

Pronto! Acabamos de ingressar no preconceituoso mundo onde o conceito de que mulher não pode ler mangás shounen manda no universo.

Muitos defenderam que eu não gostaria de One Piece porque sou mulher e o mangá é feito para homens. Sério mesmo que ouvi isso? Mas aí vieram as justificativas, porque apenas dizer isso seria preconceituoso demais. Me avisaram que One Piece é um mangá sobre o sonho de um homem, e que uma mulher não poderia entender. Agora sim, está tudo melhor.

Antes de continuar, acho que vale a pena eu explicar minha posição sobre o tal movimento feminista. Fico muito incomodada quando chegam para mim e falam que não posso gostar de algo por ser mulher, assim como fico incomodada com aquelas feministas implicantes que ficam achando vestígios de machismo em qualquer discurso ou frase dita. Eu parto do princípio que todo mundo tem que ser igual e ser tratado igual, seja homem, mulher, gay, lésbica, travesti, transsexual ou fãs de K-Pop.

Agora que vocês já sabem o que eu penso, vamos aos fatos. Em primeiro lugar, muitos leitores tentaram justificar a superioridade de One Piece através de infográficos (risos comedidos), e um me chamou bastante a atenção:

Esse gráfico me chamou a atenção porque tem, sem justificativa alguma, uma idosa japa explicando a idade do público que lê One Piece. E aí você já começa a ver algo de errado: se a Shonen Jump é destinada ao público de 11 a 17 anos, alguém notou que quase 90% dos leitores do mangá estão fora disso? Ou seja, o mangá é lido por gente fora do alvo, e isso ninguém reclama, né?

Também alegaram que mangá para meninos é algo que mulheres nunca vão entender. Para os que dizem isso, vamos ver algumas imagens de séries shounen?

Escolhi quatro séries destinadas a meninos. Fullmetal Alchemist, que é a clássica série de porrada, Whistle, o tradicional mangá de futebol, Ichigo 100%, o conhecido mangá harém de um menino e várias gostosas que exibem a calcinha sem querer e Kekkaishi, atualmente considerado um dos melhores mangás para meninos publicado no Burajiru.

Como elas são séries destinadas a meninos, segundo a lógica torta dos meus leitores nenhuma mulher poderia entender esses mangás, não é? Se é assim, alguém me explica como é que esses quatro mangás para meninos que eu apresentei foram criados e feitos POR MULHERES?

“Mas Mara, sua gorda pedante, mas esses mangás têm um lado sensível mais realçado, mais característico das meninas. A questão é que One Piece foi feito para falar sobre a paixão do homem por aventura e MULHER NENHUMA vai conseguir entender isso.”

Embora eu vá questionar a sensibilidade de Ichigo 100% (afinal, é um mangá sobre um garoto que se apaixona por uma menina por causa da calcinha dela), vocês vão insistir que o Oda fez One Piece para homens porque o mangá celebra a paixão de um homem.

Se essa é a justificativa FINAL dos leitores, eu apenas lamento como os fãs de One Piece são imbecis. Lotaram meus comentários falando que eu era uma idiota e que nem devo ter lido o mangá, quando, na verdade, quem não leu foram VOCÊS. E querem a prova disso? Então vamos lá:

Não sei se vocês leitores de One Piece sabem, mas entre os capítulos o Oda costuma colocar uma seção de perguntas e respostas sobre seu mangá. No volume 28 japonês (lá pelo 56 da Conrad), no meio da saga do Enel, uma garota mandou uma pergunta para o Oda. A dúvida dela é que ela havia lido o mangá e viu a história da “Paixão de um Homem”, mas ela era mulher e se identificava com isso. Então ela falava que o Oda tinha que colocar que também era “Paixão de uma Mulher”. Bem, a resposta do autor que vocês tanto ama pode chocar um pouco (tem tradução embaixo):

Bem, o mínimo que eu esperava dos fãs de One Piece é que tivessem lido o mangá.

***

(E se ainda duvida que o Oda falou isso, aqui está o original)

(@maisdeoitomil)

168 Respostas to “Mangá Shounen: MENINA NÃO ENTRA!!!”

  1. Hayashy 17/01/2012 às 20:29 #

    eitaaaaaaaaa isso ae!!

    Curtir

  2. Mariana Busarello 17/01/2012 às 20:33 #

    achei hilário existir isso MESMO num Perguntas e Respostas, ficou bom demais! :D

    mas continuo não gostando de One Piece, divirta-se quem curte.

    Curtir

  3. O Judeu Ateu 17/01/2012 às 20:34 #

    Além do que, One Piece não é feito pra homens, é feito pra crianças.

    Curtir

  4. César Xavier (@cesartennou) 17/01/2012 às 20:35 #

    Prevejo mais treta.

    Curtir

  5. Pss 17/01/2012 às 20:35 #

    Mara, você é genial. Sem mais porque estou sem palavras com a sua capacidade e inteligência.

    Curtir

  6. snorlaxvalle 17/01/2012 às 20:36 #

    Pronto, fãs xiitas, o Deus falou, tá falado.
    Contra fatos não há argumentos. Vão ver hentais da Boa Hancock e parem de me fazer sentir vergonha de ser fã de One Piece

    Curtir

  7. Junior Cesar 17/01/2012 às 20:36 #

    ótima resposta!

    Curtir

  8. Hayashy 17/01/2012 às 20:38 #

    Mara, vc está corretíssima. Houve muito preconceito por muitos leitores de One Piece. Eu sou fã de OP, quero, em nome dos fãs, que devemos desculpas sinceras à você.

    A grandiosidade da carta que um fã, mulher, mandou para o EIICHIRO ODA, é que ele foi bem inteligente e que expiicou de forma sensível que o mangá é feito pra toda a familia, incluindo, mulheres.

    Procure, no Sankaku Complex, que há muitas mulheres que gostam e acompanham.

    One Piece não é só para homens. É para toda a família.

    Fãs de One Piece, este blog é de humor, e ainda mais, A Mara elogiou o mangá, com um mangá competente. Por que se fosse só criticar, a própria diria que é UMA MERDA.

    Gostar de One Piece é questão de gosto. Assim como eu não gosto de Bleach. considero ruim. Assim como devo aceitar que outras pessoas também pensem desta forma que One PIece para alguns é uma merda.

    É assim mesmo. É a VIDA.

    Curtir

  9. Anne Bione 17/01/2012 às 20:38 #

    Outro bom exemplo de shonen porradão razoavelmente popular feito por uma mulher, D.Gray-man. Onde estão seus deuses agora, machistas?

    Todo “ista” vai morrer só e triste. E isso inclui principalmente os sexISTAS.

    Curtir

  10. César Xavier (@cesartennou) 17/01/2012 às 20:39 #

    “seja homem, mulher, gay, lésbica, travesti, transsexual ou fãs de K-Pop.”

    HAHAHAHAHAHAHA Mara sempre mitando.

    Curtir

  11. Goku-san 17/01/2012 às 20:45 #

    Nada como um tapa na cara dos fanboys.

    Post de respeito.

    Curtir

  12. Roberta Rosa 17/01/2012 às 20:50 #

    Gostei Mara,eu vi FullMetal inteiro,e consegui entender totalmente,ri muito,fiquei triste com a morte de alguns personagens,a historia é linda,e não é pq é anime de menino que eu não possa gostar,eu adoro uma boa “violência gratuita” em animes….Garotos parem de ser machistas!

    Curtir

  13. Roberta Caroline 17/01/2012 às 20:51 #

    WOOOOW, mandou ver Mara. Isso ai, tem que matar a cobra e mostrar o pau. Acho um pensamento extremamente retrogrado e machista, isso de que só porque o publico alvo Y, você não pode criticar, não pode gostar e nem lançar sua opinião sobre a determinada obra. Claro que há elementos, em obras voltadas pra determinado publico alvo, onda a tendência que é este grupo se identifique com aquele contexto. Mas não quer dizer que, o elemento do publico G, não possa se interessar ou até mesmo criticar essa obra (afinal, cada tem um gosto em particular. Eu por exemplo prefiro shoujos, a batle-shounens. Mas isso não quer dizer nada). Como diria Cazuza; “Para mim não existe esta de samba ou rock, existe música boa e música ruim independente do estilo”.

    Curtir

  14. André Rafael Pereira 17/01/2012 às 20:52 #

    Vergonha dos fanáticos por One Piece (Piecetards?) que ficaram fazendo esse tipo de comentários… Sou fã do mangá de One Piece, e achei seu post sobre ele muito bom, foi bem escrito e não foi algo com o intuito de só falar mal de uma série por falar mal, era só sua impressão sobre a série oras. É lógico que não concordei com tudo lá mas também eu sou fã da série é lógico que ia pensar algo diferente.
    Mas emfim, esses argumentos de público alvo são ridículos, é lógico que primeiramente o mangá é pensado para um determinado público alvo mas nada alcança um enorme sucesso e altos números de venda sem extrapolar esse público, e acho que um bom autor sabe colocar elementos variados em sua obra para atrair públicos diferentes desse “alvo” original, já que quanto mais vendas melhor claro!
    Vale citar também mangás shounen como Kuroshitsuji em que a maioria dos fãs são as mulheres? Também vale a pena falar da capacidade de compra que as mulheres tem fazendo algumas séries venderem tão bem que ganham continuações, mostrando que de fato elas são um público importante para se conquistar?
    É ridículo como na internet muita gente só vem querendo defender suas “queridas séries” com todas as forças sem nem ler direito as críticas escritas ou montar bons argumentos… Bom, coisas assim são esperados de fanáticos…

    Curtir

  15. Joanna-chan 17/01/2012 às 20:56 #

    Mandou super bem \o/

    adorei isso-
    “Bem, o mínimo que eu esperava dos fãs de One Piece é que tivessem lido o mangá.”

    uhshaushaushaush isso aí \o/

    Curtir

  16. Alain " Mad Hatter" 17/01/2012 às 20:56 #

    One Piece não tem nada de genial, e tem gente que idolatra como se fosse uma obra-prima…é natural esse tipo de pessoa falar essas merdas imbecis para justificar atitudes mais imbecis ainda

    Curtir

  17. Mickie-chan 17/01/2012 às 21:00 #

    Adorei a resposta do blog aos otakus machões, verdadeiro safanão na cara deles.

    Curtir

  18. Panino Manino 17/01/2012 às 21:11 #

    Acho que a discussão não é se as mulheres são capazes de entender e gostar, porque que elas podem isso é mais que óbvio. Pelo menos o que eu estava discutindo é se elas sentem da mesma forma.
    Não são os sentimento racionais que podem ser compartilhados, penso nos irracionais, alguns que lá no fundo não o que fazem alguns fãs loucos e cegos, irracionais mesmo.

    Curtir

  19. Julia 17/01/2012 às 21:14 #

    Eu achei totalmente imbecil essa ideia abestalhada desses fãs. E olha, eu sou um fã também e garota.
    Mara, vc foi chique na resposta, ahaha, e respeito a opnião de cada um sobre a série…. eu realmente tenho vergonha de que eu seja fã de one piece assim como babacas machistas desse tipo.

    Curtir

  20. Julia 17/01/2012 às 21:17 #

    E.. além de sentir envergonhada por essa atitude tosca, eu também queria pedir desculpas como fã.. por ter que lidar com gente assim…

    Curtir

  21. Ikari387 17/01/2012 às 21:18 #

    Como comentei no post principal que deu espaço para todos os demais, inclusive esse aqui, One Piece (e a maioria “deveria” ser assim) não é um mangá onde se analisando friamente você vá encontrar a “genialidade” do autor.

    One Piece é uma obra cuja leitura sucessiva vai criando laços entre o leitor, os personagens e o mundo alí criado. E o sólido desenvolvimento de um “background” contrubui como um plus a tal fato: um bônus que cativa ainda mais quem já se identificou com a série.

    Ou, ao menos, é assim que vejo One Piece. E Claymore. Duas obras SHOUNENS que considero GENIAIS nos tempos mais atuais. E, desculpa, Mara, mas o ODA não é “apenas” competente: ele é MUITO COMPETENTE. Não chega a ser um gênio por não ser algo que envolve um grupo de pessoas, mas esse talento coletivo conseguiu “revolucionar” todo um público.

    Quanto ao “sonho de um homem” e não ser possível uma mulher entender… dê uma parcela de culpa ao mangá BAKUMAN. É algo bem frisado lá (e nas obras do Ohba, de um modo geral).

    Não sei de quando é esse gráfico aí, mas com mais de UMA DÉCADA de vida é bastante óbvio que o público INICIAL (que considero, aqui, ser a maioria dos consumidores) envelheceu… Embora One Piece continue a ser um mangá voltado para o público infantil e/ou infanto-juvenil.

    Aliás, só pra deixar ainda mais claro: sim, eu analiso uma obra considerando os sentimento que ela me passa. Adianta NADA uma série ser ótima nos “requisitos” (narrativa, estória, roteiro, char designer etc) e não conseguir me prender (e isso aconteceu recentemente com um mangá que só recebe elogios da blogsfera: BASILISK) na leitura e nem me deixar curioso com o que há de vir.

    Opinião MINHA, óbvio.
    Quem não simpatizou com a premissa (rasa, devo admitir) de One Piece já começa com os 2 pés atrás (em relação a sua opinião sobre o mangá)…

    Curtir

  22. Senseinoção 17/01/2012 às 21:18 #

    Ai ai @panino(a)

    Vc pesquisou sobre fenomenologia como eu te indiquei? Pq vc quer ser tão subjetivo que vc entra em um ponto que apenas a percepção singular de cada um pode ser entendida como “verdade”. Dá uma pesquisada em Husserl, Heidegger, não custa nada ler um pouco de Merleau-Ponty e Sartre. Enfim, talvez seja nesses que vc consiga algumas percepções sobre as percepções.

    Mara, ótimo trabalho. Pelo visto nenhum imbecil ainda se manifestou…

    Curtir

  23. Suna 17/01/2012 às 21:21 #

    Kekkaishi é bom mesmo. FMA dispensa comentários. Os outros dois eu não conheço.

    E Mara, não generalize. Nem todo fã de One Piece (ou qualquer outra coisa popular) pensa desse jeito babaca. Só os mais desocupados é que gostam de “causar” na web. É injusto que a má fama de alguns atinja à todos.

    No mais, à merda com rótulos e rotuladores.

    Curtir

  24. Ikari387 17/01/2012 às 21:23 #

    #ERRATA
    [3º parágrafo]

    […] Não chega a ser um gênio por não ser algo que envolve UMA ÚNICA PESSOA, e sim um grupo de pessoas, mas esse talento coletivo conseguiu “revolucionar” todo um público.

    Curtir

  25. Bia Chun-li 17/01/2012 às 21:27 #

    Fan boys são estúpidos. dão os argumentos mais esdrúxulos para defender a sua obra favorita. Eu por exemplo sou fã de Street Fighter. Meu marido prefere The King of Fighters, mas nem por isso vou envenenar a comida dele por ele volta e meia fazer críticas a minha série de fighting games favorita.

    Ou seja, para os fãs imbecis de One Piece, ninguém é obrigado a achar a série uma obra prima. Fanatismo faz mal para a saúde mental.

    Curtir

  26. Ikari387 17/01/2012 às 21:28 #

    E… sobre o GRÁFICO.
    Acabei de ver que é do “Novo Mundo”, então é bem recentezinho. Então faz jus ao “envelhecimento” do público…

    Curtir

  27. Guilherme 17/01/2012 às 21:29 #

    É claro que eles não leem, isso só aparece nos volumes. Que lê por scanlations nunca vai saber disso.
    Hell, teve gente que reclamou porque a Jbc não tinha publicado as páginas coloridas de Bakuman, pela mesma falta de conhecimento.
    E parabéns pelos 1 000 000 views.

    Curtir

  28. Trash 17/01/2012 às 21:30 #

    @Ikari187 Quanto ao “sonho de um homem” e não ser possível uma mulher entender… dê uma parcela de culpa ao mangá BAKUMAN. É algo bem frisado lá (e nas obras do Ohba, de um modo geral). —— ?? Sem querer brigar (haha, sério, nada contra, gostei do seu comentário), mas quem a criatura genial (não) que vai ser influenciada por Bakuman…? Ainda mais sendo super claro o fato de que o Ohba tem um graaande problema com personagens femininas.

    Curtir

  29. Trash 17/01/2012 às 21:35 #

    Gostei muitomuito do post, acho que esses são meu tipo preferido de postagem no MdOM — assunto sério mas não tratado de um jeito rabugento, sabe? Enfim, o negócio é que a sociedade tem toda essa coisa de garotas -> princesas, caras -> aventureiros, a gente percebe isso até analisando uma loja de brinquedos e sua divisão, haha. (E por favor que ninguém venha dizer que essa diferença é algo~INTRÍNSECO nas nossas almas/genes/etc, peloamordezeus.)

    Curtir

  30. Ikari387 17/01/2012 às 21:41 #

    @Trash

    Falei em Bakuman por ser o mangá/anime mais recente onde essa frase esteve presente de forma bem direta e explícita, embora seja possível ver tal “discriminação” em Death Note, por exemplo.

    Infelizmente, boa parte do público brasileiro que lê/assiste shounen é bem jovem (10~13 anos), o que faz eles assimilarem esse “estilo de vida” como verdadeiro.

    E não teremos brigas por aqui, rapaz (?). Discussões sempre, brigas nunca. ^^

    Curtir

  31. Trash 17/01/2012 às 21:47 #

    @Ikari387

    Ah, sim, entendo, é verdade, talvez isso realmente aconteça (acho que minha vaga esperança na humanidade gostaria de não acreditar nisso, haha =( Mas, yeah, devem ter casos). E não sou um rapaz, não, haha! Obrigada por responder minha pergunta =)

    Curtir

  32. JoaolmmGon 17/01/2012 às 21:53 #

    Faltou falar que o mangá Katekyo Hitman REBORN! é escrito por uma mulher, Akira Amano

    Curtir

  33. Danpl 17/01/2012 às 22:01 #

    tapa na cara dos ignorantes, ao no exorcist também é escrito por uma mulher

    Curtir

  34. Tiago Szanto 17/01/2012 às 22:05 #

    Isso aí, essa é a Mara sambando com chinelo de madeira na cara dos optards preconceituosos.

    Esse negócio de que shounen só pode ser entendido e compreendido por homens é uma babaquice, nem na Grande Nação Japonesa, um país MUITO machista, existe isso. As revistas tem sim seu público alvo, mas nada impede que pessoas de sexo e idade diferentes possam lê-los.

    É uma pena ver esse tipo de comentário, só mostra que a população do nosso Burajiru tem que, em sua maioria, mudar os seus conceitos e amadurecer.

    Curtir

  35. At 17/01/2012 às 22:11 #

    Mais de 300?? Ainda tem gente enchendo o saco no post de One Piece?

    Já senti muito essa história de não é pra menina, pura infantilidade. Sou fã de shounens são alguns dos meus passatempos prediletos e leio de tudo: Claymore, Mugen no juunin, One Piece, Gantz, Death Note e por ai vai. Depois de receber vários olhares estranhos você chega à seguinte conclusão: as pessoas precisam classificar, elas precisam acreditar que pertencem a um grupo seleto e especial e que por isso também são seletas e especiais. Deve ser a razão pela qual não aceitam críticas e ficam irritadinhas quando sua série ou sei-lá-o-que favorito vira “modinha”, pura perda de tempo.
    Mas sinto que a coisa é pior quando é o inverso, um cara que curte shoujo. Tenho amigos que gostam e lêem sem problema nenhum, mas tem gente que torce o nariz sem tentar por que “é coisa de menina”, é burrice dizer que não entendem só por que são homens. Esse tipo de ideia sexista só define sua personalidade se a sua educação for bem deficiente.

    Ps. Mara acho que não dei os parabéns pelo número de visitas então um grande parabéns tardio.

    Curtir

  36. Delícia Oda, assim vc me mata! ai se te pego..k 17/01/2012 às 22:13 #

    Que ridículo!
    Não sou fan de OP.. Mas confesso que gosto. E sim, sou mulher!
    Infelizmente esses garotos que acham que são donos da verdade, não tem a capacidade de ouvir críticas sensatas e defender sua obra de maneira coerente ( e aprender a respeitar a opinião do outros) sem precisar apelar pra baixaria.
    Sinceramente se vocês fazem isso, são muito piores
    do que as garotas que vcs dizem que “não entendem
    a obra”.
    E mulheres conseguem sim sentir.. Ouso dizer que até mais.. Afinal nós assistimos mais shoujos/joseis do que a MAIORIA dos garotos. O que com certeza mostra que nós somos totalmente irracionais!

    Enfim.. Pra mim o único gênio vivo é… O Johnny Depp!!! Kkkk

    O resto, é o resto… FALO MERMOU!

    PS: Oda gênio? Sei não.

    Ah e MARA, sua gordelíçia.. Você é GÊNIAL!!

    Curtir

  37. Sieg 17/01/2012 às 22:20 #

    Mara 2 x 0 Optards

    Curtir

  38. OPtard 17/01/2012 às 22:30 #

    Eu acho que o pessoal não entendeu muito bem o que o Panino quiz dizer, acho. Mas… isso cabe a ele explicar (ou não).

    Ademais, postei minha opinião agora a pouco na mensagem principal.

    Pessoal se irrita de maneira incrivelmente fácil por completa besteira.

    No mais (quantos mais… =X), replico a última parte do que disse:

    @Mara – O Blog é seu! Continue postando o que quiser! Quem não gostou, que se foda! Simples assim. Que monte um blog e poste o que achar melhor. Dou muita risada com esse Blog e não vai ser qualquer fã estúpido e que se dói por qualquer merda (insegurança por algo que gosta?), que vai te abalar! Prossiga sua linda! (E se precisar de um macho que estica partes do corpo e usa borracha, se é que me entende, hihihihihi, vem-ni-mim sua totosa!) \o/

    Curtir

  39. At 17/01/2012 às 22:36 #

    #OPtard

    KKKKKKKKK, genial.

    Ps Dalhe Mara recebendo declarações apaixonadas!!! Benefícios da bunda bonita?

    Curtir

  40. Hayashy 17/01/2012 às 22:46 #

    Mara tá adorando estes comentários e aumentando a quantidade de visitas ao seu Blog. O negócio funcionou de tal maneira que, hoje é moda de falar qualquer coisa sobre One PIece. Vá firme, Mara. Continue assim que vai ultrapassar toda uma blogosfera!

    Continue assim pois, existem fãs que não são fãs de One Piece que se passa por fãs para somente chateá-los os fãs de outras obras. Sei que há pessoas que não tem o que fazer da vida que, somente, fica na frente pc, infernizando toda as redes sociais.

    Curtir

  41. Matsuda 17/01/2012 às 22:59 #

    Eu concordo 100% com a mara. Eu gosto muito de one piece,mas esse papo de shonen só pra garotos é pura bobagem. Isso é pensamento de criança !!!

    Por exemplo: eu leio shonens e vários shoujos até mesmo yaoi eu já vi … E eu digo que sou fã de Nana,assim como one piece tbm

    e mara ganha de 8000 a 0 dos piecetards XD
    povo pensa que one piece não pode receber crítica por ser bom,alcançar varios públicos e vender bem …

    Optard se acha no direito que opinar sobre qualquer série,mas não admite que façam o mesmo…u.u vá entender….

    Curtir

  42. TrueFace 17/01/2012 às 23:01 #

    Jibaku-kun foi criado por Ami Shibata, uma mulher, Baku é um ótimo protagonista, só ele já destrói One Piece…

    Jibaku-kun: http://tinyurl.com/87uwvnh

    Curtir

  43. Raio 17/01/2012 às 23:13 #

    E tome, fãs de One Piece! Alguns homens realmente são muito preconceituosos com relação à nossa opinião sobre mangás shounen, mas você mostrou com exemplos que podemos entender (ou entendemos) melhor do que eles. Pra mim a maior mangaká de todos os tempos é Hiromu Arakawa, porque ela, em Fullmetal Alchemist, consegue retratar muito bem essa “paixão de um homem” sem especificar o gênero, sem deixar a história apenas na pancadaria, tornando o enredo mais envolvente do que um shounen comum. Ah, e muito mais emocionante!

    Mara, te adoro mesmo.

    Curtir

  44. Israel Del Duque (@israeldelduque) 17/01/2012 às 23:16 #

    Mara, essa foi a melhor sambada na cara dos otakus que você já deu nesses dois anos de Blog. Parabéns pela sua inteligencia (e pelo seu bumbum lindo)

    Curtir

  45. nick 17/01/2012 às 23:29 #

    otimo post, não acredito que aind atem gente que pensa assim : tal coisa só para homens e tal coisa só para mulheres, adorei o jeito como voce mostrou seu ponto de vista

    Curtir

  46. RoxDan 17/01/2012 às 23:33 #

    Arrumando treta com os próprios leitores, que coisa mais absurda de se fazer.
    Assim que é bom

    Curtir

  47. SmArtye 18/01/2012 às 00:00 #

    A mara sim que é gênia

    Curtir

  48. julio 18/01/2012 às 00:14 #

    se for assim os gays não podem gostar de piroca, porque é feito pras mulheres…

    Curtir

  49. Vitz - Hentai King 18/01/2012 às 00:29 #

    Melhor resposta anti-preconceito que eu vi nos últimos tempos! Parabéns, Mara!

    Eu sou homem e detesto esse povo babaca que fica de conversinha dizendo que “tal coisa é só pra homem”! Esse povo tem mais é que se fuder mesmo!!! uAHAuhauahauh

    Você tem todo o meu apoio quando se mostra contra esse tipo de atitude preconceituosa e machista!

    Curtir

  50. OPtard 18/01/2012 às 00:33 #

    A polêmica é a alma do negócio. Esta Mara é um monstro do marketing! Me rendo a seus pés, uma vez que tenho muito a aprender. =D

    Curtir

  51. Mauricio 18/01/2012 às 00:50 #

    Só eu que achei que a confusão deixou de ser sobre OP pra ser sobre o fanbase? Que por sinal é bem retardado, parem de bostar pelo teclado, povo.

    Curtir

  52. Ladrhobbit 18/01/2012 às 01:26 #

    Matou a cobra e mostrou o pau!

    Curtir

  53. J. 18/01/2012 às 02:42 #

    Já fez seu post de merda, Mara? Agora volta pra cozinha.

    Curtir

  54. Cheffcris 18/01/2012 às 04:41 #

    Concordo com 90% do post Mara, mas eu acho que os Mangás são sim direcionados à um público alvo. Um mangaká escreve aquilo que ele acha que vai agradar seu público, que em One Piece são os garotinhos. Quem gosta desse tipo de material, sabe o que vai encontrar, sabe que não é o tipo de estória que vai te mudar a sua vida, mas sim o tipo que vai te entreter e te divertir, como você escreveu no post anterior sobre OP, O Oda é eficiente no que faz, mas não é nenhum gênio, ele apenas dá aos leitores o que eles esperam.
    Mas mesmo assim, eu acho ridículo dizerem que uma mulher não pode entender, você já mostrou que entende sobre esse tipo de estória, desrespeitarem a sua opinião por algo tão machista é repugnante.
    Você tem tanto direito de expor sua opinião quanto qualquer pessoa, o material realmente pode não ter sido feito para o seu tipo de público, mas você já mostrou que conhece sobre o assunto e sabe do que está falando.
    O mangá pode ser feito para um certo tipo de pessoa, mas a realidade é que ele é apreciado por qualquer pessoa que gosta do tipo de estória.
    Continue colocando fogo no barraco dos piecetards, faça polêmica e ganhe visitas!

    Curtir

  55. MakotoBakura 18/01/2012 às 07:27 #

    Headshot

    Curtir

  56. Emerson Valera 18/01/2012 às 09:27 #

    Retardado ao extremo esse papo de shonen ser apenas para garotos, lembro do Watsuki falando que no começo a maioria de leitores de Samurai-X eram garotas.

    Também não entendo o espanto sobre a idade dos leitores de OP, essa poha ja tem 15 anos, os leitores que começaram na faixa de 15 anos ja teriam 30 mesmo.

    E a Mara ta parecendo o Ratinho pra conseguir audiência hahah!

    Curtir

  57. Rodrigo 18/01/2012 às 10:04 #

    não acho que é um preconceito só com mulheres,afinal não achei a sua analise coerente sobre o One Piece,não acho Oda ruim,mas bem melhor do que você falou… acho que você está precisando de alguém pra te ajudar no seu blog,alguém que sabe ser imparcial afinal você levou para o lado ‘vou ser hater por causa dos fans,não gosto de fans de OP’ esse foi o seu preconceito e acho que você foi equivocada.

    Curtir

  58. Emerson Valera 18/01/2012 às 10:52 #

    A Mara é o Jorge Kajuru dos animes!

    Curtir

  59. pauloscdsj 18/01/2012 às 10:53 #

    Falou tudo Mara T__T
    Sabia que vc não ia deixar essa resposta do Oda passar em branco \o
    Realmente é algo lamentável existirem essas pessoas que se dizem fãs de grandes séries mas na verdade sequer leram direito ou pesquisaram sobre quem criou, o que é, como funciona etc etc. =/

    Curtir

  60. Doppelgänger 18/01/2012 às 10:57 #

    Nossa, vc ownou com os fanboys machistas de OP! Mt bom o post!

    Curtir

  61. Ah,sei la. 18/01/2012 às 11:18 #

    Hahahaha boa Mara, A autora de FMA foi o melhor exemplo que se podia usar, essa sambou e rebolou na cara de muito Mangaká.
    Mas, tenho q discordar da sua posição qto ao Oda. Dizer q ele é competente é o mesmo que dizer que ele está lutando pra não sair da Jump. Competente msm é o tio Kubo, que tem um mangá com vários personagens com msm rosto e sem personalidade…e que ainda faz sucesso (/provocandoairadosfanboysem3,2,1…).
    OP tem seus altos e baixos, mas manter um mangá qse sempre no topo por 10 anos e uma legião de fãs ao redor do mundo é , no mínimo, genial ‘-‘

    Curtir

  62. Mr. Prince 18/01/2012 às 12:12 #

    Pronto, fãs xiitas, o Deus falou, tá falado.
    Contra fatos não há argumentos. Vão ver hentais da Boa Hancock e parem de me fazer sentir vergonha de ser fã de One Piece +1

    Mara, vc está corretíssima. Houve muito preconceito por muitos leitores de One Piece. Eu sou fã de OP, quero, em nome dos fãs, que devemos desculpas sinceras à você.
    A grandiosidade da carta que um fã, mulher, mandou para o EIICHIRO ODA, é que ele foi bem inteligente e que expiicou de forma sensível que o mangá é feito pra toda a familia, incluindo, mulheres.
    Procure, no Sankaku Complex, que há muitas mulheres que gostam e acompanham.
    One Piece não é só para homens. É para toda a família.
    Fãs de One Piece, este blog é de humor, e ainda mais, A Mara elogiou o mangá, com um mangá competente. Por que se fosse só criticar, a própria diria que é UMA MERDA.
    Gostar de One Piece é questão de gosto. Assim como eu não gosto de Bleach. considero ruim. Assim como devo aceitar que outras pessoas também pensem desta forma que One PIece para alguns é uma merda.
    É assim mesmo. É a VIDA. +1

    MARAvilhosa, não liga pros ignorantes não… Vc é linda, gostosa, inteligente, e descolada, e ainda tem um blog de susseso e de qualidade (vc é sempre imparcial nas opiniões e fala a verdade dos fatos) ;)
    Ninguém é dono da verdade e muito menos manda no gosto dos outros, então não ligue pros doidoes, continue lendo o mangá (anime é zuadinhu T.T) SE QUISER AINDA claro, continue com o blog e os ignore.
    Seus posts formam e ainda vão formar opinioes que nos abram a cabeça para diversos assuntos, e EU acredito que vc tenta nos moldar a sermos pessoas melhores (indiretamente) que criticão e procuram entender o que acontece de importante a nossa volta, prova disso é diversidade do blog que vai desde de musica, politica, games, cultura, televisão, diversidade sexual, podres da midia, etc, aleatoriedades, e CLARO, o universo otaku =)

    MARAvilhosa, Eu Te Amo!
    Relaxa que vc vai longe ^^

    OBS: Sinto muito pelos fã de OP, eu sou um e estou morrendo de vergonha =(

    Curtir

  63. Mr. Prince 18/01/2012 às 12:14 #

    OBS 2: Mudei de ideia, nao sinto vergonha de ser fã de OP, sito vergonha DOS FÃS de OP, sujarão o nome da serie aqui no blog =(

    Curtir

  64. Mr. Prince 18/01/2012 às 12:16 #

    OBS 3: Na verdade, sujarão não, o que sujarão mesmo foi a reputação dos próprios fãs de OP

    Curtir

  65. Karen 18/01/2012 às 12:19 #

    Tenho pena1 de quem ainda acha que só homem escreve shounen.Isso mesmo Mara sambe na cara dos machistas imundos.

    Curtir

  66. Flavia 18/01/2012 às 13:23 #

    Me lembrou uma cena de Bakuman quando o Mashiro pede pra mãe dele pra ser um mangaká. Ela foi falar com o pai e ele disse a mesma coisa, que “homens tem sonhos que as mulheres não podem entender”. Então oks neh

    Esse papo de “bla bla bla pq eh mulher” é comentário de gente que fica sem argumentos validos e apela pra qualquer coisa.

    Sad story.

    Curtir

  67. Haruhi_chan_10 18/01/2012 às 13:40 #

    Mara sambando na cara desses retardados! Ora, eu adoro one piece, naruto, fullmetal alchemist, d gray man, ao no exorcist, katekyo hitman reborn…para dar alguns exemplos, e sou mulher! E isso nunca me impediu de ser fã fanatica de shounen, embora curta shoujo também, nada é tão bom quanto um pouco de pancadaria e sangue. E esse papo de “coisa de mulher” e “coisa de homem” é tão imbecil.

    Curtir

  68. Everton Brandão 18/01/2012 às 14:30 #

    Acho que pior que os fãs cegos de One Piece, só as putinhas do Kurumada que acham Next Dimension a coisamaislindadedeusedomundo…

    Tadinhos Né? ADOREI MARAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    Curtir

  69. Jujuh 18/01/2012 às 14:38 #

    kkkkkkkkkkkkkkkk Mara você é sensacional !!! Sua resposta a esses “fãs” babacas foi simplesmente impagável.

    Curtir

  70. Michele 18/01/2012 às 15:44 #

    Como sempre, Mara, es minha diva da ‘imprensa especializada’ XD Ai, ai, que dizer? Que 90% (pq tem gente legal ainda) dos fas de OP sofreram lavagem cerebral? Que se o Oda se candidatar a presidencia do Br esses seres acefalos votam nele? Cara, a juventude me envergonhando again! E o msm tipo de gente q acha foda tacar a pedra num idolo sem graca teen! Mara, como sempre, sua resposta foi diva e eu esperava por isso, afinal, nao era certo vc deixar os piecetards te ofenderem e sairem cantarolando a paixao de um homem. gracas a deus ainda existe, homens que tem paixao diferente do que um manga, seja ela qual for.

    Curtir

  71. Seme possessivo 18/01/2012 às 15:49 #

    Esse entra pra categoria “não derrubou dando soco na cara vai tentar o saco”. Que merda. Da neles, Mara.

    Curtir

  72. Tai_kun 18/01/2012 às 16:34 #

    OWN3D ! Fanboys tetudos… srry kkkkkkkkk
    FMA-Manga feito por uma mulher , e pra mim um dos melhores mangas já criados.

    Curtir

  73. KL 18/01/2012 às 16:49 #

    no máximo as garotas curtiriam sanji já q tem a ver com cozinha

    Curtir

  74. U.U 18/01/2012 às 16:50 #

    Ainda acho que lugar de mulher é na cozinha ;)

    Curtir

  75. Jean C. 18/01/2012 às 17:39 #

    Um tapa na cara de quem diz que shounen é coisa que mulher não entende, pra mim essa mentalidade é coisa de moleque virgem de 15 anos, ou menos porque virgem de 15 anos ta ficando raro no Brasil.

    Curtir

  76. Sogeking 18/01/2012 às 17:42 #

    Quando eu li o outro texto admito q nao concordei com alguns argumentos seus q ao meu ver sao caracteristicas de todo q e qualquer mangá de porrada inclusive dragon ball q creio q seja uma das suas obras favoritas, nem comentei anteriormente pq naum axei necessario mas lendo essa materia agora eu mais uma vez sinto vergonha de alguns fas de one piece, a cada dia tem mais fah de one piece q diz q quem naum viu eh retardado ou OnePiece>>>All e foda-se o resto etc, soh isso jah me irrita bastante mas dizer q vc naum axou foda pq vc eh mulher hahahaha, entao eu nao posso axar foda Kimi ni Todoke ou Nana pq saum para mulheres? Esses piecetards adolescentes q nem conhecem as coisas direito sao uma lastima e sim sou viciado em one piece mas axo q o hype de one piece ta criando aberraçoes.

    Curtir

  77. Marcelo 18/01/2012 às 17:44 #

    Não suporto One Piece e a maioria dos que reclamam mal conseguem escrever.

    MAS, machismos a parte, a teoria que vc contesta nesse post tem certa lógica Mara.

    Tipo, pense em filmes de ação. Pq mais de 80% dos públicos desses filmes são homens? Enquanto a maioria das mulheres normalmente não entendem qual é a graça de ver um asiatico encher outros de porrada, ou ver explosões do tamanho de um big bang.

    Claro, mulheres tb podem gostar de filmes/séries/animes mais masculinos, mas não é o normal.

    É só ver o próprio coment do Oda, que vc colocou no post. Ele disse que mulheres tb podem ter a paixão de um homem. Quer dizer, tem que ter os gostos de um homem pra gostar de One Piece na opinião dele.

    Resumindo tudo, não quer dizer que vc gostaria de One Piece se fosse homem (eu sou e acho uma droga), mas teria mais chances de gostar se fosse.

    Ou claro, eu estou errado e sou só um machista ignorante. Vá saber.

    Curtir

  78. Hibino Hareluya 18/01/2012 às 17:50 #

    Li todos os comentários, e concordo com o que o Panino disse. A questão não é as mulheres gostarem, e sim se elas se elas conseguem entender a “mensagem”. Eu por exemplo já li o mangá de Hokuto no Ken 2 vezes e atualmente assisto o anime, só de ouvir o riff de guitarra da openning eu me sinto como se tivesse tomado uma injeção de testosterona. Mas isso só se aplica aplica aos mangás “de macho” como HNK, City Hunter, Rokudenashi BLUES, Lobo Solitário e etc. One Piece, FMA e outros shounens citados aí são mangás “família”, não se encaixam nessa categoria.

    Curtir

  79. Samuel 18/01/2012 às 17:51 #

    Tem gente que acha que a capacidade cognitiva de uma pessoa em identificar signos e codificar uma mensagem está relacionado com seu sexo (ou sua sexualidade)? Caramba! Que pobreza argumentativa. Mas isso é esperado, pois em uma discussão umas das estratégias utilizadas por quem não tem argumentos é desqualificar a pessoa do opositor (chamado de “Argumentun ad Hominem” – literalmente “argumento direcionado ao homem”, ou de forma mais clara, ataque pessoal). Neste caso, não se ataca os argumentos da Mara e sim a pessoa dela (“a Mara não pode entender One Piece porque é mulher, portanto a opinião dela não vale nada”). Desse modo se desvia dos argumentos da Mara para questões que não têm nada a ver com eles. Mas, fazer o quê? Um fanboy considera uma crítica ao seu mangá/anime favorito como uma ofensa pessoal. Fica difícil discutir em alto nível assim.

    Curtir

  80. Panino Manino 18/01/2012 às 18:43 #

    @Senseinoção
    Volta na postagem sobre One Piece que eu respondi lá.
    Mas adianto que sim, eu já pesquisei/li sobre esse assunto, mas não agora, você não me apresentou nenhuma novidade.
    O desentendimento é que, sim, eu si do que está falando, mas eu tenho minhas próprias ideias. Se todos aqueles termos de que você falou, pelo que eu vi mudaram de forma e conclusões nas últimas décadas aceito eles como material para estudo, não verdades provadas muitos menos aceitas universalmente.
    Além de que, o foco daqueles estudos e os meus questionamentos são um pouco diferentes.

    Curtir

  81. Dan Moidix (@danmoidix) 18/01/2012 às 18:44 #

    Nossa, realmente genial Mara.

    Curtir

  82. Leandro 18/01/2012 às 20:04 #

    Não sei se alguém acima já comentou, mas acredito que o fator faixa etária se deve principalmente pelo fato do mangá ter sido lançado lá por 1997… já comentei com alguns amigos e me parece aceitável que garotos que começaram a ler o mangá no fundamental ou no ensino médio continuem lendo(infinitamente?) o mangá. Eu pelo menos leio a ANOS e não consigo parar de ler, por mais que os anos passem e meus interesses mudem (por sinal o mangá amadureceu muito também no decorrer dos anos).

    Eu leio, meu irmão de 14 anos lê, minha melhor amiga lê, amigos de 3X leem, não entendo este preconceito.

    Curtir

  83. Senseinoção 18/01/2012 às 20:17 #

    Querido Panino(a).

    Quando vc assume uma posição de ‘nada foi provado universalmente’ (o que pode ser até entendido como uma realidade) a discussão torna-se impossível. Se não sairmos de determinados pressupostos teóricos, não poderemos debater, porém gostei do debate até agora.

    Recomendo que vc continue a leitura destes autores e de vários outros correlatos. Apesar de não existirem verdades universais, o conhecimento de múltiplas verdades permite uma maior percepção do mundo. Pretendo esperar o próximo assunto polêmico para re-iniciar nossas discussões, não creio que o posicionamento atual favoreça continuar nesta questão da sexualidade/genêro/percepção.

    Curtir

  84. Jasque 18/01/2012 às 21:08 #

    Ok, mas também me deixem ler Kimi ni Todoke e Fruits Basket em paz =D

    arittakeno yume o kakiatsume
    sagashi mono sagashi ni yuku no sa
    POCKET no COIN, soreto
    YOU WANNA BE MY FRIEND?
    WE ARE, WE ARE ON THE CRUISE! WE ARE!

    Curtir

  85. João do Golaimpe Rado 18/01/2012 às 21:26 #

    Mulheres e sua extrema necessidade de chamar atenção, não perdem qualquer oportunidade de gritar “IGUALDADE” quando isso lhes é conveniente, apenas para que os holofotes virem para si. O mais irônico é que a frase preferida delas é “Sou mulher e tenho direitos, quero igualdade”, frase que contém uma gigantesca contradição.

    O desespero da dona do blog é tanto quanto a minha simples opinião, que ela faz questão de fazer um post só pra isso. Como uma criança gritando e clamando por atenção, nervosa porque alguém gosta do que ela não gosta.

    O mais interessante do seu post é que você prega coisas totalmente irrelevantes, como o fato da apresentadora ali ser uma mulher e apresenta como se fosse algo monstruosamente incrível. Ou no momento que você cita 4 mangás dos quais apenas 1 realmente se destaca e fala como mulheres tem ótima capacidade de criar bons shounens também, quando estes casos não passam de exceções. São 4 bons mangás criados por mulheres pra cada 80 criados por homens.

    Eu confesso que existem mulheres que têm a capacidade de entender honra, espírito de luta e de apreciar de modo verdadeiro (não apenas gostar e acompanhar, isso qualquer um é capaz de fazer) um shounen. Mas pela reação ao meu post, a autora mostrou não ser uma destas, é apenas mais uma mulher comum, dessas que não suportam ver qualquer homem apontar as fraquezas do seu suposto sexo frágil, mas não perdem uma oportunidade de criticar os homens. A prova está aí, seu post mostra o quanto você se doeu e o quanto a carapuça serviu.

    Vocês podem gritar e espernear o quanto quiserem esse papo de igualdade, podem ficar citando quantos casos patológicos quiserem, mas vocês sabem que no fundo homens e mulheres nunca vão ser iguais, são sexos diferentes, são realidades diferentes, é tudo diferente. A incapacidade de aceitar essas diferenças e conviver com elas é uma lesão que eu, felizmente, não possuo. Não posso dizer o mesmo de todos aqui.

    Curtir

  86. kyox 18/01/2012 às 21:41 #

    João Rado

    Para a infelicidade da sociedade, pessoas como você existem, para levantar, em pleno século 21, a bandeira do preconceito sexual. Fato é: existem mulheres que valem muito mais do que a maioria dos homens e TODO o seu comentário só demonstra o quanto você é infeliz e mal sucedido, em alguma parte da sua vida onde uma mulher foi melhor do que você.

    Sem mais.

    Curtir

  87. Michele 18/01/2012 às 21:52 #

    João Rado
    Caro João, em pleno 2011 eu me deparo com mais um de seus comentários ofensivos e contra o quê? Mulheres. Não é porque sou uma que me sinto na obrigação de dizer que sua atitude é no mínimo lamentável para não dizer vergonhosa aos demais homens. Será que estamos na era das cavernas, você vai arrastar a mulher pelos cabelos?

    Sou mulher, trabalho com Análise de Sistemas e isso, meu amigo, é como se um homem fosse uma costureira e uma mulher uma caminhoneira: por mais talento que se tenha, no mercado de trabalho, sempre encontramos pessoas como você que, infelizmente, tem algum episódio triste da sua vida em que uma mulher o superou.

    Isso é triste, João. Não sei sua idade nem seu estado civil, mas você devia aprender a respeitar o valor de uma mulher, não só para você ser respeitado por elas também mas para você conquistar uma também.

    Não sou feminista, mas você devia saber que hoje o mercado de trabalho está dominado pelas mulheres que provaram ser tão capazes quanto os homens. Não só no trabalho, mas se você tiver um pouco de vida social, é só olhar ao redor.

    Não subestime ninguém, João. Nem mulher nem homem.

    Você veio aqui com seus próprios cliques e leu a crítica da Mara porque quis e o blog é dela, oras. Assim como você pode fazer um blog falando mal das mulheres: não vou ser eu que vou lá para reclamar. A vida é assim. Seu erro foi subestimar a capacidade de uma mulher e por quê? Por causa de um manga? Na boa, João, você deve ser melhor do que isso, afinal, melhor do que as mulheres você já se acha, não é?

    Espero que você melhore seu ponto de vista.
    É realmente triste me deparar com uma pessoa com pensamento tão retrógrado em uma era de tanta informação, cultura e esclarecimento.

    Curtir

  88. Mateus Valesko (@mateusrse) 19/01/2012 às 00:00 #

    Clamp é lindo e é só de mulheres e boa parte das tranqueiras dela são shounen, xxxHolic é seinen, até Sakura Card Captors tem uma asinha do báculo no shounen

    Curtir

  89. Manolo 19/01/2012 às 00:00 #

    João owno, tem meu apoio…
    ele só falo a verdade… (:

    Curtir

  90. Alain " Mad Hatter" 19/01/2012 às 00:02 #

    João do Golaimpe Rado

    Você me rendeu ótimas risadas hoje, adoro rir de imbecis que usam argumentos mais imbecis ainda XD

    Curtir

  91. Panino Manino 19/01/2012 às 00:03 #

    @Senseinoção
    Não vou ler porra nenhuma cara, já disse que eu JÁ li. Não vou ficar raspando os conhecimentos dos outros e negligenciar meu próprio conhecimento.
    E era você quem queria provar algo com essa pose de “busque conhecimento”.
    Dança da bundinha peladinha para você.

    @João do Golaimpe Rado
    “Mulheres com necessidade de chamar atenção”?
    Homens fazendo escola, né?

    Curtir

  92. Leonardo Kitsune 19/01/2012 às 00:04 #

    A sobrevivência de caras como o João Rado me deixa em dúvida se Darwin estava mesmo certo.

    Curtir

  93. Gustavo (Lee ~Syaoran) 19/01/2012 às 00:05 #

    João do Golaimpe Rado

    Como homem, lamento a vergonha que você causa. Pena das mulheres que te rodeiam, se é que ainda existe uma e caso existir, mais pena ainda porque essas aceitam ser limitadas quando um qualquer diz que é superior a elas.

    Sinceramente, viu…

    Curtir

  94. KL 19/01/2012 às 00:06 #

    joão rulez! ainda acho que o melhor é elas verem Toriko ou One Piece só o arco baratiê, já que tem a ver com cozinha, culinária e afins.

    Curtir

  95. Henrique Kaza (@kkkaza) 19/01/2012 às 00:07 #

    ai ai ai ai ai…

    colega, HOMENS e MULHERES NUNCA SERÃO IGUAIS… nascemos diferentes, PONTO.

    mas isso é apenas BIOLOGICO, genetico… capacidade física do homem talvez seja maior [ou talvez por questão da criação do garoto e da garota desde SEMPRE…]

    mas falar de CAPACIDADE MENTAL, como COMPREENSÃO… não é MACHISMO, é DEMÊNCIA… nisso somos TODOS SERES HUMANOS. uns mais burrinhos, outros não… uns de boa ou má indole… uns IGNORANTES, outros não… mas nesse aspecto É IRRELEVANTE SER HOMEM OU MULHER.

    desista de vir aqui falar bobagem assim, tá passando VERGONHA, e quanto mais fala, MAIS É RESPONDIDO…

    faça um favor à sí mesmo, largue esses comentarios.

    Curtir

  96. Sarah 19/01/2012 às 00:07 #

    O João é um mal-comi… digo, um Sancto?

    Curtir

  97. Henrique Kaza (@kkkaza) 19/01/2012 às 00:08 #

    KL – kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    sempre tem um troll no meio, sempre… XD

    Curtir

  98. George Soon Ho (@soon_ho) 19/01/2012 às 00:10 #

    Alguém sabe o que quer dizer “Golaimpe”?

    Curtir

  99. Jasque 19/01/2012 às 00:13 #

    João, você deveria ficar feliz por ter mulheres que também lêem seu mangá.

    Curtir

  100. Gekkou Hayate 19/01/2012 às 00:19 #

    Além de raiva de ti João, eu tenho pena. Pena de existir pessoas com tamanha ignorância e com uma mente/cabeça tão fechada assim. Pena de que talvez tu nunca vá abrir essa tua mente/cabeça e enxergar o mundo como ele é (em alguns lugares) e como ele deveria ser. Coitado da tua mulher e dos teus filhos, isso se tu vier a ter alguém que te ature!

    Curtir

  101. Rodrigo 19/01/2012 às 00:19 #

    Poxa Mara, falar que Fullmetal Alchemist é a classica série que só tem porrada é sacanagem, de todas as séries shounen que eu ja li (que são várias), FMA é minha preferida, justamente por ser bem trabalhada, com um bom desenvolvimento de personagens, principais E coadjuvantes, fora que ela tem uma caracteristica importante que você mesma criticou em One Piece: em FMA as personagens se machucam, sangram e morrem, dando uma noção de realidade a trama, que eu acredito ser bem embasada, claro, considerando ser uma história de ficção, mas uma bem embasada cientificamente, com todas as pontas bem amarradas.

    Curtir

  102. Satella 19/01/2012 às 00:20 #

    Concordo inteiramente com a Michele! É ridículo ler o comentário do João do Golaimpe Rado em uma era em que está mais que provado que homens e mulheres são capazes de realizar funções que antigamente era privativo de um ou de outro. Mais ridículo ainda, é que essa discussão se estenda em a mulher compreender ou não um mangá de ação!!!??? Não é de hj que as muitas mulheres comentam em sites, blogs de mangás/animes. Sou mulher e muitas vezes sei mais destes do que meus próprios amigos e NUNCA senti qualquer preconceito por parte deles por eu ser mulher, ao contrário, sempre me pedem dicas de animes ou mangás para acompanhar! O q vc não entende é que cada um tem sua opinião, a Mara tem a dela, que conseguiu argumentar muito bem. Eu não concordo com tudo o que ela disse,mas respeito, por ser a opinião DELA, escrita no blog DELA (que aliás vc acompanha), mesmo ela sendo MULHER!!! O que percebe-se é que vc foi contra a opinião dela, mas não tendo argumentos para justificar, resolveu INVENTAR uma argumento machista e preconceituoso e claro que ela ficou irritada, assim como todas as mulheres que acompanham o blog, porque antes de tudo, todos merecemos RESPEITO,uma palavra que não deve existir no seu vocabulário!

    Curtir

  103. Mônica 19/01/2012 às 00:24 #

    Death Note e Bakuman também foram escritos por uma mulher, embora haja controvérsias se realmente Ohba seja mulher ou homem, pois nunca se viu fotos dele ou dela. Bom, isso na época de Death Note. Não sei se em Bakuman ele ou ela já deu as caras.

    Curtir

  104. Senseinoção 19/01/2012 às 00:28 #

    @Panino…

    Talvez vc não tenha lido, caso tivesse vc saberia que seu próprio conhecimento esta inserido na questão da percepção em fenomenologia. E é incrível que vc, que deve ter entre uns 18 e 22 anos, tenha lida textos tão complexos como o de Husserl e Heidegger e ter os compreendido perfeitamente ao ponto de não achar necessário uma releitura. Me mande seu CV, precisamos de gente com um conhecimento próprio de mundo tão perfeito assim.

    E acho que vale lembrar que seus conhecimentos se deram em um mundo social. Vc aprendeu a não tomar manga com leite com sua avó. Vc aprendeu como se expressar com seus colegas, vc aprendeu uma hierarquia com sua família, com a escola etc. Oras, você não precisa negligenciar seu conhecimento próprio, porém deve se lembrar que este conhecimento está baseado, mesmo que vc não queira, em conhecimento distintos desenvolvidos ao longo dos anos por diversos pensadores diferentes – e de diversas áreas.

    Agora, se você acha que seu conhecimento pessoal (a dança da bunda peludinha) vale mais do que qualquer outra coisa, só posso dizer que sim, você deve buscar conhecimento, pq no momento em que vc deixar de buscar conhecimento e acreditar que suas percepções de mundo são as únicas válidas e possíveis vc terá se tornado um João da vida. Que alias, mesmo sendo um absurdo o que ele escreveu, o texto dele me parece melhor do que o seu e não desceu tanto o nível (assim como faço mea culpa na questão da sua alteração de identidade de genêro).

    Enfim, é divertido discutir com um garoto que demonstra seu desgosto por uma publicação jogando-a no chão e o chutando. E eu posso afirmar que uma imagem vale mais do que mil palavras e perceba! as imagens (e não o ato em si) já dizem muito sobre você. Além dos seus textos, que falam tanto e não chegam a lugar nenhum, mas acho que a aula sobre a laranja foi muito instrutiva.

    Quando a vida te dá laranjas, faça uma laranjada ou faça a dança da bunda peludinha ;)

    Curtir

  105. Erik 19/01/2012 às 00:53 #

    Taí uma coisa que para a minha pessoa nunca houve distinção, já o que conta é a diversão obtida através da historia que autor se propõe a contar.

    Ou seja, uma obra para todos os públicos, mas sucesso não é acompanhado de qualidade, vê-se o caso de muito do material lançado pelo Japão, E.U.A, Korea, pode-se fazer um relativo sucesso, mas com qualidade de material antecessor à ele.

    Uma estrutura básica que bem maquiada, encontramos outra obra!

    Enfim, mangá, livro, filmes e etc, podem ser direcionado a um tipo de publico, mas isso não o limita a eles, e se um material que é feito para um nicho, e dele não sai, jamais poderá ser considerado uma obra prima, um ótimo material é aquele que consegue dentro de seu conceito deixar o fã, seja ele homem, mulher, homossexual ou criança familiarizado com sua sua historia.

    E eu achando que o machismo tinha dimuido,

    Curtir

  106. Zer0 19/01/2012 às 01:24 #

    Não concordo com o joão , mas depois de ler alguns comentários comecei a ver a apelação de algumas mulheres nessa discussão , afinal , levar pro lado de mercado de trabalho , ou mesmo falar da vida pessoal de uma outra pessoa “Homem que foi superado por uma mulher e agora fala isso” já é abuso de feminilidade , admito , algumas mulheres são melhores que homens em muitos trabalhos , mas nascemos diferentes, nunca poderemos ser iguais , essa competição de homens x mulheres sempre vai existir , e machistas feito o joão também , assim como feministas que eu dei uma olhada nesse tópico.
    Não vale a pena discutir por isso , até a autora do blog criou um post inútil em vez de responder nos comentários , não tenho nada contra isso , só estou dizendo a inutilidade desse post, mas bem , o blog é seu , faça oque quiser :/
    Por isso digo uma coisa, deixem de ser ignorantes e levarem essa discussão pro lado pessoal , pois do mesmo jeito que as mulheres sentiram raiva do post do joão , nós homens também não gostamos do que vocês estão escrevendo muitas vezes ressaltando que as MULHERES são melhores que os homens como em no minimo 5 comentários desse post cyaossu.

    Curtir

  107. Youko Yoru (@youko_yoru) 19/01/2012 às 01:28 #

    @João do Golaimpe Rado

    Antes de mais nada, quero dizer que eu tenho NOJO de você, nojo de pessoas que pensam como você!! Não sou feminista, mas não dá pra aguentar ler tanta merda!!
    E por isso eu vou concordar com você! Mulher adora gritar mesmo, longe de mim dizer que mulher não grita… grita mesmo, alias, caro ignóbil, essa frase “Sou mulher e tenho direitos, quero igualdade” é do ano de 1917 na Rússia, mais precisamente quando várias mulheres foram assassinadas por tentar defender um direito TRABALHISTA e IGUALITÁRIO perante os homens da época… Mas é claro que um neandertal como você não ia saber disso, não é mesmo?! Pra que ter conhecimento histórico, antes de falar qualquer merda!? É pura bobagem!!… continuando, depois de anos de luta, lá pela década de 70, as mulheres conseguiram seu pouco espaço… eu sei também que você não lê jornal, nem vê reportagens, mas tem uma estatística dizendo que mulheres recebem cerca de 40% a menos do que os homens…

    Ou seja, se você tem um pinto e bolas você ganha mais… é disso que as mulheres reclamam, caro ignóbil… desta maldita DESIGUALDADE.

    Outro ponto que você destacou é que “desespero da dona do blog é tanto quanto a minha simples opinião, que ela faz questão de fazer um post só pra isso”… veja bem, o blog é dela… ela faz dele o que quiser, escreve o que quiser, mostra o caralho que quiser… vai de nós leitores lermos ou não… é uma questão de LIVRE ARBÍTRIO!
    Uma coisa que eu achei hilária foi você dizer “nervosa porque alguém gosta do que ela não gosta”… quer dizer que quando você critica algo que muitas pessoas gostam, é sinônimo de ser infantil e mimado?! Nossa preciso mandar isso pra todos os críticos de cinema, teatro, música, etc.

    Dos mangás que a Mara listou, eu, particularmente, só gosto de FullMetal… mas vamos fazer uma outra listinha: D.Gray-man [HOSHINO Katsura], Ao no Exorcist [KATOU Kazue], Peace Maker Kurogane [CHRONO Nanae], Kateikyoushi Hitman Reborn! [AMANO Akira], Shiki [ONO Fuyumi], Kuroshitsuji [TOBOSO Yana], Saiyuki [MINEKURA Kazuya], Yanki-kun to Megane-chan [YOSHIKAWA Miki], e várias outras… TODOS esses mangás fazem sucesso… e TODOS são SHONENS e escritos/desenhados por MULHERES!!

    Obvio, Sr. Neandertal, que há mais homens desenhando shonen do que mulheres… mesmo porque eles estão no mercado há mais tempo…

    Nossa… quer dizer que toda essa merda que você escreveu foi pra dizer que mulher não consegue entender “honra, espírito de luta e de apreciar de modo verdadeiro (não apenas gostar e acompanhar, isso qualquer um é capaz de fazer) um shounen”?!!!!! Bá guri… volta pra chocadeira… volta pra tua caverna… Duvido que você tenha amigos, duvido que você algum dia tenha algum relacionamento… com mulheres… quer dizer… só se você pagar pra comer alguma puta…

    Sobre ‘sexo frágil’, é outra merda que você falou… e eu nem vou te dar ao luxo de uma explicação… vou deixar pra você pensar a respeito…

    Outra coisa pra você pensar [se você conseguir, é claro]: existem mais mulheres do que homens no mundo [inclusive no Japão], agora vamos criar uma situação hipotética: digamos que 40% da população japonesa seja homem, e 60% mulher… e a vendagem de mangás shonens gira em torno de 80% entre os cidadãos japoneses que consomem mangá… Segundo sua lógica [furada], todos os homens japoneses [os 40%] teriam que consumir mangá pra estabelecer um percentual [mesmo porque é só eles entendem A HONRA E O ESPÍRITO DE LUTA]… mas agora, me explica… quem consome o resto?! Os aliens?!

    Curtir

  108. Houndurr 19/01/2012 às 01:33 #

    Fico um tempo sem entrar no blog e que merda aconteceu por aqui?

    Curtir

  109. João do Golaimpe Rado 19/01/2012 às 03:53 #

    @Youko Yoru (@youko_yoru)
    Exigir direitos iguais fazia sentido sim na época que você citou. Mas não faz nenhum sentido hoje em dia, principalmente porque mulheres tem muito mais vantagens que os homens.

    Existe desiguldade? Existe, pro lado dos homens. Quer uma prova? Chute o saco de um cara na rua, o povo vai olhar pra ele e rir, não vão dar uma fodinha sequer. Agora faz o contrário pra tu ver. Se homem encosta um dedo em mulher já tem Maria da Penha, já vai preso e o caralho.

    A sociedade é feminista e protege as mulheres, tem leis especiais só para elas. Mas é claro que quando as feministas estão discursando convenientemente esquecem todas as milhares de vantagens que as mulheres tem. Feminitas não querem igualdade, querem mais direitos, isso sim.

    Quando você diz “sou mulher, tenho meus direitos e igualdade” você está alegando que quer ser igual, mas no começo da frase faz questão de dizer que é mulher. Mulheres não querem igualdade, querem mais direitos especiais só pra elas.

    Mulheres querem ter os mesmos direitos que os homens, mas não querem as mesmas responsabilidades.

    Curtir

  110. João do Golaimpe Rado 19/01/2012 às 04:14 #

    E eu não entendo porque estão levando isso tão pro lado pessoal.

    Não foi um xingamento dizer que mulheres não são capazes de entender coisas de homem, mas por algum motivo garotas costumam se sentir atingidas por qualquer coisa, é como dizem, diga a uma mulher que ela é linda e ela esquece em alguns segundos, diga que é feia e ela lembrará pro resto da vida. Me pergunto se ego frágil também é uma característica comum feminina.

    Homens entendem honra e espirito de luta pois homens sempre caçaram, lutaram e brigaram, desde os tempos antigo. Isso é uma característica masculina. Do mesmo jeito que mulheres entendem melhor sobre amor e sentimentalismo. Se ambos fossem iguais essa divisão nunca teria sido feita pra começo de conversa.

    Não entendo porque se sentem lesadas só por isso, parece que são incapazes de aceitar que tem coisas que funcionam melhor pra homens e coisas que funcionam melhor pra mulheres.

    Curtir

  111. Carlos 19/01/2012 às 04:14 #

    Incrível que muitos que criticavam à quem deve ser destinado a leitura de One Piece, usando o tema: Sonhos, AVENTURAS, desejos de um homem, são provavelmente adolescentes na faixa dos 16 anos, que nunca sequer aprenderam nada sobre a vida, são desleixados, e se acham foda, quando na verdade são patéticos, e só fazem parte da estatística.

    obs: Não li One Piece, e não me importo muito, pois não gosto muito de ”piratas”, um amigo já me recomendou, quem sabe eu venha a ler algum dia. Mas de todos os shounens que já li, posso dizer de certeza, que é destinado à mulheres e a homens. Sem mais.

    Curtir

  112. Anne 19/01/2012 às 04:18 #

    mimimimimi, blablablabla.

    Se há uma coisa que eu devo concordar com o boçal do João – que insiste em “vomitar” mais e mais idiotices a cada comentário, é que vocês estão dando uma atenção desmedida e completamente desnecessária à birrinha da pobre criancinha presa em sua filosofia ultrapassada.

    Graças à mentalidade de gente como ele que houve uma luta por direitos iguais. Ainda bem que o mundo não foi feito de só gente presa às suas próprias percepções obsoletas.

    “Chute o saco de um homem na rua” e mimimimi. Ué, se te incomoda tanto uma situação dessas, por que não denuncia polícia quando vir uma ocorrência como tal? Se te fere tanto, por que não vai à frente num protesto contra esse tipo de atitude? Ah sim, porque o seu suposto “orgulho” macho não deixa.

    Não quero saber de feminismo, machismo ou sexismo de nenhum tipo. Acho que o que carece mesmo nas pessoas é a incapacidade pra ser simplesmente humano. Olhar o próximo como seu igual, respeitá-lo e zelá-lo não importando o sexo, a sexualidade, o credo, a raça ou o caralho que for.

    Se você, caro João, falha em ser humano, não há nada que possa ser feito – e só nisso eu concordo contigo, estão perdendo muito tempo dando atenção às suas birrinhas (aliás, eu mesma incluída, já que vim aqui dar o meu parecer). A partir do momento que você veio com história de “é algo dos genes que você jamais compreenderia” você já perdeu TODA a sua razão. E não tente, de novo e de novo, ter alguma só pra falhar miseravelmente, já está ficando feio.

    A Mara é humana, como você, como eu. E ela, como qualquer um, tem o direito de criticar qualquer coisa que ela quiser. Se ela se apresentasse como “Pedro”, a análise dela teria alguma validade na sua vida, porque ela se apresentou como um homem? Que coisa mais patética – querer inferiorizar o ponto de vista de alguém só e unicamente pelo seu sexo.

    Se você tivesse um pingo da dignidade que tanto clama ter, teria agido feito HUMANO desde o início da conversa e não vindo com esse papinho sexista deplorável.

    Passar bem.

    Curtir

  113. João do Golaimpe Rado 19/01/2012 às 04:28 #

    Eu devo merecer ler tanta asneira num mesmo comentário, afinal porque infernos eu achei que estava lidando com pessoas capazes de argumentar? Tudo que vejo é gente com o ego ferido tentando por tudo nesse mundo se defender, sem a capacidade de interpretar um comentário simples.

    Um dia eu espero entender porque mulheres se sentem inferiorizadas quando dizemos que são incapazes de algo. Nunca vi um homem se sentir inferiorizado por não entender coisas de mulher, ao invés disso, a maioria lida como algo natural.

    Curtir

  114. Hirako Shinji 19/01/2012 às 04:39 #

    Ih, mas já começou errado no “de homem pra homem”. One Piece no máximo é “de homem pra moleque” ou “de homem pra criança interior”. True story.

    Curtir

  115. Anne 19/01/2012 às 06:52 #

    Não consigo discernir ao certo o que é mais risível. Se sua contradição, sua inabilidade em argumentação – e ainda a pachorra em apontar isso em comentários alheios mesmo não postando réplicas, ao mínimo que sejam, inteligentes – ou a sua convicção em tudo isso.

    É bem aquele meme. “Not sure if trolling or just stupid.”

    De qualquer forma. Devo agradecer por basicamente consentir com tudo o que eu coloquei de um modo bastante perspicaz – me pergunto se você ao menos percebeu que o fez.

    Embora seu conceito deturpado de dignidade e honra ainda me enojem. Quem falha no princípio mais básico da vida – __ser__ humano – não deveria se aventurar a abordar temáticas tão complexas às suas mentes pequenas.

    Curtir

  116. Trol é o seu Pai 19/01/2012 às 07:13 #

    Mete bronca tia, esses fã de OP são todos babaca, ogros, imbecis….
    me tinha dizia q se uma mulher ñ intende um chute nas bolas, da um cotovelada nos seios dela.
    não sou machista, nem racista mais me irrito com certas ações que a galerinha ai comete tentando ser politicamente coreto, ta certo ela falar e reclamar e lutar (pelo que eu não sei), mais eu não acho que todos sejam iguais e devam ser tratados da mesma forma, imagina se eu trato um homem igualmente como uma mulher, seria esquisito, muito tosco ta legal ter direitos iguais numa democracia direitos iguais quanto a questão monetária, mais se o assunto ta na mesa quem ta fora dela não vai entender sem uma bela explicação…. e pelo amor de Deus não usem minhas palavras pra nada…. O_o

    Anne a questão do chute no saco, é que o saco tem uma rede wireless as vezes q não tem saco sente, e a questão de o homem não sair protestando e pedindo para que isso seja crime não é por orgulho e por não ser babaca existe uma pequena camada que separa lutar por direitos e ser barraqueiro (a).

    concordo João, mais essa questão em OP e muito tosca porque a forma que ele toca o público e simples e um garoto almejando seus sonhos, ele não e nada mais e foda porque tem sentimentos burajireiros e nunca desisti de se tornar alguém. então essa questão pode ser discutida em FMA metade do público ou mais devem ser de gurias mesmo sendo shounem porque? sabe eu não vou começar outra discussão então vou me calar.

    Resumindo OP e bosta que gosta de bosta e sanitário, e o máximo que chega a ser na vida e bidé…. Então Tia não se sinta no direito de se identificar com isso porque isso não é nada…. va fazer protesto e reclamar sobre mulheres q baixam o próprio nível sendo vista como objetos e formas de conseguir IBOPE, por que eu (como Homo Sapiens masculino que sou) amo mulheres e as respeito….

    Curtir

  117. Aberopeba 19/01/2012 às 09:11 #

    Povo, vocês tem que parar com essa mania de igualar todo mundo, NINGUÉM é igual. Não importa se é homem, mulher ou corinthiano sempre terão diferenças. O maior erro do povo é tentar fazer isso. O comentário do manolo de nome estranho foi infeliz, ok, mas ele tem um cadinho de razão, se eu interpretei certo.
    A parte infeliz foi dizer que mulher não pode entender o significado das besteiradas que explicam OP. Todo mundo que nasceu sem uma má formação tem capacidade para entender de qualquer coisa. O agora se a pessoa vai entender e como depende da formação desse indivíduo, digo formação de caráter personalidade., afinal o que diferencia o homem da mulher é a o meio em que cresce e como foi tratado por esse meio.
    Capacidade cognitiva não é definida por uma letra em seu genoma, e sim por sua xp na vida.
    Essa revolta, tanto das moças quanto dos moços, é inútil, aceitem logo que homem e mulher NUNCA serão iguais, graças ao tratamento que a sociedade da pra ambos, e paremos de perder tempo com discussão boba e sem graça. Aqui é um blog de humor então voltemos às piadas.

    Curtir

  118. Kiyo nee 19/01/2012 às 10:42 #

    João
    Você não entende o porquê de uma mulher se sentir inferiorizada quando os homens lhe dizem que elas não são capazes de algo. Já parou pra pensar que talvez seja porque você é um homem?
    Pense nas coisas que lhe dizem que você nunca vai entender porque é homem. Pense em serviços domésticos por exemplo. Se te disserem que você nunca vai saber varrer uma casa ou lavar um prato como uma mulher você pode até ficar ofendido, mas a maioria dos homens (já que está se falando tanto de maiorias aqui) poderia até dar graças a Deus por não ser bom nesses “assuntos de mulher”, não? Afinal, que cara quer ser chamado de mulherzinha?
    Com as mulheres a situação é diferente. Porque, claro, somos diferentes. Temos hormônios diferentes, fomos criadas de modo diferente. Nossa constituição é realmente diferente. Estamos quase sempre em desvantagem física só por sermos mulheres. Passamos boa parte da vida ouvindo que nunca vamos saber dirigir um carro como um homem. Que futebol e filme de ação é coisa de homem. Como mulher eu posso te dizer que já ouvi que não sei fazer coisas de homem incontáveis vezes, e na maioria delas não estava se constatando o fato de que eu sou diferente por ser mulher. E sim que eu sou inferior por ser mulher.
    Por isso é complicado alguém chegar e dizer que eu não tenho como gostar de um mangá shounen porque a temática é dirigida a homens. Poxa, sério que nenhuma garota quer correr atrás de seus sonhos, e que ver um garoto fazendo isso não é inspirador pra elas? Sério que a gente não entende? Claro que não entendemos como vocês entendem, afinal ninguém entende uma coisa da mesma forma, mesmo o gênero sendo igual. Óbvio que One Piece tem seus furos e defeitos. Será que só porque uma mulher os apontou eles não existem?
    Enfim, esse argumento de que “você diz isso porque não tá na minha pele” pode até ser batido, mas o fato é que é fácil criticar uma mulher que luta por direitos iguais quando não se está na pele dela. Só nós sabemos como é estar em desvantagem desde o momento em que nascemos. Se você acha que uma lei criada por uma mulher (que escapou de ser assassinada pelo marido) pra proteger de violência outras mulheres é um direito absurdo que nós temos, isso só mostra o quanto você realmente não é capaz de entender esse nosso descabido “complexo de inferioridade”. Seria preciso ter nascido mulher pra saber.

    Curtir

  119. At 19/01/2012 às 11:57 #

    @João do Golaimpe Rado
    Estou entediada e quero argumentar com você. Mas estou dizendo argumentar não trollar. (se não souber brincar não brinca XD).
    Você diz que tem coisas que mulheres não conseguem entender por que faz parte do universo masculino assim como vice-versa e de certo modo eu concordo, mas o problema é a sua generalização, “toda unanimidade é burra” não se pode embasar uma opinião em algo como sexo. Muito de gosto e entendimento do mundo vem de suas vivências pessoais e o comportamento dito de menininha ou de homenzinho também é formado por parâmetros sociais, ou seja, o que a sociedade espera de determinada pessoa é normalmente o que aquela pessoa se torna. Gosto é gosto, acredito pouco nessa teoria de que um campo é mais propício para homens e outro para mulheres. Agora com relação à busca por igualdade é verdade que muita coisa já foi conquistada, más dizer que já temos isso é forçar a barra, o que não entendo é como isso entra na discussão? A questão não era sobre se mulheres entendem ou não “coisas de homens”?

    Curtir

  120. Matsuda 19/01/2012 às 12:34 #

    Gente,ninguém percebeu que essa discussão não leva a lugar algum ?
    Homens não vivem sem mulheres e vice versa !!!!

    E tudo que é hypado,como óne piece (eu gosto) é admirado e criticado vcs podem pensar em qualquer coisa no mundo,ela vai ter pros e contras,não adianta

    se o povo passa a a desconsiderar o sexo oposto,desconsidera sua mãe ou o pai ,pensem nisso…

    Curtir

  121. Matsuda 19/01/2012 às 12:36 #

    E nesse mundo ,quem não sabe lidar com as criticas que sofre, só vai se ferrar na vida,que vai´mto além de um gosto pessoal

    Curtir

  122. João do Golaimpe Rado 19/01/2012 às 12:40 #

    @Kiyo nee

    Acho que entendo o que você quer dizer, mas não vejo como isso justifica a raiva pelos meus comentários. Confesso que no primeiro fui exagerado, mas logo amendei. Eu nunca disse que mulheres são inferiores por não entenderem honra. É como dizer que homens são inferiores por não entenderem maternidade. Uma coisa não tem nada a ver com a outra, só porque homens e mulheres são diferentes não quer dizer que um precise ser inferior ao outro. Na minha opinião as diferenças dos sexos se completam, enquanto a mulher funciona como uma balança emocional pro homem, o homem funciona como uma racional. E olha, você pode não acreditar (mas acho que vai preferir acreditar), mas nós homens também somos bastante inferiorizados pelas mulheres durante todas as nossas vidas. Eu não preciso ficar citando exemplos, eu tenho certeza que você sabe do que se trata. Ambos os lados sofrem preconceitos e desigualdades, mas você vê apenas um deles gritando por igualdade, porque homens guardam tudo para si, não gostam de chamar atenção e não querem que os outros se preocupem com eles (ou são apenas orgulhosos demais).
    E é óbvio que OP tem seus defeitos. Eu mesmo disse no meu primeiro post que não acho o Oda nenhum gênio nem OP uma obra-prima nem nada. Só achei que a autora do blog apontou coisas completamente absurdas por não ter gostado do mangá, parece que ela nem leu. Existem muitas coisas que podem te fazer não gostar de OP, mas a autora não citou nehuma delas, pra mim pareceu aquele discurso de “não gosto de naruto pq o sasque é moh viadao”.

    @At

    Se não formos generalizar e considerar maiorias nunca vamos chegar a lugar nenhum, vamos ficar discutindo casos patológicos pra sempre. Mesmo que uma mulher entenda “coisas de homem”, elas continuam sendo coisas de homem. Entende? E como eu já disse, pode ser até que algumas consigam entender honra, assim como existem muitos homens que não entendem mesmo estando ali na cara deles, mas estas são apenas excessões. Você vai querer negar que homens não tem uma pré-disposição bem maior pra gostar desse tipo de coisa que mulher?

    Curtir

  123. João do Golaimpe Rado 19/01/2012 às 12:45 #

    E pensando bem, lendo alguns comentários eu concordo que OP não é tão negócio de homem assim, apesar de ter um pouco, OP é bem mais aventura que qualquer outra coisa. Acho que seria o caso de ser “coisa de homem” se estivessemos falando de Sengoku Basara ou Hokuto no Ken.

    Curtir

  124. Salamander 19/01/2012 às 13:14 #

    E que venha a generalização

    Curtir

  125. AT 19/01/2012 às 13:54 #

    @João do Golaimpe Rado

    Ih cara então esquece sou contra generalizar qualquer coisa, pois parto do princípio que todos são diferentes e cada caso é um caso, e mesmo com pesquisas sérias sobre as influências de gênero ninguém ainda chegou a consenso. Talvez essa seja mesmo uma discussão imprópria para mim XD. Não discordo que algumas coisas são realmente voltadas para o publico masculino enquanto outras tendem a atrair o feminino, mas até que ponto isso é condicionado? Agora lembrei de Otomen um mangá bobinho mas que prima por discutir justamente isso. O que não posso aceitar é alguém dizendo que uma mulher não pode entender só por ser mulher, entender é uma coisa, parte da inteligência não do sexo, gostar é outra depende da personalidade.

    Curtir

  126. Michele 19/01/2012 às 14:26 #

    @Joao Rado
    Você citou a Lei Maria da Penha respondendo a @Youko e acho que você não sabe, mas ela vale tanto para homem quanto para mulher. ‘Maria da Penha’ é uma referência a violência contra a mulher, mas essa lei se enquadra em QUALQUER TIPO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA. Portanto se uma mulher lhe agridir e você se sentir lesado, você também pode denunciá-la. Não é uma lei em defesa das mulheres, mas de qualquer pessoa que sofre violência doméstica.

    Eu queria entender porque você define tanto ‘coisa de homem’, ‘coisa de mulher’. Não me diz que você nasceu numa daquelas casas que se sua priminha chegasse em casa e fosse brincar com um carrinho seu brigavam com ela, ou que você não podia encostar numa boneca? Acho engraçado essa criação, os pais aplaudem um menino que briga, quase hiperativo, xinga. Quase incentivam isso. Enquanto que a menina deve ser o poço de ternura e uma perfeita bonequinha.

    Posso ser uma mulher que gosta de aventuras, carros, e – não é meu caso – por que não esportes? Porque tem gente tbm que diz futebol é coisa de homem, mas lembrando que a melhor jogadora do mundo é daqui e, na boa, ela dá banho em muito marmanjo aí.

    Mas tbm, por gosto proprio, posso sim gostar de um shoujo, coisas cor-de-rosa, bichinhos., enfim…

    MAS UM MANGA?

    Por mtos anos eu fui fã viciada em DBZ. Gostava de ver a porradaria mesmo. Mas tbm adoro CLAMP em toda sua arte. E o que um tem a ver com outro? NADA! Nesse mundo ‘dividido’ que vc criou o CLAMP É ‘PRAS MENINAS’ e o DBZ É ‘PROS MENINOS’.

    Sai dessa, João, as mulheres tem direito de ver e assistir o que quiserem, achar ruim ou não o que quiserem.

    Mas uma dúvida, João, se você diz que as mulheres não conseguem entender OP, o que dizer de várias mulheres que conheço que gosto? Elas tem algum problema nos genes então? Sério, essa discussão tá tensa, mas no mínimo interessante.

    Curtir

  127. João do Golaimpe Rado 19/01/2012 às 15:21 #

    Não, o problema tá na sua incapacidade de interpretar um post tão simples. Me recuso a responder um comentário tão falacioso.

    Curtir

  128. aswq 19/01/2012 às 15:30 #

    “E olha, você pode não acreditar (mas acho que vai preferir acreditar), mas nós homens também somos bastante inferiorizados pelas mulheres durante todas as nossas vidas. Eu não preciso ficar citando exemplos, eu tenho certeza que você sabe do que se trata. Ambos os lados sofrem preconceitos e desigualdades, mas você vê apenas um deles gritando por igualdade, porque homens guardam tudo para si, não gostam de chamar atenção e não querem que os outros se preocupem com eles (ou são apenas orgulhosos demais).”

    Praticamente não é preciso dizer mais nada…

    E pra quem fala que homem e mulher são iguais vão estudar um pouco sobre o corpo humano (e hormônios também claro)

    Curtir

  129. Michele 19/01/2012 às 16:24 #

    @João Rado

    FALACIOSO? Really, João, você sabe o que está falando? Aliás, você sabe o que significa essa palavra? Porque, sério, o contexto não tem nada a ver com isso.

    Bom, você acaba de mostrar que não consegue dialogar e explicar as razões de sua opinião.

    Que bom que ainda acredito nos homens que nos honram e não nos desmerecem por questão nenhuma. Assim como nenhuma mulher deve desmerecer homem algum, nem ninguém.

    Curtir

  130. Youko Yoru (@youko_yoru) 19/01/2012 às 16:57 #

    @João

    Que vantagens as mulheres tem!? Me fala… gostaria muito de saber…. faça uma lista…

    Pra uma mulher chutar o saco de um cara, é porque ele deve ter feito alguma coisa… Eu já chutei o saco de um cara, e ninguém deu risada… queriam espancá-lo, sabe por que!? Porque ele estava bolinando uma menina de no máximo 10 anos dentro do ônibus… outra situação: chute no saco, ninguém riu, o cara bêbado estava dentando agarrar uma mulher na rua, veio um bando delas e partiu pra porrada… chamaram a polícia…. Por que será que essas mulheres bateram nos caras!? Porque eles foram respeitosos, ou apenas humanos?! E os desgraçados que ficam roçando o pinto em mulheres dentro de trens/metrô/ônibus lotados, não merecem castigos?! Porque não sei se você sabe, mas é MUITO mais dificil uma mulher ficar se esfregando num cara nessa situação… mas eu sei que acontece…

    Sobre a lei Maria da Penha, como disse a @Michele, é para casos de violência doméstica… teve esse nome porque a sra. Maria da Penha era espancada brutalmente, além de ser violentada diariamente pelo marido por 6 anos… ah sim, o marido ainda tentou matar ela duas vezes, na primeira tentativa ele deixou ela paraplégica, na segunda ele tentou afogar e eletrecutar ela… Não fale das coisas que você não sabe… Quem sofre violência dentro de casa, seja homem, seja mulher merece ser punido sim! E não é porque um homem bate numa mulher é que ele vai ser preso, ok!?

    E MUITO ao contrário que você diz a sociedade não é feminista, e sim machista! É só você ligar a tv que vai ver quantas mulheres seminuas aparecem… faz o teste…

    Você é uma lástima… só fala merda… Direitos pressupõe ‘deveres’, e nenhuma lei é criada pra beneficiar um gênero… a lei é criada pra beneficiar um grupo dentro da sociedade que sofre algum abuso… e pelo amor de qualquer coisa… pare e leia as merdas que você escreveu!

    E como não levar pro lado pessoal?! Eu sou mulher, gosto de shonen e me senti ofendida pela sua imbecilidade! Outra teoria sua que é furada: elogie um homem, que ele se sentirá nas alturas… xingué-o pra ver o que acontece… chame ele de broxa ou de viado em público que ele vai lembrar da tua cara pro resto da vida… ahhh os homens também sofrem de ego frágil, não é mesmo!?

    Você tem que parar com essa mania de ser generalista… não é toda mulher que é sentimental, e não é todo homem que é racional… Diferente do que você falou [“Se ambos fossem iguais essa divisão nunca teria sido feita pra começo de conversa”], essa divisão aconteceu porque alguém precisava criar os filhos… e alguém precisava trazer os alimentos… mas isso monta o ÍNICIO DOS TEMPOS… você está comparando a sociedade atual com a dos homens primitivos, é isso que eu entendi?!!!!!!!!!

    Não estou discutindo por, como você disse: “parece que são incapazes de aceitar que tem coisas que funcionam melhor pra homens e coisas que funcionam melhor pra mulheres”… pelo contrário… é por justamente homens e mulheres serem diferentes que se complementam… foi você quem disse que as mulheres são seres inferiores, é você quem compara as mulheres de hoje com a da época das cavernas…

    Curtir

  131. At 19/01/2012 às 18:13 #

    Ei Mara pra você que está passando por essa fase devido a One Piece saiba que não é a única, fanáticos escrotos tem em todo lugar.

    http://omelete.uol.com.br/devil-may-cry/games/devil-may-cry-diretor-e-ameacado-de-morte-por-conta-de-dmc/

    Revolta por causa do novo cabelo do Dante é ou não é pior do que piti por OP?
    kkkkkkkkkkkkkk.

    Curtir

  132. Marskel 19/01/2012 às 18:13 #

    Boa, Mara. O triste é ver que não se trata apenas de um comentário idiota, mas sim de um que apenas resume boa parte dos “contra-argumentos” à crítica.

    E viva aos OPtards, trazendo ao blog alegria, pauta e parece até que substituindo a seita de um certo dublador! :P

    Curtir

  133. Panino Manino 19/01/2012 às 18:37 #

    @Senseinoção
    Como disse, sei do que fala e respondo, “e daí?”.
    Todos os filósofos são humanos, e construíram suas teses do mesmo modo que eu, através da observação e debate. As teses de Husserl e Heidegger são interessantes, mas são teses, correntes ideológicas, assim chamadas porque são verdades parcialmente aceitas. Todo grande filósofo discutiu até a morte com outro que discordava dele.
    Eu só sou “famoso” por aqui e por coisas bestas, mas isso não me impede de concordar e discordar de ninguém, seja de você, ou de qualquer autoridade que você pegue como referência.

    Se você acha que jogar um mangá no chão é algo sério, não sou eu que vou te fazer rir.
    E Usui Yoshito está decepcionado com você.

    Deixem eu participar da discussão sobre One Piece também.
    Pode até ser esse exagero, mas isso não tem nada demais.
    É meio chato isso de “estão falando mal do meu mangá”, mas esse tipo de discordância sempre existiu, muito antes de haver otaku no Brasil.
    Isso não é algo que vem do anime e mangá, é algo comum em qualquer tipo de mídia que tenha fãs. Faz parte de você gostar de algo odiar outro algo que alguém gosta.
    Por que tem gente que não gosta de algo é tão irracional quando o motivo das pessoas se incomodarem com isso;
    One Piece, Naruto, Bleach, Dragon Ball, Cavaleiros… tanto faz, seja lá a série que for, todas elas tem qualidades mínimas. Tem gente que não gosta muito de certo tipo de história, e o quanto você gosta de um personagem e de qual personagem é extremamente pessoal. A coisa complica quando chegamos nos defeitos, que toda obra tem. Sejam eles defeitos certos ou questionáveis. Tem gente que não os enxerga, outros não se incomodam, outros tantos outros simplesmente não suportam.
    O quanto os outros odeiam uma série que você gosta depende muito mais dos defeitos dela que você atura do que a outra pessoa não reconhecer as qualidades. Por isso que tem tantos “é até bom, mas tem esse detalhe que estraga”.

    No final essas discussões não vão dar em nada.
    Quando se chega no ponto de tentar provar que o outro lado está errado, ninguém nunca vence.
    Se fosse um tipo de discussão mais leve em que o outro lado estivesse disposto a experimentar, até tudo bem, mas isso aqui está perdido.
    Vai ficar tudo mundo gritando o que quer e ironizando o outro.

    Curtir

  134. OPtard 19/01/2012 às 20:06 #

    Concordo plenamente Panino.

    Adoro One Piece, e estou bem consciente de seus eventuais defeitos. Afinal creio acompanhar com mais seriedade, e com mais atenção do que alguém que simplesmente odeia. A questão é: Eu não ligo, simples. Não estou nem ai para os mesmos, afinal pra mim as qualidades da série são amplamentes superiores aos supramencionados.

    Assim sendo, cago e ando se alguém me diz que a série tem tal defeito, se a série é ‘x’ coisa, ou se o autor é tal coisa. São nada mais do que simples opiniões. Não existem ‘verdades’ aqui, catzo!

    Como já disse, não concordo com a ánalise da Mara em quase nada, acho besteira e também acho o Oda um gênio. É a minha opinião! Contudo, respeito quem pensa diferente, o que parece não ser muito comum aqui.

    Isso aqui virou uma estúpida guerrinha do tipo “eu estou certo e você está errado”, tipico pensamento de criancinha imatura. Isto não é uma competição porra, e sua opinião por mais bem argumentada e cheia de “frur-frus” que seja, continuará a ser ‘somente’ uma opinião. Sem essa palhaçada de “vc foi ownado”, “vc foi trollada”, essas babaquices nerdisticas. A Mara não está certa e nem errada, o João e o Panino não estão certos e nem errados, e por ai vai. Eles apenas estão expondo suas opiniões das quais você pode discordar ou não. Se concorda, pra você aquilo é certo. Se discorda é errado. Simples. Sem verdades “absolutas” que precisam ser impostas aos outros numa espécie de “missionarismo de nanquim/acetato”.

    Agora, é interessante como “Ad Hominem” voa pra todo lado. Quanta passionalidade.

    E mais… eu fico espantado com essa necessidade absurda de fazer proselitismo, “se eu penso desse jeito, você também tem que pensar! Se não pensa é um fã trouxa ou um hater imbecil que só fala merda e um dia vai cair na real”. Sério, que babaquice. Eu gosto de OP, o mesmo me diverte pra caralho e eu o acho uma das melhores séries que existe no contexto anime/mangá. Se alguém discorda, excelente, a diversidade de idéias é sempre ótima. Mas estou cagando e andando, afinal dificilmente mudarei de opinião. O que vale é o que eu sinto e o que eu acho, não dou a minima para o que os outros pensam. Ponto.

    Se você é um fã de One Piece, não existe motivo nenhum pra ficar nervosinho. Afinal você tem seus motivos pra gostar e isso basta. Qual é o sentido de tentar converter quem não gosta? Insegurança? Falta de confiança na série? A va!

    _x_

    Sobre o tema de homens e mulheres. Na minha opinião é mais do que evidente que existem grandes diferenças entre homens e mulheres, com a suas excessões é claro. Tanto fisicamente, psicológicamente, sentimentalmente e por ai vai. É algo natural de existir. Mas como foi bem dito por outros colegas, isso não faz nenhum gênero superior ao outro. Apenas diferentes. No que isso influencia você gostar ou não de um anime? Bom… não sei dizer. =/

    Curtir

  135. Tula 19/01/2012 às 20:26 #

    Caro João.
    Não sou muito de me expressar aqui até porque tenho pouco tempo, porém você mexeu na minha área. Sou bióloga com mestrado em ecologia humana e entendo muito de genética. Você citou que todas essas “diferenças” que você insiste em citar são normais, naturais e fazer parte da evolução e da genética humana. Bom, não sei onde e em qual universidade você se formou, mas eu lamento lhe informar que a genética é muito, mas muito mais complicado do que isso que você está insistindo em dizer.

    Não vou ficar aqui dissertando sobre genes e moléculas, RNA, DNA, etc… Apenas saiba que a genética ancestral, que definiu os homens primitivos como caçadores e as mulheres como sensíveis matronas, prevalece apenas, hoje em dia, na estruturação física do ser humano, deixando os homens mais fortes (testosterona) e as mulheres mais esguias e curvilíneas, com progesterona e estrogênio, o que é fundamental, claro, pra preservação da espécie, visto que isso que gera a reprodução humana (e são esses hormônios que nos deixam sensíveis devido à grande oscilação mensal – sensíveis, não incapazes nem irracionais).

    Porém, essas diferenças físicas, ainda nas épocas ancestrais, foram decisivas paras as mudanças culturais também, criando uma sociedade primitiva que evoluiu e mudou. Como a definição mesmo de “evolução”, que significa mudança, a sociedade mudou, os princípios mudaram, as necessidades também. Não há nenhum artigo cientifico e nenhuma tese válida (Bakuman não vale hehehe) que diga que o cérebro do homem é capaz de entender algo de maneira diferente que de uma mulher e vice-versa, até porque o que era realidade e necessidade há 10 mil anos atrás, já não é mais. O que existe são PERSONALIDADES diferentes, culturas de povos diferentes, sendo que você não pode se basear em genes (XX, XY) para definir sentimentos.

    Só para você saber… Olho animes provavelmente muito antes de você nascer, e muito antes de CDZ aparecer na tv. Boa parte da minha vida olhei shonens (e ainda olho), tendo Dragon Ball e Fullmetal Alchemist como alguns de meus manga/animes preferidos, fora outros seinens bem violentos. Meu marido olhou Nana, Nodame Cantabile, e Kuragehime comigo e adorou. ENTÃO ACORDE, não generalize, abra sua mente, estude, saia dos shonens, olhe coisas diferentes, leia um livro antes de falar bobagens e justificar suas teorias com embasamentos n tão infantis e preconceituosos como esses! Machismo já era, você vai acabar excluído e sozinho quando seus “amiguinhos” casarem e amadurecerem.

    Não sei muito sobre psicologia e não estou levando nada para o pessoal, porém esse cara parece sim ter algum trauma… Alguma presença feminina que humilhou ele, ou ele cresceu reprimido pela presença materna hehehe (brincadeira, não entendo de psico).

    Curtir

  136. Senseinoção 19/01/2012 às 21:25 #

    @Panino

    Sim, e este grandes autores que – como vc – observaram uma realidade, discutiram até a morte e tudo mais o fizeram de forma a demonstrar lógicamente seus argumentos, ou argumentando para destruir a lógica. Enfim, você não quer discutir por os escritos destes autores serem verdades parcialmente aceitas? Então como é possível discutir? Todo autor que eu citar será “parcialmente aceito” para vc, e provavelmente eu poderei dizer o mesmo dos autores que vc citar ou da sua experiência. Caso vc invoque a existência de uma divindade como verdade absoluta será rídiculo, até pq nem mesmo a existência de uma divindade é aceita por todos.

    E ninguém aqui pede para que vc aceite piamente os ensinamentos de ninguém, alias, uma discussão – por definição – se dá entre pontos de vista diferentes. Porém, eu indico determinadas correntes que podem ajudar na questão do entendimento da “percepção do mundo” que vc invoca como sendo algo tão subjetivo que transcende o entendimento e vc diz que “blz, eu li todo mundo, entendi todo mundo, agora eu tô falando minhas verdades”. Pois bem, exponha suas verdades com argumentos, preposições e proposições (se existentes) e esteja preparado para a refutação ou confirmação de suas hipóteses oras.

    Escapar de uma discussão invocando uma “verdade universal” proveniente de um deus ou a inexistência de “verdades absolutas” significa apenas uma coisa: “não vou discutir”. Um dialogo é feito por aquele que fala e aquele que ouve, intercambiando as posições e pelo que vc diz parece que vc prefere se fingir de surdo e gritar em alto e bom tom.

    E olha que até o João já alterou o próprio discurso (ainda totalmente absurdo)

    Curtir

  137. Panino Manino 19/01/2012 às 23:26 #

    @Senseinoção
    TL;DR
    Prefiro ler o que a Tula escreveu.

    @Tula
    Bem interessante, era algo sobre o que eu tinha pensado na outra postagem.
    Hoje o principal fator que diferente homens de mulheres é apenas o equilíbrio/tipo hormonal?

    Uma vez eu e minha irmão fizermos um testo sobre o cérebro em um livro.
    O dela deu Super Masculino, e o meu deu Super Feminino.
    De fato, e gosto muito de histórias mais pé no chão, mais focado nas emoções, não apenas violência. Vejo muito josei e seinen.
    Já minha irmã… só tem mau gosto mesmo, pra tudo.

    Curtir

  138. Senseinoção 19/01/2012 às 23:28 #

    Se meu texto é tão longo para ler (assim como o da Tula tb era), fico imagindo o tempo que vc dispendeu para ler tantos autores como vc disse que leu.

    Curtir

  139. Panino Manino 20/01/2012 às 01:37 #

    @Senseinoção
    Eu li sim, e minha resposta não muda.
    Sua opinião tem valor, mas não vou trocar a minha pela sua por mais que você queira.
    E não era o comentário da Tula que vinha depois do seu? Eu ein..

    Curtir

  140. Senseinoção 20/01/2012 às 03:32 #

    E quem disse que eu quero q vc mude de opinião? O pior problema das pessoas que entram em uma discussão é acreditar que a outra parte deseja impor um pensamento. Não quero impor nenhum pensamento, apenas gostaria que vc tomasse conhecimento de outras formas de pensar.

    Dessa forma, vc poderá estruturar uma discussão da seguinte forma “Eu compreendo, de acordo com minha experiência, que X é possível. Porém, A, B e C não compartilham de minha visão e as críticas de forma alpha, beta e gama, mesmo assim – e considerando os argumentos postos – continuo a pensar desta forma pois x, y, z.”

    Dessa forma vc demonstra que sabe ler (ouvir), que sabe argumentar, que sabe expor seu pensamento de forma estruturada e, principalmente, que vc respeita seu oponente na discussão.

    E vamos ser bem sinceros? O que vc acha ou deixa de achar não tem nenhuma influência na minha vida, eu apenas gosto de discutir e verificar cada contradição em seus argumentos, tanto é que é possível verificar várias delas. ;)

    Curtir

  141. Panino Manino 20/01/2012 às 11:53 #

    Eu dei minhas opiniões, você ao invés de trazer as suas apenas disse que eu estou errado – sem especificar exatamente onde creio que em tudo – e que deveria ler as opiniões de outros que não são suas e você aceita como verdades.
    Eu continuei explicando e você continuou me mandando procurar a luz.
    Como estava tarde, eu apaguei a luz e fui dormir, ao invés de estruturar minha opinião da forma acima descrita em passos por você, o que de todo modo seria perda de tempo em vista da ausência de seu ponto de vista pessoa na mesa de discussão e seu objetivo único de apenas criticar minha opinião, como escrito em suas próprias palavras.

    Curtir

  142. Senseinoção 20/01/2012 às 12:27 #

    Exatamente, e vc parece não saber ler muito bem, pois não é o fato de eu citar autores que torna minha opinião sem validade e muito menos que significa que não possuo uma opinião própria.

    Da mesma forma que você aceitou o que a Tula disse e se interessou por ela, ela tb tem por base uma série de conhecimento adquiridos e, provavelmente, em livros, pesquisas e etc. pois indica uma questão biológica. A diferença é que ela não citou que de acordo com X ou Y o dna ancentrais fez isso e de acordo com W e Z hoje a questão dos hormonios é tal.

    E essa sua crítica a crítica é uma estratégia muito utilizada. Afinal, se vc não pode responder as críticas de forma satisfatória é muito mais fácil acusar a pessoa que as faz de não ter opinião ou de defender uma idéia inválida, de tentar impor esta idéia etc. Enfim, fica totalmente claro que vc não leu nada do que indiquei e que provavelmente não conhecia os autores que disse, pq realmente a questão que te interessa está ali inserida e discutida e vc poderia se beneficiar da leitura, mesmo que sem concordar com nada. E em meu texto eu disse muito do que eu penso, se vc não foi capaz de absorver isso do texto (um texto simples e coloquial) imagine entender termos específicos e que são de díficil tradução para o português…

    Esse é o grande problema, as pessoas querem discutir sem saber o que estão dizendo. E isso tudo deve ser culpa daquela professora de português que pediu uma redação e disse que vc escrevia bem e devia investir nisso. Ai ai, esse “reforço positivo” cria cada coisa.

    Curtir

  143. Tula 20/01/2012 às 13:03 #

    @Panino

    Sim, hoje em dia basicamente, o principal fator que diferencia homens e mulheres é a carga hormonal. Claro que existem fatores evolutivos que geram tendências, ainda presentes no cérebro, como por exemplo, o fato de mulheres, em geral, serem mais cuidadosas e conseguirem fazer diversas tarefas ao mesmo tempo. Porém isso não é regra, não é algo que um homem não seja capaz de fazer também, se quiser ou se esforçar e que não possa entender.

    Hoje em dia o ser humano não pode mais ter sua personalidade baseada em seu genótipo apenas, visto que foram moldados por diferenças culturais e contextos diferentes. A diferença XX/XY conta muito em diversos fatores genéticos, como pré-disposições a doenças ligadas ao sexo, hereditariedade, funções biológicas, entre outros bem específicos. Obviamente é sabido que as mulheres são mais sensíveis em função de sua carga hormonal caótica, e os homens, possuindo funções hormonais mais simples (em termos) não estão tão sujeito a oscilações de humor. Porém nada disso é capaz de influenciar na parte cerebral que poderia inibir alguma mulher de aprender ou a entender os sentimentos de um homem e vice-versa, ou até de sentir como ele, já que existem muitas mulheres bem masculinas (não falo fisicamente) e homens heterossexuais bem femininos.

    Homossexuais continuam tendo seu genótipo igual aos de heterossexuais, (apensar de haver muitos cientistas querendo provar que a homossexualidade é genética, nada convincente foi publicado ainda), e a definição de “raça” foi excluída da genética quando se trata de seres humanos.

    Sem delongas (visto que o outro post foi imenso) essa parte que relaciona personalidade tem muito mais fundamentos histórico/culturais/psicológicos, e não pode ser resumida a fatores genéticos/evolutivos. Não somos animais irracionais levados pelos instintos (apesar de às vezes parecer hehehehehehe).

    Curtir

  144. Senseinoção 20/01/2012 às 13:43 #

    @Tula

    Quando vc expõe que “essa parte que relaciona personalidade tem muito mais fundamentos histórico/culturais/psicológicos, e não pode ser resumida a fatores genéticos/evolutivos.” posso compreender que vc entende que a personalidade (o que agregaria os gostos, a forma de pensar e agir etc.) recebe a influência do ambiente em que a pessoa vive? Ou seja, seu histórico, suas relações sociais, os ensinamentos que recebeu durante a vida?

    Em resumo, é possível condensar o que vc disse como “construção social”?

    Curtir

  145. Tula 20/01/2012 às 16:56 #

    @senseinoção

    De uma forma resumida sim, foi isso que eu quis dizer, porém você não pode excluir as individualidades de cada um, coisas que são intrínsecas do ser,e a parte de sua criação e que advêm de fatores desconhecidos por mim (que entra mais na área da psicologia).

    Claro que existem as tendências femininas e masculinas que moldam personalidades, mas eu quis só enfatizar no texto que não se pode de maneira generalista dizer que uma mulher não é capaz de entender ou sentir algo por ser do gênero feminino e vice-versa, ao menos não explicando pelos meios genéticos como o caríssimo João estava fazendo ;)

    Curtir

  146. Senseinoção 20/01/2012 às 21:06 #

    @Tula

    Sim, eu compreendo. Eu apenas gostaria de uma possibilidade de aproximação pois, muito provavelmente vc não leu (e nem deveria perder tempo com isso) a discussão que tive com o @panino, onde digo que o genêro é socialmente construído. Uma coisa próxima disso que vc diz, porém, na questão da individualidade e da percepção própria do mundo, indiquei o que diz a fenomenologia.

    O @panino tem não apenas procurado discutir (como chegou até a indicar uma resposta que eu já havia dito que não discutiria mais) e desde que vc demonstrou sua forma de pensar tem se interessado por ela e, inclusive, dito que era algo neste sentido que ele teria pensado. O que torna tudo muito contraditório pois, de acordo com o que eu disse em outros posts, acredito na construção social do genêro, a influência que as relações sociais, o histórico, os valores etc. têm no desenvolvimento dos homens e mulheres (aquela velha questão de mulheres terem, em casos, criação para áreas de educação e maternais e os homens para áreas de força física etc.).

    Enfim, essa aproximação possível entre nossos discursos (e friso que são aproximações, pois é possível que existam diferenças em nossos pensamentos) permite que eu demonstre a contradição no discurso e pensamento do @panino, que teve um comportamento não digno de uma discussão.

    Muito obrigado pela sua resposta, você apresenta as coisas de forma muito boa.

    Curtir

  147. Panino Manino 21/01/2012 às 00:13 #

    @Senseinoção
    Eu falei sobre as diferenças do biotipo do homem primitivo e como ele foi perdendo importância por causa do avanço da ciência, gerando cultura e em como ela foi se tornando mais importante do que o biotipo, tornando o homem um produto do meio.
    Foi o que eu cogitei, e que a @Tula me respondeu. A Tula, não você que só disse que eu estava errado.

    @Tula
    Se não me engano li em algum lugar que o equilíbrio hormonal na fase de feto determina muita coisa sobre como vai ser a pessoa.
    No caso, se isso influencia muito uma pessoa, como no caso dela ser homossexual já que há estudos pesquisando a influência dos hormônios durante a gestação em influência a pessoa a ser um, se influencia tão fortemente são apenas em casos excepcionais.
    As “mudanças” de personalidade causadas por picos de hormônios são apenas superficiais e momentâneas, assim como outros hormônios afetam e regulam o metabolismo então…

    Agora só falta descobrir um grande mistério da natureza… porque nas gincanas de auditório quase sempre as mulheres perdem?

    Curtir

  148. Senseinoção 21/01/2012 às 00:33 #

    Tudo bem panino(a). Vc sempre manteve seu pensamento, vc não entrou em nenhuma contradição e seu discurso é perfeito. Eu estou errado, só falei merda, tentei impor meu pensamento e realmente não disse nada sobre construção social do genêro (que poderia se aproximar ao que a Tula disse)

    Ainda bem que ninguém vai ler todas as nossas postagens para eu não sentir mais vergonha do que sinto agora!!!

    Curtir

  149. Ana Clara Santana 21/01/2012 às 13:12 #

    Mara, você já pensou em ser advogada?
    Acho q você leva jeito
    Sobre o post: o Oda deu um show!

    Curtir

  150. Lud. M. 21/01/2012 às 17:10 #

    Não li todos os comentários, parei quando li uma acusação chamada “ABUSO DE FEMINILIDADE”

    Depois disso, gente partindo da premissa positivista de gênero é fichinha!

    SAD! D:

    Curtir

  151. Lud. M. 21/01/2012 às 17:14 #

    gênero como performance –> coloquem aí no google!!! BEIJOS! =*

    Curtir

  152. Lud. M. 21/01/2012 às 17:17 #

    Ah, sim: Mara, eu adoro sua vibe “INVESTIGATIONS”, indo a fundo nos argumentos.

    Curtir

  153. Tula 21/01/2012 às 22:09 #

    @ panino e senseinoção

    Não li toda a discussão de vocês por isso não tenho como dar minha opinião (nem vou ler toda pois pelo que vi, foi longa), mas tudo que eu disse foi para o tal João que falava da genética em relação à compreensão de sentimentos e etc…etc…, e não tinha relação com a discussão de vocês hehehe.

    Claro que o que eu falei foi apenas um resumo cru sobre genética e evolução. @Panino tem razão quando fala da parte embriológica, existe sim influências durante a gestação, mas isso é bem complicado, e cheio de minucias e eu não quis entrar nessa parte e quando eu falava que não existia diferenças de gênero eu me referia a parte intelectual de de compreensão, de sentimentos/personalidade, não falava da parte física, que óbvio existe sim, e é, determinada no desenvolvimento embrionário pelas glândulas e pelos hormônios que determinam o sexo (hipófise e glândula pineal – testosterona, estrógeno e progesterona) e homens e mulheres nessa parte são bem diferentes e conseguem exercer funções diferentes por gênero (claro, falando de maneira geral, apenas da estrutura fenotípica).

    @senseinoção (ou Panino outra pessoa) se vc quiser conversar mais, pode me mandar um e-mail (Tula.bontenpos@gmail.com) que lhe dou meu msn… :)

    Curtir

  154. elric 23/01/2012 às 13:11 #

    Meu anime favorito é Fullmetal Alchemist, e sou garota, e aí?! Não tem nada a ver. Existem garotas que são mais sentimentais, outras são mais ”porra loca”. Eu sou um pouco dos dois, e nem por isso, não tenho direito de ver anime shoujo ou anime shounen. Não importa a mente do sexo, só importa se a pessoa se indentificou com o anime/mangá ou não. Afinal, sentimentos a parte, gostos a parte.

    Curtir

  155. Guilherme Violin 24/01/2012 às 09:44 #

    Sou fanboy de One Piece e, depois desse post, tenho medo que surjam Piecetards como esse por aí que vão fazer a imagem da série ficar BEM ruim….

    Curtir

  156. Lipe 26/01/2012 às 20:23 #

    1) One Piece é Shounen.
    (Shōnen (少年? lit. garoto(s)) é um gênero demográfico de mangá ou anime direcionado a jovens do sexo masculino, APESAR DE PODER também interessar a qualquer GÊNERO ou faixa etária.)(isso explica sozinho o que eu quero dizer).

    2) 90% ou mais das pessoas que leem one piece é por tradução/edição de fãs, os famosos scanlators, e essa carta/sessao/interação que voce achou ae não foi de acesso de muitos.(fato)

    3) Não sou fã de one piece.

    4) Não sabemos da fidelidade da tradução desta carta e se de fato ela realmente ela existiu, entao…

    Curtir

  157. Carol 31/01/2012 às 15:16 #

    Tava baixando e lendo tudo pacientemente, até chegar nesse aqui:

    @Marcelo: “Claro, mulheres tb podem gostar de filmes/séries/animes mais masculinos, mas não é o normal.”

    Da série: quero fingir que não sou preconceituoso, mas falho miseravelmente.

    “Normal” é o rabo da mãe, se me permite. Eu gosto do que gosto, e pronto.

    Eu gosto de Black Lagoon e odeio Nana. Amo Rurouni Kenshin e D-gray man, mas nem Inuyasha consegui ler inteiro. E sim, eu gosto de One piece… mas não o acho genial também.

    Agora vem e fala na minha cara que eu não sou normal por causa disso. Só experimenta :D

    Curtir

  158. Cristhiano de Araujo Vieira 21/02/2012 às 20:44 #

    Cara Blogueira,
    Não vou entrar no mérito da discussão criada por suas critícas, até Voltaire teria dificuldade em lhe defender, só quero fazer um registro sobre o mangá/anime One Piece,
    ele não apenas fala sobre perseguir um sonho, mas também em preconceito, racismo, desigualdade social, homossexualismo e vários outros temas como o próprio feminismo, claro que é preciso se aprofundar na história para ver o que está implicíto na obra, mas conhecendo cada personagem e seu passado, fundamentais a trama, que decorre em seus arcos com homens que pensam ser Deuses como em Skypedia, fomentando a guerra por ganancia através de conspirações como em Alabasta, homens e mulheres que chegam a morrer por seus ideias como Roger e muitos outros personagens muito próximos do bando dos chapéus de palha, Personagens travecos, como Invakov e Inazuma, que ajudam Luffy a fugir da prisão e treinam sanji, os teryunbitos, nobres que estão acima dos demais, mandam matar e escravizam, tritões e sereias raças perseguidas e amaldiçoadas na trama, One Piece é um anime muito mais que porrada, quando vi pela primeira vez achava meio extravagante, todos os primeiros episódios de um anime são meio duvidosos, mas a maioria sempre melhora, amiga blogueira, tenho certeza que existe muita coisa em One Piece que vc desconhece, procure assistir e prepare-se para mudar seu ponto de vista sobre ele.

    Curtir

  159. Guilherme Borracha 23/06/2012 às 22:54 #

    Não posso dizer muita coisa a respeito dos fâs que discutiram com você e nem sobre o que você disse a respeito de One Piece, mas sei que existem fãs ridículos em todas as obras existentes por aí. Eu não discuto One Piece em um lugar onde todos gostam da obram, porque a diferença de opiniões é absurdamente sutil, ninguém vai mudar de idéia e ninguém vai deixar de gostar da obra (o que é o mais importante). Nas raras vezes que vejo a obra sendo injustiçada é na comunidade de Bleach na qual grande parte das pessoas só sabe xingar e falar bobagem e, quando a gente toca no ponto fraco, ou vão embora ou xingam a minha mãe.

    Acredito que o mérito do mestre Oda seja indiscutível, visto que criou uma obra fantástica e completa em todas as características de um shonen. Não vou falar em estatísticas, não seria um argumento justo com outras obras, até porque muitas delas não refletem suas qualidades em vendas.

    Tudo surge da opinião e do gosto. Tem gente que não se importa de ver apenas lutas clichê e um roteiro porco, tem gente que adora ver protagonismo e fanservice e, por isso, com qualquer uma delas é impossível se argumentar One Piece. Definitivamente, One Piece não é direcionado a um gênero específico, mas sim a todos aqueles que forem capazes de ver suas qualidades, um argumento palpável e que não tem muita dificuldade em ser aceito por aqueles que gostam de um bom shonen.

    Das quatro obras que você colocou em seu post, não curti muito a de futebol e o ichigo 100%, acredito que seja bem visível os porquês; Do meu ponto de vista, Kekkaishi é meia boca e FullMetal é excepecional, marcando o 2º lugar na minha lista, encabeçada por One Piece e com Code Geass em 3º lugar.

    Alguém aí em cima disse que One Piece é feito para crianças. Compare o roteiro com os principais shonen da atualidade e me diga qual roteiro é mais facilmente compreendido por crianças, quais valores são melhores compreendidos por crianças e, acima de tudo, qual é o mais visto por crianças. Acredito que sua opinião esteja um tanto equivocada, não?

    Curtir

  160. JORDANA 30/08/2012 às 19:27 #

    A VAI TOMA NO CU

    Curtir

  161. julio 16/10/2012 às 08:29 #

    kkkkkkkkkkkkkkkkkop

    Curtir

  162. Jadie Rosa 03/11/2012 às 16:42 #

    Quando eu li pela primeira vez One Piece eu a-m-e-i e consegui entender facilmente, não tem nada de complexo ali.E só por eu ser menina não quer dizer que eu não vá
    gostar, conheço muitos meninos que odeiam profundamente One piece e não estou exagerando!

    Esse preconceito só é praticado por pessoas de mente fechada, qualquer pessoa tem direito de gostar ou não e algo e seu sexo não vai definir o que ela vai gostar ou não.
    Dizer que meninas não entendem/gostam de One Piece é o mesmo que uma criança falar que azul é cor de menino. Realmente algumas pessoas tem que crescer.

    Curtir

  163. darkcristian 24/05/2013 às 23:52 #

    Sou fã de OP, acabei de vê o poste q foi divulgado atravez do face, sinceramente concordo com você os fã de OP na maioria são fãs, como todo fã, ele tentou defender sua ideia sobre a serie de toda forma.
    Estou defendendo ele? Não, odeio machismo, homofobia etc, assim como homens pode entender um mangá shoujo uma mulher pode muito bem entender um mangá shounen (as vezes muito melhor que o homem já que a mulher e mais sensível pode até vê um significado mais profundo).

    Curtir

  164. ners 25/05/2013 às 09:55 #

    um manga direcionado a meninos com menos de 17 anos.. pow é direcionado basicamente a crianças e logicamente q a maioria do publico vai ser de crianças mas sempre tem a possibilidade de atrair adultos com a idade mental de uma criança, assim como é direcionado pra meninos mas tbem pode atrair meninas q n se encaixam no estereótipo feminino, o publico alvo em geral e feito com base em estereótipos e n é levada em consideração a minoria que n se encaixa no estereótipo

    Curtir

  165. ners 25/05/2013 às 10:37 #

    João do Golaimpe esta totalmente correto, mulheres gostam de gritar por igualdade, mas só quando lhes convém, assim como gostam de bancar as frageis e delicadas tbem quando lhe convem, ”ai um homem me bateu vo chama a Maria da penha” cade a igualdade? igualdade seria julgar o caso sendo indiferente quanto ao sexo de quem bateu e quem apanhou, mulheres ganham menos que homem mesmo exercendo a mesma profissão pq? por conta do risco de uma licença maternidade de 6 meses, n estou criticando esse direito nem querendo que homem tenham o mesmo direito, mas do ponto de vista do patrão e mais confiável um funcionário homem é um fato,mulheres e homem são diferentes biologicamente n importa quanto gritem por igualdade a mulher sempre terá menos neurônios, tera seu humor instável devido ao ciclo menstrual, e será fisicamente mais fraca, ” a mas tem mulher que é mais musculosa q muito homem” sim pq elas usam hormônio masculino^^ n estou dizendo que mulheres são inferiores mas sim que são diferentes, até mesmo a região do celebro que elas usam pra tomar decisões n é a mesma que os homens usam, as verdadeiras feministas de hoje n lutam por igualdade lutam pra que a mulher tenha seus próprios direitos, tenham o direito de serem respeitadas como mulheres e n de serem tratadas como homens esse negocio de igualdade é uma ideia do século passado q ja foi superada mas que continua ativa na voz de posers infantis q até mesmo fingem n se encaixarem no estereotipo feminino pra chamar atenção

    Curtir

  166. Douglas Carminatti 25/05/2013 às 13:51 #

    EU acho Legal garotas se interessarem por mangás shounen …

    Curtir

  167. Denis cordeiro da Silva pinto 28/05/2014 às 21:03 #

    Cara, sou homem e ja li e assisti um monte de one piece. É o meu favorito, sou contra esse preconceito . Qual o problema de mulher ver shounen? Cada um vê o que quer, gosto não se discute! Nessa luta to com as mulheres. Ok. Falou!

    Curtir

  168. akio182 28/10/2014 às 03:31 #

    One piece o público não é para criança, sempre foi para jovens, se quer falar de anime de kodomo é shin chan, doraemon, anpanman e etc.
    Moro no Japão

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: