Aleatoriedades

Afinal, o que querem as otakas?

Falar que temos uma imprensa machista é tipo falar que os vendedores japoneses da Liberdade são mal educados com ocidentais: todo mundo sabe! E por que estou revoltada com a imprensa machista desse jeito? Porque eu vi uma notícia que me incomodou no site Kotaku Brasil, link passado pelo meu querido namorado. Vamos ver o que deu lá (cliquem na imagem para ver maior):

Eles deram uma dica de moda para as garotas impressionarem seus namorados. Agora já não basta termos que aturar homens otakus frouxos agora ainda temos que ficar pulando na cara deles com vestidinhos de Game Boy para “chamar a atenção deles”? E eles não fazem nada para nos agradar? Só ficam lá estirados no sofá jogando God of War III e arrotando? POR ISSO QUE VOCÊS OTAKUS SÃO ENCALHADOS!

Ficam aí jogando seus videogames e vendo seus animes e esperando que nós otakas chamemos a atenção de vocês com um ossinho. Por exemplo, se eu vejo essa menina da foto que tem cara de boneca inflável vestida de Game Boy, faço questão de apertar os botões do Hadouken na roupa dela… com socos!

E esse autor da matéria que ainda faz um comentário dizendo que tem várias cantadas com Pokémons e recargas de energia. Saiba esse virgem que nós mulheres não gostamos de cabo game link frouxo, então você vai continuar sem ver um Tangela na sua frente.

Observando essa matéria, decidi mostrar o lado feminino da nossa imprensa especializada (pfff) do Burajiru. Sou completamente partidária do Onnanoko Powaa (Girl Power), mas é difícil ser uma mulher otaka porque homem otaku é tudo frouxo e sem atitude. Decidi então começar uma série especial explicando para os rapazes o que nós queremos. Vamos começar oooo….

Sei que você, leitor masculino, tem dúvidas de como chegar numa garota nerd num evento. Vamos aproveitar essa época de eventos da Yamato (aqueles que nunca ganho VIP pra fazer cobertura) para finalmente você desencalhar.

Enviem suas dúvidas masculinas para o email maisdeoitomil@gmail.com, para o twitter @maisdeoitomil ou aqui nos comentários que elas serão respondidas por especialistas. Ou por mim.

IKIMASU MANDAR SUA DÚVIDA!

24 comentários em “Afinal, o que querem as otakas?

  1. Apoiado Mara-san, otaku do sexo masculino são todos uns lerdos no que se refere á vida amorosa, é triste admitir… e sim, a dita imprensa “especializada” é super machista, queria estapear o redator desta nota idiota – assim como os coleguinhas de readação dele que escrevem da mesma forma chauvinista!

    Curtir

  2. Que Ridiculo, porque generalizar os Otakus assim T_T
    Por Exemplo : ´´jogando God of War III e arrotando?´´
    nossa isso foi bem ofensivo, ta certo que a reportagem foi horrivel mas não prescisa acabar com o sexo masculino né.
    Quem disse que todo Otaku é viciado em Animes , Mangás e Jogos mas não tem tempo pra vida social ?
    Com certeza é possível ter espaço pra tudo isso !
    O termo otaka não faz sentido, pra isso existe OTOME
    Além disso nem todo otaku é ´´encalhado´´
    Pra finalizar vc ainda diz ´´homem otaku é tudo frouxo e sem atitude´´, vc reclama de gente machista sendo ultra feminista ?
    Seu post foi totalmente desnecessário e preconceituoso :x

    Curtir

  3. Que vestido é esse?! Eu não vestiria essa coisa escrota em hipótese alguma. Concordo com o post, os otakus são muito folgados… Eles que comprem uma boneca inflável e coloquem nela a roupa que quiserem. XD

    Curtir

  4. Se casar com um DS é a solução.
    Mulheres já são impossíveis de serem entendidas.
    Mulheres Otakas são um desafio ao universo. Crie algo mais fácil, tipo “como dividir por zero” ou “Como acabar com a guerra entre judeus e palestinos?”
    Não força a barra Mara :(

    Curtir

  5. Acho q tem um ser ali em cima que nao conhece uma coisa chamada ‘ironia’ e ficou ofendido com a materia xD

    mas enfim, eh uma otima ideia ensinar algumas coisas uteis pra esses otakus perdidos ^^

    Curtir

  6. Pq as pessoas ficam revoltadas com o termo “otaka”?

    Se pensarmos friamente, nem o termo otaku deveria ser usado no Brasil. Então, liberdade de expressão e adaptação já!

    Agora, neste universo “animado japa”, é possível almejar alguma coisa? Tá tudo tão ruim… O_o

    Sandra Monte
    http://www.papodebudega.com

    Curtir

  7. a verdade é que os otakus acham que sendo CAVALHEIROS eles vão conseguir alguma coisa. CADÊ A PEGADA? CADÊ A ATITUDE? VAMOS HONRAR AS CALÇAS?

    já namorei com nerds e todos tinham que ter, NO MÍNIMO, atitude. ficar sendo creyço dando conselho bunda mole e esperando a mina terminar com o namorado é a coisa que otakus mais fazem e é EXATAMENTE POR ISSO que as minas não querem ficar com eles. Por quê? porque a gente que alguém que saia da frente do PC na hora que a gente quer transar, não importa se é o último fucking boss da sua bosta de raid.

    fica aqui minha frustração diante dos nerdotakus que sonham em ter namoradas nerdotakas e quando conseguem, não sabem o que fazer com elas. ficam achando que é boneca de porcelana e têm medo de colocar a mão. gostamos de vídeo-game? adoramos, meu amor, mas temos outras >>NECESSIDADES<< também, e nenhuma mulher deveria ter que pôr uma merda de uma roupa de gameboy pra fazer um cara sair do jogo. grata.

    Curtir

  8. Só os homens reclamando, PERCEBA.

    Vou mandar perguntas!
    – Como devo me vestir pra impressionar uma otaka? Orelhinha de neko?
    – Chamei uma otaka pra sair e ela aceitou – e agora??
    – Quais cantadas posso usar com uma otaka?

    Curtir

  9. Sassinhora hei muié, chei q c fosse só de zuá, mah c manja memo dos bagui

    tão pciso sabê, qdo ten porra niuma pa faze, mia mina nuka vem cos papo lokz, saka?

    mah qdo tô cos brod jogano xisboc a patrôa sepre ped peu fazê massagi na costa dela pque deu carôço

    keu fazo? te q dxa mina só nas espera q nem fazeno gelo ou dô d sperto e vô po qarto memo cos cabra ali?

    e tamem tav pensano ni eu dá blac lebo pa ela qdo agente tamos só nói, c axa q vo tá fazeno vergonha?

    é nói!

    Juno

    Curtir

  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Olha a revolta…
    Se eles são assim então vocês tem permissão para partir para o ataque para ver se alguns deles viram homens….

    Curtir

  11. Engraçado dizer liberdade de expressão e adaptação para “otaka” mas quando o negócio é feito em mangás, pessoal fica todo “revoltz”.

    Tanto faz otaka ou otome ou otaku, o que for. O negócio no final é o mesmo: nerds mal comidas(os); como os próprios comentários provam.

    Deixa a mina colocar a roupa que quiser, e deixa o cara ser frouxo e tosco também. Tem gosto pra tudo, inclusive pra bunda mole e virgenzinha do pau-oco.

    Curtir

  12. Pô, pessoal, vocês nunca caçaram antes? Otakus (e nerds também, é tudo igual) são como gazelas: você não pode fazer movimentos bruscos, nem muito barulho, senão eles fogem. Meio que lembram eles do trauma de infância/adolescência onde eles apanhavam dos bullies e eram sacaneados pelas garotas.

    Li isso na maior fonte de conhecimento da Internet brasileira, a Desciclopédia (onde, já não lembro mais; deve ser no artigo Nerd, tô sem saco pra procurar).

    Curtir

  13. acho que a boogiepop não se ligou que comentário é pra comentar o que quiser, seja bom ou seja ruim.

    Curtir

  14. ressucitando o post das porfundesas do tempo, mais é q eu ñ resisti!!!

    explique como é levantar a bandeira do feminismo de um lado e de outro chamar homens de foruxos, por ñ terem atitude e iniciativa lol!!!

    pq ao meu ver isso ñ faz o menor sentido

    Curtir

  15. “Homem otaku é tudo frouxo e sem atitude”,”Ficam aí jogando seus videogames e vendo seus animes e esperando que nós otakas chamemos a atenção de vocês com um ossinho.”
    Na boa, eu nem acho que você tá errada, eu tenho certeza. Nem todo otaku é frouxo e sem atitude. Meu namorado é otaku e é louco por mim, tanto que ele para de ver anime só pra me mandar sms, e eu posso estar o mais desarrumada e feia possível, ele sempre fala: “Môr, vc tá sexy/Môr, quero transar”. Desculpa aí se vc não achou um otaku homem o suficiente, mas não desconta em todos, porque isso é aquela mesma história de que “nenhum homem presta”.

    Curtir

Os comentários estão fechados.