Mais de Oito Mil Investigations + Análise – O Dia do Jogo Justo

31 jan

No dia 29 de Janeiro foi um dia muito especial para todos nós. Por quê? Porque em Portugal é comemorado o Dia da Incontinência Urinária (JURO POR KAMI-SAMA!!!)! E vamos aproveitar esse tema “problemas” para falar do problema que tivemos no dia, intitulado no Burajiru de Dia do Jogo Justo. Vamos a uma longa matéria investigativa para mostrar como foi esse emocionante dia para os gamers do nosso país. Segure a sua bexiga e IKIMASU ver como foi esse dia:

ANUNCIANDO O JOGO JUSTO

O Dia do Jogo Justo estava sendo esperado pelos fãs tetudos há muito tempo. Idealizado pelo Moacyr, essa investida visava diminuir as taxações que os jogos eletrônicos sofrem no país. Segundo esse colecionador de jogos que usa moletom para dar entrevistas, os jogos eletrônicos são classificados como jogos de azar, assim como aquele bingo que as paróquias fazem nas quermesses. Então o jogo passa a custar 124% a mais que o preço original, e todos chora.

A idéia do Moacyr é fazer que cobrem dos jogos como se eles fossem bens culturais, porque todos sabemos que jogos estimulam a cultura e o conhecimento.

Vamos dar uma olhada num anúncio sobre o Dia do Jogo Justo, que saiu no site do Jovem Nerd:

Nossa, quantos jogos, né minna? E tudo num preço excelente! Mas alguma coisa não estava me cheirando bem quando eu acessei o site do Jogo Justo para ver se achava alguma lista dessa centena de jogos que estariam na promoção.

ALIÁS…. PROMOÇÃO não! O Moacyr sempre lembrou que não é uma promoção, e sim uma conscientização. Bem, a promoção é dele e ele chama do que quiser.

Vamos ver o site do Moacyr pra ver a lista de jogos:

Ué, só três jogos? Mas e os 26 jogos de PS3, os 33 de 360 e os 13 de Wii? Bem, provavelmente ele só colocou os lançamentos, né minna? Então o jeito foi dormir bonitinho no dia 28, porque o dia seguinte entraria para a história.

A MADRUGADA DO JOGO JUSTO

Acordei na manhã me sentindo o P.Diddy com o som do meu despertador do celular. Por que eu estava acordando tão cedo? Porque o cretino do meu namorado queria acompanhar o Dia do Jogo Justo pessoalmente. O jogo pode ser justo, mas acordar cedo nunca é.

Antes de sair, fomos conferir o Twitter e muito me impressionei quando vi que a recepção por lá tava bem negativa. O site do Walmart, que estava na lista do descontão, estava caindo toda hora e chegaram a publicar no Twitter um pedido para que não acessassem o site. E os gamers (que são otakus que gostam de outras coisas de virgem) reclamando e descendo o pau no WalMart e no projeto.

Fui com meu namorado para um shopping paulista que tinha uma loja da UZ Games, que era uma das que estavam participando desse projeto de conscientização. Já chegando lá tinha uma baita fila e as pessoas entravam uma por vez na loja. E acreditam que ninguém da loja pensou em colocar uma lista dos produtos com desconto na vitrine pra eu saber o que dava pra comprar? Eu teria que ficar uma hora parada na fila pra poder ENTRAR e PERGUNTAR o preço dos produtos? Moacyr tá de brincadeira comigo, né?

Como não tava com paciência para ficar na fila, fui comer com meu namorado. Quando voltamos, a fila tinha sumido… assim como os produtos. Questionamos o vendedor, que falou que tinham mandado poucas unidades dos jogos. Ah, aqueles TRÊS JOGOS que o site do Jogo Justo falou. Mas e os 26 jogos de PS3, os 33 de 360 e os 13 de Wii?

O vendedor, que não vou identificar porque não perguntei o nome dele, disse que no Dia do Jogo Justo só teriam aqueles três jogos. O resto seria de produtos que o WalMart disponibilizaria na boa vontade mesmo.

Deixa eu ver se a otaka aqui entendeu!

No grande Dia do Jogo Justo, o Moacyr disponibilizou apenas três jogos em quantidades pífias a um preço muito em conta e ainda tenta me convencer que isso não é promoção, e sim conscientização?

NÃO ACESSEM O WALMART!!!

Vamos curtir os melhores momentos do Walmart? IKIMASU!

Momento bizarro do ano, cabeças de estagiários devem ter rolado hoje

Jogos de muita qualidade disponibilizados. E não foi o Moacyr que falou que Too Human não ia entrar na brincadeira por ser muito ruim?

Olha, não sei o que é cache, mas se for aquele lugar onde todos tomamos um nabo por acreditar nas promessas do Moacyr, ele está bem limpinho.

Itens indispensáveis para brincadeiras de adultos também apareceram no Dia do Jogo Justo!

Legal que jogar ping-pong de verdade é mais barato que comprar o PS3 Move e o jogo de esportes

A REPERCUSÃO DO JOGO JUSTO

A repercussão do evento foi inesperada até mesmo por mim. De mais importante tivemos uma matéria no Jornal Nacional. Cuide do seu marido (afinal a Paola Oliveira está pronta pra entrar a seguir em Insensato Coração) e IKIMASU ver essa matéria:

Não sabia que o narrador da Sessão da Tarde também fazia bicos de redação no Jornal Nacional.

Adorei a menina fazendo cara de “aham, Cláudia, senta lá”.

Pena que eu namoro e que ele é virgem, senão chamava esse Lucas pra dar umas dribladinhas de regras lá em casa.

Como?

Como?

5 MIL GAMES? ISSO DEVE SER UM ENGANO, ESSE APARELHO DEVE ESTAR QUEBRADO!!!

Ou eu sou uma mula em economia e não entendi nada ou faltou uma explicação sobre como 20 + 40 + 18 + 9,25 = 124.

Diversos sites da imprensa especializada de games (e são especializados mesmo, então não vou colocar o “pfff” que sempre coloco) noticiaram o grande Dia do Jogo Justo. A melhor análise, na minha opinião, foi a do site Kotaku Brasil. Vejam o que deu lá:

Então surgiu uma tal de Acigames, que vai dar consultoria a lojistas e auxiliar o governo a respeito da lei. Agora sim entendi o motivo por traz do projeto do Jogo Justo, porque eu não acredito em altruísmo desde que a Princesa Esmeralda fez aquela cachorrada com as Guerreiras Mágicas. Ele vai ganhar dinheiro com isso dando consultoria, e conseguiu chamar a atenção da imprensa com essa promoção… quer dizer, com essa “grande coisa” que ele fez. Grande coisa.

Aliás, esse Moacyr que quer apoiar a liberdade da imprensa é o mesmo Moacyr que veio no Mais de Oito Mil falando que ele não tinha dado permissão para que eu brincasse com o projeto dele? Só pra saber…

O site Kotaku Brasil também falou sobre a repercussão do Dia do Jogo Justo com o público. Disseram das reclamações ao Walmart, reclamações dos preços justos e outros detalhes, mas a melhor parte foi essa que vou mostrar:

Se eles não faziam idéia, de onde a Rede Globo tirou aquele número de 5 mil games? E lembro claramente o cara da loja falando pro meu namorado que “mandaram pouquíssimas unidades, se for ver a demanda”.

E o projeto foi levado tão a sério que vejam o que a INFO postou:

E a notícia falando da PROMOÇÃO nem ao menos falou do plano dos impostos.

Como disse o próprio Moacyr:

“Grande Coisa”.

FAZENDO AS CONTAS

“Ah Mara, como você é chata. O cara tá fazendo um bem para nós otakus e gamers e você fica menosprezando o trabalho dele.”

Eu ouvi tanto isso, mas eu não estou menosprezando. Estou apresentando fatos, emitindo opinião e questionando certas atitudes. E uma coisa que não entendo muito bem é como os jogos ganham preços no Burajiru.

“Ah Mara, como você é burra. Tem os 124% de imposto que o Moacyr falou!”

Yoshi (Ok na língua da Grande Nação Japonesa), mas tem algo muito estranho nessas contas doidas. Pegue seu caderninho do Kumon e IKIMASU fazer conta!

Para fazer essa experiência, vamos pegar dois jogos de PS3. Os jogos escolhidos foram Street Fighter IV e Eternal Sonata. Os preços brasileiros foram os do Submarino, que sabemos que paga tudo bonitinho pro governo. Ah, e será considerado o preço original do Submarino, não uma eventual promoção.

Yoshi, o Eternal Sonata custa 249 reais e o Street Fighter IV custa 289 reais. Uma diferença de 40 reais, não é minna? Vamos ver quanto custam esses mesmos dois jogos na Amazon?

Os dois jogos custam 30 dólares nos EUA (o preço original, repito). Como que aqui cada um ganha um preço diferente sendo que o imposto é O MESMO para os dois jogos de PS3? Será que o Street Fighter IV é mais caro porque existe um imposto sobre as coxas da Chun-li?

“Ah Mara, como você é chata! Os dois jogos são completamente diferentes, o Submarino aumentou o preço do SF4 por causa da demanda, sua jumenta! Aprenda economia e idolatre o Moacyr!”

Concordo que os dois jogos são de séries diferentes. Mas o que dizer sobre esse próximo caso, que é com os cartuchos The Legend of Zelda – Phantom Hourglass e The Legendo of Zelda – Spirits Track para o Nintendo DS.

Olhando apenas o preço original, há uma diferença de 50 reais entre um jogo e outro. Enquanto isso, no preço americano:

Uma diferença de 5 dólares. Alguém consegue uma explicação sensata sobre a diferença de preço?

CONCLUSÃO

Bem, vimos tudo sobre o dia do jogo justo. Tivemos empresa mandando a gente não acessar o site deles, filas enormes, falta de informação generalizada, jogos por descontos não tão justos assim, pouca variedade e a revelação da empresa do Moacyr que vai dar consultorias sobre o mercado de games no Burajiru.

Resultado final?

Dia do Jogo Justo: MARAVILHOSO

***

(@maisdeoitomil)

40 Respostas to “Mais de Oito Mil Investigations + Análise – O Dia do Jogo Justo”

  1. Power Otaku ^_^x 31/01/2011 às 18:22 #

    Na minha cidade não teve essa porra! Se tivesse eu comprava Assassino Credo Brother’sfag’s pra rodar no Meu Xbox 360 desbloqueado atualizado com a nova Dash. Mas pelo jeito foi um jogo Injusto, pq só alguns foram privilegiado… Maldição agora só me resta uma solução

    Curtir

  2. Ryo 31/01/2011 às 18:41 #

    Os impostos chegam a 124%, pois conforme explicado na matéria, é um efeito cascata. É imposto sobre imposto.

    Outra coisa, a diferença do preço dos jogos, mesmo que tenham preços iguais no Amazon atualmente (que não quer dizer porra nenhuma), são jogos lançados em épocas diferentes e provavelmente foram adquiridos por preços distintos dependendo de quando foram adquiridos pela loja. Street Fighter por exemploo é de 2009, Eternal Sonata é de 2007 se não me engano. Os Zeldas usados como exemplo foram lançados um em 2007 e o outro em 2009. E coincidentemente (?) os mais antigos são mais baratos, incrível né minna?

    Pérolas da Mara…ai ai

    Curtir

  3. Maju 31/01/2011 às 18:45 #

    Aaah… Se no fim eu puder comprar jogos mais baratos, então deixa o Moacyr ganhar oq ele quiser com o projeto :P

    E sobre a soma dos impostos dar 124%, eh pq ele fala na reportagem q a soma se da em cascata, oq eu suponho q signifique q eh sobre o valor anterior e nao o original(tipo juros compostos xP)
    Alguem faz as contas pra ver se eh isso mesmo? ;)

    Curtir

  4. J.R.Pereira 31/01/2011 às 18:45 #

    Eu conheço o Moacir de longa data e sei de uma coisa sobre ele: o cara é um idiota. Porque TÁ NA CARA que ele está de esquema com os caras do Walmart. TÁ NA CARA que ele armou essa campanha pra poder levantar uns cobres na venda de games, acessos e auto-promoção.
    Eu digo que ele é um idiota porque deveria simplesmente entrar com uma ação de revisão das alíquotas de impostos que incidem sobre os games. Se houver uma BOA alegação, embasada e séria, a Receita Federal pode muito bem rever sua posição.
    Mas o Moacir é um idiota porque apresenta informações cagadas, cálculos malucos, tolices sem sentido e, naturalmente, quem ganha é quem fez a promoção de uns joguinhos mequetrefes.
    A verdade é uma só: se neguinho queroa protestar contra uma taxação abusiva, PRIMEIRO deveria verificar como é que se faz pra abaixa-la.
    Sendo impossível, que se apele pra atitudes democráticas como, por exemplo, a doação EM MASSA de games online.
    Aí se organiza protestos e tal mas, de novo, o Moacir é um idiota.

    Curtir

  5. Apo 31/01/2011 às 19:07 #

    Ora o que se podia esperar? Conheço essa gente chamada gamers.

    Curtir

  6. E.L.D 31/01/2011 às 19:10 #

    Mais de 5 mil? Provavelmente no site do Wallmart antes de cair.

    Curtir

  7. panzer 31/01/2011 às 19:10 #

    apoio o jr pereira sobre esse assunto do jogo justo.

    Curtir

  8. Luciana 31/01/2011 às 19:15 #

    @Ryo

    “Os Zeldas usados como exemplo foram lançados um em 2007 e o outro em 2009. E coincidentemente (?) os mais antigos são mais baratos, incrível né minna?”

    O Zelda mais caro é o Phantom Hourglass que saiu anos antes do Zelda mais barato, que é o Spirits Track.
    A Mara errou em alguns pontos do post mas parece que você fica perseguindo ela.
    Continue assim Mara!

    Curtir

  9. Ryo 31/01/2011 às 19:24 #

    @Luciana a Mara não pode reclamar de perseguição, seria hipocrisisa demais.

    Porém não estou perseguindo ela, gosto bastante do blog inclusive.

    Curtir

  10. Ryo 31/01/2011 às 19:28 #

    *hipocrisia

    Fora que o que ela faz com os outros sites é justamente pegar pequenos erros e tirar sarro, não é mesmo? Nada mais justo que outras pessoas também fazerem isso com ela. É a tal da reciprocidade.

    Anyway, acho que a Mara deveria continuar zoando os cosplayers, os fã de tokusatsu e outras otakices que ela manja bem. Tirar sarro de algo que não se entende não é o forte dela. Sempre fala besteira…

    Curtir

  11. gwy 31/01/2011 às 19:35 #

    Reciprocidade é o esquema com o Walmart…

    Curtir

  12. Cotcha 31/01/2011 às 19:46 #

    Não tem o que argumentar contra o FIASCO que foi APENAS PARA OS GAMERS esse dia do jogo justo, porque para o Moacyr a coisa foi um sucesso, independentemente da quantidade de jogos vendidos. Basta olharmos a procura que houve no dia do jogo justo e a proposta da sua empresa de consultoria.

    Fato 1 – Esse cara buscou parcerias e mais parcerias utilizando uma inverdade como pretexto. A intenção deste filho da senhora sua mãe foi fazer barulho (ou marketing pessoal pra quem prefere as coisas diretamente).

    Fato 2 – AGORA ele está começando a colher os frutos dessa empreitada de marketing pessoal dele: sua empresa de consultoria e futuramente, NUNCA DUVIDO, tentar uma carreira política. Ele descobriu uma mina de ouro na comunidade gamer brasileira, e tem a capacidade de conseguir uma infinidade de votos para um cargo de deputado, por exemplo, sem ter feito realmente NADA.

    É, gostem ou não, um público de grande número que já abraça as primeiras promessas de ajuda sem analisar a fundo o que o cara tá ganhando com isso. Vocês, se fossem ele, estariam perdendo o seu tempo pura e simplesmente para ajudar lojistas a desovar jogos sob pretexto de promoção? A ajudar gamers que não tem condição de comprar uma camisinha com a mesada e querem pagar de Chaves querendo comprar a loja toda de brinquedos? O cara não está nem a vinte anos da aposentadoria dele, tempo é dinheiro, e ele não é milionário. Ele está TRABALHANDO, fazendo o pé de meia dele às custas do sonho de um bando de tapados. Tapados que merecem acordar cedo e ficar na fila da UZGAMES pra deixarem de ser trouxas!

    Curtir

  13. Roberta 31/01/2011 às 20:02 #

    Tá difícil minha gente, ta difícil. Vou processar o estado pois estou me sentindo prejudicada e deixada de lado. Quero esse jogo justo na minha cidade também poha. QQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQ

    Curtir

  14. milena 31/01/2011 às 21:29 #

    imposto é sobre imposto,,, alguém aí matou aula de porcentagem,,,

    Curtir

  15. boogiepop 31/01/2011 às 22:27 #

    como já disse o Cotcha, pro Moacyr foi um sucesso, não duvidem nada dele se candidatar à carreira política depois dessa como o lutador dos nerds. please.

    eu acho o Jogo Justo um projeto desnecessário. só gente burra ainda compra jogos nas lojas brasileiras e fica chorando pelo preço, quem tem cérebro já chorou pra mãe fazer um cartão internacional ou arrumou emprego e importa os jogos.

    agora alguém diz: “MAS E OS COITADINHOS QUE NÃO TÊM CARTÃO INTERNACIONAL???”, desculpa, mas não estudo na Universidade Madre Teresa de Calcutá.

    Curtir

  16. David Denis 31/01/2011 às 23:23 #

    Ainda não entendi como o Jornal Nacional caiu neste papinho e fez esta matéria… Faltou eles procurarem mais fontes!

    Curtir

  17. Ioio 01/02/2011 às 00:07 #

    Eu gostei da matéria do Jornal Nacional, principalmente porque eles não citaram o nome do nosso futuro candidato a deputado e isso gerou algumas rages dos futuros eleitores mais fervorosos. :D

    Curtir

  18. Ken-Oh 01/02/2011 às 00:46 #

    Resumido. A idéia inicialmente foi boa mas a pratica dela foi péssima, o planejamento foi escroto e no final só uma pessoa saiu ganhando com a publicidade.

    Como a boogiepop disse idiota é quem ñ pensa em compra importado, e vamos falar a verdade se a pessoa se esforça um pouco consegue no mercado livre os jogos com o mesmo preço q dessa promoção ae.

    E sinceramente acho q pra mudar alguma coisa a 1° coisa a se fazer era começa a comprar fora e ñ tentar estimular a galera a entra numa parada dessa q ñ vai dar em nada no final.

    E se o Moacyr fala q vai dar certo, eu aposto um jogo de ps3 com ele q ñ vai.

    Curtir

  19. S h i 01/02/2011 às 00:49 #

    Amei a conta da Rede Globo AIUSHIUAHSHIHSIUIUAHSIUAS
    Sofri rindo.

    E fiquei na dúvida, será que aquele Moacyr do post anterior sobre Jogo Justo é o mesmo. [reflito]

    Enfim, parabéns Mara, o posto foi mara (y) — “kk, duplu sentidu, saquei” -ok, nem teve graça, enfim…

    Aé… suas cantadas no meio do post, sucesso (y) Rimto.

    Então, não participei, acho um roubo louco sobre isso, fim.

    Curtir

  20. Fernando Ventura 01/02/2011 às 01:23 #

    Puxa, se eu soubesse antes eu teria ficado o dia todo dando F5 no site do Walmart só pra atazanar.

    Curtir

  21. Eduardo 01/02/2011 às 01:31 #

    Legal como o blog é totalmente tendencioso e chato nas matérias. Ainda bem que é coisa pessoal, e dou desconto por vc ser mulher, mas enfim, não volto aqui.

    Curtir

  22. rafael 01/02/2011 às 01:51 #

    Bem, comprei jogos mais baratos, não importa quem ganhou com o quê se eu ganhei também. ha!

    Curtir

  23. cham 01/02/2011 às 09:49 #

    Gente, não precisa nem comprar de sites estrangeiros, na Santa Ifigênia dá pra achar jogos originais com essa faixa de preço em qualquer dia, e mesmo antes desse Jogo Justo.

    Curtir

  24. Apo 01/02/2011 às 09:56 #

    O cara não está nem a vinte anos da aposentadoria dele, tempo é dinheiro, e ele não é milionário. Ele está TRABALHANDO, fazendo o pé de meia dele às custas do sonho de um bando de tapados. Tapados que merecem acordar cedo e ficar na fila da UZGAMES pra deixarem de ser trouxas!

    Depois os gamers gostam de falar do Otakus, sempre tem trouxa que cai nessas falcatruas. Moacyr explorou muito bem a situação e os bobos estão caindo. Tudo o que diseste pode acontecer ainda mais num povo influenciável como o brasileiro.

    Curtir

  25. Hotaru Tomoe 01/02/2011 às 12:37 #

    “Pegue seu caderninho do Kumon e IKIMASU fazer conta!”
    Huahuahauahauahuahauahauahau Eu faço Kumon Mara, e funciona em menos de 1 minuto vi que a soma de impostos mostrada na Rede Bobo da exatos 87,25% não 124%!

    Pena dos Gamers, todo mundo sabe que “Quando a esmola é muita o santo desconfia”, não entrando no mérito se os dados da Mara sobre os jogos estão certos ou não, o fato é que um safado qualquer ganhou uma boa bolada em cima dos ingênuos gamers…

    É uma pena que esse Jogo Justo não tenha sido o ideal, quem sai perdendo é a indústria de games, depois não sabem pq a pirataria domina…

    Curtir

  26. ninja_copiador 01/02/2011 às 12:58 #

    E já temos o primeiro evento da ACIGAMES:
    http://gamereporter.uol.com.br/game-fest-brasil-2011-acontece-este-mes-em-sao-paulo/

    Ninguem faz nada de graça nem pelos gamers, nem pelos otakus nem por ninguem…

    Curtir

  27. Apo 01/02/2011 às 13:13 #

    É uma pena que esse Jogo Justo não tenha sido o ideal, quem sai perdendo é a indústria de games, depois não sabem pq a pirataria domina…

    E vai continuar dominando, se dependermos dessa iniciativa séria.

    E já temos o primeiro evento da ACIGAMES:
    http://gamereporter.uol.com.br/game-fest-brasil-2011-acontece-este-mes-em-sao-paulo/

    Ninguem faz nada de graça nem pelos gamers, nem pelos otakus nem por ninguem…

    E vamos lucrar em cima dos incautos. Olha o golpe aí gente!

    Curtir

  28. rafael 01/02/2011 às 13:37 #

    Leia esta notícia no g1 que você entenderá um pouco mais, principalmente sobre o cálculo dos impostos:

    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/01/gamers-brasileiros-fazem-fila-para-comprar-jogos-mais-baratos.html

    “No Brasil, um game que custa US$ 60 (no caso do Xbox 360 e do PlayStation 3) nos EUA, chega ao país por R$ 100, mas os impostos em cascata elevam este preço para mais de R$ 225. Ainda, muitos dos lançamentos no país custam em média R$ 150 e R$ 200.”

    Curtir

  29. Aline Kachel 01/02/2011 às 16:32 #

    Opa, tio Moacyr autorizou a Mara a postar

    Curtir

  30. Mickie-chan 01/02/2011 às 17:11 #

    HAhahaha… quase fiz pipi na calcinha de tanto rir com o dia da Incontinência Urinária, demais mesmo! XD~

    Mas vem cá Mara, o tal Moacyr permitiu que vc publicasse esta informativa (muito esclarecedora, sério!) matéria, será que ele não vai dar pití de novo?

    Muuuuiiitto bom trabalho Mara, continue assim;)

    Curtir

  31. lionel 01/02/2011 às 19:31 #

    quem não conhece o Momô que compre a figura. baita ESPERTALHÃO.

    Curtir

  32. Fernando 01/02/2011 às 22:05 #

    bom, já recebi mais de duas ofertas por e-mail de Castlevania: Lords of Shadow pra PS3 a R$89,00 e R$99,00, e já tem mais de um mês isso. Esse jogo teve muito “hype” por causa do nome Castlevania, mas acabou por decepcionar muita gente por aí. A minha opinião, pelo menos em relação a esse jogo é que ele anda sobrando bastante pelas prateleiras. Então melhor dar uma baixada no preço pra conseguir vender mesmo. Nada a ver com jogo justo, apenas baixa procura e melhor oferta.

    Já tem uns tempos (desde meio passado, pelo que eu vi, pelo menos) que a loja online da Saraiva, pra dar um exemplo, de vez em quando vende uns jogos meio velhos a 50-80 reais, de Wii, DS ou PS3. Pq os jogos provavelmente estão encalhados mesmo.

    Agora, até mesmo nas lojas da Santa Efigênia aparecem jogos PS3 no lançamento custando R$ 250,00. “Incrivelmente”, umas semanas depois vc volta na loja e tem metade do estoque na prateleira, agora custando R$159,99. Se esperar mais uma semana, talvez R$129,99.

    Tenho sérias dúvidas se essas lojas pagam mesmo os impostos ou trazem os jogos pro Brasil de maneira ilícita, mas o fato é que quando próximo da data de lançamento, eles aproveitam pra cobrar o preço igual às grandes lojas e semanas depois voltam para o verdadeiro preço que deveriam cobrar pra garantir seu lucro.

    Ou seja: comprar no Brasil, no lançamento = mau negócio.
    E se comprar de fora vai ter que esperar muito tempo de qualquer jeito, por isso uma boa aguentar a ansiedade e comprar o jogo mais tarde por um preço …(menos in)justo.

    Curtir

  33. Daan 02/02/2011 às 01:02 #

    fail as expected. e sou só eu que acha que esse moacyr tem cara de nojento trambiqueiro?

    Curtir

  34. Apo 02/02/2011 às 09:24 #

    O que o Fernando disse é fato verídico. Nunca precisou de um jogo justo para se constatar. Isso foi um alarde por nada. Simplesmente.

    Curtir

  35. otario 02/02/2011 às 15:03 #

    que burrice esse topico ave maria MUAHAUHAUHAUAHAUAH RETARDADO SANGUESSUGA QUER IMPOSTO JUSTO VAI LA E FAZ MELHOR

    Curtir

  36. Lucas Brum 02/02/2011 às 15:49 #

    Excelente. Vc é uma Katylene nerd.
    Ótimo post. Continue!

    Curtir

  37. Marcus 02/02/2011 às 17:40 #

    Uma das matérias mais engraçadas e inteligentes que eu já vi no brasil. Mas pelo amor de kami-sama, otaquinha, vc realmente acha que alguém faz alguma coisa nesse mundo sem interesse embutido? Eu prefiro que o tio moacyr transforme tudo isso em uma oportunidade de lucro mesmo, pq pelo menos da pra eu saber que ele nao é besta e tem alguma chance de mudar alguma coisa por aqui.

    Iniciativa própria FTW

    Curtir

  38. Edy 02/02/2011 às 20:58 #

    Tanto imposto alto no Brasil pra gente reclamar e vão ficar reclamando de imposto de game???? G-A-M-E P-O-R-R-A??????

    Ah, esses mongóis gigantes q são os nerds!!!

    Curtir

  39. Julien 22/03/2011 às 11:04 #

    Bom, estou chocado.
    O Ryo falou um bla bla bla ali em cima apontando erros da Mara, mas enfim, a diferença de preço é absurda e é o erro da Mara é ignorar outros pontos, mas é irrelevante, o assunto do post é outro.
    Acho que a pirataria tem que WIN mesmo, duzentos e porrada por um jogo é ridículo.

    Curtir

  40. daveocaradasoda 03/10/2011 às 18:47 #

    é impressão minha ou vc é japodólotra?

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: