Grande Debate – Eventos de Anime

5 jul

Estavam com saudades das discussões? Da porradaria nos comentários? Da divulgação de links com fotos de cosplayers famosas em cenas de pura depravação? Então o Grande Debate está de volta!!!

Essa semana começa a romaria anual de otakus para os confins da Zona Leste de São Paulo. O motivo? O começo do Anime Friends, evento organizado pela empresa Yamato desde 2003. Segundo dados de release, mais de 140 mil pessoas costumam dar uma passadinha por lá em sete dias de evento, divididos em dois fins de semana. Durante essa semana, a região movimenta nada menos que sete bilhões de reais em vendas de produtos e… tá, esse dado é mentira, mas o resto é tudo coisa que eles divulgam mesmo.

Você que é um otaku nas fraldas deve achar esse o grande sinônimo de eventos, mas saiba que você está mais enganado que o senso de moda da Ranger Amarela. Antigamente, antes do Anime Friends, quem mandava era o Animecon, evento que era organizado por Sérgio Peixoto e outros. Até que, em 2003, surgiu o Anime Friends que foi realizado no mesmo dia do Animecon, dividindo o público para tentar quebrar a concorrência.

Para ilustrar aos meus leitores como foi a competição naquele momento, eu vou sortear 100 otakus que me xingam e mandá-los de volta para 2003 para nunca mais voltarem para esse tempo de internet banda larga fazer um flyer demonstrativo do Animecon 2003 e Anime Friends 2003, baseada no que eu encontro em sites da época.

IKIMASU?

***

O que vocês notaram depois de verem esses dois flyers, que foram feitos baseados nos releases oficiais dos eventos encontrados aqui e aqui? Além de notarem que era uma tristeza aquelas atrações, vocês perceberam porque o Anime Friends da Yamato roubou todo o público do Animecon. O Animecon vinha há anos oferecendo essas deliciosas atrações, como Workshop de Bonsaizzzzzzzz e a Yamato apareceu com artistas japoneses. Sim! Japoneses vindos da Grande Nação Japonesa!

Depois daquele ano, o Anime Friends foi crescendo em público e em tamanho. A Yamato começou uma estratégia de trazer o maior número de público a cada edição, por isso faziam coisas que não eram pertinentes ao assunto da Grande Nação Japonesa, como Sala Chaves e Sala Harry Potter. É que nem esse ano que vai ter show do Fresno e do Angra, tipo, cadê a coerência?

E olhando o Anime Friends que teremos em alguns dias, percebemos que o evento não evoluiu em nada do primeiro. Ainda temos a premiação de dublagem, ainda temos otaku sem noção, ainda temos staffs voluntários, ainda temos campeonatos de games do momento, ainda temos o Akira Kushida, ainda temos lugares desconfortáveis para eventos (Ou você acha que um galpão abandonado que está para ser demolido há cinco anos é o local mais confortável para reunir milhares de pessoas? Tudo bem que são otakus, mas ainda sim são pessoas!) etc etc… Por isso, o Anime Friends tá tipo o Natal da sua família, com um monte de gente de gosto diferente se reunindo todo ano para fazer nada.

“Mas Mara, sua gorda cheia de estrias, e o que isso tem de debate? Você só tá falando mal da Yamato!”

Também! Mas eu quero propor uma discussão para os leitores do Mais de Oito Mil, pois sempre faço isso quando eu mesma não tenho uma posição sobre o assunto. Eu reclamo dos eventos da Yamato, falo que parecem amadores e que as atrações são mais repetidas que a programação musical da Globo no fim do ano, mas, afinal, o que eu espero de um evento? E o que vocês esperam de um evento?

E quanto, em reais, vocês acham que vale um evento atual? Porque o preço de hoje tá bem longe daqueles dez reais diários. E, se for ver, temos basicamente as mesmas atrações e um público ainda maior, então não seria o caso de diminuir um pouco o preço?

Da Yamato nós temos algo parecido com um encontro de amigos otakus. Os amigos otakus vão no Anime Friends para se reunir e para andarem durante um dia inteiro por galpões abarrotados usando suas toucas e suas bandanas. Cosplay não se vê mais andando pro aí, é só no palco. Atrações musicais são as mesmas todos os anos, assim como as outras atrações. A Yamato se estagnou ao mesmo passo de que os otakus pararam de pedir por coisas novas. E os eventos que seguem esse modelo acabam apresentando mais do mesmo, apenas.

E o que de novo poderia ser pedido nos eventos? Atrações japonesas que não sejam do Jam Project? Luta no gel com os responsáveis pela JBC, Panini e Newpop? Presença de um autor de mangá (que não seja o Kurumada, por favor)? Ter alguma atração para justificar o “Anime” no nome?

Por isso, as duas opções de discussão de hoje são essas:

Lembrando que não estou falando que somos contra ou a favor da empresa em si, e sim de seu estilo de fazer eventos ou não. Bem, agora o momento Capitão Planeta, em que o poder é de vocês. Espero que todos os sete leitores desse blog discutam nos comentários a seguinte pergunta:

“Vocês são #TeamYamato ou #TeamOutros? Ou nenhuma das duas? Afinal, o que vocês gostaria de ver em eventos de anime no Burajiru?”

85 Respostas to “Grande Debate – Eventos de Anime”

  1. Apo 05/07/2011 às 19:54 #

    Vocês são #TeamYamato ou #TeamOutros? Ou nenhuma das duas?

    -Nem um nem outro.

    Afinal, o que vocês gostaria de ver em eventos de anime no Burajiru?

    Vou substituir pelo que não gostaria de ver: repeteco de atrações!

    Curtir

  2. Apo 05/07/2011 às 19:57 #

    Opa, eviei o coment sem querer.
    Continuando:

    Segurança eficaz dentro do local onde será realizado o evento.

    Sem tumulto na entrada.

    Um preço condizente.

    Curtir

  3. Rufus 05/07/2011 às 19:57 #

    #TeamFicarEmCasa

    Em posição fetal jogando RPGs de Ps2

    Curtir

  4. Eric Grynberg 05/07/2011 às 20:08 #

    Tinha parado de ir em eventos de anime tinha uns 2 anos, por culpa até da Yamato (por um Anime Family – o “friends carioca” – LOTADAÇO e sem graça, que me fez jurar nunca dar dinheiro de novo pra esses caras)

    Aí esse final de semana resolvi deixar pra lá e lá fui eu no Aquecimento Anime Family e… é. Mesma coisa de sempre. Mas até que foi divertido, mas mais pelas companhias que o evento em sí, que contínua a mesma coisa de sempre.

    Mas porra, QUINZE CONTO tá foda. Vou convencer a galera em ir em eventos diferentes (tenho algumas boas lembranças do Rio Anime Club) mas é tanto tempo sem ir que nem sei se Yamatizaram mais ainda os outros.

    Pelo conjunto da obra, #TeamOutros. O que eu quero num evento? Atrações decentes. Queria pedir menos gente retardada, mas aí já é díficil.

    Curtir

  5. Palaci 05/07/2011 às 20:08 #

    Pesada essa, eu vou na AF desde q começou, e eu ia em animecons, realmente a AF se mostrou muito superior (tirando a de 2004 q foi pior q o ABC q voaram crianças)… e conforme foi passando o tempo, o evento aumentando, foi para uni santanna, depois anexou um estacionamento enorme pra shows, ainda tavam vindo japoneses novos e tal, aí o primeiro do Mart Center, meu deus q evento enorme eu gostei muito, mas parou por ai, se so tivesse AF até esse, eu seria TeamYamato… mas daquele evento pra ca so decaiu.

    o evento ja teve ate 8 dias, os eventos da yamato tao diminuindo de dias, tao diminuindo atraçoes novas, kushida -.-, e tao trazendo uns j-pop random q NINGUEM nunca ouviu falar..
    a anime dreams eo ressaca tao do mesmo jeito, a unicsul nao aguenta mais tudo aquilo de gente, e as instalaçoes tao cada vez mais precarias, a segurança cada vez mais porca, e cosplayer nao pode ter nada de metal (eu nao to falando de espadas, uma vez barraram meu amigo pq no cosplay dele tinha uma TORNEIRA, SERIO, UMA TORNEIRA de metal, e nao deixaram ele entrar com ela, qualé dessa regra estupida? deixaram eu entrar com uma foice de madeira e ele nao podia entrar com uma torneira de metal)

    mas o foda eh q, por mais q a yamato esteja uma merda, eu ainda vou nos eventos, pq ninguem se arrisca a desbancar ela q nem ela fez com o AnimeCon… o mais perto, pelo menos aqui por sao paulo eh o AnimABC q eh um evento bom (tirando aquele dia das crianças), bem organizado, mas nao eh nem metade de uma animefriends ainda…

    o que precisamos eh q cada vez mais apareçam organizadores novos, a hora da yamato já acabou, precisam aparecer oferecendo oq a yamato oferecia mas nao oferece mais afim de lucrar, um espaço decente, estrutura,atraçoes dignas (nao sala de crepusculo e essas merda), preços razoáveis (AONDE 30 REAIS EH A MEIA PRA UM EVENTINHO DESSE? eh so uma desculpa pra nao deixar a gente pagar metade)…

    e mesmo sendo um sonho, seria bom cosplayer nao pagar q nem na argentina, mas ia precisar ter regras e algm na entrada pra julgar se eh cosplay mesmo ne, senao neguinho ia botar manto da akatsuki e entrar de graça, pq a gente sabe como brasileiro eh ne..

    enfim falei, falei mas nao falei meu time, sou #TeamOutros, pq já ta na hora de alguem destronar a yamato em eventos de anime inovadores *-*

    Curtir

  6. Apo 05/07/2011 às 20:13 #

    Queria pedir menos gente retardada, mas aí já é díficil.

    -No caso eu queria esse pedido a nível mundial.

    Curtir

  7. gwy 05/07/2011 às 20:28 #

    Lembro de ter ido num AnimeCon e achei uma decepção ter que ficar duas horas na fila, não ter espaço pra andar e muito menos pra ver o que tinha nos estandes. É como entrar numa estação de trem no horário de pico, ou seja, uma merda porcaria. Sem considerar que se você tiver que comer fora do lugar, vai entrar numa fila pra sair e noutra pra entrar de novo.
    Mas os eventos por aqui são iguais! Ou seja, esse repeteco de atrações, superlotação, estrutura porca, entre outros, não é coisa exclusiva da Yamato. Qualquer evento de anime é sempre igual.
    Agora use os próprios números divulgados pela Yamato, multiplique pelo valor do ingresso e vejam qual é o valor que essa galera recebe.
    Não esqueça que o pessoal dos estandes também paga para estar ali com sua banquinha no dia do evento e que o staff é voluntário. Dava pra usar essa quantia pra ter coisas mais interessantes/variadas ou um poquinho mais de segurança, né?
    Respondendo a pergunta: #TeamFicarEmCasa, que o tempo de evento de anime divertido já passou.

    P.S.: Aqui também temos o incoveniente de ter alguns eventos em locais ermos, onde só ônibus de caravana ousa chegar.

    Curtir

  8. gwy 05/07/2011 às 20:33 #

    Talvez os eventos estejam abrangendo tanta coisa que acabam não agradando ninguém.

    Curtir

  9. Leo 05/07/2011 às 20:36 #

    Acho que por ser um evento otaku, essas coisas como harry poter, crepusculo, star wars, etc., não deviam estar presentes, pois faz parecer que se trata de um evento nerd em geral( não na parte de crepusculo).
    Ponto pro #TeamOutros

    Tbm concordo com a Mara sob o local. No primeiro AF tudo bem, o preço era bem menor, mas agora temos que pagar mais que o dobro, e o numero de pessoas tbm aumentou, e muito, o suficiente para fazer em um lugar maior. O AnimABC desse ano tinha um espaço bom para a media de pessoas.
    Ponto pro #TeamOutros

    A fila é enorme. Se vc não chegar horas antes de abrir, você entra quando o evento estiver acabando, isso se não chegar ao limite de pessoas e vc ter gastado horas pra nada. E muita vezes eles atrazam.
    Ponto pra… #TeamNinguem , pq todos atrazam.

    A comida tbm é um roubo. No AnimABC eu comi eu lanche de presunto, queijo e maionese que meu amigo levou, pq a comida tava mto cara, 5 conto o pastel, com gosto de oleo – segundo meu outro amigo. No AF tbm não muda muita coisa.
    Novamente: #TeamNinguem, TA NA HORA DE DEIXAR A COMIDA MAIS BARATA.

    Quanto ao preço do AF?
    Ponto pro #Team Outros

    Na minha pequena avaliação, o #TeamOutros Ganha de 3×0 da Yamato.
    Porem não se há noticias de outro evento que preste alem do AnimABC, então a Yamato vai continuar a roubar dinheiro de nós, os baka que não tem outra opção senão alimentar a Yamato até algum cara que sera tão corajoso quanto o Link e enfrentar o Ganandorf… Digo, a Yamato e salvar o mundo, dos eventos otakus, logico

    Por essas e outras, Todos reza pro #TeamOutros uzar um jutsu de selamento nos lucros da Yamato, ou simplesmente roubar o publico da Yamato e fazer ela sofrer do proprio veneno!

    Em suma: Sou #TeamOutros

    Mais vou no AF. Pq só tem esse que eu conheço no momento.

    Curtir

  10. Stramundo 05/07/2011 às 20:51 #

    Quando fui no meu primeiro AF tudo parecia um sonho encatado, foi se tornando cada vez mais parecido ocm um pesadelo ao passar do anos e há dois anos jurei nunca mais por meus pés dentro de outro evento da Yamato. Dinheiro desse troxa aqui eles não terão mais!

    Era uma organização terrivel, que não sei como atraí tanta gente e convence os staffs a trabalhar lá. Ao tentar me inscrever no concurso cosplay descobri que tem que “comprar vaga”, eles só davam vaga p/ quem queriam, me disseram não ter mais vagas e para o cara atrás de mim (que tinhau m cosplay melhor) disseram que ainda tinha vagas no dia seguinte fui um dos primeiros a entrar no evento (sempre tinha amigos mais fanaticos que eu no começo da ifla) e quando cheguei p/ me inscrever disseram que já tinha acabado, COMO ACABOU ANTES DE COMEÇAR O EVENTO ?

    A muito tempo que isso deixou de ser um evento de fãns para fãns e passou a ser um evento de empresa para quem-quer-que-tenha-dinheiro.
    Enquanto tiverem pagando pode entrar que mesmo excedendo a lotação não tem problema, dinheiro é sempre bem-vindo e sempre cabe mais.

    E fico mais puto ainda com quem vai no evento só p/ encontrar amigos, porra pagar R$40,00 p/ encontrar amigos ? Vai na lbierdade que é de graça e tem tudo que tem lá, inclusive cosplayers perdidos…E depois voltam reclamando que o evento é ruim e que tava lotado, bando de retardados…

    Sem falar que no ultimo Ressaca Friends que fui em 2009 até musica Black tava tocando no evento, só faltou uns Funks p/ completar e falta de noção total.

    Sei que em parte essa “invasão” é também culpa minha, por achar o evento algo tão legal comecei a chamar todo mundo que considerava amigo, iam até pessoas que não curtiam anime e achavam cosplayer coisa de gente boba…agora parece que o evento é feito de gente assim, com a única diferença é que todos acham que o evento é p/ eles e usam camisetas do Death Note.

    Bem, ultimamente tenho ido no Animecon, que por ter sido esquecido, não sofreu essa “intoxicação”. Foi no Animecon que me senti mais familiarizado com as pessoas, pareciam mais amistosas e menos grosseiras e estupidas como as que estavam indo ao AF, o evento me agradou como o AF me agradava no começo apesar de quase não ter nada lá dentro.

    O que eu espero de um evento de anime ? Atrações que foquem os fãns dessa categoria, palestras sobre arte dos mangas, debates sobre histórias, musicas de animes, shows de bandas que tocam aberturas ou finalziações de animes, lojas com produtos desse genero, não com toucas com qualquer desenho ou emoticon e uma entrada condizente com o que será oferecido lá dentro, se for shows realmente bons, podem cobrar mais caro, mas limitem a entrada para não haver super lotações e lembrem-se que se querem que compramos algo lá dentro não adianta tirar todo o nosso dinheiro na porta…

    (ops escrevi demais)

    Curtir

  11. Vinicius Araujo 05/07/2011 às 20:54 #

    Eu costumo falar mal da Yamato porque ela merece mesmo, sempre com um evento caro e falta de infraestrutura, mas simplesmente não posso fugir do AF porque é a unica oportunidade do ano de ver alguns dos meus amigos preferidos que moram longe. Mas também não é de todo ruim: ano passado eles trouxeram o Aural Vampire e a random que canta a op de Chrno Crusade, e esse ano trouxeram Kaya e M.O.V.E., então eles estão sim melhorando. Não são as bandas mais famosas de lá mas são relevantes sim, conheço gente que não ia em evento desde 2006 por causa dos problemas típicos e que vai nesse AF pra ver o M.O.V.E.

    E fui no AnimeCon do ano passado e achei bem ruinzinho, não sei se decaiu com o passar dos anos mas é que nem um AF sem lotação e num lugar bem menor.

    Acho que o problema tá em mim: não consigo mais ver graça em um monte de otaku retardado, lojinhas com os produtos japoneses caríssimos e iguais a sempre (é impossível achar qualquer coisa de algum anime que não seja de Death Note, Naruto e cia.) e as atrações tradicionais (tenho vontade de explodir a cabeça de qualquer pessoa quando passo perto do animekê, anime bingo e coisas do tipo). Aliás, essa descaracterização foi até boa em certo ponto pra mim: costumo passar o dia inteiro dentro da sala de Harry Potter, a única que me atrai realmente.

    Eu costumava pensar que só os eventos do Brasil eram ruins, mas quando vi aquela análise de um evento dos EUA aqui e vi que era a mesma merda daqui (um monte de otaku feio que enho vontade de bater, uns 2 ou 3 caras que usam roupa de menina pra fazer ”graça”, alguém com cosplay de alguma coisa americana equivalente a Chaves etc) resolvi me perguntar se o problema não tava em mim.

    Então, #TeamNenhum

    Ah, só pra constar, o Mart Center é na Zona Norte.

    Curtir

  12. Felipe Marcantonio 05/07/2011 às 20:56 #

    Eu queria que o Kurumada viesse ao Brasil. =P *shot*

    Sinceramente, não sei dizer o que falta nos eventos. Eu vou neles para comprar coisas em promoção (DVDs da PlayArte a 9,90, falo de vocês) e eu sou Fanzineiro, o que não me da muita liberdade de sair correndo pelo Mart Center.

    Acho que trazer algum mangaká pode ser interessante e disperdicio ao mesmo tempo. Lembro que o AnimeCon(2007, acho…) trouxe o diretor do filme Paprika e foi de certo modo maçante a palestra. Como eu sou animador, aquilo foi muito importante para mim… mas lembro que 90% do povo tava dando uma hagada pro cara. Nesse mesmo ano trouxeram o Tohru Furuya (O Ex-dublador Japa do Seiya), que foi até legal, mas foi uma apresentação bem limitada – assim como trouxeram o Hiroshi Watari no primeiro AF (medo, eu me lembro), o cara não tinha muita coisa além de fazer as poses e algumas frases no Palco.

    Curtir

  13. hikaruon 05/07/2011 às 21:15 #

    Eu não tenho uma opinião sobre o assunto pois exceto o aniem con, sempre fui nso anime friends por causa das atrações, eu sempre gosto disso, ams bem que gostaria que cantasse musicas novas, mas pouco tenho a reclamar do evento, exceto o de 2004 já mencionado.

    Em compensação, esse kra tem um aopinião sobre isso, divirtam-se ou não

    Tudo o que for dito no vídoe acima não tem nada haver com a minha opinião, grato.

    Curtir

  14. Apo 05/07/2011 às 21:21 #

    Uma coisa que comentaram aqui que eu até deixei escapar (até porque eu ja tinha tocado nesse assunto antes naqueles posts de fotos de eventos que a Mara comenta). Os eventos estão apelando pra tudo: Chaves, Harry Potter, Star Wars, Medieval etc… Então pra que a alcunha Anime? Um evento de tal permissividade não merece ter anime no nome! Não é que estão de eu ser chato, xiita, etc… mas alguém já viu em algum evento de Star Wars alguém fantasiado de Akatsuki? Aí que você nota que não se visa fãs e sim atrair o maior público possível (ainda mais em localidades onde há carência de outros eventos, como RPG, Quadrinhos etc…). Eventos assim tirem o nome Anime e assumam outro.

    Curtir

  15. vinicius 05/07/2011 às 21:25 #

    queria mesmo era ler um pastel

    Curtir

  16. Mariana 05/07/2011 às 21:25 #

    Vou tentar ser breve na minha opinião:

    sou #TeamCrescer. A maioria das pessoas se reune nesse curral chamado AnimeFriends porque é um jeito de encontrar seus amigos, não? Pois bem, eu também já fui assim, estive presente em vários AF e me diverti muito com meus amigos (desde sempre ZOANDO otakus em eventos, ô raça), mas com o tempo crescemos e… perdeu a graça, sabe?

    Quando nos reunimos ou vamos em bares, ou marcamos de jogar video game na casa de alguém, ou de ir em balada etc… pra quê vale pagar pra ir evento hoje me dia? Pra ver show eu até defenderia, mas são sempre os mesmos… então pra quê?

    Com o tempo (alguns mais do que outros) todos crescem e deixam essas bobagens de lado (porque um evento de merda assim é a maior bobagem ever) e arrumam outras coisas pra fazer e outro jeito de ver os amigos, tanto que podem ver que quem mais reclama e defende esses lugares são crianças e pseudo-adolescentes, gente mais velha arrumou outras coisas pra fazer (ou não).

    Enfim, também não é comparável com uma Blizzcon, único evento ao qual eu acho que iria.

    E outra, acho UM ABSURDO eles permitirem a venda desses malditos dvds de anime pirateados. Um fansub se esforça pra fazer uma tradução de fã pra fã GRATUITAMENTE e vem um gordo tetudo gravar tudo e lucrar nas costas dos outros, acho NOJENTO e espero que um dia a polícia federal baixe lá :D

    Curtir

  17. José Freire 05/07/2011 às 21:57 #

    Mil vezes #TeamNenhum , o AF de 2007 foi o melhor evento q já fui e depois de ir outras vezes fiquei estramente decepcionado com o pessimo nivel.(Mart center sucks,voltem pra facul!!)
    As atrações repetidas são totalmente desanimadoras, o que eu queria eram boas instalações e que se fizesse valer o “anime ” do nome .

    Curtir

  18. RodTakira 05/07/2011 às 22:14 #

    Eu nunca fui em um eveto de “anime”.

    Sou Otaku a 3 anos e moro em São Paulo, logo, “seria uma boa conhecer esses eventos já que eu não conheço outros otakus ainda” era assim que eu pensava mais depois de pesquisar um pouco e ler notas sobre esses eventos acabei por desistir e como um cara falou num post acima, prefiro ir na liberdade encontrar os amigos que tenho hoje e o que gasto é só de lanches e a passagem de trem. Se um dia eu ver notas positivas sobre esses eventos talvez eu pense em ir. Não sou otário de ir num lugar de onde todos falam mal.

    Curtir

  19. gwy 05/07/2011 às 22:35 #

    Como agregar valor aos dinheiros que você gasta na entrada do evento: http://www.animers.com.br/j-stuff/valores-do-ingresso

    Curtir

  20. Leo Kitsune 05/07/2011 às 23:26 #

    O AnimABC, que convidou o Video Quest pra fazer a cobertura da última edição, me pediu sugestões de atração para a próxima edição.

    Eu disse: A-NI-MÊ.
    Mas não uma TVzinha numa sala apertada. Auditório, tela grande, grandes clássicos, sucessos recentes… de Ghibli e Tezuka à One Piece e Evangelion.

    Tirando isso, o AnimABC (é jabá, sim, o evento é bom) já está se esforçando para ter coisas novas, como o Games in Concert (q não é um conceito novo, mas eles fizeram acessível).

    E esqueçam, crianças: os eventos NÃO VÃO voltar a ser só eventos de ANIMÊ. Pode parecer q isso contradiz o meu pedido lá em cima, mas não é bem assim. Não vai deixar de ter animê, e otakus, e cosplay da porra do Vocaloid. Mas a tendência é expandir o público. Então se Crepúsculo atrai mais gente, eles VÃO fazer a área Crepúsculo. Vc não gosta de Crepúsculo? Já experimentou NÃO ENTRAR NA SALA CREPÚSCULO e PARAR DE RECLAMAR?

    Os eventos nasceram do animê, expandiram para outros assuntos “jovens” (não gosto do termo, mas se aplica) e agora já era.

    Sou #TeamCHEGADEFRESCURA

    Curtir

  21. KP-X 05/07/2011 às 23:28 #

    Mara, me surpreende você não ter uma opinião formada, eu achava que você tinha. Vou emitir minha opinião sobre o assunto.

    O país, como um todo, carece de verdadeiros eventos de anime.

    Os grandes eventos são todos camelódromos que perderam a essência do que um evento deveria ser. Um evento, independente do que seja, busca tratar de várias maneiras o tema que está sendo abordado. Mas o que nós vemos? Produtos piratas, alguns como gashapons sendo vendidos como originais, shows das mesmas pessoas e só. Não há exibições de animes pouco conhecidos para que o público tenha conhecimento. Não há uma tentativa de trazer profissionais da indústria para o país. Não há premieres de animes que acabaram de estreiar no cinema japonês como verdadeiras mostras para divulgar o tema(pois é isso que acontece em eventos pelo mundo).
    Há apenas campeonatos de games do momento, exibições de animes já conhecidos, concursos de cosplay e karaokê, enfim, só essas coisas básicas. O evento não busca de forma alguma divulgar nada que envolve a indústria de entretenimento de animes, mas sim reunir adolescentes que irão arcar com os produtos falsificados do local.

    Não temos eventos, mas isso é culpa do público, em grande parte. Afinal, grande parte do público acha que a melhor parte de um evento é o concurso de cosplay. Ok, é legal ver os cosplays bem feitos, até mesmo os zoados. Mas é uma atração tão minúscula perto do que o evento deveria oferecer. Se isso é o melhor que um evento pode oferecer de acordo com o público, não é a toa que os eventos estão desta forma.

    Os eventos no país tinham capacidade de se tornarem grandes, ainda mais se já houvesse uma evolução desde o primeiro Anime Friends. Afinal, o Anime Expo tem atrações fantásticas que realmente representam o que é um evento de anime, mas o evento não nasceu perfeito. Assim como o AF, ele foi crescendo e aprimorando as atrações, chegando ao que é hoje. E o Anime Friends vai continuar essa porcaria risível que se diz um evento de anime com artistas decadentes japoneses como maior atração pra sempre, já que o público aceita com a desculpa de que “quem faz o evento é a pessoa que o frequenta”.

    Curtir

  22. apocaliptico2 05/07/2011 às 23:38 #

    Os eventos nasceram do animê, expandiram para outros assuntos “jovens” (não gosto do termo, mas se aplica) e agora já era.

    -Aí o sentido de ter a palavra Anime se perde, engraçado é que em convenções de Star Wars ninguém cria uma sala temática de Naruto. Só perde o sentido. Essa abrangencia de público talvez também seja a prova de que eventos direcionados a animação Japonesa não estejam com a bola toda atualmente. Tem que abraçar outros públicos também. Só que carregar nome de Anime no título…

    Curtir

  23. Apo 05/07/2011 às 23:46 #

    @KP-X Definiu muito bem o que os eventos precisam. Podiam até fechar os comentários depois do post dela.

    Curtir

  24. Katekyo Shinobi 05/07/2011 às 23:47 #

    bom gente, vcs que estão criticando tem que entender 3 coisinhas:
    1) se criticam é porque já estão velhos demais pra esse tipo de evento. sorry, o tempo passa

    2) a yamato é uma empresa que visa o lucro. com novidade, com mesmice, com muita ou pouca coerencia, o que importa é dinheiro no bolso

    3) animecon nunca foi nem será base de comparação com o anime friends. espaços cada vez mais limitados e atrações que não atraem ninguem. peixoto era rei quando estava sozinho (alias o parceiro dele hoje é o lider da yamato…) mas a concorrencia literalmente esmagou ele coitado

    mas garanto uma coisa a voces. os ultimos 10 anos so foram o que foram porque nao tinhamos outras opções de eventos pro aqui. agora começam a pipocar eventos de games, com grandes empresas participando, eventos super focados como o festival do japão http://www.festivaldojapao.com/ , o videogames live já acontece há 3 anos, shows de k-pop em parceria com empresas de games, o BGS, o WCG o EGS e muito mais. tudo o que vimos dentro da yamato está tomando vida própria e crescendo independentemente.

    mas e o preço? bem caro. quem reclama de 15 reais hoje, dificilmente vai achar legal pagar 100 reais num videogames live por exemplo, ou entre 50 – 60 reais no show de uma banda japonesa ou coreana. mas daqui a pouquissimo tempo muita coisa vai mudar. convido todos a salvem esse post, reler daqui a 1 ano e comprovar ;)

    Curtir

  25. Mariana 05/07/2011 às 23:50 #

    Uma coisa eu concordo com o @apocalíptico2, a animação japonesa em geral não tá com essa bola toda ultimamente, muito pelo contrário. Acho que talvez o desinteresse em expandir a categoria ANIME seja por causa disso, vão colocar o que? Não existe muito público nacional pra K-ON e outros moeblobs (mais conhecidos por moebosta) que é o que faz sucesso no Japão atualmente, além dos velhos que curtem CDZ e da clássica trindade boring: Bleach, Naruto e One Piece.

    Se nem a indústria de animes anda top, quem dirá os eventos…

    Curtir

  26. Stramundo 05/07/2011 às 23:56 #

    A sim tio Kitsune adoraria de parar de reclamar caso essas pessoas estranhas a minha cultura não existissem lá.
    É como ir numa Rave de Psy e encontrar funkeiros, não rola afinidade e provavelmenteo desgosto é mutuo.
    Sei que o que der mais lucro é sempre o preferível, mas se a questão é aquilo que EU preferiria, então preferiria não ver ninguém “de fora do meio anime” lá.

    Evento de anime deveria ser, e p/ mim ofiu m dia no inicio, um lugar onde por mais estranho que eu pareça ou me comporte sou igual a todo mundo, isso dá uma segurança sabe ?

    Quando começo a sentir que algumas das minhas ações não são bem vindas, como ficar gritando genki dama, não vou me sentir totalmente livre das amarras sociais cotidianas.
    Mas, no entando, se a maioria dos frequentadores não for do meu estilo então eu me retiro de fininho com meu banquinho.

    Curtir

  27. Katekyo Shinobi 06/07/2011 às 00:31 #

    Mariana, vou usar sua fala, não se sinta ofendida ok? =)

    a Mariana foi o exemplo perfeito para “se criticam é porque já estão velhos demais pra esse tipo de evento”

    – a animação japonesa em geral não tá com essa bola toda ultimamente
    mas
    – K-ON e outros moeblobs (mais conhecidos por moebosta) que é o que faz sucesso no Japão atualmente

    ou seja, há material novo. mas será que a geração antiga aceitaria as novidades?

    – além dos velhos que curtem CDZ e da clássica trindade boring: Bleach, Naruto e One Piece.

    sim. os MEGASUCESSOS do japão não a satisfazem mais. já nao satisfazem muita gente por aqui. o anime é o mesmo, mas nós não somos mais os mesmos. esse é o motivo pelo qual temos Fresno e Angra no evento: preencher o vazio deixado pro fãs de Evengelion, Cowboy Bebop, Dragon Ball e Pokemon deixaram já que não gostam de participar mais dos eventos. seja por não tolerar a presença da galera mais nova, seja por achar que “anime bom eram aqueles de antigamente” (contraditorio pois são so mesmos que reclamaram que o evento oferece a mesma coisa há 10 anos não?) e preencher esse vazio com o que? com o publico “nada a ver com anime/manga”

    Curtir

  28. Florisvaldo^_^! 06/07/2011 às 01:41 #

    Nossa, que sinuca de bico…este ano eu fiz 15 anos (15 anos!) de otaku e percebi várias mudanças. Claro, ainda tô com o mesmo tesão de ir ao AF, o maior da América Latina, tarará, amém…mas já vou sabendo que não vou me surpreender. Até fazer o que eu gosto, tirar fotos de cosplay, acho que vou fazer menos. O que mais me motiva é encontrar uma grande amiga dona de loja que vai estar vendendo lá. Ela mora no interior e não nos vemos com essa frequência toda.

    Eu também não tenho tido muita paciência pra otakuzada nova que se educou com Naruto e Bakugan e nunca viu uma fita do Lum’s Club na vida. Mas tenho que me resignar e tolerar, são os sinais dos tempos.

    Tô muito de acordo que venham mais e mais artistas japas “off-Kushida-Kageyama”. Mas também faz tempo que quero que os eventos se diversifiquem, como são os eventos lá fora. O Anime Expo de Paris ano passado, por exemplo, que “só” trouxe o Clamp. Mangaká nenhum veio pra eventos aqui. Eu abriria mão que a Naoko Takeuchi viesse pra vir uma que com certeza adoraria estar aqui, que é a Yuu Watase, de Fushigi Yugi.

    Pra todos os efeitos, eu sou #TeamOutros. Mas também fico contente que o AF tenha crescido. Gosto da paparicada da mídia pros otakus. A explosão já se deu há 10 anos. Já crescemos. Tá na hora de encolher um pouco, mas só um pouco, pra que quem veio “de fora” saiba realmente o que é ser fã de anime.

    Curtir

  29. Vagner Alexandre Abreu 06/07/2011 às 01:58 #

    Quem já participou do Animê Fila (o único que teve no Espaço das Américas), levanta o bracinho o/

    Curtir

  30. J.r. Pereira 06/07/2011 às 05:34 #

    Quando o Átila do AnimABC me chamou pra palestrar em seu evento, ele desandou a falar aquilo que todos nós sabemos: que os eventos de anime já deram o que tinham que dar.
    As atrações são sempre as mesmas, as editoras são sempre as mesmas, os cosplayers são sempre os mesmos e, não raramente, os concursos premiam praticamente os mesmos (até as tetudas pelancudas de idade avançada que basta pisarem no palco pra madeira arrear e gemer).
    Sem esquecer que a paparicação dos dubladores já era, pois todo mundo conhece os caras, eles já imitaram pra carambas “seus” personagens famosos…

    E nada mais tem novidade.

    Junte-se a isso o AMADURECIMENTO do público, pois por incrível que pareça até otaku envelhece, e a tragédia está armada.

    Quando o Noriyuki da Abrademi passava anime no Bunka aqui da Liberdade, nos anos 90, era OUTRA história porque quase ninguém conhecia mangá e anime.
    Hoje, mais de 20 anos depois, não apenas o público mudou, envelheceu, cresceu como a TEMÁTICA dos eventos não foi renovada.

    O Átila me disse que o Cesar Ikko é conservador pra caramba, que não vai mexer em nada porque ele não tá nem aí com nada. Se tiver que encerrar a parada, ele encerra e foda-se, pois a família dele tem grana.
    O Takashi tem pai rico mas com as quedas violentas nas bilheterias e o fracassos de diversos eventos, já tá balançando a roseira do japonês.

    A idéia do Átila é ir limando cada vez mais os cosplayers, dubladores e esses macaquismos idiotas das Cons e ir para outros públicos.

    ******Porque não há mais o que mostrar!******
    O assunto se esgotou, mixou, secou!

    O interessante seria fazer micro-eventos aqui e ali, pondo um fim de vez nesses convenções malucas.
    Ao mesmo tempo em que se reforça a parte OCUPACIONAL e CULTURAL da parada.

    Por exemplo, trazer autores de mangá, produtores de animes, editores que dêem palestras para fomentar a produção de mangá e anime nacional.
    Troca de experiências e de idéias, sacou?

    Mas isso não vai rolar porque os organizadores dessas convenções não tem agilidade e nem criatividade pra porra nenhuma.
    Eles têm um modelo de convenção fechado e ficam nele.
    Até acabar.

    Curtir

  31. Renata 06/07/2011 às 09:35 #

    Eu sou #TeamOutros. Gostaria de ir, conhecer meus amigos otakus, mas deixar R$ 30 na entrada pra ficar lá só olhando stands no meio de uma “muvuca” e aguardar um show que não quero ver, dispenso.

    Curtir

  32. Leonardo Camargo 06/07/2011 às 10:06 #

    Ok, Stramundo, eu entendo o seu lado, e sei q esses eventos eram usados para q os fas de anime fizessem o que queriam. Um espaco para ser livre.

    Mas eh uma questao de aceitar que os tempos mudaram. Num mundo ideal haveria coexistencia, e ninguem ia olhar feio. Nao estamos no mundo ideal.

    E uma coisa que disseram esta certa. A palavra ANIME no nome desse eventos ta perdendo o sentido. Nao que eu ache que estao cometendo uma heresia ao misturar anime com outras coisas. Eh soh uma questao de mudar o maldito nome.
    O proprio AnimABC, q eu tanto defendo, poderia tirar esse `Anim` do nome… Nao sei o q iria no lugar, infelizmente.

    Curtir

  33. anny 06/07/2011 às 10:57 #

    kkkkkkkkkkkk
    Gente fala sério, esses eventos é coisa de jovens e afins
    Eu daqui 10 anos não me vejo ainda como otaku

    Curtir

  34. Gb 06/07/2011 às 11:19 #

    Concordo com o que foi dito acima: ‘O assunto se esgotou, mixou, secou!’ , hoje mal passa anime na TV Aberta ou Fechada, e o que é ‘moda’ no japão hoje não ‘pegou’ aqui.

    ‘O interessante seria fazer micro-eventos aqui e ali, pondo um fim de vez nesses convenções malucas.’ – É hora de sair do: – ‘Nossa, anime é maneiro’ – do para: ‘Vamos estudar e produzir nossas proprias series aqui no Brasil’. Se tivessemos séries contextualizadas no nosso país , no nosso momento, certamente esses eventos poderiam inovar a cada ano, abordando assuntos do momento.

    Curtir

  35. Stramundo 06/07/2011 às 11:29 #

    A questão é que a sociedade já exerce a repressão no dia-a-dia, em casa, no trrabalho, na rua e tals e se os eventos de animes não existissem eu nunca saberia o que é fazer algo que me desse na cabeça sem sofrer repressão e então dizem “não ligue p/ o que os outros dizem”, mas todos sabemos que isso não é fácil como parece e agora até em eventos de anime sou obrigado a ouvir “que idiota aquele cosplay ou aquilo que ele está fazendo”.
    Como eu acho que se o que a pessoa está fazendo não prejudica ninguém nem a si mesmo, não há problemas nela faze-lo.

    Sem ser nesses eventos as pessoas só fazem o que querem sob o efeitos de drogas lícitas ou ilícitas para pelo menos ter a desculpa de que não estava em sã consciencia.

    Curtir

  36. Mariana 06/07/2011 às 11:50 #

    @Katakeyo Shinobi

    no meu comentário anterior a esse, você teria lido que eu disse que sou a favor de CRESCER. eu cresci e simplesmente cansei de eventos de anime, quando eu tinha 16 anos era legal e mágico, agora não tenho mais saco.

    E os animes que eu citei NUNCA me agradaram, eu gosto de outro tipo de anime e mangá, os seinen. Mas como eu mesma disse, é muito difícil achar algo que me agrade ultimamente, com a rara excessão de Madoka que passou esse ano e foi um sucesso. Eu me ofendo mais com vc considerar que um dia eu gostei dessas merdas do que com dar a entender que sou velha (o que sou mesmo, pra ir em evento de anime lol).

    Seria legal você pesquisar um pouco e ver que existem classes A e B de otaku no momento no Japão, os que continuam assistindo qualquer merda que tenha garotas bonitinhas brainless e sem plot e aqueles que gostam de obras que são marcantes e atemporais. Nenhum se julga melhor que o outro, afinal, todos são tratados como lixo igualmente (y).

    Curtir

  37. Mariana 06/07/2011 às 11:54 #

    @Stramundo

    queria saber quantos anos você tem, só por curiosidade.

    Curtir

  38. MMC 06/07/2011 às 12:39 #

    Se o anime fosse apenas uma parte de um evento de cultura pop japonesa tudo bem, mas um evento só de anime todo ano não tem como não ficar repetitiva.

    Se convenção de Star Wars pode, por que não uma convenção de Cavaleiros do Zodiaco ? Seria mais interessante já que foi um anime que marcou uma geração.

    Curtir

  39. Marcia Yuna Malak 06/07/2011 às 13:08 #

    Antigamente a gente frequentava eventos como AnimeCon principalmente pelas salas de exibição de animes (eu pelo menos…) e hoje em dia isso se desfez: ficou muuuuito fácil baixar qualquer anime na internet, no conforto da sua casa! Antigamente eu ia com gosto das exibições de anime da Orcade pra ver anime em japonês sendo dublado/traduzido na hora pelo Peixoto, por exemplo! E acho que nem tem mais exibição de anime nenhum em evento…tem?

    Antigamente os stands de miniaturas, camisetas, animes e mangás faziam promoções nos eventos, valia a pena ir só pra fazer compras, mas hoje, pode comparar, sai muito mais barato comprar algo na liberdade (ou mais barato ainda se comprar pelo ebay) do que comprar qq coisa em evento, onde tudo é mais caro!

    Me pergunto o que me faz ir em eventos de animes ainda hoje e só me restam 2 respostas: cosplay (que eu adoro e não tenho onde usar e me apresentar a não ser em evento) e encontrar amigos… pois é, infelizmente é isso, a gente faz amizade com gente de todo o Brasil nos foruns da vida e o ponto de encontro é sempre a budega do Anime Friends! >.<

    Curtir

  40. Apo 06/07/2011 às 13:32 #

    @Katekyo SHinobi

    1) se criticam é porque já estão velhos demais pra esse tipo de evento. sorry, o tempo passa

    -Criticas são válidas, porque é um reflexo do que algumas pessoas não enxergam.

    2) a yamato é uma empresa que visa o lucro. com novidade, com mesmice, com muita ou pouca coerencia, o que importa é dinheiro no bolso

    – Claro que visa o lucro, tanto que não é só fãs de anime que são alvos: Star Wars, Senhor dos Anéis, Chaves ou qualquer coisa pop vai pro evento deles.
    Que se dane a coerência! O importante são os euros na conta bancária.

    @Mariana

    Se nem a indústria de animes anda top, quem dirá os eventos…

    -Hoje em dia a indústria Anime não é mais a mesma: animes do momento? São aqueles atrelados a uma bugiganga pra industria de brinquedos (Bakugan,Beyblade). É melhor de se investir porque tem retorno certo. Mas quem com mais de 12 anos se interessa nessas pérolas?

    Curtir

  41. E.L.D 06/07/2011 às 13:49 #

    Eu fui em apenas um evento d anime até o momento, o Anime Wings desse ano cuja algumas fotos apareceram aqui. Eu curti, mas bem q eles podiam melhorar nos seguintes pontos:
    – Cobrar preços mais em conta. R$15,00 é um tanto abusivo.
    – Ñ deixar a pirataria rolar solta dentro dos eventos. Isso seria bom pra incentivar as empresas q ainda tem paciência d trabalhar com animes e seus fãs exigientes a fazerem trabalhos melhores.
    – Largar de ser saudosista e dar o devido espaço para séries novas, especialmente em época de estréias. Quando cheguei no segundo piso do evento a primeira coisa q vi foi um pessoal fazendo o trenzinho da alegria cantando a abertura do DBZ e outros temas de animes antigos mas e as novidades como ficam?

    “Acho que por ser um evento otaku, essas coisas como harry poter, crepusculo, star wars, etc., não deviam estar presentes”

    Concordo, ao fazerem isso o “anime” no nome do evento perde o sentido.

    Curtir

  42. E.L.D 06/07/2011 às 13:54 #

    E fora q os mangás lá tinham o msm preço salgado das bancas. Ainda prefiro compra-los na Bienal do Livro.

    Curtir

  43. Trollface 06/07/2011 às 13:55 #

    O pessoal reclama do AF e dos eventos, mas no fim, acaba indo por causa dos amigos.

    Curtir

  44. Palaci 06/07/2011 às 14:05 #

    Isso pra mim de q nao tem anime novo bom eh coisa de quem parou no tempo e nao quer se renovar, existem muitos animes bons com história concreta e diferente dos shonens comunzoes, veja Steins Gate, Ao no Exorcist, Deadman Wonderland, Gosick, Yumekui Merry, Bakuman e etc, tem pra todos os gostos e sao todos recentes…

    eu adoraria ver uma sala tematica sobre esses anime novos, em vez dakelas salas enormes, q as vzs sao umas 3 juntas de tokusatsu..

    e realmente, nao acho q o evento volte a ser so de anime, mas deveria ter um limite de abranger a cultura “jovem”, realmente qd estou com cosplay ou com uma toquinha ou com varios chaveiros na mala, o ultimo lugar q eu espero ter alguem olhando torto pra mim pensando “Q MERDA EH ESSA” eh no evento de anime ne, q seria o unico local onde eu nao me preocuparia com isso.. trazer artistas japoneses eh legal e talz, ate massacration eh legal pq eh umas musicas de zoeira, agora fresno e angra? eh um publico completamente diferente do “normal” de eventos…

    ate o fans de harry potter, crepusculo, starwars, nao sao tao fora do comum, eles baixam coisa pra ler da internet, se vestem dos personagens, criam fanfics, fazem fila pra ver coisas sobre e etc, eles nerdeam sobre o assunto, e o foco do evento sempre foram (e deveriam ser) os “nerds”, q curtam nao so animes, mas q sao muito viciados em algo direcionado aos jovens em geral e em toda essa cultura de internet como videos virais e memes, entre outros..

    mas eh aquilo q falaram ja, a yamato tem essa “fórmula” de evento, e sempre vai usá-la denovo e denovo, nao tem concorrencia ne… vc pode ver q a maioria nesse post reclama mas ainda assim vai na AF, pq nao tem outro… seria muito bom mesmo poder escolher denovo, q nem foi em 2003 entre animecon e animefriends

    daki a pouco vem alguma produtora independente de eventos pedir pra mara anunciar um evento de anime aki, pq oq nao falta aki eh haters da yamato *-*

    Curtir

  45. Apo 06/07/2011 às 14:27 #

    @Palaci

    Isso pra mim de q nao tem anime novo bom eh coisa de quem parou no tempo e nao quer se renovar, existem muitos animes bons com história concreta e diferente dos shonens comunzoes, veja Steins Gate, Ao no Exorcist, Deadman Wonderland, Gosick, Yumekui Merry, Bakuman e etc, tem pra todos os gostos e sao todos recentes…

    -Me diga quanto desses animes estão passando na TV a Cabo/Aberta? E a Animax, a salvação dos Otakus, veja como ela está.

    ate o fans de harry potter, crepusculo, starwars, nao sao tao fora do comum, eles baixam coisa pra ler da internet, se vestem dos personagens, criam fanfics, fazem fila pra ver coisas sobre e etc, eles nerdeam sobre o assunto, e o foco do evento sempre foram (e deveriam ser) os “nerds”, q curtam nao so animes, mas q sao muito viciados em algo direcionado aos jovens em geral e em toda essa cultura de internet como videos virais e memes, entre outros..

    -Mas em eventos temáticos dessas coisas você não vê salas temáticas pra Cavaleiros do Zodiaco.

    Curtir

  46. Mariana 06/07/2011 às 14:33 #

    @Palaci

    Eu acompanho lançamentos de animes recentes e sinceramente, o único que me interessou foi Puella Magi Madoka Magica que foi surpreendente e muito bom. Mas são EXCESSÕES. Quase não há mais inovação no mercado e veja que são muito mais títulos que saem do que os que ficamos sabendo. Não vou debater cada anime que você citou, apesar de conhecê-los, mas não são tão inovadores quanto você pensa, nem mesmo no Japão.

    Cansei de anime sim… assisto muito raramente (nessa temporada prolly vou ver o começo de Kamisama Dolls pra ver se presta), mas mantenho a leitura de alguns mangás e me interesso por títulos novos, mas todos seguem o padrão seinen que é o meu favorito. Shounen, como o próprio nome já diz, é voltado pro público infantil (14~16 anos no Japão).

    Curtir

  47. Mariana 06/07/2011 às 14:39 #

    @Apo

    Eu acho muito curiosa essa comparação, claramente há muito mais fãs de Harry Potter do que de anime em geral, portanto é possível fazer essa separação com mais força, eu acho. Na época da minha infância o mais comum era assistir CDZ na televisão, Sailor Moon, Shurato, etc, hoje em dia os ícones são outros, os tempos mudam, com isso o público também.

    Curtir

  48. Apo 06/07/2011 às 14:55 #

    @Mariana

    Eu acho muito curiosa essa comparação, claramente há muito mais fãs de Harry Potter do que de anime em geral, portanto é possível fazer essa separação com mais força, eu acho.

    – O que vejo realmente é que os eventos só carregam Anime no título porque no final quer abraçar todo o universo nerd. Eu vendo por aqui (Rio de Janeiro) há uma carência de eventos específicos para esses públicos então essa lambança é feita mesmo. Até mesmo outros eventos (como o Hobbit Con) são divulgados nesses lugares e tem até suas salas temáticas. Mas eu vejo que eles não tem tanta força.

    Na época da minha infância o mais comum era assistir CDZ na televisão, Sailor Moon, Shurato, etc, hoje em dia os ícones são outros, os tempos mudam, com isso o público também.

    -Não é a mesma coisa, o boom do anime já foi há muito tempo. Eu vejo pela repercussão nacional (le-se canais de TV e produtos licenciados) não pelo anime mais baixado pelos fansubbers.

    Curtir

  49. Roney Cacau 06/07/2011 às 15:25 #

    O que gostaria de ver não funcionaria no atual cenário.

    Gostaria que o evento mor fosse a versão anime da E3.

    Uns dias só pra quem é da área (TVs, Licenciadores, PovoquefazosDVDs, Gravadoras de músicas, Editoras, os japas apresentando o produto e tals) e os outros pro povo todo. Com palestras, muitas. Palestra com editor, tradutor, dublador, diretor de dublagem, licenciador,
    pessoaresponsavelpelaexibiçãodoanimenatv.
    Incentivo à produção nacional de quadrinhos e animações.
    Muitas salas de exibições. E de preferencia com o diretor ou dublador comentando. Lembro quando saiu o ultimo filme de CDZ no forum CDZ.com.br o nicol (enciclopedia de cdz) postou os comentários do diretor e o filme ficou muito mais interessante. gerou muito mais discução no forum e tals. Imagina a exibição de um anime de sucesso atual (?) que foi licenciado e está prestes a ser lançado ser exibido uma prévia com o diretor de dublagem ou outro cara importante comentando as escolhas. A empresa teria o feedback imediato e se algo foi mal recebido já poderia ser corrigido e o nome do responsavel iria parar em menos bocas de sapo.

    Cosplays não podem sumir de um evento desses. Cosplays são parte importante dos eventos.

    Não precisa ter essa frescura de tirar tudo que não venha do japão. Não machuca creio eu e o comportamento é semelhante ao dos Otakus e das pessoas quase normais que vão em eventos.

    Num resumão, pode continuar o que tem atualmente (menos os DVDs piratas que é algo no mínimo ridículo) mas também ser um evento que as empresas usem para anunciar lançamentos e ter contato com o consumidor.

    Show dos japas nem seria tão importante se o evento tivesse isso tudo. Se o mercado fosse bom a ponto disso tudo ser viavel brasil seria parada obrigatória de turne mundial.

    escrevi monte e o IE7 do trampo ta de frescura sobrepondo a área de escrita com o resto do layout então não vai dar pra revisar.

    Curtir

  50. Mariana 06/07/2011 às 15:45 #

    @Apo

    Concordo contigo, essa vontade de abranger o público de “anime” pra “nerd” é o que cria essas diversas salas temáticas e meio que desvia do propósito geral. Obviamente, dá mais lucro, mas é um dos motivos de eu ter ficado de saco cheio do local.

    E como você mesmo disse, o boom do anime foi há anos atrás. A indústria japonesa continua (mesmo que não agrade a todos), mas eu acho que não tem muito a ver com o que as pessoas gostam no Brasil hoje em dia….

    Curtir

  51. Mônica de Mattos 06/07/2011 às 15:55 #

    Bom… Como eu não moro em São Paulo (estado) não seria coerente fazer comparação entre Yamato e outras pq não moro aí (óbvio) e aqui, no Espírito Santo, pelo que eu sei, não existe nenhuma “filial” da Yamato (ou se existe, não conheço).

    No único evento que eu fui, eu vi todos os defeitos que a Mara expôs. Acho que é sina de todo evento de anime se alojar em locais não muito apropriados para um evento desse nível. Mas eu achei muito legal ver cosplays, os stands e ouvir as palestras que haviam, já que era a primeira e única vez que eu via isso de perto. Obviamente haviam otakus se jogando no chão pra tirar foto, amigos conversando, plaquinhas, gente com Death Note pedindo o seu MSN e outras. Não voltei nas edições seguintes pq seria desnecessário ver toda aquela otakisse novamente, já que quem frequenta são as mesmas panelinhas, com os mesmos assuntos, tirando as mesmas fotos.

    Se por acaso um dia eu voltar a frequentar, talvez seria apenas para comprar os mangás abaixo do preço de banca e de livraria. Mas apenas por isso.

    Curtir

  52. Apo 06/07/2011 às 16:01 #

    @Mariana

    Concordo contigo, essa vontade de abranger o público de “anime” pra “nerd” é o que cria essas diversas salas temáticas e meio que desvia do propósito geral. Obviamente, dá mais lucro, mas é um dos motivos de eu ter ficado de saco cheio do local.

    – Eu curtiria eventos multitemáticos (uma Nerd Con), mas com boas atrações (sem repetecos) e com preço condizente. O negócio é que quando faço um evento de Star Wars eu não vou fazer um torneio de Videogame de Naruto no evento, se eu faço um evento de Anime, que seja com coisas relacionadas!

    Curtir

  53. Jacqueroll 06/07/2011 às 17:56 #

    Evento de anime me faz rir, sinceramente. Sim, porque é tanta gente nonsense reunida que você percebe que ainda existe sanidade – ou não – em você. Pois bem, faz um bom tempo que não vou, acabo sempre indo no Fest Comix para comprar alguns mangás – normalmente todos – atrasados. Não tenho reclamações grandes em relação à Yamato. Querendo ou não, ela aproximou o grande público apreciador da cultura rica de seus objetos de desejo. Talvez estejamos exigentes demais. Muitas produtoras de shows deviam se preocupar com o público de J-music, e não jogar toda responsabilidade para o Anime Friends e amiguinhos. Afinal, show no AF não é tão legal assim, tanto pela falta de espaço quanto pela estrutura e proposta do evento. Alí reúnem-se estandes, onde são vendidos produtos de tudo quanto é canto do Brasil – para quem tem dinheiro, é claro, porque não são nada baratos -, comida [e MUPY ON CRACK], competições e jogos em geral. Nesse sentido, acho que a programação cumpre o seu papel.

    O evento pode ser muito bom se tudo o que você deseja é disponibilizado com qualidade; ou ele pode ser muito ruim se não tiver algo que você não goste. Tudo depende do ponto de vista.

    O que eu realmente não concordo é com o valor da entrada do evento. Estava conversando com o meu namorado sobre isso. Se ao menos o valor fosse consumível no evento, seria até aceitável pagar R$ 35,00 na porta, do contrário, economizo para o Fest Comix mesmo.

    Curtir

  54. Rufus 06/07/2011 às 18:05 #

    Só eu que gosto dos animekês? Ou de certo é só aqui no RS que a galera manda bem?

    Tá certo que eu não fui a muitos eventos na minha vida, mas nunca vi alguém desafinar, errar a letra ou cantar terrivelmente mal…

    Curtir

  55. Jaqueline 06/07/2011 às 18:41 #

    Concordo com as palavras da Mariana, quando a gente cresce não sente aquela vontade de ir num evento perde a graça, ainda mais sendo algo repetitivo pois nada muda e fora que vc fica sem fazer nada lá assim como a Mara disse no texto. Ano passado foi o último que eu fui e talvez para não ir nunca mais, fui ainda para ver o show do Angra (sim há muitas pessoas que gostam de anime e também de Heavy Metal) mas senti que aquele lugar já não me agradava mais e fora o tédio que eu fiquei lá enquanto esperava minha amiga.
    Enquanto a Yamato só quer saber de lucrar pois nunca há mudanças, nada de atrações diferentes sempre o mesmo de sempre, fora que o lugar não ajuda nada aquele Mart Center deveria ser demolido de uma vez por todas pois a cada ano parece que a construção vai ficando cada vez mais velha, preferia na época que era na Uni santanna pois pelo menos era num lugar decente e hoje em dia nem um lugar decente temos para o evento. Eventos são bons apenas para ir com muito dinheiro para gastar mas mesmo assim se for ver não é preciso pois temos a Liberdade e compensa muito mais vc se encontrar com seus amigos lá do que no AF.

    Mas ainda sim guardo com carinho os momentos bons que eu passei no AF pois foram agradáveis.

    Curtir

  56. Paulo S. 06/07/2011 às 19:38 #

    Eu sempre quis ir em algum evento de anime. Moro no litoral, então é difícil eu ir.
    Até que surgiu a chance de ir ao Anime Friends em 2009, o evento que toooodo mundo falava.
    Fui com dois amigos meus, cheguei lá, fiquei impressionado com a quantidade de gente estranha (foi ai que eu comecei a evitar o termo “otaku”).
    Não posso dizer que me diverti, eu simplesmente gastei o que não tinha em comidas, SÓ o que eu achei que realmente valia a pena comprar lá, além de mangás, claro. Passei mal de tanto tomar aquele “famoso” Mupy e me diverti mais nas estandes de games que de animes/mangás propriamente ditos.
    No ano seguinte, 2010, fui novamente, só que com uma galera maior. Gastei cerca de 500 reais em mangás, comi e, SÓ. Me diverti novamente nos estandes de games.
    Esse ano desisti, não vou, boicotei. Pra quê? Hoje eu sei que fui uma marionete da Yamato; sei que o evento É UMA MERDA; sei que algo feito, citando as palavras “anime/mangá”, não tem quase nada; sei que se não fosse a parte de games de lá eu não teria como falar que fiz algo, além de comer.

    Fora que ano passado teve uma exposição de CARROS TUNADOS, coisa que me deixou em choque quando vi, tipo: “QUE MERDA ISSO TEM A VER COM O EVENTO???”
    Havia outras bizarrices, o lugar era o mesmo decadente de sempre, as lojas continuavam com os mesmos produtos, quer dizer, até com menas diversificações de produtos que 2009. Fora que TUDO caro.
    Quem é que vai pagar 30 reais em uma entrada, só pra comprar um Action Figure/etc de 160 reais? Se não fosse todas aquelas camisetas, com estampas lixo, eles não iam lucrar nada.

    Conclusão, eu não sou a favor de qualquer coisa realizada pela Yamato, ela só se importa com ela mesma. Novidade pra ela é “Fresno” ou “Grupos k-pop (Super Juniors Girls PQP)”.

    Se for pra eu ir e só comprar mangás, prefiro ir em alguma Comic Fest mesmo e se for pra eu ficar mexendo em computadores ou jogando video game, prefiro guardar meu dinheiro e ir à Campus Party.

    De “Anime Friends” eu só vejo o “Friends”, pois gente estranha se dá bem com gente estranha. De “Anime”, eu vejo mais é Tokusatsu, as salas temáticas dele tem mais publico, fora que as atrações lixo que eles trazem do Japão, ou só cantam tokusatsu ou algum tema de um anime desconhecido.

    #TeamOutros

    Curtir

  57. Ana 06/07/2011 às 19:51 #

    #TeamKodama ou #Teamotakon por que são os “únicos” existentes em Brasília, embora nem sejam realmente legais e-e

    Curtir

  58. Vagner Alexandre Abreu 06/07/2011 às 19:56 #

    As respostas de alguns provam o porque do AnimeCon ter “morrido” e o Anime Friends ser “sucesso”, mesmo muitos considerando ruins.

    Certos tipos de fãs de animês, os verdadeiros “otakus”, no sentido japonês da palavra, são bem preconceituosos e limitados/conservadores.

    O pessoal da Yamato se preocupou mais com dinheiro do que com “atender otaku reclamão”, daí o Anime Friends acaba sendo algo mais eclético, mais aberto. Mesmo não tendo uma “qualidade”, as pessoas vão com gosto.

    Curtir

  59. Lucas Medeiros 06/07/2011 às 21:11 #

    # team fecomix# pois se evento só presta para comprar mangá esgotado por um preço bacana, o melhor é ir em lugar especifico, não?

    Curtir

  60. MorgANA 06/07/2011 às 21:23 #

    a minha opnião sobre a yamato é a seguinte:
    para começo de converça ,o mais ignorante dos seres nota que a yamato não tem o menor pingo de comprometimento com o eu consumidor.Ela nem ao menos FINGE se comprometer.
    Na hora de cobrar eles metem a faca sem nenhuma vergonha ,mas prestem atenção se um centavo desse dinheiro vai pra investir na segurança por exemplo,na organização do evento.
    os anime friends da vida são eventos puramente capitalistas e nem um pouco culturais,sem nenhuma proposta a não ser o lucro.
    como a MARAvilhosa mesmo falou, os staffs trabalham gratuitamente ,então a yamato não gasta com mão de obra,todos os estandes que estão la ,pagam HORRORES pelo aluguel,fora que é proibido que usem maquinas de cartão de credito,ai você pensa ,como o otakinho gordo que trabalha tanto so pra torrar todo o cartão em gashapons da haruhi vai gastar seu lindo dinheirinho agora?a yamato disponibiliza maquinas de ler cartão para os lojistas,mas nada é de graça ,cobram horrores por isso tambem,fora o lucro absurdo de alugarem um predio que estava prestes a ser demolido,outra grande sacada da tia yamato é o fato de nos ingressos virem em letras MINUSCULAS o seguinte texto “preço de estudande ja incluso” ou seja ,você não pode reeivindicar meia entrada pois o desconto ja vem incluso MESMO QUE SEJA 40 REAIS.
    e você paga 40 reais pra que?
    para ter banheiros limpos?você acha mesmo que yamato paga dinheiro precisoso por uma equipe de limpeza?você acha que paga 40 reais para que o evento não lote tanto e você possa ficar a vontade?MEU FILHO pagando você entra nem que seja pra ter que ficar no TETO.
    você acha que paga 40 reais pq o aluguel do predio é caro?deve ser mesmo,um predio que esta caindo aos pedaçoes prestes a ser demolido.
    40 reais pra ter um onibus pra ir ate o evento?e os 3 reais do onibus que deveria ser gratuito?é a caixinha do motorista?que deve tambem ser um otaku desocupado que achou um maximo ta la brincando.
    AMIGO,um evento de anime , normal,que custa 10 dinheiros a entrada,da um lucro absurdo,imagina a sua querida yamato que ta cobrando 40.fora todos,TODOS os estandes la dentro,ate o de tapioca,pagam comissão pra yamato, e você acha que esse dinheiro vai pra onde?
    para as grandes atrações de artistas japoneses que estavam de ferias e decidiram passar por aqui?
    NÃO IDIOTA ,VAI PRO BOLSO DELES.
    maioria das pessoas vai para fazer cosplay,para ver cosplay,e para encontrar amigos.
    QUERIDOOOOO ,da para fazer isso sem gastar TANTO DINHEIRO.
    a unica GRANDE sacada da yamato é a divulgação,é a unica coisa que ela ganha em relação aos outros eventos.
    foi por causa de otima divulgação que o evento desbancou o animecon.
    pq na realidade naum tem grande diferença dos outros eventos,mas pelo menos nos outros eventos eu não preciso vender minha alma para entrar.

    o grande boss da yamato ta mais preocupado em ter um lucro absurdo do que com a sua diverção e proteção otakinho gordo, quanto mais ele puder lucrar sem gastos melhor pra ele.

    Curtir

  61. Mickie-chan 06/07/2011 às 21:23 #

    Hûm, bem… acho que não consigo aderir a nenhum time, porque detesto essa estrutura de evento que está aí e não acho que trocar uma ou outra atração não vai fazer uma grande diferença.

    Caso houvesse uma reformulação brusca, tornado-se um evento voltado às HQs/mangás, com entrevistas e palestras com autores conhecidos, mostras de filmes, feiras com lançamentos com os bestselers e os independentes, enfim… sei que para muitos isso está muito distante de nós, mas devo lembrar que no Brasil já há a Flip, que começou pequeno e tem crescido a cada ano.

    Vale lembrar do Festival de Angoulême, na França, que é o principal evento de HQ do mundo e possui tudo aquilo que gostaríamos de ter em um evento e não termos. E a Flip imita Angoulême em muitos aspectos, acho viável um festival nestes moldes no Brasil, mas insistir num formato agonizante, como é o do Anime Friends, não dá mais. É isso que penso.

    Curtir

  62. Mônica de Mattos 06/07/2011 às 22:17 #

    Se algum autor de mangá vir para o Anime Friends, o preço do ingresso sobe pra 100,00.

    Curtir

  63. vigal 06/07/2011 às 22:49 #

    Bem eu sou de recife :P
    eu não conheço o Anime Friends,mas sempre quis conhecer
    só que depois que vi as reclamações das pessoas eu to começando a desistir…
    pelo visto os daqui de recife(o Super-Con,da qual eu sempre vou)eu estão melhores do que os do sul,apesar de sempre repetirem os daqui sempre tenta trazer algo novo

    A os daqui não tem essas salas,elas tinham em outro o Anime Pan que,não sei por que,parou de ser organizado.E concordo com os preços da comida nos eventos…SÃO SUPER CAROS!Eu queria levar de casa mas não sei por que tem que ser obrigado a comer as coisas de la de dentro.

    Bem eu não do time de niguem,afinal não sou do SUDESTE,mas sinto que os daqui estavam imitando os eventos dai,apesar de estarem melhorando bastante.

    E outra…EU IRIA ADORAR SE ALGUM MANGAKA VINHESSE PARA O BRASIL,EU FARIA DE TUDO PARA IR EM ALGUM EVENTO QUE FIZESSE ISSO,POIS SERIA UMA ATRAÇÃO DIFERENTE DA QUAL VERMOS EM TODOS ESSES EVENTOS!Eu não entendo por que ainda não pensaram nisso…

    Então é isso…
    TE MAIS!o/

    Curtir

  64. JaqueDickinson ☆ アッ 06/07/2011 às 22:57 #

    Se algum autor de mangá vir para o Anime Friends, o preço do ingresso sobe pra 100,00. (Concordo)

    Esse comentário me fez lembrar quando o pessoal tava sonhando que o L’Arc~en~Ciel pudesse vir no AF, imagine que a Yamato ia querer gastar dinheiro trazendo uma banda como o L’Arc~en~Ciel ou um autor diferente de mangá só se fosse para colocar o ingresso bem caro como já foi dito.

    Mas o pior disso tudo são uns otakus que insistem em dizer que o AF é bom u.u

    Curtir

  65. kiskeotoko 06/07/2011 às 23:15 #

    Evento na minha época ja foi melhor…aaa sinto falta dos eventos de antigamente q tinha otakus de verdade não posers … sem mais

    Curtir

  66. souichi 07/07/2011 às 01:08 #

    O que eu espero dos eventos? Análise das fotos no Mais de Oito Mil.

    Curtir

  67. Mariana 07/07/2011 às 01:30 #

    oloco, tou polêmica, nego cria twitter só pra vir me xingar (L) é mto amor!

    Curtir

  68. J.Roberto Pereira 07/07/2011 às 09:34 #

    Evento de anime, no Brasil, não passa de quermesse.
    O molde é esse, o esquema é esse e os caras não querem mudar.
    Não há seriedade.

    Curtir

  69. Chris Galford 07/07/2011 às 13:06 #

    Não há seriedade mesmo. Eu mesmo já fui em vários e é basicamente uma variação do Sogo Plaza, quem mora aqui em São Paulo sabe o que eu quero dizer.

    Eventos são basicamente uma bela de uma feirinha do rolo.

    E sobre colocar o akira kushida em todo santo evento? Ha, aposto que tem os saudosistas que imploram pra ele cantar as músicas do jiraiya.

    Curtir

  70. mimikuroneko 07/07/2011 às 13:10 #

    Sou fã de animação desde os idos de Macross e honey- honey, meu primeiro evento de anime foi o animesul aqui em poa lá em dois mil e bolinhas, e desde então tenho notado que a evolução dos eventos aqui do sul é idêntica á do resto do Brasil:lucro>qualidade… pra mim os eventos me saturaram em 2006 e em 2007 resolvemos eu e meu marido montar estande, e se não fosse por isso nem iríamos mais a eventos, pois quem já foi a um foi á todos, infelizmente ser otaku hoje não é o mesmo que era há 10 anos atrás, qualquer um com mais experiência nota.

    Esse ano finalmente vou ao animefriends mais por questões de negócios,mais pra conhecer a estrutura do que qualquer outra coisa, por diversão e vontade eu vou mesmo ao festival do japão que acontece no mesmo dia e visitar a liberdade, pretendo ir dia 17 no AF e 16 no FJ, mas já estou prevendo que vamos virar #teamfestivaldojapão

    Curtir

  71. master cheif 07/07/2011 às 13:32 #

    Mara, explica direito essa historia, vc é parceira do evento???
    o banner numero 3 diz: “MAIS DE OITO MIL EM PREMIOS”
    http://www.anifriends.com.br

    Curtir

  72. Apo 07/07/2011 às 15:29 #

    @Mariana
    oloco, tou polêmica, nego cria twitter só pra vir me xingar (L) é mto amor!

    -Recalque de fã é uma merda: você não pode nem ter uma visão diferente da coisa. Esquecem que estão na internet. O choro é livre!

    Curtir

  73. gwy 07/07/2011 às 17:42 #

    O pior dos eventos é entrar no AnimeQuiz e o cara não saber responder quem é o sayajin careca…. ¬¬

    Curtir

  74. Carol 07/07/2011 às 19:56 #

    #teamyamato

    Pelo mesmo motivo q não dá pra largar a globo: ninguém até hj fez melhor!

    Melhor do q a merd@ q a yamato faz? Pois é. Conviva.

    (e Mara, a friends é na zona norte. Mapa, plis rs)

    Curtir

  75. JaqueDickinson ☆ アッ 07/07/2011 às 20:09 #

    @gwy

    O pior dos eventos é entrar no AnimeQuiz e o cara não saber responder quem é o sayajin careca…. ¬¬

    Oloco não saber responder isso não sei o que um indivíduo desse vai fazer num evento de anime se não sabe nem responder uma pergunta simples como essa…

    Curtir

  76. Palaci 07/07/2011 às 20:13 #

    @JaqueDickinson ☆ アッ

    eles falam pq nao tem outro pra comparar ne, a gente ta comparando com oq o AF era, mas quem nunca foi nos AFs antigos se contenta com oq tem hoje ne

    Curtir

  77. Chris Galford 07/07/2011 às 21:29 #

    Ninguem faz melhor do que a Yamato porque a yamato faz otaku de gado, e é parte da ética do gado vir com frases feitas sem significado, do tipo, “se não quer faz melhor”.

    Curtir

  78. Mickie-chan 08/07/2011 às 16:40 #

    @Chris Galford

    Há, estou contigo e não abro, essa conversinha “se não gosta, faz melhor” é o fim da picada!

    Quer saber, faço melhor sim, indo na Bienal do Livro ou ficando em casa, evento com organização incompentete ninguém merece.

    Curtir

  79. Mika M. 08/07/2011 às 21:44 #

    Sou #TeamYamato

    Não porque eu acho que ele simplismente é o “melhor”,
    o que me faz pensar é que quanto maior for o evento
    o publico alvo vai se tornando cada vez mais exigente, pois é
    acontece que nem tudo são flores e não vai ter um evento perfeito sonho de todos otakus do nada, é uma questão de tempo, e claro quando o publico ta insatisfeito é obvio que acontece mudanças,mas enfim quem vai mudar isso não sou eu, e sinto dizer que até agora quem eu prefiro é a yamato, e duvido que mude de ideia tão cedo, afinal quem têm administrado uns dos maiores eventos são eles.

    ‘-‘

    Curtir

  80. gwy 09/07/2011 às 12:17 #

    Faço melhor, sim, ficando em casa.

    Curtir

  81. Bruno Fernandes 09/07/2011 às 19:26 #

    Eventos que vendam/incentivam a pirataria não merecem respeito!

    Curtir

  82. OPtard 10/07/2011 às 19:57 #

    Agora comparem uma Bienal do livro por exemplo com esses lixos de eventos que em teoria são de animes/mangás.

    A diferença é algo dimensional!

    Curtir

  83. master cheif 12/07/2011 às 01:24 #

    Ah para né gente, Bienal do Livro???
    Aquele monte de gente amontoada nos corredores? Livros mais caros que nas livrarias? Ziraldo falando mal dos internautas? Submarino vendendo livros e no stand e vc não consegue compra porque a internet deles parece discada?

    Nesse ponto sou mais o Animefriends. Tem anime, tem mangá, tem dublador, tem show e tem games. E não só um monte de estantes cheia de livros que eu posso comprar pela internet.

    Curtir

  84. Marskel 13/07/2011 às 18:48 #

    Aquele monte de gente amontoada nos corredores? Livros mais caros que nas livrarias?

    Troque livros por gashapons e você tem um típico fim de semana no Anime Fail… digo, Friends.

    Curtir

  85. Leandro Godoy 02/01/2012 às 16:39 #

    Post old, mas vamos lá:

    O Anime Fair de Santos/SP será o primeiro evento em formato crowdsourcing, por ser o primeiro a contar com uma rede social própria voltada para otakus e simpatizantes…. o que isso tem de bom?! Após a estréia oficial da rede, que será dia 12 de fevereiro de 2012, em um evento mais simples porém de muita qualidade, o Anime Fair será montado com a opinião do público, dos integrantes desta rede… será o primeiro modelo de evento a valorizar TODOS os envolvidos.

    Recomendo visitarem a rede e já irem fazendo seu cadastro, mesmo com ela estreiando oficialmente após o dia 12.

    http://www.animefair.com.br

    Abraços!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: