Afinal o que querem as otakas?

Afinal, o que querem as otakas? – Trabalhando de Psicóloga

Recebemos mais um email carinhoso de leitor pedindo dicas sobre uma alimentação saudável e sobre relacionamentos. IKIMASU palpitar sobre a vida alheia?

Começando do começo mais resumidamente, sou uma pessoa solitária. Sabe daqueles tipos isolados bicho do mato? Então, isso. O problema não é esse, o problema é que tive uma infância normal, e isso foi ruim. (…) um dia eu acabei criando uma amiga imaginária (…), o problema nisso é que eu esqueci de “matar” ela. Com o tempo, essa ficção se misturou com a realidade.

(Comentário da Mara: Alguém registra essa idéia para fazer uma história.)

Essa amiga imaginaria seria hoje meu conceito de mulher, ou parceira ideal. Só que, ela não existe né, então fudeu. Como não posso me fuder eu mesmo, e nem gostaria disso, essa amiga imaginária é só uma amiga, ou, reconhecidamente, parte de mim. Afinal, os pensamentos dela, toda ela, vem da minha cabeça, sou eu.

Eu = homem.

Ela = mulher.

(Comentário da Mara: Olha, pra quem usa a mãe como conceito de mulher ideal, até que você saiu no lucro.)

(…) No mundo real, tive meus casos aqui e ali com algumas pessoas.

Hoje em dia, saio por aí raramente, e acabo conversando mais com os conhecidos através da internet. (…) Brinco com todas as garotas com quem mantenho contato, mas a verdade é que tenho sim um interesse real por duas delas. (…)

(Comentário da Mara: Não é por nada não, mas quando alguém fala “pessoas”, já suspeitamos de muita coisa. E o brincar é no sentido Macunaíma?)

Só que, aqui que fica estranho.

(Comentário da Mara: Não tava estranho ainda? O_O)

Quando você vai para a internet, você precisa de um nome que não precisa ser o seu real. Aproveitando isso, eu dei vida a essa minha amiga imaginária. (…) Eu pensava que seu eu separasse bem as coisas (…) tudo ficaria bem. Só que, por separar bem a personalidade dela, acabei dando muitas liberdades, as quais ela usou para brincar com alguns homens como eu brinco com as mulheres.

(Comentário da Mara: Deixa eu ver se a otaka aqui entendeu. Você aproveitou a anonimidade da internet para fazer um fake da sua amiga imaginária, que seria seu lado feminino?)

E aqui que entra a peganha pra mim, ela sou eu. Ela é uma parte de mim. Quando ela dá corda para algum garoto, sou eu quem está dando corda. (…) E da mesma forma como eu tenho algumas garotas por quem me interesso, ela tem garotos por quem se interessa.

(Comentário da Mara: Nunca fizeram um anime com essa história? Chamem o Hideaki Anno, ele não faz uma história de profundidade rasa desde Evangelion!)

(…) Onde eu preciso de conselho é aqui. Eu conheço e falo com essas pessoas, a otaka e o otaku pela internet, até agora. As pessoas se encontram, e eu posso encontrar os dois pessoalmente dentro em breve. Chamaria de lado para jogar a real? Com a ela? Com ele? Com os dois?!

(Comentário da Mara: Agora falando sério. O que você está fazendo é enganando uma dessas pessoas, mais especificamente o menino. Porque, a não ser que eu tenha interpretado errado a sua cartinha, ele conversa com o seu lado feminino, e não com você.)

Não estou nem considerando a possibilidade de ser rejeitado, o problema não é esse. Sou doido? Viado? Ou gay? Porque, o mesmo amor que tenho pela menina, sinto igual pelo menino. (…) Esse foi meu momento de constrangedora sinceridade e desabafo.

(Comentário da Mara: Doido? Sim. Gay? Provavelmente. Tenho duas teorias para o seu caso. A primeira é que você realmente gosta tanto de homem quanto de mulher, então fazer essas coisas te torna apenas um pouco louco. A segunda teoria é que você é exclusivamente gay e que “acha” que gosta de meninas porque você não aceita a condição de apenas gostar de meninos. E também notei uma certa frustração, pois você acha que com a internet você conseguiu coisas que você não conseguiu na sua vida real.

A minha sugestão para você é tentar ficar com uma garota, com um garoto, se descobrir, se aceitar, ver o que você gosta de verdade e ser feliz num plano menos idealizado que o de conversas por MSN e das filosofias de anime.)

***

Essa foi a cartinha do leitor que não enviou o nome com medo que eu deixasse escapar o nome dele. E qual a coisa mais legal do mundo, depois de Rodízio de Temaki? É PALPITAR A VIDA ALHEIA! Os comentários estão abertos para sugestões amorosas!

E se você quer participar dessa seção que apenas ocupa o espaço quando não temos pauta, é só mandar um email para maisdeoitomil@gmail.com.

***

 (Me siga no Twitter!)

(Já me curtiram no FACEBOOK?)

Anúncios

41 comentários em “Afinal, o que querem as otakas? – Trabalhando de Psicóloga

  1. diagnostico: voce é bissexual
    apenas aceite como tal e não continue com mentiras, especialmente se envolverem os outros

    e porra, o cara tem uma waifu desde criança
    VEGETA, QUAL É O PODER DE OTAKICE DO BI?

    Curtir

  2. Isso se chama “shemale” — mas nunca vi ninguém fazer isso sem que fosse pra ganhar “leech” ou “gold”.

    Você não se relaciona com pessoas, então a atenção que recebeu na net com a farsa te dá uma falsa impressão de que é o que você quer na vida. Mas não se engane, é só um sarro.

    Além disso, o cara vai te rejeitar quando descobrir que tu é homem — mesmo que VOCÊ descubra que goste de homem.

    Curtir

  3. Beeesha se joga, se liberta de seus medos e preconceitos.
    Sua sexualidade não vai mudar quem vc é.
    Saia desse computador, abra o portão de sua casa, saia , corra pela rua e cante:
    I’m beautiful in my way
    ‘Cause God makes no mistakes
    I’m on the right track, baby
    I was born this way

    Curtir

  4. Nossa, ultrapassou o meu estado de loucura no primeiro parágrafo.

    Bom, meu conselho é que você não fique se rotulando. Se você gostar da menina, fica com ela. Se gostar do cara, fica com ele.

    Mas essa sua amiga imaginária tá te metendo* em roubada.

    Curtir

  5. agora, dando um conselho (melhorzinho) pra esse menino… cara, vá assistir/ ler os animes/ mangás: Angel Sanctuary, Baka to Test, Boku to Kanojo no XXX, Claudine, HanaKimi, Hourou Musuko, IS, Kuragehime, Mai-Otome, Maria Holic, Ouran, Versailles no Bara. todos tem gender bender… quem sabe, você começa a se entender um pouco melhor XD

    animes e mangás às vezes servem pra alguma coisa ;)

    Curtir


  6. Bissexualidade e esquizofrenia não dão uma mistura muito boa, o ser que pensa que vc é mulher não vai ficar feliz de saber que a galinha é sapo.

    Curtir

  7. bom ja tem uma meninho tarado nos comentario querendo te pega se vc acho nogento alguem querendo te cume parabens vc só é louco

    Curtir

  8. Miga querida, o menino pensa que vc é menina… comprik… afinal ele se apaixonou por alguém que tem xana, mas se ele for “dementizinho” que nem vc vai da certo… aproveita homem é muito bom tbm, experimenta!

    Agora, Mara, essa foi beeeeem melhor que a primeira… acho que é pq eu tbm tenho dúvidas sobre minha sexualidade,rs

    Curtir

  9. No finalzinho, a dúvida dele(a) não é mais pelos vítimas não saberem da história do que por ela(e) ser hikikkomori?

    Não desista, Saotome-san!

    Curtir

  10. “Transtorno dissociativo de identidade”? Acho difícil, apesar do discurso dele ser um pouco confuso, não me parece que ela perca o controle de quem ele é. Uma coisa é tomar um comportamento diferente do seu padrão, outro é mudar de identidade completamente.

    Sobre a questão da sexualidade eu concordo com a Mara, experimente. Não há nada de errado em gostar de garotos sendo um garoto, muito menos gostar de garotas E garotos. Você só vai saber quando tentar, buscando se conhecer mais.

    Já sobre “a outra” e seus problemas de relação no mundo real, seria bom procurar um psicólogo. Não é questão de estar ficando louco, psicólogo não é só pra isso, pode lhe ajudar a se entender melhor e a aceitar, seja quem você for.

    Boa sorte na vida,

    Gyabbo!

    Curtir

  11. Ah! E sim, enganar os outros não é nada legal, imagine se fosse você do outro lado. Não por você ser um garoto se passando por uma garota, mas por estar criando expectativas falsas nos outros, isso vai faze-los sofrer e sim, a culpa é sua.

    Gyabbo!

    Curtir

  12. tenso isso… mentir pra uma pessoa e faze-la se apaixonar por algo que você não é… é muita covardia =/

    agora se você tem duvidas quanto a sua sexualidade, acho que deveria fazer como a maioria sugeriu… fique com os dois sexo! vai que vc gosta de um ou dos dois, normal isso.

    deveria procurar um psicólogo tbm, você tem serios problemas! =/

    Curtir

  13. caralho! comparando com os outros posts esse aqui foi um dos que teve mais comentários rapidamente!

    Curtir

  14. Às vezes acho que essa sessão é inventada toda pela Mara. São uns casos tão peculiares que é difícil acreditar que alguém com problemas sérios mande eles pra um blog de humor. Ou ela inventa ou alguém manda por troll…Difícil acreditiar numa coisa dessas. Eu não confio meus segredos e confissões pra Mara não rs

    Curtir

  15. Que diabos oi isso?!

    Essa coisa mais bizarra que eu já li em qualquer blog. Serio! Esse cara precisa de tratamento médico urgente. Se isso for verdade, claro!

    Viado do cão dos infernos!

    Fui!

    Curtir

  16. De fato esse relato foi um tanto bizarro, não pela questão da dúvida sobre sexualidade (não é de todo estranho questionar-se sobre suas próprias preferências) mas pela amiga imaginária. Tudo bem que essa fantasia pode ser um desdobramento da personalidade do nosso coleguinha, mas se isso o atormenta ou coloca em furadas (eu ficaria fulo se estivesse sonhando com uma peituda e de repente ela se revelasse um rapaz que… ok, eu pegaria se fosse gostoso) está na hora de procurar acompanhamento profissional.

    Curtir

  17. 0_____________________0
    Tenso isso menino… sério…
    Tenho algumas dicas pra vc:
    1- Vire travesti.
    2-Vá a um psicologo.
    3-Esclareça essa questão e diga que você é menino. Se o cara gostar mesmo de você, então tudo bem.
    4-Faça um filme sobre sua vida e fique milionário.
    E uma pergunta: sua vida tem direitos autorais? Quero por isso no meu fanzine…

    Curtir

  18. Se esse fanzine sair eu compro @Jessica

    Isso tudo não pode ser resumido como um caso clássico de “É cilada bino!”?
    O único que vai ter problemas nessa história é o garoto iludido.

    Curtir

  19. Pra mim ficou uma impressão de dupla personalidade, mas não entendo muito dessas coisas.

    Só fiquei confusa nesse trecho…

    “(…) Brinco com todas as garotas com quem mantenho contato, mas a verdade é que tenho sim um interesse real por duas delas. (…)”

    Tipo, ele se interessa por um otaku e uma otaka ou está a fim de duas otakas e um otaku?

    Curtir

  20. 2 coisas que não entendo:

    1 – é porque aquilo que é diferente causa tanta antipatia e preconceito

    2 – porque no japão isso seria um anime de provavel sucesso ?

    Curtir

  21. Vende a história da sua vida pra globo. Eles vão fazer uma novela e matar a sua parte gay no final.

    Curtir

  22. vamos lá: o garoto e bipolar e encontrou na internet um meio de usar suas 2 personalidades,só tenho um conselho garoto,trate logo disso e decida qual das 2 explorar por que você pode acabar se tronando um clássico caso de Dr.Jekyll e Mr.Hyde da vida real

    Curtir

  23. Eu tenho um amigo gay que diz que não existe bissexual, e sim o homossexual que não se aceita ou que gosta de se divertir.

    Enfim.

    Largue um pouco a internet. É sério. Ajuda um pouco, eu já experimentei. Se esse negócio da dupla personalidade não passar, então você tem um problema. Não tenha vergonha de procurar um psicólogo (:

    Sobre o problema da bissexualidade… eis o meu conselho: primeiro conte para o garoto. Depois fique com um garoto. Vai que você gosta? Aí os seus dois lados ficam felizes :D

    SUA HISTÓRIA PARECE UM DORAMA! Corre pro Japão – ou para Coréia – para patenteá-la! O povo de lá ADORA uma androgenia!

    Curtir

  24. Essa coisa mais bizarra que eu já li em qualquer blog.[2]

    Enfim, operação é sempre uma solução.
    Ou talvez….procurar uma fonte amaldiçoada.
    E no caso de virar menina…e não gostar, você ainda tem a terceira opção de…..virar uma trasnsexal lesbica O.o
    .
    ..

    ….
    Acho que realmente….compraria esse manga……..

    [medo]

    Curtir

  25. Bizarro demais! Apostaria que a Mara inventou isso!!! Estranho, mto estranho! Dá logo sua tobinha e seja feliz…

    Curtir

  26. Hum…
    acho que entendo um pouco disso, pq eu tbm tenho meio que esse problema… =/
    Mas o meu lado imaginario é homem e é o oposto de mim @.@
    não da muito bem pra explicar…
    Na questão da bisexualidade, bom… eu sou hetero não gosto de homens de jeito nenhum. @.@
    Pode ser estranho mas eu entendo o que essa pessoa ai esta passando. =/
    Eu não sabia que existia outras pessoas passando por esse mesmo problema, quando eu li me identifiquei um pouquinho e conseguir entender algumas coisas. Mas é muito dificil de explicar. .-.
    Comigo tbm aconteceu de algumas pessoas dizerem pra fazer um anime/manga sobre isso DD:
    bom, Transtorno dissociativo de identidade? talvez… mas por enquanto pra mim ainda não tem explicação @.@

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s