Falando mal, mas com credibilidade

21 set

Até a Mutsumi Otohime sabe o que é o UniversoHQ. É um grande site de quadrinhos que já foi premiado no HQ Mix mais vezes que o número de mulheres que a maioria dos otakus leitores do blog já pegaram. E eles fazem muitas resenhas de quadrinhos, de mangá também, e publicaram uma sobre Bakuman. IKIMASU ver o notão que esse mangá ganhou através de uma parcial leitura dos melhores momentos feita pelo Photoshop?

Deixa eu ver se a otaka aqui entendeu!

Euzinha analisei Bakuman neste link e recebi pedrada dizendo que eu tava falando merda, que eu não era qualificada para analisar essa obra-prima e que não fazia parte do público alvo. Agora um sujeito faz a MESMA análise que eu fiz (e ainda deu a nota mínima), só que de maneira séria e profissional, e o site ainda ganha o Prêmio HQ Mix?

Esse mundo tá confuso demais pra mim. Quero descer no próximo, motorista!

(Valeu pela pauta,  @Paninamanina)

***

(Me siga no Twitter!)

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

41 Respostas to “Falando mal, mas com credibilidade”

  1. RafaelDiLeo 21/09/2011 às 19:43 #

    Eu sou do #TeamMara(cutaia)

    Curtir

  2. Leonardo Kitsune 21/09/2011 às 19:43 #

    Isso me lembra de uma parada de ‘credibilidade do palhaço’ que o Pânico vivia falando.

    Curtir

  3. KAUIS 21/09/2011 às 19:46 #

    Bakuman = lixo

    Curtir

  4. ana 21/09/2011 às 19:53 #

    Então, o romance do Mashiro e da Azuki é a coisa mais babaca do mundo, não gosto de ver como as personagens femininas são tratadas na história (nenhuma demonstra ter nenhum tipo de vontade própria, ou personalidade e vivem em função de algum macho), tem alguns diálogos tão idiotas que dá vontade de vomitar mas ainda sim eu gosto de Bakumas e acho uma história interessante de se acompanhar…..

    Curtir

  5. Florisvaldo 21/09/2011 às 20:14 #

    “nenhuma demonstra ter nenhum tipo de vontade própria, ou personalidade e vivem em função de algum macho”

    Igual à Misa Amane, né? Somente para efeito estético/BARRA/fetichista do leitor…e que durante um tempo era o cosplay de oito entre dez meninas…

    Curtir

  6. Dunha 21/09/2011 às 20:49 #

    Nem li essa porra xD Bakuma é uma bosta msm

    Curtir

  7. Anny 21/09/2011 às 21:43 #

    Mara com butthurt por ter sido criticada e alguém ter “roubado” a ideia dela. Ou apenas mostrando o quanto a credibilidade é importante xD

    Curtir

  8. Senseinoção 21/09/2011 às 21:46 #

    Ou mostrando como a mente das pessoas pode ser facilmente manipulada. Afinal, não é díficil imaginar que diversas pessoas que se revoltaram com o post da Mara, agora que o mangá foi críticado pela “imprensa especializada”, comece a achar o mangá um lixo e dar razão para a análise feita… pelo site e não por este blog.

    Esse é o problema com nossa juventude, que infelizmente já tem quase seus trinta anos.

    Curtir

  9. Vinicius 21/09/2011 às 21:46 #

    Ah…Sei lá… Bakuman bem mais ou menos. Mas que o MdoM é bem melhor que o Universo HQ, é. (Isso não é um elogio)

    Curtir

  10. Walther Romualdo 21/09/2011 às 21:47 #

    Todas as series tem algum defeito algum .E realmente acho o romance deles fraco,e a evolução deles e impossivel pois os caras não tem dificuldades.

    Mas gosto de Bakuman ,gosto muito de series que falam sobre perseguir seus sonhos com tudo que vc tem.

    E vcs falam como se as mulheres não fossem apenas um corpo e rosto bonito na maioria das series Naruto,Bleach,Reborn e por ai vai.

    Curtir

  11. Guilherme 22/09/2011 às 00:39 #

    Se alguém se importa, eu quase dropei Bakuman depois de ler o volume 1, mas comprei o 2 e acho que a história está melhorando.
    A questão do “tentativa e erro” lembra um pouco Beck.
    E não consigo deixar de pensar que os protagonistas são jovens para o público se identificar. Isso é uma constante na Jump atual. Acho que os únicos protagonistas adultos atualmente são Toriko e Ryotsu.
    Fosse na época de Kenshiro, Goku, Kenshin e a família Joestar, talvez Bakuman fosse protagonizado por dois universitários desempregados.
    Vou dormir.

    Curtir

  12. naknak 22/09/2011 às 00:41 #

    mané azuki e mashiro
    o manga so começa quando aparece o nizuma eiji
    CROW

    Curtir

  13. Kyon 22/09/2011 às 00:55 #

    Eu parei de ler Bakuman a muito tempo, justamente por que as únicas coisas que me prendiam na série deixaram de existir, agora os personagens ficaram mais fracos ainda e seguindo uma filosofia contrária do que eles pensam diversas vezes na série, que era mudar a Jump, e questionar diversos métodos, e hoje é “Jump é boa, mudar é pecado”, quanto a Azuki, ela compete com a Hinata do naruto em desaparecimento, não é só a aparência que é igual não.

    Quanto a sua reclamação, sinceramente não acho válida, eu não sou fanboy como um amigo meu pra quando falam mal das séries que gosto, mas eu prefiro sempre que usem argumentos para tal, e em bakuman você só fez um desabafo corrido, você só comentou acontecimentos, ao contrário do que você fazia antes e cativava muitos leitores, enquanto nesse site que você postou (nem sei quem são os caras), eles falaram pontos lógicos, não ofendendo ninguém, e até criticando o mercado, apesar de ter achado estranho eles fazerem uma referência óbvia quanto a sociedade japonesa (se eles adaptassem o texto, aposto que eles iriam falar mal disto).
    Na época do primeiro jogo justo, entre outras coisas, você dava argumentos muito interessantes, e isso que trazia muitos convidados, agora quando entro em seu blog sinto uma aura “Haters gonna hate”.

    Curtir

  14. andremugen 22/09/2011 às 01:53 #

    Ai Mara, só você para me fazer rir mesmo.

    “Euzinha analisei Bakuman neste link e recebi pedrada dizendo que eu tava falando merda” – e dos fãs de naruto, de bleach, de cdz, de sailor moon, de etc? estas pedras também possuem sentimentos.

    “Agora um sujeito faz a MESMA análise que eu fiz (e ainda deu a nota mínima), só que de maneira séria e profissional, e o site ainda ganha o Prêmio HQ Mix?” – Eles ganharam um prêmio APENAS porque plagiaram UM REVIEW de bakuman da Mara. Que sacanagem.

    Maneira séria e profissional? Você me convenceu. IKIMASU conferir alguns reviews que receberam notas maiores do que bakuman:

    http://www.universohq.com/quadrinhos/2007/review_Naruto1.cfm

    “Ao ler a edição de estréia, que é bastante divertida, é fácil entender o sucesso de Naruto. Ele é um jovem órfão, problemático, obcecado em ser um Hokage, espécie de herói ninja da Vila da Folha, seu logradouro. Mas algo sombrio se esconde em seu passado – na verdade, ele é a reencarnação de uma criatura demoníaca em formato de raposa.”

    everybody loves uzumaki naruto uhummmmmmmm.

    http://www.universohq.com/quadrinhos/2003/review_arte_holyavenger.cfm

    “A idéia, ousadíssima para o mercado nacional, foi viabilizada graças à sagacidade do roteirista e editor Marcelo Cassaro, que enxerga como poucos essas oportunidades. Assim, o que poderia parecer uma utopia tornou-se uma edição de qualidade gráfica soberba, diagramação arejada, textos divertidos e desenhos lindos.”

    “a edição não será comercializada em bancas, somente em algumas comic shops e no site de Holy Avenger.”

    “O livro só não leva nota máxima por alguns descuidos com o português, listados a seguir:

    Página 58 – “Nóis achávamos…” (um erro de digitação, claro).
    Página 70 – O nome de Mauricio de Sousa, pra variar, foi grafado errado: “Maurício de Souza”. Esse engano chega a ser incrível pela repetição e se levarmos em conta que trata-se do mais conhecido profissional de quadrinhos do País.
    Página 75 – “Não é coinciência…” (o correto seria “coincidência”).

    pffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff

    http://www.universohq.com/quadrinhos/review_zodiaco1.cfm
    http://www.universohq.com/quadrinhos/review_zodiaco2e3.cfm
    http://www.universohq.com/quadrinhos/review_cav_zodiaco45.cfm

    “O grande problema da história até aqui é que ela se leva a sério demais. É muito difícil digerir uma trama onde, a cada momento, os lutadores interrompem o melhor do combate para explicar aos adversários a origem dos seus poderes, qual o motivo de não poderem ser derrotados, por que querem vencer a luta, e outros assuntos afins.”

    “Cavaleiros do Zodíaco é uma história séria demais, com lutas em excesso e poucas explicações.”

    “Como positivo, temos os desenhos que, como é de costume nos mangas, são primorosos. Fica a promessa, para os próximos números, de histórias de melhor qualidade, principalmente por serem baseadas em mitologia, cujas referências podem, com o perdão do trocadilho, agradar a gregos e troianos…”

    Ops. Rapaz não sabe se sai ou fica.

    http://www.universohq.com/quadrinhos/2004/review_cavaleiros_zodiacog01.cfm

    “Além disso, Kurumada mostra que, mesmo após uma década longe do universo de Cavaleiros, seu talento como roteirista não envelheceu, o que resulta em histórias belas, sensíveis e inteligentes, porém não menos aventurescas.”

    “E é aí que o roteiro de Kurumada mostra sua força: a angústia do Cavaleiro de Leão por ser irmão do traidor do Santuário, sua raiva e inconformidade em relação a Aioros e a hostilidade com seus companheiros são mostradas num perfeito equilíbrio entre drama e ação. Não há interlúdios bruscos, situações forçadas ou personagens inúteis. Tudo na trama de Kurumada se encaixa de forma a compor um todo coeso, enxuto e limpo.”

    HAHAHAHAHAHAHA ‘credibilidade do palhaço’(2)

    A credibilidade do UniversoHq faz com que JBC cancele Bakuman. Mara solta foguete. Final feliz xD

    Curtir

  15. rinoa8 22/09/2011 às 10:26 #

    Mara…vc não tem credibilidade pq é mulher!
    Mulher não entende nada de jogo e quadrinhos,só serve pra ficar com a barriga no fogão e limpar a casa!

    ¬¬

    Curtir

  16. Apo 22/09/2011 às 10:41 #

    Mara, você não tem credibilidade porque você é uma reles mortal que tem um blog independente de qualquer recurso externo. Mas que é de uma importância pra certas pessoas sua opinião.

    Curtir

  17. Ace Hikari (@acehikari) 22/09/2011 às 12:57 #

    Hahaha.

    O que me atrai em bakuman não é o roteiro tosco ou aquelas paixonites sem graça,na verdade NENHUM personagem ali tem personalidade só o nizma o resto é RESTO.

    O que me atrai é as dicas de mangá(que são poucas)
    O VERY-BIG-PROBLEM do mangá é que o babaca-trouxa do Mashiro já sabe desenhar quase que perfeitamente!o que tira muitas aulas interessantes,apesar de que o traço dos autores não ser dos melhores….nem em Death note eu achei bonito,
    se você achou tudo de bom é problema seu.

    E o outro retardado sabe escrever estórias perfeitamente!nem vem me dizer que não sabe que é mentira,eles evoluem rápido demais pro meu gosto.
    This is problem.

    Curtir

  18. Palaci 22/09/2011 às 13:17 #

    eh pq o site ai aponta pontos bons e ruins que a maioria brasileira identificaria, faz uma critica sem expressar opiniao ne… ja a mara fala so os pontos ruins e xinga do fundo do coraçao *-* nem um pouco indiferente ne

    por isso apedrejam ela, mas seu blog eh sobre mostrar os defeitos das coisas, falar mal do q a massa gosta e etc… vc devia ta acostumada a ser apedrejada xD

    acho bakuman mto bom, o romance entre o mashiro ea azuki e entre o takagi ea myoshi é mó bonitinho *-*… mas po, todo mangá que envolve romance, geralmente é assim super meloso o.o

    Curtir

  19. Amai Miruku 22/09/2011 às 13:21 #

    realmente bakuman é uma serie machista …. tirem as garotas e fação um casal com os dois personagens principais e vai ficar tudo bem :D

    Curtir

  20. Haruhi_chan_10 22/09/2011 às 13:25 #

    Eu adoro Bakuman, mas a serie realmente tem alguns defeitos, sem duvidas. Mas isso não faz com que eu goste menos, não mesmo. Só fico triste porque personagens femininas são pessimas na maioria dos shounens, e eu sou mulher e amo shounen.

    Curtir

  21. Amai Miruku 22/09/2011 às 13:56 #

    infelizmente na maior parte dos animes shounens as personagens femininas só estão ali pra fazer par romântico com as personagens masculinos ou por que seria estranho uma serie sem nenhuma, mesmo as que são fundamentais pra historia não fazem grandes coisas (exemplo a deusa Athena que mesmo sendo a deusa da guerra só faz rezar e ficar em estado vegetativo).
    algumas series tentam mudar isso pondo garotas como guerreiras super fortes as vezes até mais que a maioria das personagens masculinos, mas é quase como uma piada ou não fica natural, acho que a unica serie shounen que conheço que foge disso é claymore já que quase praticamente todos os personagens são mulheres.

    Curtir

  22. Nataly Fahr 22/09/2011 às 14:33 #

    Tem gente aqui achando que Bakuman é livro de “Aprenda a desenhar mangá” pffff.

    Curtir

  23. Deia 22/09/2011 às 15:28 #

    É Mara a vida é assim!! Esses otakus são tão manipuláveis!!! Eu confio no seu faro (é, eu ainda não li Bakuman), assim como aquele tal de 666…

    Curtir

  24. Arayashi 22/09/2011 às 15:49 #

    “alguns defeitos” o timing é chatissimo quase parando diria tedioso…o romance é uma piada….e não tem um personagem que presta..

    Não classificaria como alguns defeitos…

    Curtir

  25. Vitor Laet 22/09/2011 às 15:56 #

    Ainda gosto de Bakuman. O início é bom, tirando o romance, e a parte que fala sobre o mercado de mangás é interessante também. PCP e Crow também são fodas, queria one-shots sobre eles…

    PS: Mara, fale de Toriko, se é que você já não falou… (embora eu não tenha visto nenhum post sobre ele aqui).

    Curtir

  26. Ace Hikari (@acehikari) 22/09/2011 às 15:58 #

    Não só acho como queria natalie.
    O problema de bakuman é que eles já sabem fazer tudo e ganham tudo na maior beleza,os desafios ali são mínimos.
    Se nem pra isso presta poderia dar algumas dicas.
    Acho que você não percebeu mas o mangá tem seus focos em ensinar os jovens também.e acho que poderia ter um capítulo para isso,mas não se centralizar em aulas repetitivas e tudo mais mostrar como usar os materiais e etc.entende?não?que pena………..
    Da próxima vez que quiser jogar indireta coloca o nome é mais divertido.

    Mas mesmo assim leio.¬¬
    É o

    Curtir

  27. Ace Hikari (@acehikari) 22/09/2011 às 15:59 #

    Vitor Laet

    Nossa falar de toriko?ela vai é esculachar essa doida,do jeito que o mangá e seu enredo é né?…

    Curtir

  28. Horokeu 22/09/2011 às 16:01 #

    mimimi aiiinn mangá tem comentários machistas aiiin mimimi motivação dos personagens só nerds bazzinga japoneses entenderão mimimimi

    Porra, fala sério caralho! É um mangá sobre caras que fazem mangá! E essa porra vende! Ninguém fica questionando o fato do paraíso em Bleach só ter japoneses e o Naruto ser um ninja (que , por via de regra, age na surdina) que usa roupa laranja marca-texto.

    Fora o tal machismo no mangá — que só é visto nessa parte em que eles falam da personalidade da Azuki — que é tão surreal quanto os homens afeminados dos milhares de shoujos que a Elza Keiko empurra pra Panini, dizendo que são ótimos.

    No mais, ganhar esse premiozinho por um texto mal redigido não significa nada demais. Parece que o critério pra escolha foi pelo texto com opinião mais controversa, por mais que seja sem sentido.

    Sim, estou MAD pela crítica em cima de Bakuman, mas o que mais gira meu cu do avesso é a abordagem da matéria, que trata o mangá como se fosse coisa feita por um demônio de Vênus, como se todo o storyline não fosse semelhante a outros milhares de shounens que existem por aí.

    Isso é mangá pra adolescentes, não Shakespeare.

    Curtir

  29. Ace Hikari (@acehikari) 22/09/2011 às 16:18 #

    Horokeu

    É Horokeu mas vc deve lembrar que todos tem direito de expressão,uns se expressão mal outros não,no mais,eles só atacaram e investiram no lado ruim da série.
    E faz sucesso lá(bem grande mesmo né?)porque é um produto PARA os japoneses.E ninguém critica os outros porque as qualidades cobrem os defeitos.saca?

    Curtir

  30. Horokeu 22/09/2011 às 16:27 #

    Ace Hikari, ninguém disse que é um produto feito somente para os japoneses. Os únicos que afirmaram isso com veemencia foram (ou foi) o câncer que fez essa materiazinha mixuruca “premiada”. Aliás, isso depende do ponto de vista: afinal, 99,999% dos mangás do Japão são feitos pensando somente nos japoneses, salvo raras — e horríveis — excessões como Bakugan, Beyblade e a última temporada de Medabots. A questão é, o cara que escreveu (e em nenhum momento eu me importei em saber seu nome) é só mais um que acha que opinião pessoal é igual a verdade absoluta.
    Infelizmente isso é uma máxima da internet: pessoas com facilidade de expor sua opinião que nem sempre é válida.

    Curtir

  31. Ace Hikari (@acehikari) 22/09/2011 às 16:36 #

    Que nem um post de opinião da mara,uma imagem dizia “sua opinião não importa,esse mangá continuará a ser publicado ”

    Isso vale tanto para a opinião do cara que escreveu isso(que também não sei o nome *-*)para a opinião Mara também.simples assim.

    Curtir

  32. Nataly Fahr 22/09/2011 às 16:38 #

    Ace Hikari,
    Se tudo fosse sofrido e difícil, não seria mangá, e nem venderia como vende. Ninguém gosta de realidade em mangá shounen.

    Curtir

  33. Ace Hikari (@acehikari) 22/09/2011 às 16:54 #

    De certa forma sim né?
    É mas veja os comics,lá tudo é real e sofrido e num sei o que e bla bla bla,e vende bastante(eu não sei a certo ‘-‘)

    Mas sim em mangá shounen isso é um pouco diferente,já é outro publico e tudo mais.mas quando peço um pouco de sofrimento não quero dizer chibatadas e tudo mais(O.O)quero dizer que algumas coisas são conseguidas fáceis de mais,o pai aceita ele ser mangaká,ele consegue um ESTÚDIO(UM ESTÚDIO)consegue se dar bem com a namorada conseguem editor e isso tudo em relés 2 mangas…..
    Mas vende não é?então calo minha boca.

    Curtir

  34. Nataly Fahr 22/09/2011 às 17:03 #

    Agora me fez parecer uma funcionária da Shueisha.

    Curtir

  35. Horokeu 22/09/2011 às 17:06 #

    Volto a dizer, todo shonen é assim. Se for ver por esse ângulo, todo mangá (e filme e qualquer outra mídia com história em geral) tem seus buracos no plot. O mangá é sobre 2 garotos que querem se tornar mangakás – dito isso, espero que seja óbvio que o mangá é uma versão fantasiosa da biografia dos dois autores -, MAS não deixa de ser um shounen publicado na “MÃEFODENDO” SHONEN JUMP! Ele tem sim, um toque realista, mas não deixa de ser fantasia, oras. E, se você leu bem a história, com certeza percebeu que ele não ganha um estúdio do nada, como se tivesse comprado um bilhete do Rio de Prêmios (só cariocas entenderão) e ganhado um estúdio mobilhado e pronto para uso. O tio dele era mangaká, e toda a vontade de se tornar um veio do convívio com o mesmo. E sobre ele conseguir isso e outras mais em 2 edições do mangá, não esqueça que o tankohon sai bem depois dos capítulos semanais. Ou seja, bote aí uns 2 meses e meio de história pra ter acontecido tudo isso, fora o tempo passado na história em si, que se não me engano até o final da edição 2 já seja de um ano e meio.

    E sim, vende. Diferente dos shoujos da Elza Keiko que só atingem um pequeno nicho situado em São Paulo.

    Curtir

  36. Nataly Fahr 22/09/2011 às 17:45 #

    Quer realidade? Procura por Bokuman.

    Curtir

  37. Marskel 23/09/2011 às 10:15 #

    Ê mangázinho com fã mais polêmico que mamilos!

    Curtir

  38. Ruendo 23/09/2011 às 10:37 #

    A falta de criatividade sempre acaba na criação desses mangas ruim dos infernos.

    Curtir

  39. Mickie-chan 23/09/2011 às 17:08 #

    O resenhista do Universo HQ fez uma crítica limpa e sem exageros, ponto. E seria tão inconcebível essa pessoa chegar as mesmas conclusões que as suas? Acho isso totalmente viável, vide a maioria das análises dos próprios fãs aqui.

    Se a questão é a credibilidade de um e de outro, talvez seja o caso de vc ter de fazer escolha: ficar com a fórmula de blog de humor ou fazer deste blog um meio informativo, como o JBox. Creio que exista sim espaço para piadinhas, mas se vc quer credibiliade, que faça com moderação.

    Curtir

  40. Marskel 23/09/2011 às 21:46 #

    Mas eu penso que é justamente por essa linha atual do blog que ele já adquiriu um bocado de credibilidade, não? Corre atrás de entrevistar gente do meio ao invés de dar copy/paste em matéria gringa, informa mais do que muito site que se ilude achando que “participa” na tomada de rumo das sua série preferida, e o mais importante: promove a discussão (qualquer que seja, neguinho gostando ou não do conteúdo).

    Curtir

  41. lucas otaku 12/01/2012 às 18:05 #

    + é cada gente sem cultura

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: