Burajiru · Games

Concurso Cultural do Mais de Oito Mil – Interpretando Frases

Minna, poucas coisas me dão tristeza nessa vida. Mas eu li uma notícia que me trouxe lágrimas negras da sociedade: o fim das revistas NGamer e Edge aqui do nosso promissor mercado de games do Burajiru .

Vocês não sabem que revistas são essas? NEM EU! Mas meu namorado e a leitora Jussara, que me sugeriu essa pauta, conhecem e cabe a mim analisar o fim dessas revistas.

A NGamer era uma revista que falava da Nintendo e a Edge falava de tudo. As duas foram canceladas pela Editora Europa e minha surpresa foi ver que a Rock Lion não estava envolvida na produção de nenhuma delas!

E como eu não entendo nada de games e ainda peço ajuda do meu namorado pra colocar jogos no meu R4, o ideal é vermos a opinião de alguém que está no mercado de games, que entende do assunto e que pode trazer um panorama claro do que houve.

E como não conseguimos contato com ninguém assim, vamos usar uma matéria do Giuliano Ppeccilli do J-Wave mesmo.

Ele postou sua opinião, que é uma verdadeira aula de frases comuns, dignas do nosso Galvão Bueno dos animes, mangás, tokusatsus, novelas e podcasts. São frases que você pode usar em qualquer situação, seja em notas de falecimento ou em cancelamentos de retirada de caçamba de entulho.

Mas eu guardei o nori para o final do bolinho de arroz. O nosso exímio Giuliano Ppeccilli criou uma frase que ultrapassa qualquer sentido, qualquer semântica, qualquer lógica, qualquer interpretação, qualquer tudo! É uma frase tão complexa que nem mesmo um Tucano entenderia seu significado.

Segura na minha mão e IKIMASU!

Vendo essa frase e o meu total desconhecimento pela sintaxe da mesma, só me resta lançar um Concurso Cultural no Mais de Oito Mil!!!

(@maisdeoitomil)

Anúncios

11 comentários em “Concurso Cultural do Mais de Oito Mil – Interpretando Frases

  1. huahuahuahuhua
    tindi nadakele falô xD

    Mas toda vez que leio “Other M” automaticamente traduzo pra “Outra Merda” ^_^x

    Curtir

  2. Parece que um funcionário remanejado assassinou o dono da Editora onde trabalha cortando-o em vários segmentos. Isso causou medo na Europa, principalmente entre os idosos, fazendo com que fiquem constantemente com o nível alto da pressão sanguínea.

    E o sem-coração do Ppeccilli quer que os velhos europeus continuem com a pressão alta porque deve ter algum primo rico por lá pra ficar com a herança… pela cara dele, na Croácia.

    O que isso tem a ver com jogos? Sei lá…. acho que ele vai chamar o Phoenix Wright para cuidar da sucessão.

    Curtir

  3. Espero que depois desse remanejamento feito pela Editora Europa, esse segmento mantenha o alto nivel que estamos tendo. =D

    Curtir

  4. O que ele quis dizer foi: “Nunca assinei nem li nenhuma das revistas mas tenho que fingir que isso me afeta de alguma forma. Vou escrever uma frase com palavras bonitas que mostrem minha suposta tristeza, mas que no fundo, não signifiquem absolutamente nada. Assim todos admirarão o quão difícil é compreender meus textos e me acharão muito culto e intelectual.”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s