Aleatoriedades

Nabuco foi na floresta caçar borboleta, encontrou com a velha com a mão na bu…

Há algumas semanas, recebi um email de um garoto falando sobre o mangá que ele tinha escrito e pedindo ajuda para divulgar. Como eu estava na hora sem nada pra fazer, abri a história e comecei a ler. Minha idéia seria esculhambar o mangá do menino, assim como faço com os outros mangás.

Fui lendo e achei o traço meio estranho, mas fui lendo… e fui lendo… e fui lendo… quando vi, havia terminado o mangá do garoto.

O traço é meio deficiente, mas isso não afeta em nada o mangá. O traço parece até perfeito para a história proposta. O autor equilibrou o texto, não deixando ser algo fácil de ler e sem deixar longos monólogos (que nem eu critiquei aqui na primeira edição da Ação Magazine). E achei que a história tinha uma profundidade muito interessante, pegando coisas filosóficas que existem de verdade e aplicando numa história curta que tem carisma próprio. E o autor tem só 18 anos!

O mangá dele é perfeito? Não, tem umas falhas, óbvio, mas pela idade do autor e pelo número de acertos, eu posso afirmar que ele já tá melhor que muito profissional que vemos aí.

“Mas Maracutaia, sua gorda implicante, por que tá divulgando isso? Você vai ganhar dinheiro?”

Não. Como aqui é meu blog e eu posto o que quiser, achei que poderia falar um pouco sério e divulgar algo que eu gostei. Esse post e essa divulgação é um voto de confiança para o autor, porque achei que ele tem habilidades muito boas e quero ver até onde ele consegue ir. E, acima de tudo, ele pareceu ter humildade o suficiente para ler uma crítica e usar isso para melhorar.

Então, se você leitor ficou curioso para dar uma lida no Outside The Woods (o nome é cafona pra cacete, mas é o que tem pra hoje), é só clicar aqui para ver o site oficial. E aproveitem que tem promoção:

Esse post ficou parecendo patrocinado… só faltou o dinheiro no meu bolso.

***

(@maisdeoitomil)

Anúncios

31 comentários em “Nabuco foi na floresta caçar borboleta, encontrou com a velha com a mão na bu…

  1. Vou ler…

    Sempre pensei que os mangás nacionais deveriam começar de baixo pra cima. Com temas mais “cults” — só pra gente viciada mesmo.
    Mais ou menos igual o cinema, que começou a sua restruturação pós ditadura militar com temas assim, e foi crescendo e hoje tem um publico fora dos viciados (cults). Começar com o shounem-zão logo de cara aqui no Brasil é complicado. Competir com naruto e one pice é difícil. Precisou o publico ficar mais maduro no cinema nacional pra ganhar o nosso Chuck Norris: Capitão Nascimento. Enfim… deveriam pensar em estorias alternativas também, pra pegar esses viciados (cults) e colocar o mangá nacional como algo Underground de qualidade. Pouco visto, mas valorizado. E assim, chupando na teta desses cults, você tem a mamãe pra te sustentar até tu se forma na faculdade e poder viver das próprias pernas.
    Quando o mainstream estrangeiro invade aqui, o melhor caminho é sempre ir para os nichos, fidelizar um tipo de leitor, no caso, o otaku, ou o que não é otaku, mas gosta de ser cult ao ponto de ver mangas assim. Depois naturalmente vem o resto, ao meu ver.

    Curtir

  2. Adoro mangás alternativos… Quero ler já! <3
    E, olha, um post sério… Achei que jamais veria um por aqui. Exu que incorporou na Mara, saia já! D: *corre*

    Curtir

  3. Olha…. A mara aelogiando algo o.O…. Apesar de inesperado achei legal sua inciativa de apoiar um novato xD

    Curtir

  4. Esse é o post mais nonsense que eu já vi nesse blog.(2)

    Mara sempre com suas surpresas.

    “Esse post ficou parecendo patrocinado”. Pois é. Bem nula a opinião sobre a obra. Enfim, a obra não me interessou e desejo boa sorte e força ao criador.

    Curtir

  5. “Nunca soube quem eu relamente era,”
    Keep going, dude. Um dia tu rela na tua verdade. Ou não.
    E Mara, num teve a grana mas teve o mangá, né? Pronto, presente do kareshi já tá garantido!
    Agora mais um motivo para criar uma conta no facebook. O outro é prá participar da promoção da Stella Artois. Digo, prá curtir o MdOM.

    Curtir

  6. Uau, isso é um marco na história do blog.
    Só não gostei de uma coisa: porque o título tá escrito com letras metálicas se tem a palavra “woods” no meio? Ok, não li o manga ainda para ver se isso se justifica, mas olhando para a capa isso incomoda bastante.

    Curtir

  7. Lógico que o Zé Roberto vai falar mal, não foi ele que fez a história. Ele é tão foda mas a Mara nao parece interessada em analisar o livreco dele

    Curtir

  8. Muito bom!
    Eu como punhetei… digo fanzineiro da internet fico feliz de ver um blog tão conceituada falando sobre material nacional.

    É a Mara mostrando pra esses otakus narutardinhos que existe sim quadrinho nacional com potencial.

    A e entrem no meu blog pra ver minhas punhet…. digo quadrinhos.

    Curtir

  9. Eu curti no face e assim, pela promocao, pude ler todo o manga. Nao concordo com tudo o que ele disse la, mas isso e normal, ja que e uma coisa que fala de filosofia e tal. Agora, eu gostei de ler, e acho que valeu a pena ter lido. Pessoalmente, recomendo XD

    Curtir

  10. De graça até injeção na testa. Mas é porque eu também gosto dessas coisas filosóficas. ^^

    Curtir

  11. Melhor do que muito profissional que vemos por aí [2]

    O cara tem futuro na certa, ainda mais para um público que prefere mangás com mais profundidade.

    Curtir

  12. Alguém sabe como eu posso entrar em contato com o autor? achei a história muito interessante mas o site do manga não está mais disponivel

    desde já agradecida
    ;)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s