Mais de Oito Mil Investigations

Mais de Oito Mil Investigations – Otakas VS Otomes

Quem me conhece sabe que eu odeio fãs nostalgistas sempre me auto-denominei otaka. Mas de um tempo pra cá os meus tomodachis otakus descobriram esse blog e começaram a me corrigir. Eu ouvia frases “você não é otaka, você é otome” e hoje em dia é direto as pessoas falando que falo errado. Decidi então ligar o meu lado jornalístico investigativo e vir com mais um post da série que é o maior sucesso de audiência desse blog. Vai começar ooo…..

Para começar, vamos descobrir o que significa a palavra Otaku. Segundo o ultra-confiável site Wikipedia, a palavra Otaku é, na Grande Nação Japonesa, uma palavra usada para mostrar um certo fanatismo por qualquer coisa. Assim, podemos ter um anime otaku (fã de anime), mangá otaku (fã de mangá) e outros. No Burajiru e no Império do Capitalismo, o termo otaku é usado para fãs dessas coisas da Grande Nação Japonesa sem ser pejorativo.

Então otaku é fã de anime e mangá e do nada surgiu uma gentalha que fica falando que Otome é o feminino de Otaku. Que tal vermos o que significa cada uma das palavras num dicionário?

Então o sinônimo de Otaku é uma pessoa nerd, geek etc. E Otome quer dizer moça jovem, donzela, virgem. Tirando a parte do virgem, não consigo ver como Otome pode ser o feminino de Otaku. Até onde eu sei, otaku sempre foi uma palavra sem gênero mas que pode ser adaptada, tanto que usamos a palavra Otaka e as pessoas nos entendem como falando de uma garota fã de mangá e de anime. Pesquisando pela internet, cheguei a um post de 2006 do site Animepró:

Nem precisava falar que era do Animepró olhando esse texto tão bem escrito (pffff), mas parece que as Otomes se auto-denominaram Otomes porque não queriam ser vistas com o preconceito dos Otakus. É tipo quando você era criança e era o café-com-leite do pega-pega: você corria que nem as outras crianças retardadas, mas não podia ser pega e não estava seguindo as regras do jogo como as outras. É muito cômodo pra mim alguém chegar e falar “Ah, eu sou Otome porque não quero ser vista como uma pessoa bitolada”.

Mas o mistério só foi solucionado quando vi esse post:

Então Otome é uma visitante otaka da rua Otome Road da Grande Nação Japonesa e uma palavra usada por Otakas para parecerem menos retardadas do que são na verdade. Eu até entendo que elas precisem usar outra palavra agora que “otaku” é uma palavra que já caiu na boca das pessoas e elas precisam se sentir diferentes da sociedade. E em breve os otakus vão se revoltar também com essa nomeação e vão começar a se chamar de WAKAMONO, que é o masculino da palavra Otome segundo aquele dicionário.

E assim todos ficam felizes, se nomeando de uma maneira menos idiota e mais genérica. Mas vão continuar tomando Mupy, andando com plaquinhas, vestindo jaquetas da Akatsuki, baixando Bleach, ouvindo J-Music dizendo que as letras são muito mais profundas que das músicas americanas e brasileiras, zoando Restart e Justin Bieber mas falando que se deve “respeitarotakus, pagando uma fortuna para entrar em eventos decadentes e vindo em blogs reclamar quando chamo alguém de gorda.

Pra mim otaku vai continuar sendo uma palavra pra qualquer um dos gêneros, e eu sou uma Otaka sim. Não com orgulho, porque não tenho muito do que me orgulhar de ficar vendo desenhinhos animados mesmo gostando deles, mas tenho orgulho do rótulo que eu já tenho e não preciso achar outras palavras para dizer a mesma coisa de uma maneira diferente.

NYA!

***

(@maisdeoitomil)

28 comentários em “Mais de Oito Mil Investigations – Otakas VS Otomes

  1. Isso funciona com qualquer hobby… Socialmente não-aceito: você pode até curtir uma ou outra coisa, mas se achar por causa disso? Existe um limite entre ser diferente e ser escroto, tipo a negada que acha quer “nerd” é sinônimo de “futuro Bill Gates/Steve Jobs”.

    Só discordo do “orgulho do rótulo”, parece coisa daquelas pessoas que assumem ser de uma tribo para se diferenciar dos outros… Fazendo tudo que o grupo faz. E o estranho é que não fiz nenhuma dessas bagaças, estou eu fazendo isso certo?

    E só eu ouço a manada de “fãs” da Mara chegando?

    Curtir

  2. EPIC! [3]

    kkkk, muito bom. Vou mostrar esse post pra uma guria que riu de mim, quando referi a mim mesma como otaka.qqq

    waaahhh…mas só porque eu acho mais bonitinho me intitular usando uma palavra feminina, que uma masculina.

    Curtir

  3. Bah, comentário sério pra variar. Não tenho certeza, mas acredito que o nome ‘Otome Road’ veio depois que as otakas se apropriaram do ‘otome’.

    E o termo ‘otome’ tem uma certa conotação de ‘fã de yaoi/yuri’ que ‘mulher otaku’ não tem.

    Curtir

  4. eu acho que “otaka” é uma forma mais escrachada de otaku, que acredito ser a intenção da Mara ao usar o termo (pelo menos é a minha quando eu uso hahaha), mas mantendo a mesma retardadice dos otakus do sexo masculino. mas claro que as pessoas vêm te corrigir, assim como quando você escreve “comofas” D:

    Otome pode até ter mesmo essa intenção de desvincular dos nerdões doentes, mas aqui no Brasil não existe tal desvinculação, acredito que quem seja SOMENTE FÃ não sai por aí falando “HURRR EU SO OTOME”, só um “eu curto anime e mangá” já serve (e garante seu bully do dia, os caras do time de futebol americano entendem rss).

    E animu, as FUJOSHI me dão medo, ainda mais do que os otakus D: mulheres têm o dom de serem mais creepy.

    Curtir

  5. (Modo Ironia On)Mara, só posso dizer que a minha vida simplesmente mudou depois que inventaram um nome feminino para otaku, não sei como vivi até hoje sem essa informação. (Modo Ironia Off)

    Resumo dos eventos de anime: Você fica horas numa fila, paga uma fortuna por uma comida que em qualquer ocasião teria custado metade do preço, paga um roubo por produtos de má qualidade que os vendedores não pagam direitos autorais, se espreme no meio da multidão para ver uma apresentação desafinada de J-Pop , ri dos cosplayers malfeitos e tenta descobrir se aquele cosplayer de Sailor Moon é homem ou mulher. Enfim, todo ano é a mesma porcaria e até hoje tem otários querendo ver qual é o “melhor”. Lamentável não sei como ainda tem coragem de fazer caravana para essas coisas.

    Curtir

  6. Eu sempre me chamei de Otaku, já que graças a alguns animes, meu conceito da palavra Otome é praticamente o citado a cima e… bem, nesse conceito, só posso dizer que sou jovem e virgem! u.u
    E desde de que comecei a ler o blog, gostei do termo Otaka… sei lá, saiu meio legal aos meus olhos. E eu também já sabia o conceito de otaku no japão, que sempre foi diferente aqui, ali em cima(nos EUA), e no nosso extremo oposto, a “Grande nação Japonesa”, então tratava de explicar aos meu amigos supostamente otakus que ainda perdem tempo em eventos (claro, não são todos, graças a Deus)essa diferença.
    Mas pra mim não tem tanta diferença referir a mim mesma como “Otaku” ou “Otaka”… os dois são maneirinhos… mas, concordemos: ultimamente os ditos otakus tem envergonhado muito essa tribo a qual nos “dedicamos”(por favor, aumente muito as aspas e coloque o modo Ironia on).
    Entretanto, se a Mara que ser chamada de Otaka, mas a fulana quer ser chamada de Otome… chama. Azar o das duas! Não são elas que querem? õ.o
    Tanta confusão pra tão pouco… e eu aqui comentando! –‘

    Curtir

  7. Pra mim os otakus e otakus que se ferrem!

    Eu sou hikikomori…com orgulho…ou não.

    Curtir

  8. kkkkkkkkkkkk
    Maraaaaaaaaaaaaa essas beeshas feias aí da imagem
    São Fujoshis…
    Mara não liga para as reclamaçoes que vc recebe das garotas com “excesso de gostosura”
    kissus.

    Curtir

  9. pra nim, fodaze.
    segumdo a luh, q dize q ” “Otaku” ou “Otaka”… os dois são maneirinhos… mas, concordemos: ultimamente os ditos otakus tem envergonhado muito essa tribo a qual nos “dedicamos” “.. my hands.

    Curtir

  10. Péla-saka de anime e coisas japorongas é otaku, não sei nem porque inventaram essa de otome. Mas vendo as fotos do Natal nos posts anteriores é de se considerar razoável que as meninas péla-sakas não queiram estar no mesmo balaio rotulado de otaku…

    Curtir

  11. Mais uma prova pra colocar na lista: no final das edições de Honey & Clover, a autora diz ser uma “otaku”.

    Curtir

  12. Estudo jap, e no japones original, Otaku é pra garoto e pra garota, assim como não tem plural. Otaka é japones abrasilerado, simples assim.
    Otome foi baseado exatamente no que voce disse sobre a Otome road, mas aquela rua não participam otakas normal, são aquelas que são viciadas em yaoi etc, dai como nosso amigo Animu acima disse, são as Fujoushi, que significam algo como “garota estragada”, um significado similar aos otakus.

    Curtir

  13. “Otakus são indivíduos com tendência a se isolar socialmente, …” – (Tendência a passar o dia em frente ao computador) – Checado
    “… que se atiram de forma obsessiva a um hobby qualquer, …” – (que tem todos os DVD’s piratas do Naruto, Bleach e One Piece) – Checado
    “… chegando em seu ápice a apresentar sintomas de fobia social e de comportamento esquivo.” – (inofensivo, mas adora xingar nos blogs sobre anime) – Checado

    Curtir

  14. eu n me importo mt com issu,pra min as duas palavras taum certas.Se elas querem se denominar otomes ta bom.

    Curtir

  15. Ah, td bem ser chamada de otaka(uma vez jh vinha a falar assim) mas dps tipo, acho bonitinho dizer de um modo mais afeminado -qq (como a Luh diz em seu comentário)

    Curtir

  16. Uaai então eu soo Otaka ?
    Mais Otaka é um nome sem significado? ou tem ?
    Não entendi mto disso, mais aki eu posso continuar com o nome Otome ?
    Eu me chamo de Otome pq parece ser o feminino de Otaku, e eu não me chamo de Otome no lugar de Otaku ou Otaka sei lá, para evitar de ser descriminada, pq msm eu dizendo ser Otome eu soo mto zuada por gostar de anime, e desenhar.
    Pq o nome Otaku parece ser nome para garotos não garotas, se eu digo para quem não conhece oq é ser Otaku, eles vão achar ki eu soo SAPATA, por usar um nome que parece ser maxculino,
    uaai ki ridículo não quero q pensem isso de mim ;p, prefiro dizer Otome, msm sendo nome de rua.
    xD

    Curtir

  17. aOSUOaisuoAISUO,
    manooo, nom acredito, a minha pergunta do Yahoo respostas veio parar aqui aOISUAOisuaoISUO
    pois ée, eu sou a Veh-chan -qqqq iAUSOaiuso

    Curtir

  18. Aff vc se diz uma otaku e chama animé de deseninho ¬¬ muito idiota isso ¬¬ ñ importa se e otaka ou otome, o q importa e o q quer representar, pessoas d todas as idades, mulheres,homens, jovens e adultos…q amam animé e mangá lol quem realmente gosta d ser otaku ñ se importa com comentarios bobos, apenas curte isso.e tem orgulho d ser um otaku. Eu sou uma otaku com muitoooo orgulho lol

    Curtir

  19. “Aff vc se diz uma otaku e chama animé de deseninho” vai se fude meu porra posta posta e no final faz merda de colocar isso perdeu o respoeito de todo mundo

    Curtir

  20. no final não importa se é otaka, otaku, otome, anime ou desenho, o que importa é que tem mais gente se preocupando em reclamar e ficar falando q alguem falou algo errado (nao me refiro a postagem, e sim alguns comentarios que fizeram) do que se preocupando em se divertir… que acredito ser o unico objetivo de assistir animes e cia…

    Curtir

Os comentários estão fechados.